Arquivo do mês: março 2013

FICA recebe inscrições até 19 de abril

Filmes, videos e séries televisivas, com temática ambiental, realizados a partir de 1º de janeiro de 2011, podem concorrer à 15ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, FICA 2013, que acontecerá de 2 a 7 de julho na Cidade de Goiás (GO).

 A data limite para inscrições e envio de material é 19 de abril. 

Quem avisa é a produtora Márcia Deretti.

Consulte o regulamento e inscreva-se aqui:
As obras selecionadas irão concorrer aos seguintes prêmios:
 – Grande prêmio CORA CORALINA e mais R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para o maior destaque entre as obras apresentadas.
– Troféu CARMO BERNARDES e  R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais) para o melhor longa-metragem.
– Troféu JESCO VON PUTKAMER e R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) para o melhor média-metragem.
– Troféu ACARI PASSOS e R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) para o melhor curta-metragem.
– Troféu JOÃO BÊNNIO e R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) para melhor produção goiana.
– Troféu BERNARDO ÉLIS e R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) para a melhor série ambiental para tevê.
– Troféu LUIZ GONZAGA SOARES e R$ 10.000,00 (dez mil reais) para o trabalho escolhido pelo Júri Popular.
– Troféu JOSÉ PETRILLO para o melhor filme escolhido pela imprensa especializada.
Qualquer dúvida, entre em contato: prodnacional@fica.art.br

Tudo pronto para mais um FESTin

Será aberta no próximo dia 3 a quarta edição do FESTin, no Cinema São Jorge, em Lisboa.Entre as novidades da programação, destaca-se uma homenagem ao prestigiado Festival de Gramado; ao cinema de Angola através de uma parceria com o IACAM – Instituto Angolano de Cinema Audiovisual e Multimédia -, e haverá uma maratona de documentários, uma mostra infanto-juvenil e o I Encontro Internacional de Jornalistas de Cinema, reunindo profissionais ligados ao jornalismo, crítica e divulgação cinematográfica num debate sobre o setor.

Estas sessões vêm juntar-se ao programa habitual do FESTin, constituído por duas sessões competitivas (longas e curtas-metragens), Mostra de Cinema Brasileiro (longas e curtas-metragens) e Mostra de Inclusão Social, para além de oficinas de iniciação ao cinema para crianças e jovens e mesas redondas.

Ao longo de uma semana serão exibidos cerca de 80 filmes, entre longas e curtas-metragens de ficção, documentário e animação, provenientes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. Uma vez mais destaca-se a forte presença de filmes oriundos do Brasil, que continua a concorrer em peso no FESTin. Assim, está confirmado o seguinte número de filmes, por país de origem:

LONGAS

Angola – 3

Brasil – 17

Cabo Verde – 1

Portugal – 2

Coprodução: Angola-Portugal-Brasil – 1

CURTAS

Angola – 1

Brasil – 32

Guiné – 1

Moçambique – 1

Portugal – 16

Coprodução – Angola e Portugal – 1

Para além de um novo troféu desenhado pelo artista plástico Marcos Marin, o FESTin espera que, com apoio do público, seja possível atribuir um valor monetário aos vencedores das melhores longas e curtas-metragens eleitos pelo júri, através de uma campanha de financiamento coletivo em vigor até o fim dste mês no site da Zarpante através do link http://www.zarpante.com/investment/festin-2013-1109.

Os bilhetes para o festival têm um custo de 3€ (bilhete normal); 2,50€ (bilhete com desconto); Maratona: 1,50€ (bilhete para uma sessão) e 5€ (bilhete para um dia).

Produzido pela Padrão Actual, em coprodução com o Cinema São Jorge e a EGEAC-CML, o FESTin surgiu em 2010 com objetivo de celebrar e fortalecer a cultura lusófona através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social. Em 3 edições completas e 5 mostras itinerantes em Portugal e no Brasil, o FESTin contabiliza um público total de cerca de 10 mil espectadores.

Saiba mais: http://www.festin-festival.com

FILMAMBIENTE recebe inscrições

A terceira edição do 3º Filmambiente  – Festival Internacional de Audiovisual Ambiental -, vai acontecer de 30 de agosto a 5 de setembro, tendo como temática Alimentos: de agrotóxicos e hormônios à nova economia verde

O festival reunirá as mais recentes produções nacionais e internacionais sobre questões ambientais, visando a provocar debates e contribuir para ampliar o conhecimento e a consciência sobre as mudanças comportamentais necessárias, de governos, empresas e indivíduos, pela a preservação da vida no planeta.

As inscrições podem ser feitas até 15 de maio no site http://www.filmambiente.com/index.php/Fichadeinscricao.html ou podem ser enviadas pelo email info@filmambiente.com. A  ficha de inscrição está disponível no site www.filmambiente.com e os filmes não precisam ter aproximação com o tema desta edição.

A MISSÃO

Através do melhor da produção audiovisual, apresentar um panorama de ideias e ações, para que o público possa chegar às suas próprias conclusões sobre as questões ambientais. O meio ambiente é a questão mais urgente e desafiadora que temos pela frente. O agravamento e aceleração do efeito estufa representam o pior exemplo e a maior ameaça para a Humanidade, como as últimas catástrofes mundiais comprovam. O público está cada vez mais interessado e envolvido com as questões do meio ambiente e tem reivindicado oportunidades de discutir e aprender.

Num tempo em que as opiniões públicas e pessoais se baseiam cada vez mais em imagens, filmes e vídeos são instrumentos que comunicam imediata e eficazmente, tanto a nível emocional quanto de percepção prática, encorajando pessoas a refletir, discutir e, possivelmente, inspirando-as a mudar de comportamento. Filmes podem iniciar e reforçar modismos e estilos de vida. Nenhum outro meio como o audiovisual é tão eficaz para demonstrar como vivemos nossas vidas. E nenhum outro meio pode ser tão eficaz para difundir modelos de viver sustentáveis e viáveis, capazes de possibilitar um melhor futuro para a humanidade.

É baseado nisto que o FILMAMBIENTE apresentará visões diferenciadas e experiências de diversas partes do mundo sobre as questões ambientais e de sustentabilidade, traçando um panorama do pensamento mundial sobre elas, de modo a inspirar e motivar pessoas a mudar seus estilos de vida e influir para que sua comunidade e país sigam o mesmo caminho.

REALIZAÇÃO

Amado arte&produção produz e promove conteúdo audiovisual voltado para televisão, cinema, vídeo & internet. Dentre sua produção recente, destacam-se a série de TV A Turma do Pererê, EBC/TVBrasil (2009), os documentários Vou rifar meu coração, de Ana Rieper(2012),Transcendendo Lynch, de Marcos Andrade (2010), Hércules 56, de Silvio Da-Rin (2007) e Seven Generations into the Future, de Carole Hart (produtor local Brasil 2005), e as ficções Proibido Proibir, de Jorge Durán (2006) e Korda, de Marcos Andrade (2005), além da primeira edição do Filmambiente, em 2011.

PATROCÍNIO: Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura.

APOIO CULTURAL: Oi Futuro

Os trunfos de ‘Guerra dos Sexos’…

Novela das 19h pegou gás e o êxito se deve, sobretudo, a estes ícones:

MARIANNA ARMELLINI

Fazendo a hilária e apaixonada Afrodite, a popular ‘Frô‘, Mariana conquistou o público com talento, carisma e espontaneidade…

É a própria Marianna Armellini quem conta: Eu sempre tive essa ligação com a comédia. Nunca fui a menina mais bonita e nem a mais inteligente. Então, eu ria de mim mesma antes dos outros rirem. Isso me fez ser uma pessoa que olha a vida com humor. Mas quando entrei para a faculdade de Artes Cênicas, aprendi de tudo. Só pude fazer comédia a partir do terceiro ano lá. Antes disso, fiz peças muito pesadas.

Sobre a popularidade de FRÔ junto ao público, diz Marianna: “A Frô é uma personagem leve, engraçada, que circula por quase todos os cenários e núcleos e comenta tudo. Tem essa autoestima absurda, é uma tremenda fofoqueira, mas jura que é discreta e elegante. Todos esses elementos agradam às pessoas, que me abordam sempre com muito carinho”.

Marianna Armellini foi aluna de Dan Stulbach na Escola de Publicidade em Sampa, e foi o ator quem indicou pra ela a Escola de Arte Dramática da USP. Durante o tempo em que estava na Faculdade, passou pela encenação de tragédias como Hamlet, de William Shakespeare, e A Gaivota, de Anton Tchekhov. Quando chegou à telinha, atuou em programas humorísticos e se sobressaiu em ‘É Tudo Improviso”, da Band. Marianna diz:  “O improviso me fez uma atriz melhor porque, quando acontece qualquer falha, eu consigo me recompor rapidamente e usar o erro a favor da cena”.

TONY RAMOS

TONY RAMOS: de competência extremamente reconhecida, ator ainda surpreende e faz de seu Tio Otávio/Bimbinho um dos melhores personagens da trama.

Versatilidade de Tony Ramos é ‘explorada’ de forma poderosa e ator embarca na metalinguagem com maestria…

Sobretudo nesta fase, em que o tio reaparce na pele de um suposto português, o amável Dominguinhos, TONY RAMOS reafirma seu talento singular, comove, faz rir, e conquista mais e mais o coração do público…

Dominguinhos vem intrigando público e demais personagens na trama das 19h…

DRICA MORAES

Como a interesseira ‘Nieta”, atriz vem dando banho de interpretação e é responsável por alguns dos momentos mais hilários de Guerra dos Sexos

Em Guerra dos Sexos, Nieta é casada com Dinorah (vivido com maestria pelo ator Fernando Eiras), e a dupla Drica-Fernando é um dos grandes trunfos do remake da novela de Sylvio de Abreu…

PARABÉNS, portanto, a esta trinca de Atores ADMIRÁVEIS, que vem dando a leveza, a graça e o tom de farsa essencial à trama de Guerra dos Sexos

Aguardem novos posts sobre a novela…

SERCINE: Ainda dá tempo inscrever !

As inscrições ao terceiro SERCINE – Festival Sergipe de Audiovisual prosseguem até dia 26.

Este ano, o festival sergipano reforça a busca peça democratização do acesso do público a obras audiovisuais de grande destaque, possibilitando a disseminação de trabalhos de novos realizadores, e visando a disseminar a produção audiovisual da região nordeste, além de promover o acesso de portadores de necessidades especiais ao cinema através de mostras de acessibilidade.

Se você é Realizador de Cinema e deseja participar, esta é a sua chance ! Os realizadores podem concorrer na Mostra Competitiva Cão de Telha, voltada ao Cinema Nordestino, e na Mostra Competitiva Nacional Universitária, voltada para realizadores universitários de todo o país.

Mais informações: www.sercine.com.br

O SERCINE é uma realização da Cacimba de Cinema e Vídeo, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Anápolis prepara terceira edição do Festival de Cinema

Anápolis, uma das cidades mais importantes de Goiás, faz um dos melhores festivais de Cinema do país. Edição 2013 será em maio…

Idealizado e coordenado pela cineasta e produtora-executiva Débora Torres, festival será em maio…

I- As inscrições dos curtas do Centro-Oeste e dos curtas anapolinos estarão abertas de 25 de março a 9 de abril de 2013, podendo a ficha de inscrição ser encontrada no site www.anapolisfestivaldecinema.com.br

Para inscrever-se, o realizador tem de preencher a ficha, imprimi-la e enviá-la, juntamente com o  material descrito no item 6-IV e V para a Coordenação Geral do Festival, na sede da Secretaria Municipal de Cultura de Anápolis, situada na Praça Bom Jesus, nº 101, Centro, Anápolis-GO – 75025 – 050.

II- A ficha de inscrição (ANEXO I), Termo de Cessão de Direitos Autorais (Anexo II) e o Regulamento (ANEXO III) do Edital n° 003/2013, estarão disponíveis no Site: www.anapolisfestivaldecinema.com.br

???????????????????????????????David Cardoso, Carlos Alberto Riccelli e Rubens Ewald Filho na edição 2012…

b)– Filme de curta-metragem do Centro-Oeste de todos os gêneros:

– Melhor curta-metragem do Centro-Oeste –– R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu.

c) – Filme de curta-metragem anapolino de todos os gêneros:

– Melhor curta-metragem Anapolino – Prêmio Incentivar Secretaria Municipal de Cultura à Produção de curta-metragem que será destinado à produção de um novo curta-metragem a ser produzido na região de Anápolis e exibido na abertura do 4º ANÁPOLIS FESTIVAL DE CINEMA – R$ 30.000,00 (trinta mil reais) mais troféu;– Melhor Roteiro – R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu;

– Melhor Direção – R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu.

A, Webb e Deb em AnapAurora Miranda Leão, Walter Webb e Débora Torres na primeira edição do concorrido Festival de Cinema de Anápolis…

Festivais de Cinema recebem inscrições

Abertas até 30 de abril as inscrições à 8ª edição do BrasilCine – Festival de Cinema Brasileiro na Escandinávia, a acontecer em outubro e novembro, nas cidades de Estocolmo e Gotemburgo.

Serão aceitos curtas, médias e longas-metragens brasileiros, finalizados e/ou lançados entre 2009 e 2013, nas categorias de ficção, animação, documentário e experimental. Para se inscrever, o candidato deve preencher a ficha de inscrição no site do festival – http://brasilcine.se – e enviá-la impressa, juntamente com duas cópias do filme em DVD multi-região, e CD com imagens de divulgação, em alta resolução, para o endereço que consta no regulamento.

O BrasilCine é uma mostra de produções audiovisuais, de caráter não competitivo, cujo objetivo é divulgar a diversidade da produção cinematográfica independente brasileira, exibindo filmes oriundos de vários pontos do país.

Ainda abertas as inscrições para a 12ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que ocorre de 28 de junho a 14 de julho, no Teatro Governador Pedro Ivo Campos, na capital catarinense. Podem participar curtas-metragens nacionais de todos os gêneros e formatos, direcionados ao público infanto-juvenil e inéditos em Santa Catarina.

Todo o processo é online, incluindo o envio de cópias dos filmes. O prazo de inscrições vai até 21 de março e a relação das obras selecionadas será divulgada a partir de 23 de abril.

O Melhor Filme, eleito pelo Júri Oficial, e o Melhor Filme, escolhido pelo público infantil, receberão prêmio aquisição da TV Brasil, no valor de R$ 10 mil cada um. O Fim do Recreio, de Vinicius Mazzon e Nélio Spréa, do Paraná, e Disque Quilombola, de David Reeks, de São Paulo, foram os premiados de 2012.

Além dos curtas nacionais, o festival exibe curtas e longas-metragens internacionais, médias e longas brasileiros nas sessões especiais e de pré-estreias. Na última edição, mais de 120 mil crianças participaram do evento, cujo objetivo é a inclusão social, o fortalecimento e a circulação do cinema infantil brasileiro. Mais: www.mostradecinemainfantil.com.br

Até 8 de abril, prosseguem as inscrições para a 8ª Mostra Audiovisual de Cambuquira, mostra de curtas-metragens que acontecerá entre 10 e 14 de julho, em Cambuquira, cidade localizada no circuito das águas mineiro.

Os realizadores interessados em participar da seleção da MOSCA 8 devem inscrever seus filmes pelo site www.mostramosca.com.br.

Podem ser inscritos filmes de ficção, documentário, animação, vídeo experimental, infantil e vídeo coletivo com duração máxima de 30 minutos.

O caráter competitivo da MOSCA 8 se dará através do Júri Popular. Os espectadores poderão votar nos curtas ao final de cada sessão e eleger o 1º, 2º e 3º “Melhor Curta da MOSCA 8 – Júri Popular”.

Os curtas premiados pelo público receberão prêmios em serviços de empresas parceiras da mostra como CiaRio – Centro de Infraestrutura Audiovisual, Black House FX, Origami Cultural e Audiovisual, Contorno Áudio e Vídeo e CTAV – Centro Técnico Audiovisual (Secretaria do Audiovisual / Ministério da Cultura).

Celso Sabadin vai estrear MAZZAROPI em Lisboa

Documentário com roteiro do jornalista CELSO SABADIN, que estreia como cineasta, foi selecionado para o FestIN

O documentário Mazzaropi, dirigido por Celso Sabadin, foi selecionado à 4ª edição do FESTin, a ser realizado de 3 a 10 de abril, na cidade de Lisboa. Registrando a vida e a obra do ator e cineasta Amácio Mazzaropi, o filme será exibido dentro da Mostra “Maratona de Documentários”, um  espaço a ser aberto pelo festival nesta edição.

Segundo a organização do Festival, “A diversidade e, sobretudo, a qualidade dos documentários recebidos na 4ª edição do FESTin, levou à criação de uma nova sessão, uma maratona de exibição de documentários com temáticas diversas”.

 

Produzido por Paulo Duarte, pela Reza Brava Filmes, coproduzido pelo Canal Brasil, e com apoio cultural do Museu Mazzaropi, o longa-metragem Mazzaropi será lançado no Brasil pela Imagem Filmes.

 

Jornalista Celso Sabadin estreia como diretor de cinema com ‘Mazzaropi’…

A exibição de Mazzaropi em Lisboa será dia 8 de abril, às 23 horas, no Cinema São Jorge, Avenida da Liberdade, 175 – Lisboa, Portugal.

CINEFOOT prorrogou inscrições

Esta é a última oportunidade para quem quiser inscrever filme no 4° CINEfoot-Festival de Cinema de Futebol. O prazo está prorrogado até 11 de março.

São aceitos curtas e longas-metragens tendo como abordagem principal o tema FUTEBOL. As obras podem ter sido produzidas em qualquer suporte ou gênero e não há restrições quanto ao ano de realização. A quarta edição do CINEfoot acontecerá de 23 a 28 de maio, no Rio, e de 6 a 11 de junho, em São Paulo.
O CINEfoot é o primeiro e único festival de cinema do Brasil e da América Latina dedicado à promoção e exibição de filmes de futebol. Sua programação inclui mostras competitivas internacionais, mostras especiais, debates, oficinas, concursos de vídeos, homenagens, dentre outras atividades.

Idealizado e coordenado por Antônio Leal, o CINEfoot é chancelado pelo Ministério do Esporte para integrar a Programação Oficial do Governo Federal para a promoção do Brasil durante a Copa do Mundo 2014. Esta indicação resultou de uma Chamada Pública para Seleção de Projetos, que recebeu mais de 200 inscrições de várias partes do Brasil. A Chancela do Ministério do Esporte destaca o CINEfoot como projeto prioritário no conjunto de ações culturais previstas para a Copa do Mundo 2014.

Saiba mais:  www.cinefoot.org

Público reafirma empatia total com AVENIDA BRASIL

Novela de João Emanuel Carneiro foi a grande vencedora do Troféu MELHORES DO ANO, realizado pelo programa do Faustão…

Congela! Adriana Esteves levou o troféu de Melhor Atriz (Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo)

Há muito tempo, o tradicional Domingão do Faustão não registrava audiência tão grande. No domingo passado, por conta da entrega da premiação MELHORES DO ANO – como acontece há 12 edições -, com o público sabendo que o maior número de indicações cabia à novela AVENIDA BRASIL, o ibope do programa foi lá pra cima, saltando dos costumeiros 13 a 15 pontos para 20, com picos de 25 pontos.

MEL MAIA: Atriz Revelação Mirim fez sua estreia na novela como a pequena Nina e disse que quer ser como Adriana Esteves quando crescer…

Adriana Esteves posa com o troféu  (Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo)

Uma emocionada e emocionante ADRIANA ESTEVES entrou no palco do DOMINGÃO sob aplausos de uma plateia que abraçava a atriz aos gritos de ‘Carminha, Carminha”…
 “Acho que foi mérito de muita gente. Além de ser muito bem escrita, com equipe de primeira. O cupido deu uma fisgadinha: eu sou completamente apaixonada pela Débora (Falabella), pelo Murilo (Benício) e pelo Marcelo (Novaes). Não me preparei pra ter tanta solidariedade. Nunca vi um camarim tão solidário. A protagonista em dupla com a antagonista. Fiquei profundamente apaixonada por todo mundo da novela. Foi difícil quando a novela acabou. Tive que me despedir dos meus amores”, declarou a atriz.
Na exibição do último capítulo, Marcelo Novaes, Mel Maia e Adriana Esteves…

E não era pra menos: depois de ter causado uma tristeza enorme em grande parte do público, que se sentiu ‘orfão’ com o final da trama protagonizada de forma magistral pela atriz ADRIANA ESTEVES – fazendo da novela das 21h o maior êxito da TV Globo em 2012, e reverberando na trama de Glória Perez – Salve, Jorge -, ainda agora com índices de audiência bem abaixo do normal nessa faixa de horário -, nada mais natural do que o público da novela ficasse de prontidão em frente à telinha para rever o elenco da novela e, sobretudo, para aplaudir ADRIANA ESTEVES e sua magnífica Carminha.

A Atriz, a última a receber a estatueta, foi aplaudida de pé aos gritos de “Carminha, Carminha”, e não conseguiu conter as lágrimas.

Adriana Esteves leva prêmio de melhor atriz do ano (Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo)

O público, por instantes, pôde rever a genial criadora da inequecível personagem e declarar, mais uma vez, à própria atriz, o quanto apoiou, se emocionou, torceu e aplaudiu/aplaude o trabalho da atriz.

Adriana disse: “Teve um dia que eu não quis vir no Arquivo Confidencial para não chorar, e hoje estou chorando. É um cansaço tão grande, a gente luta, trabalha, acredita, se prepara, sou uma pessoa que não aderiu às redes sociais, mas quero agradecer a todo mundo que durante este ano curtiu a nossa novela. Eu tenho tanta gente para agradecer, tenho que fazer um agradecimento especial ao João Emanuel Carneiro. Quando ele me mostrou a sinopse, eu disse que podia fazer qualquer personagem, faria até os homens, mas ele disse que era a Carminha. É uma novela encantadora, olha aí o resultado, tantas indicações de prêmios. O João Emanuel me apresentou as melhores ondas para eu surfar, é um elenco que eu tenho orgulho de todo mundo. Eu preciso agradecer a minha empresária, minha equipe de casa, minha mãe, Paulinho, que ficaram cuidando dos meus filhos, do Vladimir eu cuido!”, disse ela, citando ainda os filhos, Felipe e Vicente, e a enteada, Agnes.

Além disso, Adriana esteves dividiu a homenagem com as amigas Cláudia Abreu e Débora Falabella, que concorriam com ela na mesma categoria, e fez uma homenagem especial à Cássia Kiss: “Fiz uma novela antes com ela e ficava assistindo ela construindo a Dulce, de Morde & Assopra, e fiquei pensando que eu queria ter uma personagem para me dedicar como ela, e eu não imaginava que seria logo em seguida. A Carminha foi a minha Dulce”.

Murilo Benício saboreia vitória (Foto: Domingão do Faustão/TV Globo)

MELHOR ATOR: vivendo o dócil, amigo e sofrido Tufão, Murilo Benício ganhou mais uma vez o troféu, arrebatando o público com um personagem querido por todos, e que teve até torcida por um final feliz…

Adriana Esteves fez bonito agradecimento à equipe de AVENIDA BRASIL e disse ter muito orgulho de todos os colegas de elenco: “Eu os amo muito”.

Adriana Esteves: ‘A Carminha entrou na minha vida de forma avassaladora’…

Cláudia Abreu,linda em sua doce simpatia e generosidade, lembrou com carinho da personagem Shayenne, e disse que o trio de atrizes que fazia as ‘empreguetes’ também merecia estar ali…

O mais bacana na entrega deste troféu MELHORES DO ANO do DOMINGÃO DO FAUSTÃO é que a seleção dos indicados é feita pelo corpo de funcionários da Rede Globo, que indica 3 nomes em cada categoria. E o vencedor dentre os 3 é uma escolha do público – via internet, SMS, celular ou telefone fixo.

O personagem ‘Adauto’, um dos mais queridos da trama, deu a Juliano Cazarré o primeiro troféu da carreira…

Isis Valverde, que esbanjou sensualidade, talento e carisma com a ‘periguete’ Suélen, foi eleita Melhor Atriz Coadjuvante…

A potiguar Titina Medeiros, em sua estreia na telinha (novela ‘Cheias de Charme’), foi consagrada por público e crítica e fez de Socorro uma personagem inesquecível… a atriz dedicou à colega Claudia Abreu a estatueta, a quem não cansou de agradecer por todo o afeto e apoio…

Faustão posa com Sandra Annenberg, que venceu o prêmio de Jornalismo (Foto: Domingão do Faustão / TV Globo)

Já a querida jornalista Sandra Annemberg foi a vencedora na categoria JORNALISMO. E estava bem emocionda, fazendo uns dos discurso mais comoventes da noite.

Ela entrou no palco sendo ovacionada pelo público. Pela primeira vez no programa, Sandra tentou conter as lágrimas, oferecendo o troféu à equipe do telejornal das 13:15h, o Jornal Hoje. “Esse prêmio é do amor da minha vida, Ernesto Paglia, eu sou a âncora dele,  e a Eliza, minha filha. Aos meus pais, madrasta, irmãos e enteados. Principalmente, para a equipe do Jornal Hoje. Ninguém faz televisão sozinho. Só assim a gente consegue trazer a notícia em tempo real”.

Sandra também fez uma tocante homenagem às vítimas da tragédia de Santa Maria (RS): “Queria dividir esse prêmio com as 240 famílias que perderem seus filhos. É uma tristeza profunda. Espero que consigamos renascer aos poucos”.

Deb e Mu 3 mar 13

Nos bastidores do Domingão, o casal criado a partir de Avenida Brasil, Débora Falabella e Murilo Benício eram a imagem da paixão e cumplicidade…

Cacau Protásio, a fantástica intérprete de Zezé, ganhou o coração do público e nós também queríamos um troféu pra ela… mas o páreo era duro…

De fato, quando uma obra causa o impacto causado por AVENIDA BRASIL é como se uma seleção tivesse em campo, um grupo de surfistas estivesse na mesma onda, como bem disse Adriana Esteves. Assim, a sensação de que, este ano, o troféu MELHORES DE ANO tinha que ter sido dado mais de um numa categoria, ficou claro.

A encantadora Mãe Lucinda de Vera Holtz e a Nina de Mel Maia…

Assim como já aconteceu, e pode acontecer, de empate em concursos de escolas de samba, defendemos que, neste caso específico, pudesse haver mais de uma estatueta por categoria. E assim teríamos premiado os três candidatos a ator – Murilo Benício, Marcelo Novaes e Cauã Reymond -, e duas mulheres como REVELAÇÃO: Cacau Protásio e Titina Medeiros.

VERA HOLTZ: um troféu que ficou faltando…

Cláudia Missuri: atuação digna de sonoros aplausos

Além de deverem ser agraciados também os exuberantes Marcos Caruso, VERA HOLTZ, Eliane Giardini, Fabíula Nascimento, Heloísa Perissé, Alexandre Borges, Cláudia Missuri, Letícia Isnard, José de Abreu, Camila Morgado e Débora Bloch, que também mereciam troféus por tudo que ajudaram a construir em AVENIDA BRASIL, a novela das Novelas…

O casamento de Jorginho e Nina: Cauã Reymond, Débora Falabella, Juca de Oliveira e Vera Holtz em cena…

Sei que você, leitor amigo, pode dizer: ‘Mas aí era gente demais pra premiar…”

E era mesmo ! AVENIDA BRASIL teve ademais este mérito exemplar: é uma novela que acabou, deixou uma lacuna de saudade que dói ainda hoje, e plantou nos corações de quem acompanhou a trama cotidianamente (sofrendo quando era preciso perder um capítulo), como este Aurora de Cinema, a certeza de que, desta vez, uma exceção deveria ter sido aberta, e mais troféus deveriam ter sido confeccionados para se conceder premiações duplas e triplas ao elenco de AVENIDA BRASIL !

José Loreto: mais uma estatueta que poderia ter vindo…

Débora Falabella e Adriana Esteves: protagonistas de uma novela coroada de êxito…

Dos prêmios, o único que este AURORA DE CINEMA acha que veio cedo demais foi o de Thiago Abravanel, uma vez que Salve, Jorge começou apenas no segundo semestre, e o ator poderia ser candidato na premiação referente a 2013. Pelo ano de 2012, defendemos a premiação para o ator José Loreto, que, estreante no horário das 21h, compôs um personagem com ares de Ator de profundo conhecimento do métier e com talento exuberante, o ótimo Darckson, a alegria e descontração do bairro do Divino, o subúrbio adorável de Avenida Brasil.

MARCELO NOVAES: Ator teve a chance de mostrar todo seu vigor interpretativo, fez vários ‘gols’ em Avenida e deveria ter levado uma estatueta…

Portanto, a entrega do troféu MELHORES DO ANO reafirmou neste 2013 a consagração da novela AVENIDA BRASIL, de João Emanuel Carneiro, com uma grande equipe de diretores, capitaneada por Ricardo Waddington, Amora Mautner e José Luiz Villamarim -, um formidável elenco, e uma equipe aguerrida e sobejamente competente que fez de AVENIDA BRASIL um marco na Teledramaturgia Brasileira.

Depois dessa trama adorável, da qual sentiremos falta vida afora, a Teledramaturgia Brasileira se divide em Antes e Depois de AVENIDA BRASIL.

O mais efusivo APLAUSO AURORA DE CINEMA para Avenida Brasil…

Confira os indicados e os vencedores

Ator Cauã Reymond, pelo Jorginho de “Avenida Brasil” Marcello Novaes, pelo Max de “Avenida Brasil” Murilo Benício, pelo Tufão de “Avenida Brasil” (VENCEDOR)

Atriz Adriana Esteves, pela Carminha de “Avenida Brasil” Cláudia Abreu, pela Chayene de “Cheias de Charme” Débora Falabella, pela Nina de “Avenida Brasil”

Ator Coadjuvante José de Abreu, pelo Nilo de “Avenida Brasil” Juliano Cazarré, pelo Adauto de “Avenida Brasil” (VENCEDOR) Marcos Caruso, pelo Leleco de “Avenida Brasil?

Atriz Coadjuvante Eliane Giardini, pela Muricy de “Avenida Brasil” Isis Valverde, pela Suelen de “Avenida Brasil”  (VENCEDORA) Vera Holtz, pela Lucinda de “Avenida Brasil”

Ator/Atriz Mirim Ana Karolina Lannes, pela Ágata de “Avenida Brasil” Luiz Felipe Mello, pelo Junior de “Salve Jorge” Mel Maia, pela Rita de “Avenida Brasil” (VENCEDORA)

Atriz Revelação Cacau Protásio, pela Zezé de “Avenida Brasil” Débora Nascimento, pela Tessália  de “Avenida Brasil” Titina Medeiros, pela Socorro de “Cheias de Charme” (VENCEDORA)

Ator Revelação Daniel Rocha, pelo Roni de “Avenida Brasil” José Loreto, pelo Darkson  de “Avenida Brasil” Tiago Abravanel, pelo Demir de “Salve Jorge” (VENCEDOR)

Jornalismo Patrícia Poeta Sandra Annenberg (VENCEDORA) William Bonner

Humor Fernanda Torres, pela Fátima  de “Tapas & Beijos” Leandro Hassum, pelo Jorginho de “Os Caras de Pau” Rodrigo Sant’Anna, pela Valéria  de “Zorra Total” (VENCEDOR)

Música do Ano “Amor de Chocolate”, de Naldo “Assim Você Mata o Papai”, do Sorriso Maroto “Camaro Amarelo”, de Munhoz e Mariano (VENCEDOR)