Cinema Brasileiro no Cazaquistão

O Palhaço é um dos filmes da programação da Mostra

Talento e versatilidade de SELTON MELLO serão aplaudidos na Rússia…

Idealizado pela Linhas Produções Culturais, em parceria com a Embaixada do Brasil no Cazaquistão, festival estreia em Almaty e Astana com produções de destaque em 2011 e 2012

Pela primeira vez, a Linhas Produções Culturais, em parceria com a Embaixada do Brasil no Cazaquistão e o Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, realiza a Mostra de Cinema Brasileiro no Cazaquistão.

Com patrocínio da Embraer, a mostra acontecerá em duas das principais cidades do país. A partir desta sexta, e até dia 11 de dezembro, a Mostra passa por Almaty, um dos maiores pólos culturais da Ásia. Já entre os dias 10 e 13, o festival chega à capital Astana, destino preferido de muitos jovens empreendedores.

O projeto, que integra esforços da iniciativa privada e do poder público, tem como objetivo disseminar a cultura brasileira, apresentando produções cinematográficas contemporâneas a uma das mais importantes economias emergentes do mundo.

Para o embaixador do Brasil no Cazaquistão, Oswaldo Biato Júnior, a Mostra ganha este ano um novo impulso com a abertura em Almaty. “O Festival simboliza a importância do Brasil para o Cazaquistão, nossos vínculos culturais. A realização em Almaty, um dos maiores centros culturais da Ásia e maior centro financeiro do Cazaquistão, é a demonstração prática de nossa aproximação com o país”, afirma.

A opinião do embaixador é compartilhada por Fernanda Bulhões, diretora da Linhas Produções Culturais. “Há cinco anos organizamos o mesmo projeto na Rússia. O evento é um sucesso e já faz parte do calendário cultural oficial da capital do país. É um prazer poder expandir o festival para levar a um público cada vez maior a qualidade e diversidade do cinema brasileiro. Esperamos repetir o sucesso”.

Em cada uma das localidades, serão exibidos oito filmes. Para a abertura oficial, foi escolhido O Palhaço, de Selton Mello, na corrida por uma vaga ao Oscar 2013 na categoria Melhor Filme Estrangeiro. Além deste, foram selecionados outros grandes lançamentos do cinema nacional em 2011 e 2012: os dramas Amor?, de João Jardim,  Corações Sujos, de Vicente Amorim;  Estamos Juntos, de Toni Venturi; Heleno, de José Henrique Fonseca; Meu País, de André Ristum, e VIPs, de Toniko Melo. Completando a lista, o longa Capitães da Areia, de Cecília Amado, baseado no livro homônimo de Jorge Amado. A película comemora o centenário do escritor baiano, um dos mais festejados representantes da literatura brasileira.

Cronograma oficial da Mostra

Almaty:

7/12 (sexta-feira): O Palhaço, às 19h;

8/12 (sábado): VIPs, às 18h30;

Estamos Juntos, às 20h30;

9/12 (domingo): Corações Sujos, às 18:30

Heleno, às 20h30

10/12 (segunda-feira): Amor?, às 18h30;

Meu País, às 20h30;

11/12 (terça-feira): Capitães da Areia, às 20h

Astana:

10/12 (segunda-feira): Heleno, às 18h30;

                                 O Palhaço, às 20h30;

11/12 (terça-feira): Capitães da Areia, às 18h30

                                   Estamos Juntos, às 20h30

12/12 (quarta-feira): Corações Sujos, às 18h30

Meu País, 20h30

13/12 (quinta-feira): VIPs, 18h30

              Capitães da Areia, 20h30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s