Amazonas estende Tapete Vermelho para o Cinema

Nosso Aurora de Cinema amanhece feliz: jornalista MÁRCIA ROSA, assessora de imprensa local do Amazonas Film Festival, disposição e simpatia a perder de vista, nos informa que passou boa parte da noite lendo nossas informações.

Que as retinas de Márcia se transformem em eco para todos quanto divulgam, apóiam e vibram com o CINEMA BRASILEIRO !

Alice Gonzaga atravessa o tapete vermelho em companhia do artista Rômulo Hussen, “chapliniano” há 15 anos…

A suave e querida INGRA Liberato, super aplaudida em sua passagem pelo tapete…

Robério Braga e sua Rosa conversam com Paulo Mendonça, Diretor do Canal Brasil

Felipe Camargo, destaque no longa XINGU, recebe aplausos no tapete…

Difícil  falar o que é mais bacana neste poderoso Amazonas Film Festival. São tantos megas de acerto que o HD de nosso tablet sensorial periga não ter memória suficiente para arquivar todos os aplicativos com seus devidos megas, cada um mais ilimitado que o outro. A começar do Secretário de Culltura, o singular poeta Robério Braga, acolhida calorosa repartida de forma igual com as muitas etnias culturais que circulam pelo Theatro Amazonas e os bastidores do Amazonas Film Festival, cuja sede é o extraordinário Caesar Business, um hotel 5 Estrelas com categoria de 10.

O Chaplin (Rômulo Hussen) conduz Márcia Kablukow e o filho Max Fercondini ao Theatro Amazonas

Aplauso de Cinema para IGOR COTRIM, ator que conquista com sua simpatia e gentileza – e tem chamado atenção com sua coleção de camisetas artísticas, sempre com uma frase interessante … no tapete, ao lado de sua elegante francesa Nathalie…

Rosa Pontes, Primeira Dama da Cultura, cumprimenta a Primeira Dama do Cinema Brasileiro, Alice Gonzaga

Aí tem Cervantes Sobrinho, produção-executiva do Festival;  Saleyna Borges, responsável pelo setor de Audiovisual da SEC; Natália Mêne, que faz a Coordenação de Produção; Márcia Rosa, assessoria de Imprensa 24 horas no ar; Tetê Mattos, da curadoria, uma querida desde sempre, misto de competência e amabilidade em tudo que faz; Suzy Osaqui, coordenadora de Júri do Festival; Nazaré de Águila, da  Recepção aos convidados; a equipe de produção que nos recebe com uma impressionante pontualidade e prestatividade incontida (destaque para Luciana Baltar e Edna Gomes); enfim, mais simples e rápido seria perguntar o que não é bom neste VIII Amazonas Film Festival, um festival que coloca todo o potencial amazonense como epicentro do país nesta semana em que Manaus é a Capital Mundial do Cinema.

O ator Tonico Pereira chega com a esposa Marina e os dois filhos para a noite de Homenagem no Amazonas Film Festival…

Fernando Meirelles acompanhado de Robério Braga e Rosa Pontes…

Cinema também no entorno do Amazonas: tela gratuita, toda noite, na Mostra do Largo…

Chaplinianamente, Aurora Miranda Leão e Helena Ignêz, atriz que virou cineasta premiada…

Ou, como tão bem repete a apresentadora a cada concorrida sessão de cinema no Theatro Amazonas:

“… porque agora o Cinema Mundial está nas telas do Amazonas”.

O belo Alfonso Herrera, tão querido quanto aplaudido, uma LUZ mais que especial no Tapete Vermelho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s