Violas e Repentes nos 60 do Banco do Nordeste

 

Amanhã e quinta, o BNB-Clube de Fortaleza vai sediar o Festival Violas e Repente, marcando o 60º aniversário do Banco do Nordeste.

É mais uma realização do BNB Clube, organização que se destaca atuando como  incentivador da cultura local e nordestina, e descobridor de novos talentos para o cenário artístico. É também uma homenagem ao Banco do Nordeste, cuja atuação é de principal agente do desenvolvimento nordestino e da cultura regional, alicerce desse desenvolvimento.

O festival terá a participação de 12 repentistas, representando cinco estados nordestinos e expressões dentro deste repertório da centenária arte do improviso. Será uma apresentação da poesia cantada, feita a partir da complexidade do improviso, um momento raro da mais pura manifestação cultural do Nordeste – a Cantoria de Viola.

Dividirão o mesmo palco, em forma de competição, disputando prêmios e troféus, os renomados repentistas Ivanildo Vila Nova, RaimundoCaetano, Louro Branco, Zé Viola, Sebastião Dias, João Paraibano, Valdir Teles,Zé Cardoso, Edvaldo Zuzu, Raulino Silva, Jonas Bezerra e Acrísio de França.

Traçando um paralelo entre a cantoria de viola e o futebol, podemos comparar os festivais de repentistas ao campeonato brasileiro de clubes. Em determinados festivais, como os de Recife e Campina Grande, as competições são bem acirradas, tornando esses festivais o ponto culminante para o poeta cantador.

Durante a competição, as duplas concorrentes terão que cumprir quatro tarefas de 5minutos cada, que serão solicitadas por uma Comissão de Seleção, reunida previamente para elaborar temas e motes a serem desenvolvidos pelos cantadores.

O material preparado pela Comissão fica lacrado dentro de envelopes, a serem abertos no início da apresentação dos cantadores, mediante sorteio e na presença do presidente de uma Comissão Julgadora. Os cantadores serão julgados em três aspectos: rima, métrica e oração (assunto/tema solicitado).

Os competidores farão jus a troféus para as três duplas melhor classificadas, além de placas de participação, alusivas aos 60 anos do Banco do Nordeste do Brasil.

O festival será apresentado por Dilson Pinheiro, comandante do Programa Ceará Caboclo, da TV Ceará, e por Orlando Queiroz, Presidente do Clube da Viola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s