Arquivo do dia: 07/11/2011

Amazonas estende Tapete Vermelho para o Cinema

Nosso Aurora de Cinema amanhece feliz: jornalista MÁRCIA ROSA, assessora de imprensa local do Amazonas Film Festival, disposição e simpatia a perder de vista, nos informa que passou boa parte da noite lendo nossas informações.

Que as retinas de Márcia se transformem em eco para todos quanto divulgam, apóiam e vibram com o CINEMA BRASILEIRO !

Alice Gonzaga atravessa o tapete vermelho em companhia do artista Rômulo Hussen, “chapliniano” há 15 anos…

A suave e querida INGRA Liberato, super aplaudida em sua passagem pelo tapete…

Robério Braga e sua Rosa conversam com Paulo Mendonça, Diretor do Canal Brasil

Felipe Camargo, destaque no longa XINGU, recebe aplausos no tapete…

Difícil  falar o que é mais bacana neste poderoso Amazonas Film Festival. São tantos megas de acerto que o HD de nosso tablet sensorial periga não ter memória suficiente para arquivar todos os aplicativos com seus devidos megas, cada um mais ilimitado que o outro. A começar do Secretário de Culltura, o singular poeta Robério Braga, acolhida calorosa repartida de forma igual com as muitas etnias culturais que circulam pelo Theatro Amazonas e os bastidores do Amazonas Film Festival, cuja sede é o extraordinário Caesar Business, um hotel 5 Estrelas com categoria de 10.

O Chaplin (Rômulo Hussen) conduz Márcia Kablukow e o filho Max Fercondini ao Theatro Amazonas

Aplauso de Cinema para IGOR COTRIM, ator que conquista com sua simpatia e gentileza – e tem chamado atenção com sua coleção de camisetas artísticas, sempre com uma frase interessante … no tapete, ao lado de sua elegante francesa Nathalie…

Rosa Pontes, Primeira Dama da Cultura, cumprimenta a Primeira Dama do Cinema Brasileiro, Alice Gonzaga

Aí tem Cervantes Sobrinho, produção-executiva do Festival;  Saleyna Borges, responsável pelo setor de Audiovisual da SEC; Natália Mêne, que faz a Coordenação de Produção; Márcia Rosa, assessoria de Imprensa 24 horas no ar; Tetê Mattos, da curadoria, uma querida desde sempre, misto de competência e amabilidade em tudo que faz; Suzy Osaqui, coordenadora de Júri do Festival; Nazaré de Águila, da  Recepção aos convidados; a equipe de produção que nos recebe com uma impressionante pontualidade e prestatividade incontida (destaque para Luciana Baltar e Edna Gomes); enfim, mais simples e rápido seria perguntar o que não é bom neste VIII Amazonas Film Festival, um festival que coloca todo o potencial amazonense como epicentro do país nesta semana em que Manaus é a Capital Mundial do Cinema.

O ator Tonico Pereira chega com a esposa Marina e os dois filhos para a noite de Homenagem no Amazonas Film Festival…

Fernando Meirelles acompanhado de Robério Braga e Rosa Pontes…

Cinema também no entorno do Amazonas: tela gratuita, toda noite, na Mostra do Largo…

Chaplinianamente, Aurora Miranda Leão e Helena Ignêz, atriz que virou cineasta premiada…

Ou, como tão bem repete a apresentadora a cada concorrida sessão de cinema no Theatro Amazonas:

“… porque agora o Cinema Mundial está nas telas do Amazonas”.

O belo Alfonso Herrera, tão querido quanto aplaudido, uma LUZ mais que especial no Tapete Vermelho…

Alegria no Amazonas Film Festival: Parintins terá cinema histórico reaberto

Cine ORIENTAL, que fará jubileu de ouro em 2012, será reaberto pelo Governo do Estado

Após o anúncio oficial pelo Secretário de Cultura do Amazonas, poeta Robério Braga, na noite de abertura do oitavo Amazonas Film Festival, Deputado Tony Medeiros e assessor Hugo Bronzere acabam de me contar sobre a assinatura do convênio que vai possibilitar a revitalização deste Patrimônio da Sétima Arte do povo amazonense para o Cinema Brasileiro.

Cinema  Espaço é um dos símbolos da História de Parintins, no interior do Amazonas

O Cine Oriental, jóia do Cinema Amazonense, festejado nos bastidores do Amazonas Film Festival
 

Até junho de 2012, o Cine Oriental será entregue reformado pelo Governo do Estado. A solicitação para tanto foi do deputado estadual parintinense Tony Medeiros. O Cine Oriental está fechado desde 1998 após a queda na frequência de público, motivada pela popularidade da televisão.

O local tem espaço para mais de 400 pessoas, mas atualmente os lugares são cadeiras quebradas, telhado caindo e máquinas abandonadas. A reforma será feita pelo Governo do Estado em parceria com a iniciativa privada.

O proprietário do local, o senhor Almir Kimura, fala com entusiasmo sobre o projeto: “É um sonho que volta a se tornar realidade, estamos muito felizes, emocionados e gratos ao deputado Tony Medeiros e ao Governo do Estado”.

 
A idéia é que o Governo do Estado firme acordo de comodato com a família Kimura para restaurar o Cine Oriental e colocá-lo em funcionamento. O presidente da Associação Parintinense de Cinema – Apincine – Harald Dinelly Filho, diz que a entidade vai pleitear a administração do Cine Oriental, no caso de Governo do Estado assumir o cinema.
 O Aurora de Cinema parabeniza o Governo do Estado do Amazonas, o deputado Tony Medeiros e o senhor Almir Kimura e deseja que o caso do Cine Oriental sirva de exemplo para outros Estados.