Arquivo do dia: 11/06/2011

Cine Ceará em Destaque

21º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema apresenta este sábado a seguinte programação:

 Às 17 horas, o documentarista Eduardo Coutinho estreia em Fortaleza o filme Moscou, no Espaço Unibanco de Cinema Dragão do Mar 2, onde filmes do cineasta serão exibidos até dia 14. A partir de 18h30, o festival leva ao palco do Theatro José de Alencar o ator Daniel de Oliveira para a entrega do Trofeu Eusélio Oliveira. Após a homenagem, tem início a Mostra Competitiva de Curta-Metragem, reunindo os seguintes filmes:

“O acaso e a borboleta”, de Tiago Américo (PR) e “Julie, agosto, setembro”, de Jarleo Barbosa (GO). Os longas-metragens “Assalto no cinema”, de Iria Gomez (México) e “Todos teus mortos”, de Carlos Moreno (Colômbia) também são destaques da programação e encerram o quarto dia de evento. 

Eduardo Coutinho: homenagem e filmes em Mostra Especial no Cine Ceará

Até a próxima terça, são realizadas exibições diárias gratuitas de filmes em longa e curta metragens – numa ampla programação de mostras competitivas e paralelas. O Cine Ceará será encerrado na noite da próxima quarta, dia 15, com a solenidade de premiação dos vencedores do Festival. Ao longo dos próximos dias, o público cearense e convidados internacionais e nacionais do universo do audiovisual estão desfrutando de um dos festivais de cinema mais consagrados do País.

O Festival acontece pela primeira vez em duas sedes e traz o tema Religião e Religiosidade no Cinema, homenageando os 100 anos de emancipação política de Juazeiro do Norte, conquistada por meio do trabalho social, religioso e político realizado pelo Padre Cícero na região do Cariri, sul do Ceará. A programação tem entrada gratuita em Fortaleza até dia 14. Em Juazeiro do Norte, o Cine Ceará acontece até 16 de junho, no Memorial Padre Cícero e no Centro Cultural Banco do Nordeste – Cariri, com uma parte da programação de Fortaleza.

Daniel de Oliveira recebe homenagem do Cine Ceará

O Cine CE traz ao público cearense e visitantes mais de 100 (cem) produções de cinema e vídeo brasileiras e ibero-americanas, promovendo intercâmbio entre profissionais de audiovisual e abrindo espaço aos que querem ingressar na área. O festival promove as Mostras Competitivas de Curta e Longa-metragem e ainda seminários, oficinas e mostras especiais, além de homenagear profissionais e personalidades de renome nacional e internacional na área do audiovisual.