Arquivo do dia: 02/11/2011

Leo Tabosa vence mais um concurso literário

 

Gestor cultural da UNICAP tem méritos literários reconhecidos

 

A Prefeitura de Manaus está divulgando o resultado do concurso Prêmios Literários Cidade de Manaus.

 

O prêmio teve quase 300 inscrições na edição deste ano, um recorde na história do concurso, sendo 60% deles da capital amazonense.

 

Mas teve coisa boa pro Nordeste também, mais especificamente pra Recife, onde o jornalista/produtor/cineasta e gestor cultural da Universidade Católica de Pernambuco (unicap), Leo Tabosa, saiu destacado.

 

Conhecido por sua forma espontânea, inteligência e sagaz de criar textos teatrais e roteiros de cinema, desta vez Leo Tabosa recebe Menção Honrosa na categoria Prêmio Aldemar Bonates – Melhor texto teatral para adultos. 
Há dois anos, Leo Tabosa venceu o concurso literário amazonense com o texto teatral Mandacaru Selvagem, uma deliciosa comédia de costumes dos tempos modernos.

Desta vez. o texto destacado de Leo Tabosa em Manaus chama-se Vidas passadas e engomadas…

Mês passado, Leo fez acontecer em Recife a I Mostra de Vídeos Universitários da UNICAP, gerando uma oportuna parceria com a Livraria CULTURA, angariando bom público e apoios por onde passe, tal tem sido a repercussão positiva da Mostra de Cinema, que reuniu filmes da melhor qualidade, tais como Silêncio, por favor; Darluz; e Mato Alto – pedra por pedra – filmes bem recebidos por crítica e público nas mais diversas regiões do país.

Parabéns ao escritor pernambucano e à UNICAP por ter em seus quadros, em função especificamente dedicada à Cultura, um Gestor do quilate de Leo Tabosa. 

Leo Tabosa e Aurora Miranda Leão curtindo a noite cultural de Recife…

Saravá !!!

Gui Castor fará Websérie no Japão e avisa: últimos dias de inscrição ao CINE RUA SETE

O aguerrido, sagaz e super especial cineasta, GUI CASTOR, de tantos e tão bons filmes, alguns já premiados, e amigo querido de Vila Velha, informa:

Prosseguem somente até sábado as inscrições para o festival que ele fará neste novembro na principal rua da capital capixaba, o CINE RUA SETE.

Só para filmes que já estão na net.

GUI Castor, nas ruas da terra onde MESSI é Rei, trabalhando pra concluir um filme…

Corra e inscreva, inda dá tempo:  www.cineruasete.com.br

* Por falar em Gui Castor, que além de cineasta, publicitário e documentarista, é fotógrafo dos melhores, ele está com passaporte carimbado pro Japão.

Gui foi convidado a ir até lá fazer uma websérie e uma exposição de seus belos trabalhos imagéticos – detalhes no site :

 
Saravá, GUI ! Toda sorte por lá, Queridão !

Nigéria ganha Mostra de Cinema em Sampa

 

Mostra Bem-Vindo a Nollywood: Tunde Kelani começa dia 18 

São Paulo se prepara para receber a mostra de cinema nigeriano Bem-Vindo a Nollywood: Tunde Kelani. Com curadoria da vietnamita (moradora da Nigéria) Bic Leu, Diretora de Operações do Del-York International, e do brasileiro, Alex Andrade, produtor e pesquisador, a mostra será exibida na Cinemateca Brasileira e no Cine Olido. Haverá também sessão especial dia 20, no Pólo Educativo e Cultural de Heliópolis.

Cineasta Tunde Kelani virá ao Brasil para Mostra de Cinema Nigeriano

 

O evento homenageará e  exibirá 9 longas de um dos maiores diretores de  Nollywood, Tunde Kelani, que virá para o Brasil acompanhar a mostra. A indústria cinematográfica da Nigéria, conhecida como Nollywood, produz cerca de 2.500 filmes por ano, com estimativa de arrecadação de 250 milhões de dólares no mesmo período. Num país no qual a expectativa de vida é de 50 anos, e a renda de boa parte da população não ultrapassa US$ 1 por dia, verificar que 90% da população declara assistir a um filme por semana chega a ser surpreendente.

 

A produção da Nigéria é realizada em diferentes línguas (inglês, iorubá, hausa, entre outros dialetos locais). Nollywood explodiu no início da década de 90 e hoje está em primeiro lugar no ranking mundial quando o critério é quantidade de filmes produzidos, na frente de Hollywood e Bollywood. 

 

Os filmes nigerianos sofrem influência do melodrama indiano, das telenovelas latinas, dos filmes de terror de baixo orçamento americanos e britânicos, e dos filmes de gangster de Hong-Kong. Além disso, há produções profundamente enraizadas nas tradições culturais e sociais das comunidades tribais. Com estratégias criativas de produção, distribuição e exibição, Nollywood tem muito a oferecer para outras cinematografias mundiais.

 

 

 

A 1° Mostra de cinema nigeriano Bem-Vindo a Nollywood: Tunde Kelani é uma realização da Kinopedia e Del-York International e conta com co-patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e apoio do Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante, Pólo Educativo e Cultural de Heliópolis, UNAS Heliópolis e Cinemateca Brasileira. 

 

Veja a programação completa da mostra por salas e as sinopses dos filmes:

 

**Cine Olido (Avenida São João, 473 – República/ fone: 3331-7703).

 

Capacidade: 236 lugares/ Ingresso: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia-entrada) 

 

18/11 – sexta-feira 

 

15h – THUNDERBOLT: MAGNUN  – (Nigéria, 2001, DVCAM, cor, 105’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Buki Ajayi, Larinde Akinleye, Lanre Balogun, Wale Macaulay Ngozi. Uma dama Igbo, e Yinka, um jovem de origem Iouruba, se conhecem e repentinamente se apaixonam durante o estágio de ambos no National Youth Service. Casam-se e pouco tempo depois rumores de casos extraconjugais destroem a confiança entre eles. O jovem ciumento de origem Ioruba envenena sua esposa com “Magun”, uma misteriosa e fatal substância que poderá fazê-la morrer instantaneamente após uma relação sexual.

 

 

 

17h – THE NARROW PATH – (Nigéria, 2007, DVCAM, cor, 93’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Segun Adefila, Sola Asedeko, Ayo Badmus, Seyi Fasuyi. Awero faz sua escolha entre dois pretendentes. No entanto, as expectativas de sua família, as diferenças culturais e uma experiência assustadora convertem o que seria a sua noite de núpcias num grande pesadelo. Acontecimento que a faz caminhar numa linha tênue entre a honra e a vergonha.

 

 

 

19h30 – Abertura oficial da mostra “Bem-Vindo a Nollywood”

 

 

 

MAAMI –(Nigéria, 2011, DVCAM, cor, 92’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Funke Akindele, Wole Ojo, Tamilore Kuboye, Ayomide Abatti. A história gira em torno de Kashimawo, um jogador de futebol bem sucedido que, no período que antecede a Copa do Mundo de 2010, recorda sua infância difícil em Abeokuta, uma cidade no sul da Nigéria. Adaptação do romance homônimo de Femi Osofisan. 

 

19/11 – sábado 

 

15h – SAWOROIDE – (Nigéria, 1999, DVCAM, cor, 105’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Ayantunji Amoo, Kunle Bamtefa, Kayode Olaiya, Kola Oyewo. Lapite, o rei eleito de Jogbo, decidiu se enriquecer ao ascender ao trono. Ele elimina toda a oposição ao enviar matadores de aluguel ou após assediá-los ao exílio. O seu rival Adebomi é morto e Ayangalu consegue fugir. Protestos da população e dos agricultores são brutalmente reprimidas.  Desesperados, os jovens marcham até o palácio e tomam a coroa real, que por tradição não deve deixar o palácio. Lapite pede ajuda militar ao mercenário Lagata, que o mata e assume o reino.  

 

19h30 – AGOGO EEWO – (Nigéria, 2002, DVCAM, cor, 105’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Deola Faleye, Dejumo Lewis, Lere Paimo

 

A morte de Lagata, um militar que usurpou o trono Jogbo, desencadeia uma busca frenética por um verdadeiro Onijogbo (rei Jogbo). Toda a esperança é depositada no jovem Arese. Se for escolhido, trará de volta a idade de ouro para Jogbo. Alguns poderosos tentam impedir a eleição para colocar Adebosipo no trono. Eles esperam que este policial aposentado não fique no seu caminho para que consigam explorar as riquesas de Jogbo. Adebosipo escolhe servir o povo e um confronto com os poderosos líderes é inevitável. 

 

20/11 – domingo 

 

17h – THE CAMPUS QUEEN (Nigéria, 2004, DVCAM, cor, 100’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Segun Adefila, Lanre Fasasi, Tope Idowu, Khabirat Kafidipe. O cotidiano de um campus universitário nada comum. A batalha entre o clube “The Heavy Weights” e o movimento “Silver Lines” expõe os interesses dos chefões de cada grupo fora e dentro do campus.  A situação torna-se ainda mais grave quando Banke, a linda namorada do presidente do clube dos “pesados” começa a se envolver numa perigosa aventura. 

 

22/11 – terça-feira 

 

15h – THE NARROW PATH 

 

17h – ARUGBA (Nigéria/Benin, 2008, DVCAM, cor, 95’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Segun Adefila, Bukola Awoyemi, Peter Badejo

 

História de um rei de uma cidade imaginária que luta contra a corrupção, enquanto consegue reformas econômicas acolhendo habilmente investidores estrangeiros. O retrato de liderança emerge como chave da trama em um romance com Arugba – a virgem que carrega o vaso sacrificatório durante o festival Osun Osogobo – e uma jovem dançarina intencionada a vencê-la.  Contrária ao pano de fundo de uma sociedade corrupta, Arugba deve executar seu papel anual de levar o sacrifício em uma procissão até o rio. 

 

 

 

19h30 – EFUNSETA ANIWURA  – (Nigéria/Benin, 1981, DVCAM, cor, 72’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Iyabo Ogunsola, Samson Eluwole, Saheed Balogun, Toyosi Adesanya. Ibadan é uma cidade no Sudoeste da Nigéria, conhecida por ter a maior população negra da África Sub-saariana. Efusetan Aniwura é uma mulher poderosa, rica e chefe política influente e sua única filha morreu durante o parto. Com um terrível sentimento de perda e estigma de não ter conseguido deixar uma descendência, Efusetan, que culpara Deus por sua trajédia pessoal, se volta contra a própria sociedade que jurou defender quando assumiu a posição política de Iyalode da cidade de Ibadan. Esse épico dá uma visão da ancestral estrutura política Ioruba. 

 

23/11 – quarta-feira 

 

15h – MAAMI 

 

17h – SAWOROIDE 

 

19h30 – THUNDERBOLT: MAGNUN 

 

24/11 – quinta-feira 

 

15h – ABENI (Nigéria/Benin, 2002, DVCAM, cor, 105’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Kareem Adepoju, Moufoutaou Akadiri, Aboh M. Akinocho, Abdel H. Amzat. Akanni, um jovem de origem pobre, se apaixona por Abeni, filha de um magnata nigeriano, após defendê-la de brincalhões durante sua festa de aniversário. No entanto, após a briga entre os jovens, o pai de Akanni, porteiro do prédido da família rica, é demitido. O pobre homem e sua esposa voltam à sua terra natal na República do Benin em busca de fortuna e para criar o seu filho pequeno. Muitos anos depois, os amigos se encontram novamente quando Abeni, agora uma jovem mulher, passa um tempo no Instituto da Agricultura Songhai, em Porto-Novo, fazendo uma pesquisa.  

 

17h – EFUNSETA ANIWURA 

 

19h30 – THE CAMPUS QUEEN 

 

25/11 – sexta-feira 

 

15h  – AGOGO EEWO

 

 

 

17h – THUNDERBOLT: MAGNUN 

 

19h30 – ARUGBA 

 

26/11 – sábado 

 

15h – SAWOROIDE 

 

17h – MAAMI 

 

19h30 – THE NARROW PATH 

 

27/11 – domingo 

 

17h – ABENI

 

 **Centro de Convivência Educativa e Cultural de Heliópolis (Estrada das Lágrimas, 2385 – São João Clímaco/ Telefone: 2083-2203).

 

Capacidade: 130 lugares – Entrada Gratuita

 

20/11 – domingo 

 

19h – Sessão especial com apresentação de Tunde Kelani

 

MAAMI (Nigéria, 2011, DVCAM, cor, 92’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Funke Akindele, Wole Ojo, Tamilore Kuboye, Ayomide Abatti. A história gira em torno de Kashimawo, um jogador de futebol bem sucedido que, no período que antecede a Copa do Mundo de 2010, recorda sua infância difícil em Abeokuta, uma cidade no sul da Nigéria. Adaptação do romance homônimo de Femi Osofisan. 

 

**Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino)

 

Ingresso: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada) 

 

Sala PETROBRAS
Capacidade: 110 lugares 

 

Dia 24/11 – quinta-feira 

 

18h30 – MAAMI – (Nigéria, 2011, DVCAM, cor, 92’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Funke Akindele, Wole Ojo, Tamilore Kuboye, Ayomide Abatti. A história gira em torno de Kashimawo, um jogador de futebol bem sucedido que, no período que antecede a Copa do Mundo de 2010, recorda sua infância difícil em Abeokuta, uma cidade no sul da Nigéria. Adaptação do romance homônimo de Femi Osofisan.

 

 

 

20h30 – THE NARROW PATH – (Nigéria, 2007, DVCAM, cor, 93’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Segun Adefila, Sola Asedeko, Ayo Badmus, Seyi Fasuyi.  Awero faz sua escolha entre dois pretendentes. No entanto, as expectativas de sua família, as diferenças culturais e uma experiência assustadora convertem o que seria a sua noite de núpcias num grande pesadelo. Acontecimento que a faz caminhar numa linha tênue entre a honra e a vergonha.

 

Dia 25/11 – sexta-feira 

 

19h – SAWOROIDE – (Nigéria, 1999, DVCAM, cor, 105’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Ayantunji Amoo, Kunle Bamtefa, Kayode Olaiya, Kola Oyewo. Lapite, o rei eleito de Jogbo, decidiu se enriquecer ao ascender ao trono. Ele elimina toda a oposição ao enviar matadores de aluguel ou após assediá-los ao exílio. O seu rival Adebomi é morto e Ayangalu consegue fugir. Protestos da população e dos agricultores são brutalmente reprimidas.  Desesperados, os jovens marcham até o palácio e tomam a coroa real, que por tradição não deve deixar o palácio. Lapite pede ajuda militar ao mercenário Lagata, que o mata e assume o reino. 

 

 

 

21h – EFUNSETA ANIWURA  – (Nigéria/Benin, 1981, DVCAM, cor, 72’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Iyabo Ogunsola, Samson Eluwole, Saheed Balogun, Toyosi Adesanya. Ibadan é uma cidade no Sudoeste da Nigéria, conhecida por ter a maior população negra da África Sub-saariana. Efusetan Aniwura é uma mulher poderosa, rica e chefe política influente e sua única filha morreu durante o parto. Com um terrível sentimento de perda e estigma de não ter conseguido deixar uma descendência, Efusetan, que culpara Deus por sua trajédia pessoal, se volta contra a própria sociedade que jurou defender quando assumiu a posição política de Iyalode da cidade de Ibadan. Esse épico dá uma visão da ancestral estrutura política Ioruba. 

 

Dia 26/11 – sábado 

 

19h – THE CAMPUS QUEEN – (Nigéria, 2004, DVCAM, cor, 100’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Segun Adefila, Lanre Fasasi, Tope Idowu, Khabirat Kafidipe. O cotidiano de um campus universitário nada comum. A batalha entre o clube “The Heavy Weights” e o movimento “Silver Lines” expõe os interesses dos chefões de cada grupo fora e dentro do campus.  A situação torna-se ainda mais grave quando Banke, a linda namorada do presidente do clube dos “pesados” começa a se envolver numa perigosa aventura. 

 

21h – ABENI – (Nigéria/Benin, 2002, DVCAM, cor, 105’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Kareem Adepoju, Moufoutaou Akadiri, Aboh M. Akinocho, Abdel H. Amzat. Akanni, um jovem de origem pobre, se apaixona por Abeni, filha de um magnata nigeriano, após defendê-la de brincalhões durante sua festa de aniversário. No entanto, após a briga entre os jovens, o pai de Akanni, porteiro do prédio da família rica, é demitido. O pobre homem e sua esposa voltam à sua terra natal na República do Benin em busca de fortuna e para criar o seu filho pequeno. Muitos anos depois, os amigos se encontram novamente quando Abeni, agora uma jovem mulher, passa um tempo no Instituto da Agricultura Songhai, em Porto-Novo, fazendo uma pesquisa.  

 

Dia 27/11 – domingo 

 

16h – ARUGBA –  (Nigéria/Benin, 2008, DVCAM, cor, 95’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Segun Adefila, Bukola Awoyemi, Peter Badejo. História de um rei de uma cidade imaginária que luta contra a corrupção, enquanto consegue reformas econômicas acolhendo habilmente investidores estrangeiros. O retrato de liderança emerge como chave da trama em um romance com Arugba – a virgem que carrega o vaso sacrificatório durante o festival Osun Osogobo – e uma jovem dançarina intencionada a vencê-la.  Contrária ao pano de fundo de uma sociedade corrupta, Arugba deve executar seu papel anual de levar o sacrifício em uma procissão até o rio. 

 

 

 

18h – THUNDERBOLT: MAGNUN  – (Nigéria, 2001, DVCAM, cor, 105’, legendas em português). Direção: Tunde Kelani. Elenco: Buki Ajayi, Larinde Akinleye, Lanre Balogun, Wale Macaulay. Ngozi, uma dama Igbo, e Yinka, um jovem de origem Iouruba, se conhecem e repentinamente se apaixonam durante o estágio de ambos no National Youth Service. Casam-se e pouco tempo depois rumores de casos extraconjugais destroem a confiança entre eles. O jovem ciumento de origem Ioruba envenena sua esposa com “Magun”, uma misteriosa e fatal substância que poderá fazê-la morrer instantaneamente após uma relação sexual. 

 

20h – AGOGO EEWO – (Nigéria, 2002, DVCAM, cor, 105’, legendas em português)

 

Direção: Tunde Kelani. Elenco: Deola Faleye, Dejumo Lewis, Lere Paimo

 

A morte de Lagata, um militar que usurpou o trono Jogbo, desencadeia uma busca frenética por um verdadeiro Onijogbo (rei Jogbo). Toda a esperança é depositada no jovem Arese. Se for escolhido, trará de volta a idade de ouro para Jogbo. Alguns poderosos tentam impedir a eleição para colocar Adebosipo no trono. Eles esperam que este policial aposentado não fique no seu caminho para que consigam explorar as riquesas de Jogbo. Adebosipo escolhe servir o povo e um confronto com os poderosos líderes é inevitável. 

 

Dia 30/11 – quarta-feira 

 

18h30 – EFUNSETA ANIWURA 

 

20h30 – ABENI 

 

Dia 1/12 – quinta-feira 

 

18h30 – ARUGBA 

 

Dia 2/12 

 

18h30 – MAAMI 

 

Sala BNDES

 

Capacidade: 210 lugares 

 

Dia 29/11 – terça-feira 

 

18h30 – SAWOROIDE 

 

Dia 3/12 

 

18h30 – AGOGO EEWO 

 

Dia 4/12 

 

18h30 – THE NARROW PATH 

 

*** Programação Paralela*** 

 

19/11 (sábado) – Cine Olido (Avenida São João, 473 – República/ fone: 3331-7703). Capacidade: 236 lugares – entrada gratuita. 

 

17h – Debate sobre a indústria cinematográfica de Nollywood com Tunde Kelani, Bic Leu e Alex Andrade.

 

Tunde Kelani no set…

Serviço:

 

 Mostra de Cinema Nigeriano – Bem-Vindo a Nollywood: Tunde Kelani

 

Quando: 18/11 a 04/12

 

Onde: Cine Olido (Avenida São João, 473 – República)/ Cinemateca Brasileira (Largo Sen. Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino)/ Polo Educacional e Cultural de Heliópolis (Estrada das Lágrimas, 2385 – São João Clímaco).

 

Entrada:

 

Cine Olido: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia-entrada)

 

 Cinemateca Brasileira: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)

 

 Polo Educacional e Cultural de Heliópolis: gratuito

 

Mais informações: www.bemvindoanollywood.com.br

Produção audiovisual de Patos lança WebSérie

Produtora independente de cinema lança websérie 

Possibilitados pela facilidade permitida pelas inovações tecnológicas atuais, foi lançada em Patos, na Paraíba,uma websérie sobre a história de Seu Gororoba, a ser contada em 10 episódios.

Filmado em câmera fotográfica semi-profissional, além de outros recursos amadores, a proposta da websérie é desenvolver o projeto sem financiamentos, a custo zero. “A ideia é mostrar que também é possível produzir cinema sem equipamento de ponta. É aquilo de uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”, ressalta o idealizador do projeto, Deleon Souto.

 “Apesar de utilizarmos equipamentos caseiros, buscamos desenvolver um projeto profissional, nos direcionando pelas técnicas de produção audiovisual”, ressaltou.

Cartaz

Estrelada pelo ator patoense Edgley Barros, a websérie ficcional narra a vida de um homem e suas transgressões. O primeiro episódio já está disponível na internet, através do site www.dsproducoes.com e do canal de vídeos do Youtube, e já foi visualizado em alguns países da Europa. Os episódios serão disponibilizados na internet a cada cinco dias.

Desenvolvido pela DS Produções, a websérie tem direção, roteiro, fotografia e edição de Deleon Souto; assistência de direção de Wanessa Meira; som direto de Hércules Barbosa; direção de arte, figurino e maquiagem de Alais Cavalcante; assistência de produção, Danyelle Rocha e Wallam Oliveira; e ilustrações de Jr. Misaki. Nos próximos episódios estarão participando do elenco Edicelma Ramos, Flaubert Paiva e Francisco Lopes. 

O primeiro episódio pode ser visto em http://www.youtube.com/watch?v=WVabUKv2EaM