ARUANDA Começa dia 10

Sexta edição do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, a acontecer de 10 a 15 de dezembro, está com inscrições abertas para as oficinas e seminários na área de audiovisual. São oferecidas 25 vagas para a oficina de roteiro de cinema, 25 para a de som e 30 para a oficina de animação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do e-mail: festaruanda@gmail.com identificando a oficina pretendida e informações de dados pessoais. Para a oficina de Roteiro são exigidos conhecimentos na área. O candidato deve enviar breve currículo (no máximo, uma página) com oficinas, cursos e roteiros realizados.

O 6º Festival Aruanda do Audiovisual Brasileiro, uma realização do Neppau (Núcleo de Estudos, Pesquisa e Produção Audiovisual), PPGC (Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPB) e Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), acontece no Tropical Hotel Tambaú com o objetivo de fomentar, reconhecer e contemplar os novos talentos e futuros profissionais da área do audiovisual colocando João Pessoa em destaque no circuito de festivais de cinema do país.

A oficina de roteiro, a ser ministrada pelo premiado roteirista Di Moretti, engloba temas específicos que descrevem a confecção de um roteiro cinematográfico, documental ou ficcional, curta ou longa-metragem. Cada módulo se divide em diversas atividades, como o desenvolvimento de um tema específico sobre a realização de um roteiro e pequenos exercícios práticos de roteirização. 

O som do filme

Voltada para estudantes e profissionais de cinema, a oficina O Som do Filme, com Débora Oposlki, pretende fornecer aos alunos um panorama geral sobre o processo de criação e de elaboração sonora para o cinema e sobre a sua eminente relação com a narrativa audiovisual.

Este conteúdo será trabalhado através de debates orientados, análises de exemplos e demonstrações práticas. Segundo Opolski, “sendo o cinema uma obra multiautoral, todos os aspectos serão trabalhados nesta oficina do ponto de vista conceitual e técnico. Assim, compreendendo que o som é um entre outros aspectos importantes a ser trabalhado no filme, faz-se necessário dialogar com todos os outros elementos que o complementam”.

A terceira oficina promovida pelo 6º Fest Aruanda é a de animação com o publicitário brasiliense Ítalo Cajueiro, mestre em Comunicação Social pela Universidade de Brasília (UnB). Ítalo é animador, roteirista, ilustrador, programador visual e cineasta. Foi o primeiro brasileiro a conquistar o Anima Mundi de melhor filme. Seus filmes foram exibidos na França, Portugal, Espanha, Alemanha, Japão, Canadá, Coréia, Ucrânia dentre outros países. Podem participar da oficina de animação estudantes a partir de 15 anos de idade.

As oficinas de roteiro e de som acontecem de 8 a 11 de dezembro, isto é, têm início três dias antes da abertura do festival. A oficina de animação, por sua vez, ocorrerá de 13 a 15, durante o festival. O 6º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro oferece ainda os seminários “Campos emergentes e intercruzados: cinema, ciberespaço, games e hqs”, no dia 10, coordenado pela professora Nadja Carvalho, do Departamento de Mídias Digitais; “Aruanda, 50 anos”; Crítica cinematográfica: história, impasses e desafios na contemporaneidade; e a palestra Nouvelle Vague, 50 anos com Alfredo Manevi, Ministro-Adjunto da Cultura do Brasil. As inscrições para as oficinas, palestras e seminários são gratuitas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s