Donna Summer: mundo perde uma de suas mais belas vozes

A cantora Donna Summer morreu nesta madrugada, aos 63 anos, após batalha contra o câncer. A notícia foi dada pelo site TMZ por volta das 12h30 (horário de Brasília) desta quinta (17), e, por volta das 13h30, a morte foi confirmada por familiares à agência Associated Press.

Segundo o TMZ, ela tinha câncer de pulmão. Fontes confirmaram ao site que a cantora acreditava ter ficado doente após os atentados de 11 de setembro, ao inalar partículas tóxicas.

Considerada “Rainha das Discotecas”, Donna Summer ganhou cinco prêmios Grammy e fez sucesso, principalmente nos anos 70, com músicas como “Last Dance,” “Hot Stuff”, “She Works Hard for the Money” e “Bad Girls”. Ela chegou a vender aproximadamente 130 milhões de discos em todo o mundo.

Nascida em Boston a 31 de dezembro de 1948, LaDonna Adrian Gaines (nome real da cantora) começou sua carreira como vocalista de apoio do trio Three Dog Night. A estreia solo em disco foi em 1974, com “Lady of the Night”. Seu primeiro grande hit foi Love to Love You Baby, que chegou ao segundo lugar na parada da revista americana “Billboard”, em 1976.

Com o sucesso, passou a lançar um LP por ano até 1984. Donna Summer lançou 17 álbuns de estúdio. Entre os trabalhos mais importantes de Summer estão “Bad Girls” e “On the Radio, Volume I & II”.

Ela já liderou a principal parada nos EUA com canções como “Hot Stuff” e “MacArthur Park”. O disco mais recente é “Crayons”, de 2008.

A cantora veio ao Brasil em 2009 para divulgar um CD, o primeiro lançado por ela após hiato de 17 anos. Ao trocar de gravadora, assinando com a Geffen Records em 1983, Donna passou a ter menos destaque nas paradas. Nos anos 80, não conseguiu repetir o sucesso da década anterior. Ela chegou até a deixar de cantar seus principais hits da disco music.

Difícil encontrar alguém que não dançou embalada por Donna Summer

A cantora deixa seu marido Bruce Sudano, dois filhos e quatro netos. “Esta manhã, perdemos Donna Summer Sudano, uma mulher cheia de talento, sendo que o maior deles era a sua fé”, contou a família em um comunicado. “Enquanto lamentamos sua morte, estamos em paz celebrando a sua extraordinária vida e seu legado permanente. Palavras realmente não podem expressar o quanto nós apreciamos suas orações e seu amor para a nossa família neste momento difícil.” Ela morava em Nashville, no estado americano do Tennessee.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s