Déborah Secco: talento e beleza em novos personagens

Deb Secco

Atriz de beleza, talento e versatilidade, Deborah Secco faz da mocinha à periguete com a mesma determinação, passando pela vilã com igual competência…

Deb Natalie

Deborah Secco como Natalie Lamour, inesquecível personagem de Gilberto Braga na novela Insensato Coração

DEB simples

A atriz se prepara para voltar às telas em dois novos papéis: será uma  viciada e soropositiva no filme Boa Sorte, de Carolina Jabour, e vai interpretar a cantora Joelma em filme sobre a Banda Calypso.

No filme Boa Sorte, Débora Secco vai interpretar uma mulher que beira a insanidade e quer curtir seus últimos instantes na Terra intensamente.Para assumir o desafio, Deborah cortou os cabelos. Mas avisa que ainda vai descolorir os fios, em breve, assim que as filmagens começarem.

Deb model

O filme BOA SORTE tem roteiro de Jorge Furtado: “Ela vai querer aproveitar seus últimos momentos de vida de uma forma muito louca”, revela a atriz.

Deb Surfistinha

Como Bruna Surfistinha, personagem que rendeu à atriz troféu de Melhor do Ano pela Academia Brasileira de Cinema…

Quando junho chegar, Deborah Secco começa a gravar ‘Isso é Calypso — O Filme’, enfocando a história da dupla Joelma e Chimbinha. Para viver a protagonista, Deborah vai colocar aplique louro nos cabelos.

Um dos mais belos rostos da telinha brasileira, Deborah Secco é também atriz versátil e de muito talento…

Deb Chic

Deborah Secco é também uma de nossas atrizes mais elegantes e vive participando de desfiles e editoriais de moda…

Deb em Contos de Verão

Deborah Secco: linda, sapeca e talentosa desde garota…

Saiba mais sobre DEBORAH SECCO:

Ela tinha apenas 8 anos quando estreou na telinha fazendo publicidade; aos 10 anos, encenou seu primeiro espetáculo, Brincando de Era uma Vez; e, aos 11 fez sua primeira novela, Mico Preto da Rede Globo.

No teatro, sua atuação na peça Sapatinhos Vermelhos lhe valeu a indicação ao Prêmio Coca Cola de Teatro, na categoria de Atriz Revelação. Mas foi em 94 que ganhou o respeitado prêmio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) por sua atuação no seriado  Confissões de Adolescente, na pele da esperta Carol, em 1994, dirigida por Daniel Filho, em texto de Maria Mariana adaptado pelo dramaturgo/ator/diretor e cineasta Domingos Oliveira.

De lá pra cá, Deborah Secco não parou mais e vem acumulando troféus, simpatias, fãs e boas críticas por onde passa.

Deborah Secco em Confissões de Adolescente

No episódio ‘A suicida da Lapa’, do seriado As Cariocas…

Deborah Secco hoje tem lugar cativo no coração do´grande público…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s