Arquivo do dia: 20/09/2012

Muqui mobilizada em torno do Cinema e TV

De olho numa ampla divulgação para o I Festival de TV e Cinema Independente de Muqui, cidade capixaba, a organização do festival – idealizado pelo ativista cultural Léo Alves – resolveu convocar jovens estudantes de Comunicação para contribuir com a popularização da empreitada. E para tanto, abriu seleção através de concurso.

O I FECIM é um festival que já nasceu com ares de vencedor. Basta conhecer as ideias do jovem Léo Alves e as peças publicitárias do festival para ter esta certeza. Léo é movido pela chama do entusiasmo, apaixonado por Cinema e TV, orgulhoso de sua bela cidade (um dos tesouros capixabas), e aguerrido em prol das coisas nas quais acredita. Assim, com pulso firme, sensibilidade, inteligência, ousadia e disposição está arregimentando apoios e parcerias para fazer do FECIM um festival relevante no cenário cultural e artístico do país.

Léo Alves tem iniciativa saudada em todas as partes de Muqui (aqui com Tânia e Márcia Brasil)…

Desde já, temos certeza que o FECIM terá uma estreia auspiciosa e veio para ficar.

Foram mais de 30 inscrições, oriundas dos mais diversos Estados brasileiros (BA, RJ, ES, MG e GO), de estudantes muito engajados no audiovisual e interessados em participar da assessoria de Comunicação e cobertura do FECIM, o 1º Festival de TV e Cinema Independente de Muqui (ES). Depois da análise das respostas da pergunta “Por que cobrir um Festival de Cinema em Muqui?”, além de análise técnica do currículo, a organização do FECIM divulga os estudantes selecionados, bem como a lista de suplentes.

Pela qualidade das inscrições e valorização dos universitários na primeira edição do festival, a produção do FECIM permitirá a participação dos suplentes na cobertura, desde que as despesas de transporte, hospedagem e alimentação fiquem por conta de cada um.

O 1º FECIM acontecerá de 1 a 4 de novembro, na cidade histórica de Muqui, interior do Espírito Santo, e o AURORA DE CINEMA estará por lá participando da cobertura diária.

Selecionados (por ordem alfabética):

Diego Nunes – UFES – Vitória – ES

Honório Filho – UFES – Vitória – ES

Jéssika Claudino – UFES – Vitória – ES

Karolina Lopes Gonçalves – UFES – Vitória – ES

Lorena Silva – UFOP – MG

Lorrayne Rocha – Estácio de Sá – Vitória – ES

Suplentes (por ordem decrescente):

Flávia Stella – UFOP – Ouro Preto – MG

Matheus Medeiros de Souza – UFGO – GO

Leonardo Ribeiro – UFES – Vila Velha – ES

Mariana Preti – UFES – Vila Velha – ES

Wagner Vieira – Estácio – Estácio de Sá – ES

Gustavo Crispim Cardoso – UFGO – GO

Tatiana Werneck – UFES e CEET – Vitória – ES

Com relação às inscrições, a quantidade de filmes superou todas as expectativas da organização, segundo o idealizador, Léo Alves. Dia 20 de outubro, sai  o resultado dos selecionados.

Confiram um belo teaser sobre o FECIM:

http://www.youtube.com/watch?v=N6FBM-ele1k

MAIS: http://www.fecim.com.br/

Mais dos bastidores do Araxá Cine Festival…

Aurora de Cinema direto do Araxá Cine Festival

A paisagem repleta de Ipês, cenário inspirador de Araxá

Débora Torres, Jui Huang e Aurora Miranda Leão na noite de abertura…

Aurora Miranda Leão entre Alexandre Lopes e Jui Huang, dois novos e adoráveis amigos…

Débora Torres, a idealizadora do Araxá Cine Festival, cineasta Helvécio Ratton e ator Odair Fialho…

Curtindo a natureza e em busca de cenários para o novo curta Aurora de Cinema…

Em visita ao galpão de tecelagem da Fundação Calmon Barreto: Alice Gonzaga, Célia Pio, Aurora Miranda Leão, Débora Arantes e Laura Pires (foto Ed Cajazeiras)…

Aurora Miranda Leão, Alice Gonzaga e o fotógrafo Alex Silva em frente à antiga estação de trem, hoje Fundação Calmon Barreto…

Delícias de Araxá colocam mulheres num de seus hobbies preferidos: comprar…

Antônio Leão e Aurora Miranda Leão: parentes na mesma emoção pelo Cinema !

Flávio e Karla Guarnieri: belo casal encantou a todos no Araxá Cine Festival

Aurora Miranda Leão, Leonardo Cata Preta e Jui Huang na plateia do Teatro Municipal de Araxá…

Na noite de lançamento do pré-trailler de ‘Vazio Coração’: Débora Torres, Patrícia Naves, Sr. Timótheo e cineasta Alberto Araújo…

Alex Moletta e Aurora Miranda Leão: reencontro de amigos no Araxá Cine

* Fotos Alex Silva e Ed Cajazeiras…

ARAXÁ CINE FESTIVAL: Um pouco dos bastidores …

Foram dias de muito CINEMA, tranquilidade, ótimas conversas, natureza, deliciosos pratos, passeios, banhos em águas termais e lamas medicinais, duchas, massagens, chás em ambientes adoráveis, além de muitas brincadeiras. luau à beira da piscina e encontros felizes.

Correram assim, felizes, tranquilos e produtivos, os dias de Araxá Cine Festival, festival de cinema idealizado por Débora Torres, e sediado no Grande Hotel e Termas de Araxá.

Patrícia Naves, Débora Torres, Murilo Rosa e Alda Sandra na noite de abertura…

Aliás, pra quem ainda não sabe exatamente quem é Débora Torres, aí vai um pequeno perfil: Débora é atriz, produtora, e cineasta. Nos anos 70-80, morou em São Paulo e no seu honroso currículo está a produção de peças com o inesquecível Gianfrancesco Guarnieri, o que por si só já é um grande trunfo na longa e diversificada estrada de Débora Torres nos caminhos da Arte e da Cultura. Com alguns curtas premiados, Débora é também Produtora Executiva de Cinema (produziu o ainda inédito Vazio Coração, do cineasta Alberto Araújo); e idealizou, concretizou, e assina a Direção Geral dos Festivais de Cinema de Goiânia, Anápolis e Araxá. Portanto, o nome de DÉBORA TORRES está intrinsecamente ligado ao Cinema, A ela, muito deve o Cinema Brasileiro, e, com ela, o Cinema Brasileiro muito ainda tem a ganhar.

Débora Torres: um vulcão em defesa do Cinema e na realização de festivais… Benza Deus !

Agora, você vai conferir um pouco do que foram os bastidores do melhor dos festivais de Cinema Brasileiro criados este ano. Logo, PARABÉNS DÉBORA TORRES ! A Sétima Arte gosta e precisa de você !

Sob a batuta segura, séria, competente, bem humorada e aguerrida de Débora Torres, o I ARAXÁ CINE FESTIVAL transformou o belo município mineiro de Araxá no epicentro do Cinema Brasileiro durante uma semana, na qual dezenas de nomes emblemáticos da nossa Sétima Arte estiveram reunidas para falar, conversar e debater projetos de cinema, trocar ideias, pensar em novas ações, e prospectar futuras iniciativas.

Tapete vermelho à entrada do Cine Teatro Tiradentes, palco das exibições…

Laura Pires, Débora Torres e Sérgio Bianchi nos corredores do Grande Hotel…

Rosamaria Murtinho, após seu workshop, com a jornalista Aurora Miranda Leão, Assessora de Imprensa do I Araxá Cine Festival

Delvo Simões, nome de destaque na produção, confere uma das noites de Cinema e Homenagens em Araxá …

Alice Gonzaga vai ao palco, super aplaudida, receber justa homenagem pelos anos de dedicação incansável ao Cinema Brasileiro…

Ed Cajazeiras, a incansável Débora Torres, e a baiana Laurinha Pires…

Alex Moletta festejado pro Aurora Miranda Leão, no dia do lançamento de seu maravilhoso livro ensinando a criação em vídeo digital…

Alice Gonzaga e Aurora Miranda Leão em noite feliz no I Araxá Cine Festival

O suntuoso Salão Azul, um dos espaços mais belos e aconchegantes do Grande Hotel

Trinca da pesada: David Cardoso, Laurinha Pires e Walter Webb…

Germano Pereira, Marta Giovanelli e Berenice Lamônica na noite final……

Música no San Chopp, um dos points da noite de Araxá: Germano Pereira dá uma ‘canja’ tocando e cantando rock…

Curtição na noite San Chopp, vendo-se Aurora Miranda Leão, Berenice Lamônica, Jui Huang, e Alexandre Lopes: momentos inesquecíveis…

Júlio Carvana apresenta o filme do pai, Não se preocupe, nada vai dar certo