Brasil perde Paulo César Saraceni

Cineasta estava internado desde outubro, quando sofreu um AVC…

Diretor sofreu falência de órgãos múltiplos; mais recente trabalho foi O Gerente, baseado em obra de Carlos Drummond…

 

 Foto: Tânia Rego/Acervo Universo Produção

O cineasta carioca Paulo Cezar Saraceni, que estava com 79 anos, faleceu morreu ontem (dia 14) em decorrência de falência de órgãos múltiplos.

O corpo de Saraceni será velado hoje na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, e será cremado na segunda-feira.

Saraceni havia sofrido um AVC em outubro de 2011. Desde estão, ficou internado no Hospital da Lagoa, no Rio.

Com o cartaz de seu filme Natal da Portela, estrelado por Milton Gonçalves… este filme, SARACENI lançou em Fortaleza…

Ao lado de Nelson Pereira dos Santos e Glauber Rocha, Saraceni foi um dos criadores do Cinema Novo, nos anos 1960.

Com a musa e companheira, Anna Maria Nascimento e Silva…

Saraceni era casado há muitos anos com a atriz Anna Maria Nascimento e Silva, e é considerado um dos precursores do Cinema Novo. Em sua carreira, o cineasta recebeu prêmios como os de Melhor Filme do Festival de Brasília, com A Casa Assassinada, de 1970, e o Prêmio Especial do Júri do Festival do Cinema Brasileiro em Miami, com O Viajante, de 1998.

* Tive a oportunidade de conhecer Saraceni em uma de suas visitas a Fortaleza – cidade pela qual nutria um carinho todo especial – e foi uma enorme honra trocar ideias com ele e desfrutar de sua convivência.

Ao lado de Saraceni, conheci também dois outros grandes de nosso Cinema, os quais também já partiram pro andar de cima: Ferdy Carneiro (pintor, gravador, desenhista industrial e um dos fundadores da Banda de Ipanema), e o grande fotógrafo e iluminador Mário Carneiro. Três figuras supimpas,  de inesquecível convívio !

SARACENI era um gentleman, homem de inteligência refinada, de docilidade cativante, inteligência serena e amabilidades raras. Na área da Sétima Arte, um Mestre. Mas sobre este item, outros falarão melhor que eu.

Fica o Aplauso do AURORA DE CINEMA a Paulo Cezar Saraceni e o desejo de que ele descanse em PAZ, cercado de amigos, música, e muita Luz.

Irandhir Santos, a ministra Ana de Hollanda e Saraceni na Mostra de Tiradentes em janeiro de 2011…

.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s