Arquivo do dia: 29/04/2010

HISTÓRIA DE SAMPA ESMIUÇADA…

 

 

LIVRO “OS MELHORAMENTOS DE SÃO PAULO”, DE PRESTES MAIA, ESMIÚÇA A VERTIGINOSA TRANSFORMAÇÃO URBANÍSTICA DA CAPITAL PAULISTA 

Imprensa Oficial do Estado de São Paulo relança “Os Melhoramentos de São Paulo”, obra de 1945 na qual o então prefeito Prestes Maia explica as mudanças urbanísticas que introduziu na capital paulista durante sua primeira gestão como prefeito da cidade. Lançamento será dia 3 de maio, às 19 horas, na Casa das Rosas.

O engenheiro e arquiteto Francisco Prestes Maia (1896-1965) é considerado o pioneiro do urbanismo moderno no Brasil pelas profundas mudanças que introduziu na capital paulista durante sua primeira gestão como prefeito da cidade (1938-1945). Publicado originalmente em 1945 e reeditado agora pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, com apresentação de Adriana Prestes Maia Fernandes, filha do ex-prefeito, o livro Os Melhoramentos de São Paulo vai além de um inventário das obras realizadas pelo arquiteto. Conforme resume Hubert Alquéres, presidente da Imprensa Oficial, trata-se de um “precioso documento para compreender a vertiginosa transformação sofrida pela cidade durante o século XX e que estava esquecido”. O livro será lançado segunda (3 de maio), às 19 horas, na Casa das Rosas – Av. Paulista, 37. 

Os arrojados planos urbanísticos de Prestes Maia foram inspirados pelos projetos concebidos e realizados em Paris pelo barão Haussmann, na segunda metade do século XIX. Assim como o urbanista francês, Prestes Maia estabeleceu, por meio de eixos e conexões sistêmicas, a integração dos bairros centrais e estendeu os limites da cidade, dotando-a da infra-estrutura viária que permitiu sua expansão.

O plano de avenidas desenvolvido por ele na década de 1930 tinha como referência central a proposta de Haussmann para a capital francesa: um sistema radial de avenidas, partindo do centro, em que as principais vias conduzem a áreas verdes. Com ele, São Paulo preparou-se para a expansão do uso do automóvel, que só aconteceria a partir dos anos 1960. 

Dentre as principais realizações de Prestes Maia estão o projeto e a abertura das avenidas Duque de Caxias, Nove de Julho, Ipiranga, Vieira de Carvalho, São Luís, Anhangabaú (atual Prestes Maia); a construção da Ponte das Bandeiras, da Biblioteca Municipal e de uma importante galeria, na Praça do Patriarca, dedicada a exposições, posteriormente denominada “Galeria Prestes Maia”.

Os Melhoramentos de São Paulo também destaca outros aspectos da atuação do então prefeito, como a introdução do zoneamento na cidade, os trabalhos de canalização do rio Tietê, a construção de maiores e melhores galerias pluviais, a expansão da iluminação pública e o enriquecimento da paisagem urbana com monumentos e esculturas. 

O livro traz farta documentação iconográfica, composta por dezenas de fotografias da época. Complementa a obra uma série de depoimentos, artigos e conferências de contemporâneos de Prestes Maia, que recordam a eficiência e a probidade com que exerceu duas vezes o cargo de prefeito de São Paulo – primeiro nomeado pelo interventor Adhemar de Barros (1938-1945), na ditadura de Getúlio Vargas, e posteriormente eleito pelo voto popular (1961-1965). 

Além dos projetos para a cidade de São Paulo, Prestes Maia elaborou planos urbanísticos para Santos, Belo Horizonte, Curitiba, Votuporanga, Ribeirão Preto, Campinas, Poços de Caldas, Londrina e Santo André, além de esboçar planos para cidades inteiras como Cristo Rei (RJ), Jardim Umuarama (GO) e Panorama (SP).

Santoro e Assunção em Novos Filmes

Rodrigo Santoro terá de engordar dez quilos para viver Heleno, jogador de futebol e personagem principal do longa de Zé Henrique Fonseca.

A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada nesta quinta-feira pela Folha.

Outro ator que também terá que se sacrificar pelo personagem é Fábio Assunção, que está deixando a barba crescer para viver um padre em Amor Sujo, de Paulo Caldas, que começa a ser rodado no Recife na próxima semana.

Fábio Assunção começa a filamr semana que vem em Recife

FERREIRA GULLAR: Homenagem na Mantiqueira

Um dos mais importantes intelectuais do País, Ferreira Gullar, é presença confirmada no 3º Festival da MantiqueiraDiálogos com a Literatura.

O poeta, que completará 80 anos, vai participar de uma conversa com o público sobre sua obra e vida, além de seu novo livro programado para agosto. O evento, sediado em São Francisco Xavier, no distrito de São José dos Campos, ocorre entre os dias 28 e 30 de maio.

O festival tem a intenção de aproximar os leitores de seus autores favoritos e divulgar a literatura. Também será anunciado no evento a lista dos finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2010.