Arquivo do mês: janeiro 2013

Déborah Secco: talento e beleza em novos personagens

Deb Secco

Atriz de beleza, talento e versatilidade, Deborah Secco faz da mocinha à periguete com a mesma determinação, passando pela vilã com igual competência…

Deb Natalie

Deborah Secco como Natalie Lamour, inesquecível personagem de Gilberto Braga na novela Insensato Coração

DEB simples

A atriz se prepara para voltar às telas em dois novos papéis: será uma  viciada e soropositiva no filme Boa Sorte, de Carolina Jabour, e vai interpretar a cantora Joelma em filme sobre a Banda Calypso.

No filme Boa Sorte, Débora Secco vai interpretar uma mulher que beira a insanidade e quer curtir seus últimos instantes na Terra intensamente.Para assumir o desafio, Deborah cortou os cabelos. Mas avisa que ainda vai descolorir os fios, em breve, assim que as filmagens começarem.

Deb model

O filme BOA SORTE tem roteiro de Jorge Furtado: “Ela vai querer aproveitar seus últimos momentos de vida de uma forma muito louca”, revela a atriz.

Deb Surfistinha

Como Bruna Surfistinha, personagem que rendeu à atriz troféu de Melhor do Ano pela Academia Brasileira de Cinema…

Quando junho chegar, Deborah Secco começa a gravar ‘Isso é Calypso — O Filme’, enfocando a história da dupla Joelma e Chimbinha. Para viver a protagonista, Deborah vai colocar aplique louro nos cabelos.

Um dos mais belos rostos da telinha brasileira, Deborah Secco é também atriz versátil e de muito talento…

Deb Chic

Deborah Secco é também uma de nossas atrizes mais elegantes e vive participando de desfiles e editoriais de moda…

Deb em Contos de Verão

Deborah Secco: linda, sapeca e talentosa desde garota…

Saiba mais sobre DEBORAH SECCO:

Ela tinha apenas 8 anos quando estreou na telinha fazendo publicidade; aos 10 anos, encenou seu primeiro espetáculo, Brincando de Era uma Vez; e, aos 11 fez sua primeira novela, Mico Preto da Rede Globo.

No teatro, sua atuação na peça Sapatinhos Vermelhos lhe valeu a indicação ao Prêmio Coca Cola de Teatro, na categoria de Atriz Revelação. Mas foi em 94 que ganhou o respeitado prêmio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) por sua atuação no seriado  Confissões de Adolescente, na pele da esperta Carol, em 1994, dirigida por Daniel Filho, em texto de Maria Mariana adaptado pelo dramaturgo/ator/diretor e cineasta Domingos Oliveira.

De lá pra cá, Deborah Secco não parou mais e vem acumulando troféus, simpatias, fãs e boas críticas por onde passa.

Deborah Secco em Confissões de Adolescente

No episódio ‘A suicida da Lapa’, do seriado As Cariocas…

Deborah Secco hoje tem lugar cativo no coração do´grande público…

Mergulho no Teatro com NEILA TAVARES na CAL

Neila curso

 

Atriz de destaque nacional no Cinema, TV e Teatro vai mostrar seu lado ‘ instrutora’ em curso de férias na Casa de Artes Laranjeiras

É assim que a atriz convida: “Teatro é magia, invenção, interação, responsabilidade e brinquedo. Proponho neste MERGULHO uma viagem completa, utilizando-nos de todos os seus recursos: representação, cenário, figurino, maquiagem, luz…Recursos que encurtam os caminhos da comunicação entre almas

É agora ou nunca. A hora é essa.
O ANIVERSÁRIO DE LETÍCIA O mistério de Letícia confundia os convidados para o baile. Quem era ela afinal? Seria mesmo Letícia seu nome? Ou alguém que se escondia sob falsa identidade? Um mistério que assustava e atraía. Vamos terminar esta história no palco. MERGULHO TEATRAL na Casa das Artes de Laranjeiras ( CAL). Em janeiro. Curso para não profissionais.
Letícia curso Neila

 

O ANIVERSÁRIO DE LETÍCIA

Quem sabe o destino, sempre tão surpreendente, não tivesse guardado para ela, e justo para este a baile, a sua chance de amar? Porque ainda queria, ainda esperava, ainda sonhava voltar a amar.

 

baile Letícia

O ANIVERSÁRIO DE LETÍCIA …E, passadas as confusões de final de ano, quando tudo se transfere para o próximo ano, eles voltaram a pensar obsessivamente no convite, ‘vindo não se sabe de onde, não se sabe de quem’, para o baile de Letícia.

Neila no teatro

Neila no espetáculo Anti Nelson Rodrigues, ao lado de Wolf Maya, em 1974

Neila e Gilson Gomes
Neila Tavares e Gilson Gomes em cena numa homenagem a Nélson Rodrigues…
Neila Tavares

Portanto, você que é do Rio ou está em temporada na capital carioca, e muito a fim de ingressar no meio teatral, ou conhecer mais sobre esta Arte milenar, ou ainda, pretende fazer alguma coisa interessante nestas férias, a oportunidade é esta: NEILA TAVARES vai ministrar, a partir do próximo dia 14, o curso MERGULHO TEATRAL, na CAL, a histórica Casa de Artes de Laranjeiras, no bairro homônimo, que é um dos mais respeitados espaços teatrais do Rio de Janeiro, e onde se formaram diversos atores de muitas gerações de grandes atores do país.

Informações:  http://www.cal.com.br/livres/livres17.html

Saiba mais sobre NEILA TAVARES:

Nascida em Niterói, Neila  é atriz e jornalista com atuação diversificada no teatro, cinema e TV. Trabalhou nas redes Manchete e Educativa como entrevistadora e escreveu para as revistas “Pais e Filhos”, “Mulher de Hoje” e “Ele & Ela”, além do jornal “Folha de S. Paulo”. Publicou pela editora Nova Era, os livros “Orações para pessoas de todos os credos” e “Os mais belos pensamentos dos grandes mestres do espírito”.

Abaixo, como a bailarina Anabela no ‘Bataclã’: novela Gabriela, primeira versão…
 
 Acima, Neila no filme ‘Ali Babá e os 40 Ladrões’, anos 70…
No Cinema, atuou em Um Uísque Antes, Um Cigarro Depois (1969), A Penúltima Donzela (1969), Memória de Helena (1969), Marcelo Zona Sul (1970), Bonga, O Vagabundo (1970), Ali Babá e os Quarenta Ladrões (1972), Vai Trabalhar Vagabundo (1973), A Estrela Sobe (1974), As Deliciosas Traições do Amor, As (1975), Desquitadas em Lua-de-Mel (1976), Bandalheira Infernal (1976) , Um Marido Contagiante (1977), O Namorador (1978), Assim Era a Pornochanchada (1978), Os Sensuais – Crônica de Uma Família Pequeno-Burguesa, (1978),  As Borboletas Também Amam (1979), Os Noivos (1979) e O Coronel e o Lobisomem (1979),
Na novela “Anjo Mau”, grande sucesso dos anos 70…

Na TV, participou das novelas “Enquanto Houver Estrelas” (1969), “Tempo de Viver” (1972), “Gabriela” (1975), “Anjo Mau (1976), “O Casarão” (1976), “Sinal de Alerta” (1978) e dois episódios do programa “Você decide”.

Neila atuando

Começou a atuar em teatro em  1968, substituindo Suely Franco na peça ‘ O Inspetor Geral’, clássico de Gogol, com  Paulo Gracindo,  Agildo Ribeiro e Dulcina  no elenco. Em 1973, convenceu o escritor Nelson Rodrigues a escrever uma peça que ela protagonizasse: “Anti-Nelson Rodrigues”, na qual contracenou com Paulo César Pereio e Carlos Gregório..

Foi casada com o ator Paulo César Pereio com quem tem uma filha, Lara Velho,  roteirista, cenógrafa, produtora musical, produtora e diretora de programas de TV. Em 2004, Neila foi responsável pelo roteiro do programa “Sem Frescura”, apresentado por Pereio no Canal Brasil. Atualmente, dedica-se ä literatura e ao teatro, onde atua mais como diretora.

Você também pode ver a atriz via WEB:

http://www.youtube.com/watch?v=AirE7Lf1H4A