Os Selecionados do Primeiro Plano

A 11ª edição do Primeiro Plano Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades divulga a lista de curtas selecionados para as mostras competitivas. São 26 filmes na categoria nacional e outros 23 da Zona da Mata Mineira, na regional. As produções serão exibidas no Espaço Alameda de Cinema, onde o festival vai acontecer de 26 de novembro a 1º de dezembro.

Mais de 200 curtas foram inscritos nas duas mostras. Na avaliação do coordenador-geral, Aleques Eiterer, trabalhos de ótimo nível permearam essa leva: “Podemos dizer que a qualidade dos filmes inscritos foi muito boa. E acredito que esse resultado vem a reboque do acesso à tecnologia digital, que difundiu essa melhora no cuidado com a imagem.”

O tema do festival este ano é “Planos para o futuro”. A ideia é convidar o público a pensar novas formas de produção, discutindo meios e linguagens inovadoras, que começam a ganhar o cenário audiovisual brasileiro. Para isso, haverá debates com os realizadores dos filmes exibidos, além de oficinas, em breve  divulgadas na programação.

“Queremos mostrar como trabalhos contemporâneos vêm encontrando suporte em diversas maneiras de organização, como coletivos de artistas e parcerias de diferentes naturezas. Sabemos que esse tipo de debate incentiva a criação por parte dos jovens cineastas”, pontua Aleques.

O Primeiro Plano Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades foi aprovado pelas leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura. O evento é uma realização do Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e de Produtores Culturais, em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora e a Secretaria do Audiovisual/Ministério da Cultura.

OS SELECIONADOS

Mostra Competitiva Nacional

#, de André Farkas e Arthur Guttilla, Niterói – RJ

#romeujulieta, de Diogo de Nazaré, São Paulo – SP

Agosto, de Caroline Biagi, Curitiba – PR

Através, de Amina Jorge, São Paulo – SP

Ausência, de Jardel Tambani, São Paulo – SP

Cadê meu rango, de George Munari Damiani, São Paulo – SP

Canção para minha irmã, Pedro Severien, Recife – PE

A Dama do Estácio, de Eduardo Ades, Rio de Janeiro – RJ

Eu & a Loira, de Lucas Calmon, Niterói – RJ

Filme para poeta cego, de Gustavo Vinagre, São Paulo – SP

O fim do filme, de André Dib, São Paulo – SP

A galinha que burlou o sistema, Quico Meirelles, São Paulo – SP

Irene, de Patrícia Galucci e Victor Nascimento, Taboão da Serra – SP

Joãozinho de carne e osso, de Paulo Vespúcio, Rio de Janeiro – RJ

Lugares comuns que nunca sonhamos, de João Gabriel de Queiroz, Porto Alegre – RS

O membro decaído, de Lucas Sá, Pelotas – RS

Nem que tudo termine como antes, de Mariana Martinez e Daniel Caselli, São Paulo – SP

Noites de primavera, de Leonardo Hwan, São Paulo – SP

Nós parecíamos gigantes, Daila Pacheco, São Paulo – SP

Pelo caminho, de Vinícius Fernandes, Planaltina – DF

Poetas não escrevem romances, de Kadu Burgos, Rio de Janeiro – RJ

Porn karaoke, de Daniel Augusto, São Paulo – SP

Quando o céu desce ao chão, de Marcos Yoshi, São Paulo – SP

Realejo, de Marcus Vinícius Vasconcelos, São Paulo – SP

Um, dois, três, vulcão, de Miguel Ramos, São Paulo – SP

Você já cortou seu cabelo com maquininha?, de Gabriel Buéssio e Marília Hanashiro, São Paulo – SP

Mostra Competitiva Regional

Casa de boneca, de Adriana Barata, Juiz de Fora – MG

Clichê, de Pedro Guilherme Fonseca, Juiz de Fora – MG

Compro ouro, de Rodrigo Souza, Juiz de Fora – MG, UFJF

Condenado, de Cesar Kluska, Juiz de Fora – MG

Conservatória um cantinho e um violão, de Noemi Luz, Juiz de Fora – MG, UFJF

Descompasso, de Jéssica Faria Ribeiro e Fran Moraes, Juiz de Fora – MG, UFJF

Em consideração, de André Viana, Juiz de Fora – MG, UFJF

Eram os deuses extraterrestres?, de Cacinho, Juiz de Fora – MG

A estranha, de Aline Ortolani, Juiz de Fora – MG, UFJF

Eu fico, de Lucas Mendonça, de Leopoldina – MG

Filme francês, de Otávio Campos, Juiz de Fora – MG, UFJF

Filme mínimo #4 Canções, de Sérgio Puccini, Juiz de Fora – MG

Getúlio, que horas são?, de Claudia Rangel e Guilherme Landim, Juiz de Fora – MG, UFJF

Ilê axé, de Sula Miana, Juiz de Fora – MG, UFJF

Isso é o que me torna mulher, de Altiere Leal, Barbara Maria, Caio Parizi, Daniel Morais e Igor Bastos, de Juiz de Fora – MG, UFJF.

laloca.art_deco@Jf, de Laboratório de Mídias Locativas e Cinema GPS – LaLoca, Juiz de Fora – MG

O meio enquanto fosse, de casABsurda, Juiz de Fora – MG

Missa, de Tomyo Costa Ito, Juiz de Fora – MG

Nicotina 2mg, de Paulo C. Silva e Vicky Freitas, Juiz de Fora – MG, CES

Porto um senhor imponente e tatuado, de Diego Casanovas, Juiz de Fora – MG

Sherazade, de Matheus Engenheiro, Juiz de Fora – MG, UFJF

Viagem real, de Eduardo Yep e Henrique Vale, Juiz de Fora – MG, UFJF

A viúva, Fernanda Ciribelli, Juiz de Fora – MG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s