Arquivo do dia: 18/11/2011

Rodrigo Santoro múltiplo : na tela, de craque a viciado…

Grifada para 20 de janeiro a estreia do longa Reis e Ratos, novo filme onde Rodrigo Santoro é o ator principal.

Dedicado à carreira, super competente e profissional, que mostrou a que veio desde sua brilhante atuação em Abril Despedaçado, de Walter Salles, Rodrigo Santoro levou muitas horas em camarins para chegar ao que exigia seu novo personagem.

Em Reis e Ratos, do diretor Mauro Lima, ele será um ex-cafetão viciado em anfetaminas – antes, Santoro atuou em Heleno, cinebiografia do jogador Heleno de Freitas,dirigido por José Henrique Fonseca.

Santoro estará em breve nas telas como o ex-jogador Heleno…

Durante as filmagens de Reis e Ratos, que duraram somente 17 dias, Rodrigo precisou passar horas na maquiagem para dar vida ao personagem Roni Rato. Com dentaduras, ele aparecerá em cena com a aparência suja e feridas no rosto. 

 Rodrigo Santoro vira viciado em filme

Reis e Ratos conta a história de um agente da CIA enviado ao Rio de Janeiro que, depois de beber chope, experimentar pastel de camarão e se casar com uma brasileira, não quer mais voltar aos Estados Unidos.

A história é contada através dos diferentes pontos de vista de cada personagem, todos de alguma maneira ligados à conspiração. Selton Mello é um agente da CIA lotado no Rio; Rodrigo Santoro, um vigarista ex-cafetão e viciado; Cauã Reymond vive um locutor de rádio e Seu Jorge, um marinheiro rebelado. O grupo é formado ainda por uma crooner de boate (Rafaela Mandelli), um Major da Aeronáutica (Otavio Müller), um pistoleiro de aluguel (Daniel Alvim) e o Embaixador Americano no Rio (Hélio Ribeiro).

Cinema Brasileiro na Rússia

Em parceria com a Embaixada do Brasil, a Linhas Comunicação leva à capital russa sucessos do cinema nacional

Pelo quarto ano consecutivo, a Mostra de Cinema Brasileiro na Rússia será realizada em Moscou de 23 a 28 de próximos, pela Linhas Comunicação, em parceria com a Embaixada do Brasil em Moscou e o Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores. A abertura oficial do evento acontece na noite do dia 23 de novembro, com coquetel para convidados e exibição do filme A Suprema Felicidade, de Arnaldo Jabor.

Jayme Matarazzo protagoniza A Suprema Felicidade em sua estreia na telona…

O projeto, que integra esforços da iniciativa privada e do poder público, objetiva disseminar a cultura brasileira na Rússia, apresentando a produção cinematográfica contemporânea a uma das mais importantes economias emergentes do mundo. “A Mostra já faz parte do calendário cultural oficial da capital russa. Nestes quatro anos, já são mais de cinquenta filmes apresentados. Desde a primeira edição, o público mostrou uma receptividade e um interesse imensos pelo cinema brasileiro e isso nos motiva a continuar contribuindo para essa troca de experiências”, afirma o curador da Mostra de Cinema Brasileiro na Rússia, Ederaldo Kosa, sócio da Linhas Comunicação. 

Programação

Serão dez filmes, com áudio em português e legendas em russo. Pela primeira vez, as películas serão apresentadas em formato digital, possibilitando uma maior qualidade de imagem para exibição.

‘Viajo porque preciso’: imagens pungentes que contribuem para o fortíssimo roteiro de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes…

Entre os filmes selecionados, grandes lançamentos do cinema nacional em 2010 como Chico Xavier, de Daniel Filho; A Suprema Felicidade, de Arnaldo Jabor; O Bem Amado, de Guel Arraes e Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo, de Marcelo Gomes e Karim Aïnouz.

Além dos lançamentos, a mostra também vai exibir obras já consagradas como O Primo Basílio, também de Daniel Filho; Jean Charles, de Henrique Goldman e O Contador de Histórias, de Luiz Villaça.

Programação paralela

Assim como nas edições anteriores, estão programadas sessões de debates entre o público e artistas brasileiros. Este ano, os convidados especiais da Mostra serão Denise Fraga, produtora do filme O Contador de Histórias, e o diretor do mesmo filme, Luiz Villaça. Além deles, Henrique Goldman, diretor de Jean Charles, também estará no Festival debatendo o filme que conta a história de Jean Charles de Menezes, morto em 2005 pela Scotland Yard, no metrô  de Londres, ao ser confundido com um terrorista.

Denise Fraga estará em Moscou debatendo cinema brasileiro…

Personalidades como os diretores Eduardo Coutinho, Beto Brant e Sandra Kogut, os atores Vinícius de Oliveira, André Abujamra e Dan Stulbach e as atrizes Bruna Lombardi e Letícia Sabatella, já participaram do Festival.

Sobre a Mostra de Cinema Brasileiro na Rússia

A Mostra de Cinema Brasileiro na Rússia aconteceu pela primeira vez em 2008, em Moscou. Desde então, foram três edições na capital e uma em São Petesburgo (2009).

Fruto da parceria entre a Linhas Comunicação, o Ministério das Relações Exteriores e a Embaixada do Brasil em Moscou, o projeto conta também com apoio da TAP Portugal.