Arquivo do dia: 31/05/2011

RESTA UM.. filme marcante na cabeça de cada um

São tantas as opiniões que anotamos sobre nosso curta RESTA UM, que resolvemos publicá-las para partilhar com você, leitor amigo, que já conhece ou ainda vai ver este exercício audiovisual coletivo…

Roteiro inteligente, edição competente e condução elegante com Ingra Liberato esbanjando sensualidade.
                                               – Maria Letícia, cineasta

Foi um grande prazer te ajudar nessa. Adorei o filme!
               – Cavi Borges, cineasta

Importa pelo que é capaz de despertar no espectador…
                            – Edinha Diniz, pesquisadora de Música
Absolutamente transgressor, dá gosto ver, faz bem à alma.
                                               – Jorge Salomão, poeta

Bom de ver, leve, descontraído e alegre como sua diretora. Já disse que quero fazer parte do próximo.

                                      – Vera Ferreira, atriz


 Leve, descontraído, dá vontade de assistir mais de uma vez para adentrar melhor neste universo a que o filme nos remete.
                                                                     – Sérgio Fonta, ator

Supimpa ! Um sopro de bendita transgressão no universo audiovisual contemporâneo.
                                            – Carmem Araújo, filósofa

Uma excelente loucura, digna do Bressane… Você é demais, parabéns!
                                          – Miguel Jorge, escritor


Enfim, um filme que faz exatamente o que se propõe: instigar, confundir, mexer com o intelecto. E é gostoso de ver…
                                                      – Alice Gonzaga, pesquisadora

Resta Um é uma bela homenagem à Belair, mostra que ainda hoje a intuição pode vencer a forma e criar algo sensível e singelo.
                                                                          – Alex Moletta, dramaturgo

Tá muito legal o filme e é uma honra ter um trechinho do Áurea passeando lá dentro. Ver o filme deu vontade de estar lá.

                                                                          – Zeca Ferreira, cineasta


 Aurora constrói com habilidade e leveza um painel espontâneo sobre o fazer cinematográfico, renovando nosso espírito de querer encontrar o novo.  
                                                      – Jorge Ritchie, ator     

           
Um filme que reaviva a crença no cinema de invenção. 
                                                – Phylis Lilian Huber, jornalista

Inteligente, ousado, instigante, tão experimental como sua própria diretora.

                                                – Walter Webb, produtor e cineasta

Aurora, o filme é muito bommmmmmm ! Estou encantado… ele passa o tempo inteiro uma enorme vontade de fazer e isso é contagiante. E que atriz espetacular essa Ingra ! Parabéns !

                                                               – Gui Castor, cineasta

 

* O CARTAZ de RESTA UM é criação do amigo Chico Cavas Júnior…

MESSI Coleciona Elogios no Mundo Todo

Craque argentino segue fazendo novos e mais encantados torcedores a cada jogo… 

‘Messi supera todos os mitos’ e é o maior da história em clubes, diz jornal espanhol

por ESPN.com.br

Nunca houve em toda a história do futebol um jogador como tantas conquistas por um clube, em tão pouco tempo de carreira, como o argentino Lionel Messi. Quem afirma isso é o jornal madrilenho Marca, historicamente considerado alinhado ao Real Madrid.  

Em reportagem em destaque no site da publicação, o protagonista do quarto título europeu do Barcelona é apontado como já maior do que nomes Pelé, Maradona, Di Stéfano e Cruyff, pelo menos em relação a seu desempenho em clube.

 

De acordo com a publicação, aos 23 anos, Messi já faz parte do seleto grupo de “cinco reis da história do futebol”, ao lado dos quatro já citados. A diferença, no entanto, seria sua desempenho com o Barcelona: até aqui, ele já conquistou 15 títulos com a camisa azul-grená. Pelé, pelo Santos, com a mesma idade, havia levantado 13 troféus, na conta do Marca.Outra lenda argentina, Alfredo Di Stéfano, atual presidente de honra do Real Madrid, tinha sido campeão apenas três vezes aos 23 anos. O holandês Johan Cruyff, que também fez história com a camisa do Barça, tinha seis títulos com essa idade, mesmo número de conquistas de Maradonaaos 23. 

Para o craque Maradona, Messi é ‘fantástico’ e de ‘outra cátedra de futebol’

A reportagem do Marca lembra que “vários jornais argentinos, como o Olé”, já assinalam Messi como “o maior futebolista de todos os tempos”. O ex-técnico da seleção da Argentina, César Luis Menotti, diz o Marca, afirmou em entrevista em abril deste ano que o craque do Barcelona “é o quinto rei da história do futebol”, justamente ao lado dos quatro personagens destacados na matéria.

 

“Em nível de clubes, nada iguala seus registros, e sua única assinatura pendente é conquistar êxitos com a seleção argentina”, completa o diário espanhol.

Di Stéfano, Pelé, Messi, Maradona e Cruyff: os maiores da história para o jornal Marca

Di Stéfano, Pelé, Messi, Maradona e Cruyff: os maiores da história para o jornal Marca
(Crédito da imagem: Montagem ESPN).