Arquivo do dia: 04/12/2010

O Universo Literário de Clarice Lispector

Seminário avançado sobre Lispector  

Clarice Lispector é uma das escritoras mais celebradas, discutidas e difundidas da contemporaneidade. Sua extensa obra tem como tema principal a vida. Com sutileza, ela fala da existência, do ato de ser, das diversas maneiras de olhar o mundo. 

Em 2010, comemoram-se 90 anos de nascimento da escritora e os 50 anos do lançamento de seu livro de contos Laços de Família. Para marcar essas datas, divulgar sua obra, e estimular a reflexão sobre sua escrita, nasceu a ideia do Seminário Avançado CLARICE: UMA PAIXÃO, que o Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza promoverá de 8 a 10 próximos, sempre das 14 h às 18 h. Inscrições gratuitas abertas até dia 8, na recepção do CCBNB-Fortaleza.

O objetivo do Seminário é reunir estudiosos, estudantes e apreciadores para uma imersão no universo clariceano. Os convidados para o evento são, antes de tudo, amantes desse mundo de palavras e pensamento, sendo provenientes de diferentes áreas: literatura, cinema, linguagens visuais diversificadas, artes plásticas, direito, psicologia, sustentabilidade, entre outras, assumindo, por isso, pontos-de-vista distintos sobre o mesmo objeto.

Assim, no decorrer do Seminário, será montada uma imagem multifacetada da escritora, apreendendo as diversas nuances de sua obra/vida, através de leituras distintas.

Também fazem parte da programação um conjunto de eventos e ações de cunho sócio-cultural que, realizados de forma paralela, objetivam incluir maior número de pessoas no mundo criado por Clarice, verificando como a voz dessa escritora, às vezes apontada como hermética, repercute de forma intensa em nossa contemporaneidade.

Essa revelação – esse momento de espanto – pode acontecer por meio da literatura, assim como através do cinema, das histórias sobre sua vida, dos registros nos papéis de carta, das possíveis descobertas dos estudos literários, das diversas vozes que dizem Clarice. Pode acontecer também através de tantas linguagens: vídeos, fanzines, grafitti etc. Pode ter, inclusive, o gosto do inesperado, pois, Quem diz Clarice diz Surpresa, como se sabe.

Na lista de palestrantes convidados, constam nomes como:

·         Augusto Ferraz, escritor pernambucano, amigo pessoal e correspondente da homenageada. Divide com o público cartas inéditas, tesouros de seu arquivo pessoal, trocadas com Clarice, entre 1975 e 1977.

·         Taciana Oliveira, cineasta pernambucana, diretora do filme “A Descoberta do Mundo”, em fase de edição, no qual se propõe a narrar a vida de Clarice Lispector enlaçando imagem e texto.

·         Teresa Montero, autora de “Eu sou uma pergunta: uma biografia de Clarice Lispector” (Rocco, 1998), um dos mais completos e conceituados livros sobre a escritora.

·         Ricardo Iannace, professor universitário, autor de “A Leitora Clarice Lispector” (2001) e “Retratos de Clarice Lispector” (2009).

·         Vera Moraes, professora do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutora em Sociologia pela UFC. Pós-doutora pela USP, com pesquisa sobre Clarice Lispector. 

·         Miguel Leocádio Araújo, Mestre em Literatura Brasileira (UFC), com dissertação sobre Clarice, professor da Universidade Estadual do Ceará.

·         Elenice Lima, mestranda em Literatura Comparada pela UFC, pesquisadora das questões dos afetos em Clarice.

·         Anna Karine Lima (SDH/UFC), escritora, pesquisadora da vida e obra de Clarice Lispector. Coordena o Programa “Ler é Ter Direitos” da SDH.

·         Fernanda Coutinho, professora do Departamento de Literatura e do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFC. Doutora em Teoria da Literatura, UFPE, 2004, e Pós-Doutora em Literatura Comparada, UFMG, Universidade de Paris, Sorbonne (Paris IV), 2010.

 Programação do Seminário CLARICE: UMA PAIXÃO:

 

Dia 8 (Quarta)                                                                            

14:00h – Abertura do Seminário

Boas-vindas aos participantes

14:15 h – Exibição de vídeo amador:  Clarices

Depoimento sobre making-of do vídeo e impressões da plateia

14:30 às 15:30 h – Enlaçando Vozes I – Uma Clarice, muitos laços: Conversas sobre afetos, vida, literatura e cinema.

Com: Taciana Oliveira, cineasta, diretora de A Descoberta do mundo, Augusto Ferraz, escritor e amigo pessoal de Clarice, Anna Karine Lima, artista plástica e leitora de Clarice, Fernanda Coutinho, professora do Curso de Letras da UFC, pesquisadora da obra clariceana

16:00 às 16:30h – Intervalo para café 

16:30 às 17:30 h – Enlaçando Vozes II – Laços de Família I

Com: Vera Moraes e Odalice de Castro Silva, professoras do Curso de Letras da UFC, pesquisadoras da obra clariceana, e Grupo de estudos Representações dos Afetos Femininos na Literatura Brasileira/UFC

Luciana Braga; Laís Oliveira, com co-autoria de Cintia de Castro e Sayonara Bessa Cidrack, com co-autoria de Janne Maria Mesquita

Contraponto temático: “Clarice Lispector colunista feminina”

Marta Milene Gomes de Araújo (Mestrado em Teoria da Literatura, UFPE)

18:00 h – Abertura das exposições   Construindo a Descoberta “Os acordes para um filme” (Taciana Oliveira) e Luminescência (Anna Karine Lima) e “Clarice: paixões” (Fernanda Coutinho e Beatriz Saldanha)

  

Dia 9 (Quinta)

14:00 às 15:30 h – Enlaçando Vozes III – Leituras em torno de Clarice

Com: Ricardo Iannace, autor de A Leitora Clarice (2001) e Retratos em Clarice Lispector: Literatura, Pintura e Fotografia (2009), Ilza Matias de Souza, professora do Departamento de Literatura da UFRN e Vera Moraes

Mediação: Miguel Leocádio Araújo, professor da UECE

15:30 h às 16:00 – Intervalo para café

16:30 às 17:30 – Enlaçando Vozes IV – Laços de Família II

Com: Fernanda Coutinho e Grupo de estudos Representações dos Afetos Femininos na Literatura Brasileira/UFC (Elenice Lima, Lilian Martins e Diego Nascimento Araújo)

Mediação: Vera Moraes

 

17:30h às 18:00h – Enlaçando Vozes V – Clarice e outros olhares

Projecto Clarice: exibições de vídeos da artista portuguesa Patrícia Lino

18:00h às 18:20h Urbe/arte – Discussão com o público: Carlos Eduardo Bezerra, Doutor em Literatura e vida social (UNESP/Assis)

 

18:20h – Enlaçando Vozes VI – A celebração de muitas palavras

Exibição de vídeo-amador Vozes, vozes, vozes

Laboratório de leitura com crianças: Passagens de O Mistério do Coelho pensante, A Vida íntima de Laura, A Mulher que matou os peixes e Quase de verdade  

Depoimento sobre making-of do vídeo e impressões da plateia 

Dia 10 (Sexta) 

14:00h às 15:30h – Enlaçando Vozes VII – O Rio de Clarice

Com: Teresa Monteiro, autora de Clarice na cabeceira e Taciana Oliveira, cineasta, diretora de A Descoberta do mundo. 

15:30 h às 15:45 – Intervalo para café 

16:45h às 17:00h Leitura e sedução: Leitura espontânea de textos de Clarice por parte da plateia  

17:00 h às 18:00h –  Enlaçando Vozes VIII – Clarice, nós, seus leitores!

Com: Augusto Ferraz, Ricardo Iannace, Taciana Oliveira e Teresa Montero

Mediação: Anna Karina e Fernanda Coutinho 

18:15h – Lançamentos literários

TEOREMA Chega ao Número 17

Na próxima segunda, 6, 19h, acontece na Livraria Palavraria (Rua Vasco da Gama, 165) o lançamento do número 17 da revista Teorema. Editada em Porto Alegre pelos críticos Enéas de Souza, Fabiano de Souza, Flávio Guirland, Ivonete Pinto e Marcus Mello, desde o seu surgimento, em agosto de 2002, a revista Teorema vem se consolidando como uma das mais importantes publicações dedicadas à crítica cinematográfica no País.

A maior atração deste novo número é uma longa entrevista com o cineasta israelense Amos Gitai, que conversou com os editores da revista por ocasião de sua passagem pela capital gaúcha para acompanhar a retrospectiva dedicada à sua obra no Cine Santander. Para complementar a entrevista, a revista traz ainda um ensaio de Fabiano de Souza, em torno de três dos principais trabalhos de Gitai, Kippur – O Dia do Perdão, Free Zone e Alila.

         Além de Amos Gitai, a Teorema 17 abre espaço para os novos filmes de outros grandes diretores. A já consagrada Sofia Coppola confirma que não é apenas a filha de Francis Ford e tem seu novíssimo Um Lugar Qualquer analisado por Neusa Barbosa, que o assistiu em primeira mão, em sua estréia mundial no Festival de Veneza.

O italiano Marco Bellocchio e sua última obra-prima, Vincere, sobre a tragédia de Ida Dalser, a amante desprezada de Mussolini, são objeto de uma apaixonada leitura de Flávio Guirland. Abbas Kiarostami dirige Juliette Binoche em Cópia Fiel, que ganha interpretação de Ivonete Pinto, estudiosa da obra de Kiarostami.

O sempre controverso Jean-Luc Godard lança outra provocação audiovisual, Filme Socialismo, sobre o qual o cineasta Rodrigo Grota – autor da premiada trilogia de curtas formada por Satori Uso, Booker Pittman e Haruo Ohara – escreve um texto absolutamente fiel ao espírito godardiano. Presença rara nas salas de cinema brasileiras, a diretora francesa Claire Denis e seu Minha Terra, África ganham artigo assinado por Marcus Mello.

Director Claude Chabrol poses with his lifetime achievement Berlinale Kamera Award at the 59th Berlinale International Film Festival on February 8, 2009 in Berlin, Germany. (Photo by Sean Gallup/Getty Images) *** Local Caption *** Claude Chabrol

Cineasta Claude Chabrol é lembrado em artigo de Leonardo Bonfim

Ainda entre os franceses, a Teorema se despede de Claude Chabrol com um extenso e panorâmico artigo de Leonardo Bomfim, analisando as várias fases da carreira deste mestre da Nouvelle Vague.

         O ano histórico vivido pelo cinema brasileiro está representado nesta edição por textos de Enéas de Souza (Tropa de Elite 2, de José Padilha), Daniel Schenker (A Suprema Felicidade, de Arnaldo Jabor), João Nunes (o projeto de direção coletiva 5 x Favela – Agora por Nós Mesmos) e Marcelo Adams (Cabeça a Prêmio, de Marco Ricca).

Tropa de Elite 2 também é destaque na TEOREMA 17

         A edição número 17 da Teorema traz na capa, assinada pelo artista gráfico Flávio Wild, uma imagem da atriz Juliette Binoche no filme Cópia Fiel, de Abbas Kiarostami. A diagramação da revista é de Gustavo Demarchi.      

Lançamento Número 17 da Revista Teorema

6 de dezembro de 2010, a partir das 19h

Livraria Palavraria – Rua Vasco da Gama, 165

 Bairro Bom Fim, Porto Alegre 

 

Teorema 17 — 74 páginas — R$ 10,00

* As informações são de Maria do Rosário Caetano