Arquivo do dia: 10/07/2010

Asas da Liberdade Concorre ao Brasil de Animação

Acabo de saber pelo querido amigo CACINHO – animador que vem conquistando o país com seus belos trabalhos através da produtora A Gente que Fez – que seu curta ASAS DA LIBERDADE foi selecionado para disputar o Prêmio Brasil de Animação, a acontecer no Festival Internacional de Cinema Infantil…

Ao todo foram enviados 153 curtas e os jurados escolheram 36 títulos que vão disputar prêmios nas seguintes categorias :

MOSTRA BRASIL DE ANIMAÇÃO

MOSTRA BRASIL DE FICÇÃO

e MOSTRA TEEN

O Festival Internacional de Cinema Infantil será realizado de 27 de agosto a 31 de outubro  na rede Cinemark das cidades Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo, Campinas, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Aracaju.

A programação completa do Festival e os horários de cada sessão em breve disponíveis em www.fici.com.br

Sobre o amigo-animador CACINHO, reproduzo mensagem do querido potiguar, BERNARDO LUÍS:

Grande Cacinho

Quando te chamei de Gepeto é porque achava admirável esse poder que você tem de transformar o simples em coisas grandiosas. Acho que esse é o papel de Gepeto no Pinóquio: criar, recriar, educar… tudo isso com amor, isso o tornava especial, assim como você.
Tua percepção, força, simplicidade, criatividade, nos faz repensar muita coisa, principalmente o quanto esquecemos de sonhar. Quando amadurecemos, perdemos os sonhos ilusórios… Esta é sua missão: deixar viva essa necessidade de olharmos para dentro de si e reencontrar àquela criança que está guardada.
 
Sou seu fã.
 
Abraços, Bernardo
 
       
CACINHO: corpo e alma, em Juiz de Fora, criando animações e espalhando criatividade pelo mundo…                                                      
 

Fazemos nossas, e de todo o COLETIVO FADE TO BLACK, as eloqüentes palavras de BERNARDO, e todos juntos torcemos, enormemente, pelo êxito de CACINHO e A Gente que Fez.

 

SARAVÁ ! ! !

Tudo AZUL, até no BOTA

Uma idolatria que atravessou o oceano e fez muitos brasileiros torcerem pelo Uruguai na Copa do Mundo será retratada em uma camisa especial do Botafogo. A peça estará nas lojas a partir de segunda, 12 de julho, e custará R$ 69,90, numa oportunda homenagem do clube carioca ao atacante Loco Abreu, que representou a seleção Celeste no Mundial da África do Sul.

Camisa celeste do Botafogo, loco abreu
Camisa celeste do Botafogo em homenagem a Loco Abreu (Foto: Divulgação)

Ídolo da torcida, o jogador selou a classificação do Uruguai para as semifinais ao bater um pênalti com uma ‘cavadinha’, no mesmo estilo com a qual enganou o goleiro do time adversário na decisão da Taça Rio deste ano e que valeu o título Carioca ao Glorioso. Após o feito, o atacante o dedicou à torcida alvinegra, mostrando que também carrega o clube no coração.

Nas semifinais do Mundial, dezenas de torcedores se juntaram na Fifa Fan Fest, em Copacabana, para torcer por seu atacante. A empolgação era tão grande que parecia que a partida era do próprio Botafogo e não do Uruguai.

Loco Abreu disputa HOJE o terceiro lugar da Copa do Mundo. Ainda não se sabe a data em que o jogador retornará ao Brasil, mas a torcida alvinegra já prepara uma grande recepção para o atacante.

loco abreu Camisa celeste do Botafogo
Camisa tem nome e número de Loco Abreu (Foto: Divulgação)
 
* Texto de Thiago Fernandes, do GLOBO 

Bola de Ouro da Copa

A Fifa divulgou a lista dos 10 jogadores indicados ao prêmio Bola de Ouro, entregue ao melhor jogador de cada Copa desde 1982. Pela segunda edição consecutiva, a Seleção Brasileira não terá um jogador na lista dos dez indicados a receber o prêmio. 

Entre os dez candidatos dessa Copa, aparecem três espanhóis (Xavi, Villa e Iniesta), dois holandeses (Robben e Sneidjer), dois alemães (Özil e Schweisteinger), um argentino (Messi), um uruguaio (Forlan) e um ganês (Gyan).

O craque Lionel MESSI, que depois da bela atuação na Copa, passa férias no Rio de Janeiro… VIVA, MESSI !!!

Desses jogadores, dois foram eliminados da Copa nas quartas-de-final (Messi e Gyan), fase onde a Seleção Brasileira também caiu no mundial.

Outra curiosidade é que o melhor jogador da Copa poderá também ser o artilheiro do mundial. Villa e Sneidjer têm hoje 5 gols. Forlán, do Uruguai, tem 4 gols, e também está na briga. Até hoje, apenas em duas das sete premiações, o artilheiro foi também o craque da Copa: Paolo Rossi (Itália), em 1982, e Schillaci (Itália), em 1990.

O Povo do Mangue

 

A Associação de Pescadores Artesanais da Grande Nova Rosa da Penha (Ascapenha) lançará na próxima segunda  o documentário O Povo do Mangue. A exibição é gratuita e acontecerá às 18 horas, na Escola Estadual Teotônio Brandão Vilela, em Nova Rosa da Penha II. A obra faz parte da série composta por três documentários produzidos por trabalhadores do mangue a partir do projeto Povos e Mangues: o Audiovisual na Educação Ambiental de Cariacica

Os curtas-metragens são resultado das oficinas gratuitas realizadas junto a trabalhadores de três associações sediadas no município. A série aborda como a pesca e a caça indiscriminadas e a poluição ameaçam a sobrevivência da atividade e do manguezal. O tema das produções é comum aos diferentes grupos de trabalhadores, mas cada documentário retrata a experiência e a realidade de trabalho de uma das comunidades participantes.   

A exibição do documentário da Associação de Pescadores Artesanais de Porto de Santana (Apaps) aconteceu dia 5  na Igreja Estrela Viva, no bairro. Na mesma tarde, foi a vez da Associação de Pescadores, Marisqueiros e Caranguejeiros de Nova Canaã exibir, no Posto de Saúde do bairro, o curta feito pela entidade.  O lançamento do documentário de Nova Rosa da Penha II, na próxima segunda, encerrará o circuito de exibição  dos documentários.

A realização é  do Instituto Marlin Azul, com patrocínio do Ministério da Justiça, e conta com parceria da Secretaria de Meio Ambiente e da Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Cariacica, e da Ong Bioma Brasil.    

Produção

O projeto Povos e Mangues: o Audiovisual na Educação Ambiental de Cariacica ofereceu formação nas áreas da linguagem e das técnicas audiovisuais para a produção de conteúdos ligados à educação ambiental.A construção do roteiro aconteceu de forma coletiva no decorrer dos encontros com a equipe do Instituto Marlin Azul.  Depois, cada associação montou um plano de produção e filmagem com orientação de profissionais e, em seguida, gravou imagens e entrevistas com os personagens. As cenas foram captadas em diferentes ambientes, como no próprio manguezal, em ruas, casas e locais de venda dos peixes e mariscos.   

Animação  

O projeto Povos e Mangues: O Audiovisual na Educação Ambiental de Cariacica começou a ser desenvolvido em 2009 nas escolas da rede municipal de educação de Cariacica, envolvendo alunos em oficinas audiovisuais para a realização de curtas-metragens de animação com temática ambiental.   Foram realizadas cinco oficinas de animação nas seguintes escolas: no Centro Municipal de Educação Infantil “Erenita Rodrigues Trancoso”, em Itacibá; na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Tânia Pôncio Leite”, em Vila Cajueiro; na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Martin Lutero”, em Flexal II; na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Amenóphis de Assis”, em Vale Esperança; e na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Euvira Benedita Cardoso da Silva”, de Novo Brasil.

As obras audiovisuais, com roteiro, desenhos, animação e direção das crianças e adolescentes, abordam diferentes temas, entre eles: a lenda do Capitão do Mangue; a história de ocupação das áreas de manguezal durante a migração ocorrida nas três últimas décadas; e o ciclo de vida do caranguejo, comparando com as fases de vida do ser humano.  

 Histórico  

O município de Cariacica, localizado na Região Metropolitana da Grande Vitória (ES), possui áreas de manguezal que sofreram com o crescimento urbano desordenado, acumulando problemas como deposição de lixo, ocupação irregular, contaminação por esgotos domésticos, devastação da mata, pesca e caça predatórias.  Com o compromisso de recuperar e preservar o ecossistema, a Prefeitura Municipal de Cariacica, em parceria com a Ong Bioma Brasil, criou o projeto Povos e Mangues, cuja proposta é capacitar educadores para atuar junto aos alunos das escolas públicas do entorno do manguezal, promovendo a educação ambiental e incentivando a mobilização e o fortalecimento comunitário. Nesse contexto foi criado o manual Os Maravilhosos Manguezais, desenvolvido pelo Bioma Brasil. 

A fim de ampliar a abrangência do manual, o Instituto Marlin Azul propôs a utilização da linguagem audiovisual como ferramenta pedagógica adicional ao trabalho dos professores, envolvendo alunos e comunidades ribeirinhas no processo de conscientização ambiental através da produção e difusão de conteúdos audiovisuais educativos. 

BOCA Derrota Palmeiras

Foi a última caminhada até a velha casa. O último grito de “Palmeiras minha vida é você” nas arquibancadas. E a última derrota da história do Palestra Itália. Na noite desta sexta-feira, o Palmeiras teve uma despedida melancólica de seu estádio. Ainda comandado por Flavio Murtosa, auxiliar de Felipão, o time perdeu por 2 a 0 para o Boca Juniors num amistoso. 

A casa palmeirense, que já viu a conquista da Libertadores, em 1999 dará lugar a uma moderna arena, com capacidade para 45 mil pessoas. A previsão é que fique pronta em dois anos, a tempo de poder sediar alguma partida da Copa de 2014, que será realizada no Brasil. 

As próximas partidas com mando do Alviverde serão disputadas no Pacaembu – como ocorrerá já nesta quinta-feira, contra o Santos, pela retomada do Brasileiro – e na Arena Barueri, na Grande São Paulo. 

kleber   boca junior x palmeiras

Apesar das tentativas palmeirenses, foi o Boca Juniors que ampliou o placar. Aos 38 minutos, após cobrança de escanteio, Viatri ajeitou e Muñoz completou para fazer 2 a 0.

Boca: É Sempre pra Valer !


A faixa estendida pela pequena torcida argentina na arquibancada do estádio palmeirense já avisava: “Não fazemos amistosos”. E não demorou para o time argentino, que não teve Riquelme, Palermo e Medel, se arriscar ao ataque e começar a atrapalhar a festa alviverde. 

Os “heróis” da partida foram Viatri, Cañete, Luchetti, Muñoz e García.