Arquivo do mês: março 2013

Os trunfos de ‘Guerra dos Sexos’…

Novela das 19h pegou gás e o êxito se deve, sobretudo, a estes ícones:

MARIANNA ARMELLINI

Fazendo a hilária e apaixonada Afrodite, a popular ‘Frô‘, Mariana conquistou o público com talento, carisma e espontaneidade…

É a própria Marianna Armellini quem conta: Eu sempre tive essa ligação com a comédia. Nunca fui a menina mais bonita e nem a mais inteligente. Então, eu ria de mim mesma antes dos outros rirem. Isso me fez ser uma pessoa que olha a vida com humor. Mas quando entrei para a faculdade de Artes Cênicas, aprendi de tudo. Só pude fazer comédia a partir do terceiro ano lá. Antes disso, fiz peças muito pesadas.

Sobre a popularidade de FRÔ junto ao público, diz Marianna: “A Frô é uma personagem leve, engraçada, que circula por quase todos os cenários e núcleos e comenta tudo. Tem essa autoestima absurda, é uma tremenda fofoqueira, mas jura que é discreta e elegante. Todos esses elementos agradam às pessoas, que me abordam sempre com muito carinho”.

Marianna Armellini foi aluna de Dan Stulbach na Escola de Publicidade em Sampa, e foi o ator quem indicou pra ela a Escola de Arte Dramática da USP. Durante o tempo em que estava na Faculdade, passou pela encenação de tragédias como Hamlet, de William Shakespeare, e A Gaivota, de Anton Tchekhov. Quando chegou à telinha, atuou em programas humorísticos e se sobressaiu em ‘É Tudo Improviso”, da Band. Marianna diz:  “O improviso me fez uma atriz melhor porque, quando acontece qualquer falha, eu consigo me recompor rapidamente e usar o erro a favor da cena”.

TONY RAMOS

TONY RAMOS: de competência extremamente reconhecida, ator ainda surpreende e faz de seu Tio Otávio/Bimbinho um dos melhores personagens da trama.

Versatilidade de Tony Ramos é ‘explorada’ de forma poderosa e ator embarca na metalinguagem com maestria…

Sobretudo nesta fase, em que o tio reaparce na pele de um suposto português, o amável Dominguinhos, TONY RAMOS reafirma seu talento singular, comove, faz rir, e conquista mais e mais o coração do público…

Dominguinhos vem intrigando público e demais personagens na trama das 19h…

DRICA MORAES

Como a interesseira ‘Nieta”, atriz vem dando banho de interpretação e é responsável por alguns dos momentos mais hilários de Guerra dos Sexos

Em Guerra dos Sexos, Nieta é casada com Dinorah (vivido com maestria pelo ator Fernando Eiras), e a dupla Drica-Fernando é um dos grandes trunfos do remake da novela de Sylvio de Abreu…

PARABÉNS, portanto, a esta trinca de Atores ADMIRÁVEIS, que vem dando a leveza, a graça e o tom de farsa essencial à trama de Guerra dos Sexos

Aguardem novos posts sobre a novela…

Público reafirma empatia total com AVENIDA BRASIL

Novela de João Emanuel Carneiro foi a grande vencedora do Troféu MELHORES DO ANO, realizado pelo programa do Faustão…

Congela! Adriana Esteves levou o troféu de Melhor Atriz (Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo)

Há muito tempo, o tradicional Domingão do Faustão não registrava audiência tão grande. No domingo passado, por conta da entrega da premiação MELHORES DO ANO – como acontece há 12 edições -, com o público sabendo que o maior número de indicações cabia à novela AVENIDA BRASIL, o ibope do programa foi lá pra cima, saltando dos costumeiros 13 a 15 pontos para 20, com picos de 25 pontos.

MEL MAIA: Atriz Revelação Mirim fez sua estreia na novela como a pequena Nina e disse que quer ser como Adriana Esteves quando crescer…

Adriana Esteves posa com o troféu  (Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo)

Uma emocionada e emocionante ADRIANA ESTEVES entrou no palco do DOMINGÃO sob aplausos de uma plateia que abraçava a atriz aos gritos de ‘Carminha, Carminha”…
 “Acho que foi mérito de muita gente. Além de ser muito bem escrita, com equipe de primeira. O cupido deu uma fisgadinha: eu sou completamente apaixonada pela Débora (Falabella), pelo Murilo (Benício) e pelo Marcelo (Novaes). Não me preparei pra ter tanta solidariedade. Nunca vi um camarim tão solidário. A protagonista em dupla com a antagonista. Fiquei profundamente apaixonada por todo mundo da novela. Foi difícil quando a novela acabou. Tive que me despedir dos meus amores”, declarou a atriz.
Na exibição do último capítulo, Marcelo Novaes, Mel Maia e Adriana Esteves…

E não era pra menos: depois de ter causado uma tristeza enorme em grande parte do público, que se sentiu ‘orfão’ com o final da trama protagonizada de forma magistral pela atriz ADRIANA ESTEVES – fazendo da novela das 21h o maior êxito da TV Globo em 2012, e reverberando na trama de Glória Perez – Salve, Jorge -, ainda agora com índices de audiência bem abaixo do normal nessa faixa de horário -, nada mais natural do que o público da novela ficasse de prontidão em frente à telinha para rever o elenco da novela e, sobretudo, para aplaudir ADRIANA ESTEVES e sua magnífica Carminha.

A Atriz, a última a receber a estatueta, foi aplaudida de pé aos gritos de “Carminha, Carminha”, e não conseguiu conter as lágrimas.

Adriana Esteves leva prêmio de melhor atriz do ano (Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo)

O público, por instantes, pôde rever a genial criadora da inequecível personagem e declarar, mais uma vez, à própria atriz, o quanto apoiou, se emocionou, torceu e aplaudiu/aplaude o trabalho da atriz.

Adriana disse: “Teve um dia que eu não quis vir no Arquivo Confidencial para não chorar, e hoje estou chorando. É um cansaço tão grande, a gente luta, trabalha, acredita, se prepara, sou uma pessoa que não aderiu às redes sociais, mas quero agradecer a todo mundo que durante este ano curtiu a nossa novela. Eu tenho tanta gente para agradecer, tenho que fazer um agradecimento especial ao João Emanuel Carneiro. Quando ele me mostrou a sinopse, eu disse que podia fazer qualquer personagem, faria até os homens, mas ele disse que era a Carminha. É uma novela encantadora, olha aí o resultado, tantas indicações de prêmios. O João Emanuel me apresentou as melhores ondas para eu surfar, é um elenco que eu tenho orgulho de todo mundo. Eu preciso agradecer a minha empresária, minha equipe de casa, minha mãe, Paulinho, que ficaram cuidando dos meus filhos, do Vladimir eu cuido!”, disse ela, citando ainda os filhos, Felipe e Vicente, e a enteada, Agnes.

Além disso, Adriana esteves dividiu a homenagem com as amigas Cláudia Abreu e Débora Falabella, que concorriam com ela na mesma categoria, e fez uma homenagem especial à Cássia Kiss: “Fiz uma novela antes com ela e ficava assistindo ela construindo a Dulce, de Morde & Assopra, e fiquei pensando que eu queria ter uma personagem para me dedicar como ela, e eu não imaginava que seria logo em seguida. A Carminha foi a minha Dulce”.

Murilo Benício saboreia vitória (Foto: Domingão do Faustão/TV Globo)

MELHOR ATOR: vivendo o dócil, amigo e sofrido Tufão, Murilo Benício ganhou mais uma vez o troféu, arrebatando o público com um personagem querido por todos, e que teve até torcida por um final feliz…

Adriana Esteves fez bonito agradecimento à equipe de AVENIDA BRASIL e disse ter muito orgulho de todos os colegas de elenco: “Eu os amo muito”.

Adriana Esteves: ‘A Carminha entrou na minha vida de forma avassaladora’…

Cláudia Abreu,linda em sua doce simpatia e generosidade, lembrou com carinho da personagem Shayenne, e disse que o trio de atrizes que fazia as ‘empreguetes’ também merecia estar ali…

O mais bacana na entrega deste troféu MELHORES DO ANO do DOMINGÃO DO FAUSTÃO é que a seleção dos indicados é feita pelo corpo de funcionários da Rede Globo, que indica 3 nomes em cada categoria. E o vencedor dentre os 3 é uma escolha do público – via internet, SMS, celular ou telefone fixo.

O personagem ‘Adauto’, um dos mais queridos da trama, deu a Juliano Cazarré o primeiro troféu da carreira…

Isis Valverde, que esbanjou sensualidade, talento e carisma com a ‘periguete’ Suélen, foi eleita Melhor Atriz Coadjuvante…

A potiguar Titina Medeiros, em sua estreia na telinha (novela ‘Cheias de Charme’), foi consagrada por público e crítica e fez de Socorro uma personagem inesquecível… a atriz dedicou à colega Claudia Abreu a estatueta, a quem não cansou de agradecer por todo o afeto e apoio…

Faustão posa com Sandra Annenberg, que venceu o prêmio de Jornalismo (Foto: Domingão do Faustão / TV Globo)

Já a querida jornalista Sandra Annemberg foi a vencedora na categoria JORNALISMO. E estava bem emocionda, fazendo uns dos discurso mais comoventes da noite.

Ela entrou no palco sendo ovacionada pelo público. Pela primeira vez no programa, Sandra tentou conter as lágrimas, oferecendo o troféu à equipe do telejornal das 13:15h, o Jornal Hoje. “Esse prêmio é do amor da minha vida, Ernesto Paglia, eu sou a âncora dele,  e a Eliza, minha filha. Aos meus pais, madrasta, irmãos e enteados. Principalmente, para a equipe do Jornal Hoje. Ninguém faz televisão sozinho. Só assim a gente consegue trazer a notícia em tempo real”.

Sandra também fez uma tocante homenagem às vítimas da tragédia de Santa Maria (RS): “Queria dividir esse prêmio com as 240 famílias que perderem seus filhos. É uma tristeza profunda. Espero que consigamos renascer aos poucos”.

Deb e Mu 3 mar 13

Nos bastidores do Domingão, o casal criado a partir de Avenida Brasil, Débora Falabella e Murilo Benício eram a imagem da paixão e cumplicidade…

Cacau Protásio, a fantástica intérprete de Zezé, ganhou o coração do público e nós também queríamos um troféu pra ela… mas o páreo era duro…

De fato, quando uma obra causa o impacto causado por AVENIDA BRASIL é como se uma seleção tivesse em campo, um grupo de surfistas estivesse na mesma onda, como bem disse Adriana Esteves. Assim, a sensação de que, este ano, o troféu MELHORES DE ANO tinha que ter sido dado mais de um numa categoria, ficou claro.

A encantadora Mãe Lucinda de Vera Holtz e a Nina de Mel Maia…

Assim como já aconteceu, e pode acontecer, de empate em concursos de escolas de samba, defendemos que, neste caso específico, pudesse haver mais de uma estatueta por categoria. E assim teríamos premiado os três candidatos a ator – Murilo Benício, Marcelo Novaes e Cauã Reymond -, e duas mulheres como REVELAÇÃO: Cacau Protásio e Titina Medeiros.

VERA HOLTZ: um troféu que ficou faltando…

Cláudia Missuri: atuação digna de sonoros aplausos

Além de deverem ser agraciados também os exuberantes Marcos Caruso, VERA HOLTZ, Eliane Giardini, Fabíula Nascimento, Heloísa Perissé, Alexandre Borges, Cláudia Missuri, Letícia Isnard, José de Abreu, Camila Morgado e Débora Bloch, que também mereciam troféus por tudo que ajudaram a construir em AVENIDA BRASIL, a novela das Novelas…

O casamento de Jorginho e Nina: Cauã Reymond, Débora Falabella, Juca de Oliveira e Vera Holtz em cena…

Sei que você, leitor amigo, pode dizer: ‘Mas aí era gente demais pra premiar…”

E era mesmo ! AVENIDA BRASIL teve ademais este mérito exemplar: é uma novela que acabou, deixou uma lacuna de saudade que dói ainda hoje, e plantou nos corações de quem acompanhou a trama cotidianamente (sofrendo quando era preciso perder um capítulo), como este Aurora de Cinema, a certeza de que, desta vez, uma exceção deveria ter sido aberta, e mais troféus deveriam ter sido confeccionados para se conceder premiações duplas e triplas ao elenco de AVENIDA BRASIL !

José Loreto: mais uma estatueta que poderia ter vindo…

Débora Falabella e Adriana Esteves: protagonistas de uma novela coroada de êxito…

Dos prêmios, o único que este AURORA DE CINEMA acha que veio cedo demais foi o de Thiago Abravanel, uma vez que Salve, Jorge começou apenas no segundo semestre, e o ator poderia ser candidato na premiação referente a 2013. Pelo ano de 2012, defendemos a premiação para o ator José Loreto, que, estreante no horário das 21h, compôs um personagem com ares de Ator de profundo conhecimento do métier e com talento exuberante, o ótimo Darckson, a alegria e descontração do bairro do Divino, o subúrbio adorável de Avenida Brasil.

MARCELO NOVAES: Ator teve a chance de mostrar todo seu vigor interpretativo, fez vários ‘gols’ em Avenida e deveria ter levado uma estatueta…

Portanto, a entrega do troféu MELHORES DO ANO reafirmou neste 2013 a consagração da novela AVENIDA BRASIL, de João Emanuel Carneiro, com uma grande equipe de diretores, capitaneada por Ricardo Waddington, Amora Mautner e José Luiz Villamarim -, um formidável elenco, e uma equipe aguerrida e sobejamente competente que fez de AVENIDA BRASIL um marco na Teledramaturgia Brasileira.

Depois dessa trama adorável, da qual sentiremos falta vida afora, a Teledramaturgia Brasileira se divide em Antes e Depois de AVENIDA BRASIL.

O mais efusivo APLAUSO AURORA DE CINEMA para Avenida Brasil…

Confira os indicados e os vencedores

Ator Cauã Reymond, pelo Jorginho de “Avenida Brasil” Marcello Novaes, pelo Max de “Avenida Brasil” Murilo Benício, pelo Tufão de “Avenida Brasil” (VENCEDOR)

Atriz Adriana Esteves, pela Carminha de “Avenida Brasil” Cláudia Abreu, pela Chayene de “Cheias de Charme” Débora Falabella, pela Nina de “Avenida Brasil”

Ator Coadjuvante José de Abreu, pelo Nilo de “Avenida Brasil” Juliano Cazarré, pelo Adauto de “Avenida Brasil” (VENCEDOR) Marcos Caruso, pelo Leleco de “Avenida Brasil?

Atriz Coadjuvante Eliane Giardini, pela Muricy de “Avenida Brasil” Isis Valverde, pela Suelen de “Avenida Brasil”  (VENCEDORA) Vera Holtz, pela Lucinda de “Avenida Brasil”

Ator/Atriz Mirim Ana Karolina Lannes, pela Ágata de “Avenida Brasil” Luiz Felipe Mello, pelo Junior de “Salve Jorge” Mel Maia, pela Rita de “Avenida Brasil” (VENCEDORA)

Atriz Revelação Cacau Protásio, pela Zezé de “Avenida Brasil” Débora Nascimento, pela Tessália  de “Avenida Brasil” Titina Medeiros, pela Socorro de “Cheias de Charme” (VENCEDORA)

Ator Revelação Daniel Rocha, pelo Roni de “Avenida Brasil” José Loreto, pelo Darkson  de “Avenida Brasil” Tiago Abravanel, pelo Demir de “Salve Jorge” (VENCEDOR)

Jornalismo Patrícia Poeta Sandra Annenberg (VENCEDORA) William Bonner

Humor Fernanda Torres, pela Fátima  de “Tapas & Beijos” Leandro Hassum, pelo Jorginho de “Os Caras de Pau” Rodrigo Sant’Anna, pela Valéria  de “Zorra Total” (VENCEDOR)

Música do Ano “Amor de Chocolate”, de Naldo “Assim Você Mata o Papai”, do Sorriso Maroto “Camaro Amarelo”, de Munhoz e Mariano (VENCEDOR)

Eu sou Cinema, Eu sou TV: A Aventura Cinematográfica do FECIM

O FECIM – Festival de TV e Cinema Independente de Muqui (ES) – www.fecim.com.br – está em busca de fotógrafos, profissionais ou amadores, interessados na cobertura das gravações do clipe de lançamento/abertura e na sessão de fotos, a ser realizada nas ruas da cidade com personagens comuns da região, no intuito de ilustrar a identidade visual da próxima edição do Festival. A ação acontecerá nos dias 6 e 7 de abril (sábado e domingo).

Tendo como tema “Eu sou Cinema, eu sou TV– Você na tela! Uma aventura cinematográfica no interior do Espírito Santo”, o Festival coloca como pano de fundo o sítio histórico de Muqui e as histórias de personagens inusitados da pequena cidade, conferindo valor à memória da população e ao interesse, cada vez mais latente, de representação-identificação na TV ou no cinema. Com esta abordagem, o FECIM busca discutir o gênero documentário, invadindo os campos do jornalismo, dos programas do reality-show e, inclusive, as relações em redes sociais, onde personagens comuns da “vida real” buscam e criam sua identidade “virtual”.

A bela Duda Teixeira, estrela das peças publicitárias da primeira edição do FECIM…

O 2º FECIM quer invadir o campo da imaginação e o sentimento de pertencimento, refletindo sobre a representação do sujeito, os personagens do interior e os paralelos entre realidade e ficção. O festival deseja abrir as cortinas do palco para o público, que se vê na tela e se reconhece enquanto parte do todo.

REGULAMENTO

1.0  DO EVENTO/AÇÃO PROPOSTA

1.1  FECIM

O FECIM (Festival de TV e Cinema Independente de Muqui) – www.fecim.com.br é uma ação cultural realizada pelo coletivo de jovens realizadores do município de Muqui com o objetivo de expandir o diálogo cinematográfico capixaba, promovendo a discussão, o fomento, a valorização e a exibição de obras audiovisuais de artistas e núcleos independentes do Estado do Espírito Santo e do Brasil. O objetivo central do projeto é criar um mecanismo potencializador na área cinematográfica, possibilitando um intercâmbio de ideias e de fusão cultural, fazendo do Sítio Histórico de Muqui o cenário de um novo pólo de referência na área.

1.2  DA AÇÃO PROPOSTA

O FECIM propõe uma ação de sessão de fotos nas ruas de Muqui, onde serão captadas imagens de pessoas comuns da cidade, interessadas em serem fotografadas e darem seu depoimento acerca da TV e do Cinema. Os vídeos e as fotos resultantes ilustrarão o material da identidade visual da 2ª Edição do FECIM.

1.3  DATAS

O FECIM 2013, se realizará entre os dias 5 e 8 de setembro.

A ação de fotos e gravação se realizará entre os dias 6 e 7 de Abril

2.0  FORMAS DE PARTICIPAÇÃO

Para participar da sessão de fotos/making-of das gravações, o fotógrafo (profissional ou não) deve enviar um e-mail para contato.fecim@gmail.com, fazendo constar no título – FOTOGRAFIA FECIM 2013. No campo de mensagem, o interessado deve colocar seu nome completo, telefone, e-mail, perfil no facebook (opcional), cidade de origem, e demonstrar interesse em participar do projeto. O número de fotógrafos estará condicionado a uma quantidade específica estabelecida pela produção.

O e-mail deve ser enviado até dia 31 de março (domingo).

O inscrito receberá uma mensagem validando sua inscrição, com um Brefing temático da nova edição do Festival, bem como vídeos, fotos e textos de referência para a sessão de fotos. Também receberá o roteiro de gravação do clipe, acompanhado de informações como hora e local específico da sessão.

Ressaltamos: as gravações acontecerão dias 6 e 7 de abril (sábado e domingo) e  o festival não disporá de alimentação, transporte ou hospedagem ao grupo. Caso haja interesse, alguns dos interessados poderão recorrer aos Mobilizadores Locais do evento (pessoas da cidade), buscando alternativas de alojamento e hospedagem no município.

3.0  CONTRAPARTIDA

Como forma de contrapartida à participação do fotógrafo na ação, o Festival de Cinema de Muqui oferece:

·        Certificado de participação, fazendo constar o número de horas, bem como a relevância da participação no evento/ação.

·        Possibilidade de inclusão das fotos capturadas no material informativo do festival, fazendo constar o nome do fotógrafo na ficha técnica.

·        Possibilidade de contratação para cobertura do 2º FECIM, que será realizado do dia 5 ao dia 8 de setembro.

É importante salientar: a ação tem caráter voluntário e o FECIM ainda não dispõe de recursos orçamentários para pagamento de profissionais. De todo o modo, é grande o desejo de transformar cidades do interior do Espírito Santo em referenciais artísticos e culturais importantes para a afirmação/fortalecimento da identidade do Estado.

A primeira edição do FECIM, em 2012, trouxe para a cidade de Muqui importantes nomes do cinema capixaba e nacional, bem como produtores, diretores e autores de televisão, que reconheceram a importância sociocultural do evento.

Colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Muqui, ES, 27 de fevereiro de 2013

Léo Alves e Jussan Silva e Silva

Coordenação geral do FECIM

contato.fecim@gmail.com

www.fecim.com.br