Arquivo do dia: 02/10/2012

Abraccine na escolha do filme brasileiro candidato ao GOYA

A ABRACCINE – Associação Brasileira de Críticos de Cinema, presidida pelo jornalista Luiz Zanin -, participa amanhã como entidade  convidada pela Ancine (Agência Nacional de Cinema) de reunião da comissão que vai escolher o filme brasileiro que participará do Prêmio Goya, na Espanha. O representante da Abraccine será o Secretário-Geral da entidade, João Nunes.

1. Organizado pela ANCINE, na pessoa do seu assessor internacional, Eduardo Valente, a escolha acontecerá amanhã na sede da Ancine, no Rio, em reunião da comissão que definirá o filme brasileiro que representará o país na categoria de Melhor Filme Ibero-Americano no Prêmio Goya, da Academia Espanhola.

2. A comissão está formada pelas seguintes pessoas:

João Nunes (Abraccine)

Silvia Rabello (Academia Brasileira de Cinema)

Ailton Franco Jr. (Fórum dos Festivais)

Orlando Senna (Ministério das Relações Exteriores)

João Roni (Ancine)

 

3. Os filmes concorrentes são:

Histórias que só Existem quando Lembradas (Julia Murat)

Heleno (José Henrique Fonseca)

Febre do Rato (Cláudio Assis)

As Canções (Eduardo Coutinho)

Girimunho (Helvécio Marins Jr. e Clarissa Campolina)

Paraísos Artificiais (Marcos Prado)

Corações Sujos (Vicente Amorim)

Argus Montenegro e a Instabilidade do Tempo Forte (Pedro Isaías Lucas)

Menos que Nada (Carlos Gerbase)

Billy Pig (José Eduardo Belmonte)

5X Pacificação (Wagner Novais, Luciano Vidigal e Cadu Barcellos)

 

4. Os Prêmios Goya serão entregues em fevereiro de 2013.

Imagem

Outubro de Cinema em BH

Brasil CineMundi 2012

CATAMINAS: Ronaldo Werneck lança novo livro HOJE em Porto Alegre

O que aflora no novo livro do Poeta mineiro é sua extrema capacidade de se emocionar e, assim, emocionar o leitor…

Recebo este afetuoso convite do escritor, poeta e jornalista mineiro RONALDO WERNECK e divido com você, leitor, sobretudo os que seguem este Aurora de Cinema na capital gaúcha, pois é lá que o Poeta está agora:

Estou em Porto Alegre, após minha participação no XX  Congresso Brasileiro de Poesia, em Bento Gonçalves (RS) e do lançamento na Serra Gaúcha do meu livro “cataminas pomba & outros rios”.

Neste 2 de outubro, serei  homenageado no Centro Cultural Érico Veríssimo no evento “Meus poemas sou eu  escrito”. Na quinta, dia  4, lanço o “cataminas” no Bar Amnésia (Rua João Alfredo, 669, Cidade Baixa, Porto Alegre RS), onde vou  também exibir meu filme “CataguArte – século XX” .
Aguardo todos vocês, gregos e gaúchos.
RW

O mais novo livro de RONALDO WERNECK é um lançamento da DOBRA Editorial com belo projeto gráfico do próprio Poeta e capa de Dounê Spínola. O patrocínio é da Prefeitura Municipal de Cataguases através da Lei Ascânio Lopes.

O livro, um belo derramamento de poemas que se cruzam, se fazem, refazem e se misturam até nas entrelinhas, traz texto de apresentação do autor que diz:

“Por trás de toda a trama, o velho Pomba e seu lento rumar: nuvens de palavras, manchas esparsas que flutuam sobre o branco, contrastando em caudal com a lenta cadência do rio, seu mágico mover imóvel.

Filme infindável, seu foco vira-se  também sobre o exterior – muitas vezes se entrevê o Pomba a passar ao largo da terceira seção do livro, correndo entre novos poemas outras e outras várias margens quase miragens. Mas a ninguém engana: embaralha-se no emaranhar de lugares, de ruídos, de falares, perde-se numa curva, e volta sempre, interior, o mesmo de Heráclito na distância – minas marejando, ritornelo, delta, infância”.

CATAMINAS pomba e outros rios, novo livro de RONALDO WERNECK – como de resto todos os seus outros trabalhos publicados – revela de cara um  indubitável enamoramento pela palavra escrita e um profundo apreço pelo leitor, consagrando uma profusão de imagens que instigam o sentir do Poeta, e uma intensa e cuidadosa sintonia com sua Cataguases natal e sua gente mineira.

Como se tudo isso não bastasse, Ronaldo Werneck é ainda um escritor para quem as palavras fluem aos borbotões e com singular e invejável competência poética. Por tudo isso, é sempre bom ter em mãos, ao alcance dos olhos e infiltrando-se por nossa emoção os traçados poéticos deste mineiro apaixonado que é Ronaldo Werneck.

Como bem diz Fernando Py, em artigo de 2001 na Tribuna de Petrópolis, “o livro é acompanhado de grande profusão de fotos de todas as épocas da vida de Werneck e que, de certa forma, fazem parte do poema”. É, portanto, um livro para se folhear e não apenas para ver ou ouvir falar.

Ou como diz Fábio Lucas na Fortuna Crítica que acompanha o livro:

“Entra-se no Pomba Poema como quem ingressa num sonho, puxado por um rio sem foz. É que o poeta implanta na consciência do leitor um simultaneismo de lembranças e emoções em que a camada confessional se apresenta como um jogo. Os Outros Rios são primos-irmãos do mesmo Rio Pomba. É que a paisagem da Europa e as diferentes faces da viagem do poeta representam a mesma busca. Ou, talvez, a mesma volta: volta às raízes, fincadas em Minas. Onde quer que tenha estado o poeta, corria no seu íntimo o rio de Minas“.

Ou como dizem alguns dos muitos belos versos do Poeta,

” […] antes da poesia

o que fica

ficou ficará

o que nos mantém vivos

o que segura essa barra

é a mais

a menos

a tão somente

capacidade de se emocionar com ou sem palavras […]”

Brasileiras cantam com Alejandro Sanz em novo CD

É o primeiro trabalho inédito do cantor em três anos. Crédito: Divulgação
É o primeiro trabalho inédito do cantor em três anos.

 La música no se toca é o nome do novo disco do cantor e compositor espanhol, ALEJANDRO SANZ.

O artista, que tem um enorme e cativo público no Brasil, convidou as cantoras Ana Carolina, Ivete Sangalo e Roberta Sá para  participar de seu novo lançamento no Brasil. La música no se toca é o primeiro trabalho de inéditas de Alejandro Sanz em três anos.

Com Ana Carolina, Alejandro gravou Irrepetível, canção que já está tocando nas rádios de todo o país.

A música Salve jorge foi gravada com Ivete Sangalo, com quem Alejandro já havia gravado um dueto em 2006. Agora, SANZ e Sangalo se reuniram para cantar a música-tema da próxima novela  de Glória Perez, que irá ao ar pela Globo no horário das 21h, substituindo AVENIDA BRASIL.

A parceria mais inesperada foi a de  Alejandro Sanz com Roberta Sá. Segundo o cantor, foi o ritmo de Roberta  que o impressionou. Juntos, eles gravaram a música Baila con voz.

La música no se toca foi lançado semana passada e já se encontra nas lojas brasileiras.