Arquivo do dia: 30/05/2012

CINEFOOT será aberto amanhã em Sampa

Abertura do FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL terá a presença de Josf Jelinek, jogador thceco que enfrentou o Brasil em 62 

Pepe, Coutinho e Mengalvio, antigos ídolos santistas, também marcarão presença 

A Sessão de Abertura do CINEFOOT – FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL, criado e organizado por Antônio Leal, acontece amanhã, às 19h30m, no Auditório Armando Nogueira do Museu do Futebol, na capital paulista.

Serão exibidos os filmes Canal 100: SANTOS TRI-CAMPEÃO PAULISTA E MILÉSIMO GOL”, “GAÚCHOS CANARINHOS” e “SANTOS, 100 ANOS DE FUTEBOL ARTE”

A Sessão de Abertura do CINEFOOT será ainda abrilhantada pela presença de Josf Jelinek, jogador da então Tchecoslováquia, que enfrentou o Brasil na histórica final da Copa do Mundo de 1962, ocasião na qual os brasileiros bateram os tchecos por 3 a 1, conquistando assim o Bicampeonato Mundial, há exatos 50 anos.

CINEfoot – FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL é o único festival de cinema do Brasil e da América Latina exclusivamente dedicado à exibição e promoção de filmes sobre a maior paixão nacional: o futebol. Com esta iniciativa pioneira, pelo terceiro ano consecutivo o CINEfoot ocupa uma lacuna no circuito brasileiro de festivais, que não possuía um evento com o tema Futebol.

O terceiro CINEfoot acontece de amanhã até dia 3 de junho, no Museu do Futebol, e dias 4 e 5 de junho, no Reserva Cultural, em São Paulo. ENTRADA FRANCA em todas as sessões.

PROGRAMAÇÃO CINEfoot – FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL: 

MOSTRA COMPETITIVA – MUSEU DO FUTEBOL – AUDITÓRIO ARMANDO NOGUEIRA – ESTÁDIO DO PACAEMBU – PRAÇA CHARLES MILLER, S/N – PACAEMBU

31/05 QUINTA

20h30  SESSÃO DE ABERTURA

:: CANAL 100 |  SANTOS F.C. – TRICAMPEÃO PAULISTA (Doc, 17 min, PB , 35mm, RJ, 1968)
Dir. Carlos Niemeyer | Rio de Janeiro/Brasil

:: GAÚCHOS CANARINHOS (Doc, 15 min, 2007, 12 anos)
Dir. Rene Goya Filho | Rio Grande do Sul/Brasil

:: SANTOS, 100 ANOS DE FUTEBOL ARTE (Doc, 96 min, 2012, 12 anos)
Dir. Lina Chamie | São Paulo/Brasil

:: HOMENAGEM: 100 ANOS SANTOS F.C. 

01/06 SEXTA

09h30   SESSÃO ESPECIAL  | MOSTRA COMPETITIVA  DENTE-DE-LEITE

:: O PRIMEIRO JOÃO (Anim, 7 min, 2006, Livre)
Dir. André Castelão | Rio de Janeiro/Brasil

:: MAURO SHAMPOO – JOGADOR, CABELEIREIRO E HOMEM (Doc, 20 min, 2008, Livre)
Dir. Leonardo Cunha Lima e Paulo Henrique Fontenelle | Rio de Janeiro/Brasil

:: ZIMBÚ (Anim, 3.35 min, 2011, Livre)
Dir. Marcos Strassburger Souza | São Paulo/Brasil

:: ERNESTO NO PAÍS DO FUTEBOL (Fic, 15 min, 2009, Livre)
Dir. André Queiroz e Thaís Bologna | São Paulo/Brasil

:: HOMENAGEM: 50 ANOS COPA DO MUNDO 1962 

19h30  SESSÃO 1

:: RIVELLINO (Fic, 16 min, 2011, 18 anos)
Dir. Marcos Fabio Katudjian | São Paulo/Brasil

:: SER CAMPEÃO É DETALHE: DEMOCRACIA CORINTHIANA (Doc, 25 min, 2012, 12 anos)
Dir. Gustavo Forti Leitão e Caetano Tola Biasi | São Paulo/Brasil

:: BAHÊA MINHA VIDA – O FILME (Doc, 100 min, 2011, 12 anos)
Dir. Marcio Cavalcante | Bahia/Brasil
 

02/06 SÁBADO

16h  SESSÃO 2

:: VAI PRO GOL (Doc, 22.30 min, 2012, 12 anos)
Dir. Felipe D´Andrea | São Paulo/Brasil

:: SOBRE FUTEBOL E  BARREIRAS (Doc, 112 min, 2011, 12 anos)
Dir. Arturo Hartmann, Lucas Justiniano, José Menezes e João Carlos Assumpção | São Paulo/Brasil

 03/6 DOMINGO

11h  SESSÃO 3

:: PARTIDA INTERNACIONAL (Fic, 2.14 min, 2011, 12 anos)
Dir. Sven und Nadine Schrader | Alemanha

:: NÃO CULPO O FUTEBOL ARTE (Fic, 5 min, 2010, 12 anos)
Dir. Christopher Accella | Estados Unidos

:: DENTRO, FORA (Fic, 15 min, 2011, 12 anos)
Dir. Wassim Sookia | Ilhas Maurício

:: UM JOGO, UMA PAIXÃO (Doc, 22 min, 2009, 12 anos)
Dir. Otávio Paranhos | São Paulo/Brasil

:: FUTEBOL É DEUS (Doc, 52 min, 2010, 12 anos)
Dir. Ole Bendtzen | Dinamarca

:: HOMENAGEM: 100 ANOS DÉRBI PONTE PRETA  X GUARANI 

PROGRAMAÇÃO MOSTRA COMPETITIVA – RESERVA CULTURAL – AV. PAULISTA, 900 

04/6 SEGUNDA

17h30  SESSÃO 4

:: ZIMBÚ (Anim, 3.35 min, 2011, Livre)
Dir. Marcos Strassburger Souza | São Paulo/Brasil

:: O PEQUENO TIME (Doc, 10 min, 2011, 12 anos)
Dir. Roger Gomez e Dani Resines | Espanha

:: TIRO LIVRE DIRETO (Fic, 13 min, 2011, 12 anos)
Dir. Bernabé Rico | Espanha

:: ROCK N’ BOLA (Fic, 80 min, 2011, 12 anos)
Dir. Dmitri Prikhodko | Ucrânia
 

04/6 SEGUNDA

19h30   SESSÃO 5

:: JUVENTUS RUMO A TÓQUIO (Doc, 15 min, 2009, 12 anos)
Dir. Rogério Zagallo, Andrea Kurachi e Helena Tahira | São Paulo/Brasil

:: MENINOS DE KICHUTE (Fic, 90 min, 2010, 12 anos)
Dir. Lucas Amberg | Paraná/Brasil

:: HOMENAGEM: 100 ANOS DOMINGOS DA GUIA (In memoriam) 

05/6 TERÇA

21h  SESSÃO DE ENCERRAMENTO

:: CANAL 100 | SANTOS F.C. – BICAMPEÃO MUNDIAL (Doc, 14 min, PB , 35mm, RJ, 1963)
Dir. Carlos Niemeyer

:: BRASIL BOM DE BOLA (Doc, 100 min, 1970, 12 anos)
Dir. Carlos Niemeyer/Canal 100

:: PREMIAÇÃO – Entrega das Taças CINEfoot 2012 e Prêmio Porta Curtas 

SERVIÇO: 

3º CINEfoot – FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL

Em São Paulo, de 31 de maio a 5 de junho

Locais:

·         Museu do Futebol – Estádio do Pacaembu – Pça. Charles Muller s/n

·         Reserva Cultural – Av. Paulista, 900

Mais informações: www.cinefoot.org

Cego Aderaldo, novo filme de Cariry, terá lançamento no CineCE

A Cariri Filmes e o Cine Ceará convidam para a exibição de

CEGO ADERALDO – O CANTADOR E O MITO

Local: Cine Ceará – Theatro José de Alencar 

Data: 3 de junho (domingo)

Horário: 21 horas

Entrada franca

Sinopse: Cego Aderaldo (1878 – 1967) foi não apenas o maior nome da poesia cantada e improvisada no Brasil, foi também um mito nacional. Cego Aderaldo adotou e criou, como filhos, 26 crianças. A todos deu estudo e profissão. Inovador e criativo, foi exibidor de cinema na década de 30 e levou a cantoria para grandes capitais, onde era saudado como personagem da dimensão de Padre Cícero e Lampião. A sua obra influenciou a música popular e as artes brasileiras, nas décadas de 50 e 60. O filme conta a história deste artista extraordinário, revelando as suas lutas e as suas vitórias, mostrando as dimensões do homem que, superando todas as adversidades, voa até a glória e se encanta no mito. 

Rosemberg Cariry na companhia do Cego Aderaldo: acabou virando filme…

Ficha Técnica

Roteiro e Direção: Rosemberg Cariry

Produção Executiva: Bárbara Cariry

Direção de Produção: Teta Maia

Direção de Fotografia e câmera – Daniel Pustowka   

Montagem: Rosemberg Cariry e Firmino Holanda 

Técnico de Som:  Yures Viana

Patrocínio: Secretário do Audiovisual – SAV/MinC e TV Brasil.

Informações: Cariri Filmes (85) 3244 6944

Oficinas de Ouro Preto: inscrições só até amanhã

Inscrição Oficinas

Hitchcock, o Mestre do Suspense, será destaque no CineCE

 

Inscrições abertas à oficina gratuita com o jornalista Marcelo Lyra  

Estudo sobre as técnicas narrativas, e evolução do estilo ao longo de 53 longas metragens e 25 filmes feitos para a TV. Serão analisados os principais longas-metragens e alguns filmes feitos para a TV, por intermédio de uma seleção das cenas mais importantes de cada filme.

Seminário com três aulas de três horas cada, totalizando nove horas-aula. 

Programa:

1° aula – Os filmes mudos, de 1926 a 1929, a arte de falar por imagens, fundamental em sua obra. A fase sonora inglesa, de 1929 a 1939, a influência do expressionismo e o desenvolvimento das técnicas de suspense.

A Fase Americana

2° aula – Descobrindo o sistema de Hollywood, de 1940 a 1947, a criação da própria produtora, a descoberta da cor e do parceiro essencial, o fotógrafo Robert Burks, o auge da maturidade técnica e artística, de 1953 a 1962

3® aula – Hitchcock chega à TV e se torna popular, a retomada de velhos temas e a busca por novos caminhos. A fase final, com lampejos de genialidade, de 1963 a 1976. Balanço geral da carreira e influência nas novas gerações. Referências em Coppola, Spielberg, Brian de Palma, Scorsese etc.

SERVIÇO

Curso: Alfred Hitchcock – O Mestre do Suspense

Com Marcelo Lyra, jornalista de São Paulo

Período: 4 a 6 de junho

Horário: 15h às 18h.

Local: Casa Amarela Eusélio Oliveira 

Turma: 35 alunos 

GRATUITA 

Inscrições: www.cineceara.com

Contato: oficinas@cineceara.com (85)  32643877

Um pouco sobre MARCELO LYRA

Formado em jornalismo pela PUC-SP em 1989, passou por quase todas as editorias de jornais até chegar ao Caderno 2 do Jornal O Estado de S. Paulo, em 1999, quando inicia-se como crítico de cinema. Foi sub-editor do caderno de TV do Jornal da Tarde e colaborador das seguintes publicações, sempre na área de cinema: Jornal da Tarde, Jornal do Brasil, Revista de Cinema, Revista Ver Vídeo, revista Bizz e outros. Atualmente é crítico do jornal Valor Econômico, da revista Língua Portuguesa e do site Cinequanon.

Ministra regularmente cursos sobre cinema brasileiro e crítica de cinema, em eventos em espaços culturais como o Espaço Unibanco e Cinesesc, em São Paulo, ou em eventos como Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (2004 e 2007), Cine Ceará etc.

É autor do livro “Cinema Como Razão de Viver”.

Jornalista Marcelo Lyra dará oficina em Fortaleza…