Arquivo do dia: 09/11/2011

Helena Ignêz, eterna Musa do Cinema Marginal, desfila serenidade e respira Cinema no Amazonas

Ela é o que sempre foi: uma mulher adiante de seu tempo. Não à toa, foi A Mulher de Todos, a ‘Moça do Padre’ e a famosa ‘Mulher do Bandido’ em filmes memoráveis da cinematografia brasileira.

Estampando moderno modelito Frida Khalo, Helena Ignêz começou o dia de ontem em Manaus tomando seu tradicional café com frutas no aconchegante restô do hotel Caesar Business, e concedendo entrevistas, tirando fotos, trocando idéias com os membros do júri de curtas-metraagens (do qual é a Presidente), e seguindo para passeio de compras por lojinhas de artesanato, sem deixar de passar no grande mercado municipal pra levar o autêncito guaraná em pó do Amazonas. Diz que a família adora…

Helena, que de Musa exibe o Talento, o Charme, e o Carisma, nada tem de estrelismos ou futilidades. É uma mulher pra se admirar, sempre falando baixinho, inspirando solidariedade e energizando o ambiente com o tom vermelho de seus cabelos e a tonalidade musical de sua voz agridoce, repleta de xamânicas sintonias.

Alice Gonzaga e Helena Ignêz em passeio pelo centro de Manaus…

É uma mulher de seu tempo, ousada, inteligente, sensível, preocupada com  causas ecologicamente sustentáveis, e qualificadamente dignas de ganhar o olhar de sua atenção e a energia cúmplice de sua sensorialidade, genuinamente libertária.

Conversando e convivendo com ela, logo se entende porque era a queridinha do cinema mais autoral e pungente que se fazia no Brasil dos anos de 1970…

Mas daqui a pouco preciso estar na reunião de júri, na qual iremos finalmente apontar os curtas-metragens vencedores da mostra Curta Brasil. Por isso, vou interromper este ‘bilhete’ pra Helena Ignêz por aqui e volto logo mais, assim que a agenda permitir.

* Antes de retornar a Sampa, Helena Ignêz vai a Goiânia receber merecida homenagem no Festival de Cinema Brasileiro que acontece na capital goiana.

Amazonas Film Festival: A Grande Noite de Encerramento

O aguardado anúncio oficial dos vencedores da oitava edição do Amazonas Film Festival acontece hoje em solenidade marcada para começar às 19:30h. E se tem uma coisa pela qual este festival prima é pela organização e pontualidade.

Portanto, logo mais, às 19:30h, uma numerosa platéia deve acorrer ao Largo de São Sebastião, no entorno do Theatro Amazonas, onde será realizada a sempre concorrida noite de encerramento do festival que transforma Manaus na Capital da Sétima Arte.

* Fotos de Wesley Andrade, bam-bam-bam na arte de apreciar com as retinas…