Arquivo do dia: 23/08/2012

Frequência Beatles quer ver Paul McCartney no estádio da Copa

Cearenses investem pesado pra ter Paul McCaartney cantando em Fortaleza…

Dois integrantes do programa radiofônico cearense Frequência Beatles, o jornalista e radialista Nelson Augusto, e a professora de inglês Vera Santiago, estão em Londres de olho na tradicional BEATLES WALK.

Os excepcionais ‘garotos de Liverpool’: se alguém não gosta, pode mandar internar…

Trata-se de uma semana especial para os aficionados do Fab Four, na qual os fãs da imortal banda inglesa podem conhecer ou reencontrar-se com todo o arsenal de atrações referentes aos BEATLES na cidade de Liverpool.

Em Londres, os ‘beatlemaníacos’ cearenses não deixam passar uma oportunidade de reverenciar o conjunto musical que mudou a cara da música no mundo. Saíram daqui de olhona BEATLES WEEK. O percurso, feito a pé por centenas de fãs e turistas, contou ainda com ouvintes do Frequência Beatles: Paulo César Sousa de Alcântara e seu filho de 11 anos, Paulinho; Cynthia Fortuna, e Emília de Fátima, e aconteceu na manhã de terça passada, 21 de agosto de 2012.

O ponto alto do passeio foi uma visita aos famosos estúdios da Abbey Road (webcam onde transmite 24 horas, o movimento dos britânicos e dos fãs http://www.abbeyroad.com/Crossing) na famosa faixa onde os Beatles foram fotografados no conhecido disco Abbey Road. Foi lá, nesse estúdio, onde os Fab Four gravaram, nos anos 60, a maioria das canções que viraram sucesso no mundo inteiro.

Nelson Augusto à frente do grupo que reverencia os Beatles em Liverpool…

Na oportunidade, os integrantes do programa Frequência Beatles, criado e mantido até hoje no ar pelo jornalista Nelson Augusto (via Universitária FM de Fortaleza) levaram uma faixa com os dizeres “Paul, Fortaleza Loves you” . A intenção é tentar angariar mais adeptos para a feliz ideia de ter o ex-Beatle Paul McCartney cantando em Fortaleza quando da reinauguração do estádio do Castelão, em dezembro próximo.

Programa dos Beatles, grande audiência em Fortaleza, chega ao Abbey Road Studios

Nelson Augusto sentindo-se em casa em território dos Beatles

A ideia de aumentar a campanha iniciada pelo fãs do Ceará no
Twitter com o hastag #PaulnoCastelão, vem sendo reforçada pelos integrantes
do Liverpool, e isso acontece até dia 28, quando eles participam da Beatles Week, comemorando as Bodas de Ouro do antológico grupo musical que revolucionou a cultura do mundo com a força e a ousadia de seu discurso, e a beleza inconteste de suas músicas.

BEATLES: canções antológicas e inolvidáveis que mudaram a face do mundo.

História da MÚSICA no mundo divide-se em Antes e Depois dos Beatles

‘Olho Cru’ marca estreia de Leandro Firmino da Hora na direção de cinema

Um olhar atento e vivo sobre o submundo de uma grande favela horizontal carioca. A temática do curta-metragem Olho Cru é o ponto de partida para um “passeio” pela Cidade  de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Dirigido pelo roteirista Emílio Dante e pelo ator Leandro Firmino da Hora – um dos protagonistas do filme Cidade de Deus – o curta foi todo rodado em 48 horas, na comunidade pacificada, e conta com a atuação de moradores escolhidos pelos próprios autores. Ao todo, foram escaladas 15 pessoas para o elenco, além da equipe técnica, que reuniu cerca de 20 integrantes.

 

Embora a filmagem tenha sido feita em 2010, só ano passado Leandro Firmino e Emílio Dante se deram conta de que o vasto material daria um curta-metragem. E partiram pra adaptação do roteiro original, de autoria do publicitário mineiro Bruno Mendes.

– Fizemos uma pós-produção de seis meses para compensar os errinhos da produção – afirmou Dante.

Sem qualquer patrocínio, o filme já conta com críticas positivas de profissionais do meio cinematográfico. Os diretores nutrem a expectativa de que a produção seja escolhida para exibição no Festival do Rio. O filme será projetado pela primeira vez na Cidade de Deus, e terá a performance do DJ Wladimir Gasper.

Leandro Firmino da Hora e Aurora Miranda Leão: unidos pelo Cinema

O barato do filme é justamente o fato de não ter atores profissionais. Todo o elenco conhece os tipos que aparecem no curta – afirma Leandro Firmino.

A trama gira em torno do roubo de uma mochila. Morador da Cidade de Deus há mais de 40 anos, Ronaldo de Paula teve atuação elogiada.

Foi a primeira vez em que atuei e estou adorando os elogios. Fico emocionado por podermos filmar na Cidade de Deus agora, que está pacificada – afirmou.

Equipe OLHO CRU, de Emílio Dante e Leandro Firmino da Hora: Cidade de Deus na tela…

Vitrine audiovisual em São Paulo

O Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) realiza dia 1º de setembro a festa de lançamento da 8ª edição do Cine MuBE Vitrine Independente, festival que revela e premia novos talentos do cinema. Para celebrar a abertura das inscrições, um coquetel vespertino e ao ar livre marcará a nova temporada do evento. Durante o coquetel, serão anunciados os integrantes do júri.

Com inscrições de 1 de setembro a 20 de outubro, o festival tem curadoria do crítico de cinema Christian Petermann e oferece a oportunidade para novos talentos apresentarem toda sua arte e técnica por meio das exibições de curtas e médias-metragens num evento focado no cinema independente.

Seguindo o modelo das edições anteriores, entre 6 e 8 de dezembro haverá uma programação especial no MuBE para a exibição dos títulos selecionados. Na sexta, dia 7, serão exibidos os médias-metragens em competição e sábado, dia 8, os curtas – ao final das exibições, serão revelados os vencedores e acontecerá o evento de premiação.

Os interessados em apresentar seus trabalhos poderão se inscrever gratuitamente: www.cinemubevitrine.com

O festival premiará produções em onze categorias: melhor curta-metragem pelo júri, melhor curta-metragem pelo público, melhor média-metragem pelo júri, melhor média-metragem pelo público, melhor diretor curta-metragem, melhor diretor média-metragem, melhor atriz, melhor ator, menção especial de curta-metragem pelo júri, melhor roteiro e, como novidade desta edição, melhor produção estrangeira.

Como participar

Os interessados devem encaminhar os filmes (em três cópias obrigatórias), de segunda a sexta, das 10h às 19h, para o endereço Av. Europa, 218 – São Paulo, aos cuidados de Karen Alcantarilla – karen@mube.art.br

O Cine MuBE Vitrine Independente é um festival de cinema que preza pela pluralidade, sem tema definido. O júri especializado e o público elegem os filmes favoritos. Os ganhadores da competição são premiados com equipamentos, cursos na área e viagens.

Sobre o MuBE

O Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) desenvolve extensa e diversificada programação cultural, com exposições, cursos, seminários, palestras, recitais de piano, cinema e teatro. São realizadas, em média, 25 exposições por ano, com mostras de artistas renomados, nacionais e internacionais, e espaço para novos talentos.

O Museu recebe, aproximadamente, 150 mil visitantes por ano. As exposições contam com visitas educativas para crianças, estudantes, grupos de terceira idade e público em geral.

SERVIÇO

Realização: Museu Brasileiro da Escultura Direção e Coordenação Geral: Renata de Azevedo Silva Curadoria e Programação: Christian Petermann Conteúdo: Felippe Canale, Anna Zêpa Produção: Amanda Rodolpho, Anna Zêpa, Karen Alcantarilla, Renato Sass e Vitor Souza Colaboração: Bruna Bernacchio, Cassia dos Anjos, Graziela Martine e Naninha Borges

Comunicação Visual: Dona Baronesa

Troféu: Eduardo Werneck

Serviço

Evento: 8º Cine MuBE Vitrine Independente

Local: MuBE – Museu Brasileiro da Escultura –Avenida Europa, 218, Jardim Europa – São Paulo/SP

Festa de Lançamento: 1 de setembro, às 16h30

Inscrições: 1 de setembro a 20 de outubro

Festival: dias 6, 7 e 8 de dezembro de 2012

Entrada: gratuita

Informações: www.cinemubevitrine.com

Cachoeira quer ver Documentários…

Até 15 de setembro, cineastas podem inscrever seus documentários de curta, média e longa-metragem no III CachoeiraDoc – Festival de Documentários de Cachoeira, que acontecerá de 4 a 8 de dezembro, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), na cidade de Cachoeira.

O Festival busca fomentar a cultura do documentário através da exibição de filmes, oficinas, debates e ciclo de conferências. Os interessados devem enviar vídeos produzidos a partir de 2011, em qualquer formato, incluindo vídeos feitos por câmeras em celulares e câmeras digitais, e em película 16 mm e 35 mm.

O Festival vai acontecer na cidade histórica de Cachoeira, onde foi lançado em 2010. Nas duas edições anteriores, cerca de 4.500 pessoas assistiram a um total de 85 filmes documentários (73 nacionais). Na Mostra Competitiva Nacional, ao todo, foram inscritos 356 filmes de todas as regiões do país. Entre os 43 selecionados, 13 eram médias ou longas-metragem, e 30eram  curtas.

Mais: www.cachoeiradoc.com.br