Arquivo do dia: 21/07/2010

Solidariedade a Cissa Guimarães

A impunidade é a mãe de todas as bandalhas 

A tragédia envolvendo o jovem Rafael Mascarenhas é sintomática de um Rio que não respeita as leis. Não sou vidente,mas tenho quasde certeza de que a atitude dos jovens, que furaram o bloqueio do túnel, não foi a primeira – e nem será a última – irregularidade entre os túneis Acústico e Dois Irmãos. Ontem mesmo, ouvi de minhas fontes relatos de que o local é usado como área de lazer pelos moradores do Minhocão e que há também uma turma que o frequenta para outras coisitas… Absurdo é perceber que, mais uma vez, a tranca só será posta após o arrombamento da casa.

O atropelador que me perdoe o pré-julgamento, mas ao contornar o túnel por um acesso fechado, cometeu uma irregularidade. E tem de pagar por isto e por sua consequência – a morte por atropelamento do filho de Cissa Guimarães. Um pena que outros diversos atropelamentos que acontecem pela cidade não recebam a mesma atenção das autoridades. A morte do jovem comprova que as irregularidades continuam a acontecer a qualquer hora do dia – ou da noite. Ainda mais quando ficamos sabendo que a polícia os abordou e liberou, mesmo com o carro apresentando sinais evidentes do atropelamento na sua lataria.

É aquela coisa: a impunidade, a sensação de impunidade, gera mais e mais irregularidades. O Rio é cercado de delitos e há a imensa (e honesta) sensação de que sequer as autoridades se importam com isso. Vivemos tempos de ‘farinha pouca, meu pirão primeiro’.

* O texto é de  André Balocco
 
Rafael com o irmão João e a mãe Cissa Guimarães
Durante toda a terça-feira, artistas visitaram Cissa no apartamento em que ela morava com o filho caçula, na Gávea. Os atores Lilia Cabral, Miguel Falabella, Nívea Stelmann, a cantora Preta Gil e a mãe, Sandra Gadelha, saíram de lá emocionados. Desolada, a atriz repetiu aos amigos diversas vezes: “Isso não está acontecendo, não está acontecendo”.

Ela passou a tarde sob efeitos de calmantes e não vai se apresentar neste fim de semana com a peça ‘Doidas e Santas’, no Teatro do Leblon. Na segunda-feira, será decidido se ela segue ou deixa o elenco do espetáculo. João Velho adiou a estreia de sua peça infantil ‘Joaquim e as estrelas’, no Oi Futuro, devido ao falecimento do irmão, e passou a tarde no Instituto Médico-Legal para liberar o corpo. “Rafael era o bebê da Cissa. Ela está muito mal”, revelou Katiuscia Canoro, a Lady Kate, que acompanhou João Velho no IML.

Rafael Mascarenhas era músico como o pai Raul

A rua onde Rafael morava na Gávea foi ocupada por 50 amigos que fizeram um grafite para homenageá-lo. O assunto fez o nome de Cissa Guimarães tornar-se o termo mais comentado do Twitter no mundo todo. A própria Cissa usou o microblog para se manifestar. “Em Luto”, escreveu às 12h, além de trocar sua imagem de exibição por foto em que aparece com o filho. Ela recebeu apoio da autora Gloria Perez, que perdeu a filha Daniella Perez em 1992: “Tudo o que queria era botar a Cissa no colo. Força, amiga! Te abraço em silêncio”. Além dela, famosos como o jogador Ronaldo prestaram solidariedade no Twitter.

“Isso não está acontecendo, isso não está acontecendo. Onde eu vou arranjar forças para seguir em frente?”
CISSA GUIMARÃES

“Dor tamanha, que não tem fim. Por que ele, meu Deus? Por que meu anjo? Nunca senti dor assim… ”
MARIANA BELÉM

“Tudo o que queria era botar a Cissa no colo. Força, amiga! Te abraço em silêncio”
GLÓRIA PEREZ

“Deixo aqui meu abraço solidário e o de toda a minha família à Cissa”
WILLIAM BONNER

“ Rafael era um grande amigo, um menino lindo de todas as maneiras. Estamos arrasados”
PRETA GIL 

Rafael, Cissa e Thomaz brindando em momento feliz…

O Trem de Paranapiacaba

 
 
Instalações da nova plataforma de desembarque do trem turístico de Paranapiacaba; inauguração atrasa
Instalações da nova plataforma de desembarque do trem turístico de Paranapiacaba

Programado para entrar em operação no último dia 4 de julho, o expresso turístico de Paranapiacaba até hoje não entrou nos trilhos.

A história se arrasta desde 2008, quando foi feito o primeiro anúncio de que o trem turístico faria a ligação entre a estação da Luz e a vila ferroviária. Há um jogo de empurra entre a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, o Estado e a Prefeitura de Santo André –Paranapiacaba é distrito do município.

A CPTM diz que o expresso não começou a rodar porque as obras da plataforma provisória de embarque e desembarque na vila não foram concluídas pela prefeitura.

A Folha esteve ontem em Paranapiacaba e constatou que a plataforma de fato está incompleta. Faltam cobertura, piso tátil para evitar quedas e escorregões, gradil de segurança para evitar quedas e obras de paisagismo.

A Prefeitura de Santo André afirmou que a obra de construção da estação “está de acordo com o cronograma de trabalhos”. Disse ainda que houve “incompatibilidade de agendas entre a prefeitura e o governo do Estado”.

Questionada por que o passeio não foi inaugurado sem a presença do governador Alberto Goldman (PSDB), a assessoria disse que o Estado é parceiro no projeto e tem de estar presente à inauguração. Já a assessoria de Goldman diz que o atraso se deve mesmo à não conclusão da plataforma. A nova previsão de entrega, diz o Estado, é até o fim do mês.

* Texto de JAMES CIMINO, da Folha

N.R.: Esta  redatora e a turma que integra o Coletivo Fade to Black temos ótimas lembranças de Paranapiacaba e muitas saudades da adorável Vila… qualquer hora dessas, nós voltamos lá…

 Realizadores chegam à Vila de Paranapiacaba para festival de Cinema, em maio de 2010, vendo-em em primeiro plano Fábio Hassegawa, o queridão do Pará, que trabalha agora em seu novo curta Rosa Ana
 
 
Realizadores do Coletivo Fade to Black num dos inesquecíveis momentos na adorável Paranapiacaba, nosso “abrigo” durante o I Festival de Cinema Um Novo Olhar, realizado em Ribeirão Pires.

Inscrições ao CineMúsica

O encontro mágico entre cinema e música já virou tradição: acontece sempre em setembro na cidade de Conservatória.

Este ano, a quarta edição acontecerá de 3 a 6 de setembro, numa promoção da Casa de Cultura da cidade.  Público, convidados, produtores e realizadores poderão conferir cirandas em concertos sinfônicos, cênicos e cortejos. O festival funciona simultaneamente com três pontos de exibição: O Cine Sesc (Serviço Social do Comércio), na Praça da Matriz; O Cine Tela Brasil, no Largo da Rodoviária; e o Cine Centímetro.

Além de quatro dias de muito cinema e música, existe a opção do Sabor CineMúsica, evento gastronômico constante da estrutura do festival. Segundo a diretora  Cleide Salgado, o CineMúsica é o único festival de cinema do país dedicado ao universo do som e com associação da música ao cinema. Um festival sui generis e com a presença do Cine Centímetro, um patrimônio comprometido com a memória do cinema.

A simbologia nostálgica do festival combina bem com Conservatória, a cidade das serestas: ali, celebram-se os saudosos cinemas de rua – representados pelo Cine Centímetro, réplica perfeita do saudoso Metro Tijuca, com mobiliário autêntico, que homenageia o cinema e é um importante espaço do CineMúsica, acolhendo pré-estréias, sessões especiais e debates.

 
 

 Em 2007, o evento celebrou o Choro. Ano seguinte foi a vez de movimentar Conservatória embalado em Samba e Carnaval, quando foi encenado o musical Sassaricando – E o Rio Inventou as Marchinhas, contando ainda com a animação da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis, na cerimônia de encerramento.

As inscrições para a edição deste ano estão abertas até dia 15.

Avião do Filme Xingu Cai no Tocantins

Os ocupantes do avião foram encaminhados ao Hospital Geral de Palmas e não correm risco de morte

Um avião monomotor que pertence à produtora de filmes O2, do cineasta Fernando Meirelles, caiu nesta terça-feira por volta das 16 horas em Palmas. Segundo a Polícia Militar do Tocantins, uma falha mecânica obrigou o piloto a fazer um pouso forçado no Parque Estadual do Lajeado, localizado a 24 quilômetros de Palmas.

Os três ocupantes do avião foram encaminhados ao Hospital Geral de Palmas e não correm risco de morte. A assessoria de imprensa da O2, em nota, disse que o avião faria um voo de reconhecimento para as filmagens aéreas do longa-metragem Xingu.

Além do piloto, de 33 anos, havia dois publicitários no avião, um de São Paulo e o outro do Tocantins. O longa Xingu será dirigido por Cao Hamburger e vai contar a história dos irmãos Villas-Boas, que dedicaram seu trabalho à defesa dos índios, e criaram o Parque Nacional do Xingu, em 1961.

Inscrições ao For Rainbow

topo1.jpg

 

MOSTRA COMPETITIVA

 

Abertas até dia 5 inscrições ao IV FOR RAINBOW Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual, o qual vai trazer a Fortaleza o melhor da produção audiovisual de longa, média e curta-metragem, relacionada à diversidade sexual. Inscreva seu filme.

 

Acesse: www.forrainbow.com.br/inscricoes.html

Curso Cinema, História e Linguagem

Abertas inscrições ao curso Cinema História e Linguagem – O Moderno e o Contemporâneo, ministrado pelo crítico de cinema da Folha de S. Paulo, Inácio Araujo.

O curso começa dias 2 e 3 de agosto com módulo dedicado ao cinema moderno e contemporâneo, desde Orson Welles e o neo-realismo, nos anos 40, passando pelas transformações dos anos 60 (Nouvelle Vague, Cinema Novo), chegando às propostas de cineastas contemporâneos originais, como David Cronenberg e David Lynch, entre outros.

O curso terá duas turmas e vai funcionar às 2ªs-feiras, com aulas das 19h30 às 23h, e às 3ªs, de 9h30 às 13h. A mensalidade é de R$ 220.

Mais informações: www.cursoinacioaraujo.blogspot.com

Ti-Ti-Ti Começa Muito Bem

Zé Paulo Cardeal/Divulgação

Alexandre Borges e Murilo Benício são os caras certos na hora certa nos papéis certos

A música da abertura está lá, a mesma, agora com Rita Lee, mais bossa e menos adrenalina juvenil. O enredo central é de 1985, de Cassiano Gabus Mendes. As tesouras e agulhas da abertura lá estão, 25 anos depois. Outros acordes remetem aos idos em que Jacques Leclair era Reginaldo Faria e Victor Valentim, Luiz Gustavo. Ainda assim, a novela que Maria Adelaide Amaral trouxe à tona na faixa das 19h da Globo dá pinta mais original que muito folhetim dito inédito.

Não vale dizer que novela é tudo igual. A dramaturgia de Cassiano merece montagens e remontagens à vontade. Ao preservar parte do figurino dos anos 80, digo, a abertura, a trilha e o fio condutor, a nova Ti-ti-ti afaga os saudosistas e estende a mão aos menores de 30. Se uma peça de teatro, com texto repetido pelos mesmos atores por meses, produz um espetáculo diferente a cada dia, que reforma não opera uma mudança inteira no elenco, 25 anos depois ? Bingo, é outra novela.

Betty Gofman e Malu Mader: amigas e companheiras de elenco em Ti Ti Ti

Isis Valverde: mocinha sofredora no horário das 19h

Davi Lucas: jovem ator, revelado em seriado com Luís Fernando Guimarães, já disse que veio muito bem no primeiro capítulo. Saravá !

Cristina Padiglione – O Estado de S. Paulo

* N.R: Quem viu, quer acompanhar: primeiros capítulso da novela Ti Ti Ti já deram bom sinal de que a novela vem pra marcar mais um belo momento na história da telenovela brasileira.

Elenco afinado, cenários e figurinos ótimos, idem a direção de arte e a trilha sonora está bárbara ! Destaque para a escalação feliz de MALU Mader, Christiane Torloni, Giulia Gam, Mauro Mendonça, André Arteche, Leopoldo Pacheco, Murilo Benício e Alexandre Borges, que deverá ser O Cara do Ano na telinha: sua primeira entrada na novela já foi arrasando ! Seu Jacques LeClair está pra lá de engraçado, inteligente, sutil… e emoldurado por uma família que promete boas gargalhadas na trama, escrita com maestria por Maria Adelaide Amaral, não fosse ela uma de nossas melhores Dramaturgas.

Claudia Raia  e Alexandre Borges: elegância dela é marcante e atuação dele, supimpa !, vai render pano pra manga

Projeto Cearense Lança Videoteca com Audiodescrição

 

O projeto intitulado DVD ACESSÍVEL – Audiovisual e acessibilidade: produção e divulgação de DVDs para cegos e surdos, cujo objetivo é iniciar a construção de uma videoteca de filmes nacionais acessível ao público com deficiência sensorial, entregará nesta sexta (23), à sociedade brasileira, DVDs com recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência sensorial, uma iniciativa pioneira no Brasil.

 

Iniciado em 2009, o Projeto DVD Acessível é de autoria da Prof.ª Dr.ª Vera Lúcia Santiago Araújo da Universidade Estadual do Ceará e tem patrocínio do Banco do Nordeste e do PROCAD/CAPES.

A solenidade de entrega acontecerá às 19h no Centro Cultural Oboé, localizado à Rua Maria Tomásia, 531, Aldeota, em Fortaleza, quando serão entregues os longas-metragens Corisco & Dadá, de Rosemberg Cariry, e O Grão, de Petrus Cariry, e os curtas-metragens Adorável Rosa, de Aurora Miranda Leão, Águas de Romanza, de Gláucia Soares e Patrícia Baía, Capistrano no Quilo, de Firmino Holanda, e Reisado Miudim, de Petrus Cariry, totalmente acessíveis às pessoas com deficiência sensorial.Os DVDs possuem Título em Braille, Audiodescrição, Menus com Audionavegação, Janela na Língua Brasileira de Sinais e Legendagem para Surdos e Ensurdecidos;

O projeto conta ainda com apoio do Governo do Estado do Ceará, da CAPES, da FUNCAP, do CNPq, do Centro Cultural Oboé e da Maquilar. A tradução audiovisual foi executada pelo Grupo LEAD da UECE.

A entrada é franca.

Mais informações, falar com Klístenes Braga ou Bruna Alves Leão através dos telefones: (85) 8636.7200 ou 8657.9021. 

 
Adorável Rosa, um dos títulos da videoteca, é um documentário sobre a atriz ROSAMARIA MURTINHO com direção da jornalista Aurora Miranda Leão