Arquivo do dia: 28/02/2012

Paulo Coelho e a voz do coração…

O que você faria se soubesse que só teria, APENAS, mais 30 dias de vida ?

Enquanto você pensa, veja o que fez o inusitado e sempre inteligente Paulo Coelho:

O escritor publicou em seu Blog um vídeo explicando uma cirurgia para desentupir 90% das artérias, feita em novembro. O diagnóstico apontava morte em 30 dias.

No vídeo, o escritor explica que, após a morte do pai de sua agente, Mônica, de infarto, ela insistiu pra que ele visitasse o médico para fazer um exame de rotina. Foi aí que o problema foi descoberto.

 
Marlene Bergamo/Folha Imagem
Paulo Coelho vive com a mulher, Cristina, em Saint Martin (sul da França)
Paulo Coelho vive em Saint Martin, sul da França: obra publicada em mais de 150 países e traduzida em 71 idiomas.  

 

“A nota de Ancelmo Gois, colunista do O Globo, diz que o médico me deu 30 dias de vida, dia 28 de novembro do ano passado, o que é absolutamente correto, mas deixa eu explicar. O pai da minha agente Mônica morreu em setembro e a Mônica começou a encher o saco de todo mundo mandando fazer exames. E eu pensei: ‘poxa, eu ando todos os dias, eu faço arco e flecha, eu tenho uma vida saudável, eu não sou gordo, eu não vou fazer este teste’. Mas quando eu voltei do aniversário da minha mulher em Madri, eu já tinha marcado a consulta e eu fui fazer o teste, o famoso teste do esforço. Fiz, fiquei cansado, e quando eu saí, fui para a sala dele (médico) e o cara virou e disse ‘Sr. Coelho o senhor vai morrer daqui a 30 dias’ e eu olhei para a minha mulher e disse: ‘o quê?'”, explicou Paulo.

Com 90% das artérias coronárias bloqueadas, o escritor tinha como única saída: a operação. No procedimento, o médico avisou que havia dois caminhos: “Um: acontecer alguma coisa na mesa de operação; dois: a gente não achar as veias entupidas, e, se não achar, vai ter que abrir o coração e fazer aquela coisa que antigamente se fazia, que é a ponte de safena’. Eu fiquei apavorado. Eu olhei para ele, saí e disse ‘deixa eu pensar’, e ele me disse: ‘não pensa muito, não'”.

Paulo Coelho dedica sua vida a espalhar boas energias… Viva Paulo Coelho !

Mesmo com a pressão jogada pelos médicos, Paulo Coelho comentou que repensou sobre a vida e não se assustou com a morte.

“O mais interessante é que eu pude repensar na minha vida, já que isso poderia ocasionar em uma coisa séria, literalmente, eu podia morrer. Eu disse assim: ‘bom, eu não tenho medo de morrer, sempre falei para as pessoas que eu não tinha medo de morrer e agora estou enfrentando essa possibilidade real e não estou com medo’. E a segunda coisa que eu pensei foi: ‘que vida abençoada que eu tive, casei com a mulher que eu amo, passei por 33 anos ao lado dela, ela vai estar bem financeiramente, eu trabalhei a vida inteira naquilo que eu quis, vivi, fiz todos os meus excessos, quando eu era jovem, vivi intensamente a minha vida, tive sucesso naquilo que eu me propus, que era difícil, que era ser escritor e viver de literatura, e, se eu morrer amanhã, vou morrer contente'”.

Raul Seixas, músico cultuado, teve em Paulo Coelho (à direita) seu melhor letrista…

O escritor acalmou seus fãs e contou que a operação foi um sucesso, ficando apenas três horas na UTI do hospital. “A verdadeira história é essa: a grande lição dessa história é que eu estava realmente condenado, mas ninguém morre antes da hora”.

Com a mulher, a artista plástica Cristina Oiticica, a quem Paulo Coelho se refere sempre como seu grande esteio…