Gramado a um dia: Música e prêmio Dom Quixote

41ºedição do mais concorrido Festival de Cinema do país começa sexta e lança nova trilha oficial composta por Carlos Badia

Criada pelo violonista, compositor, arranjador e produtor Carlos Badia a nova trilha do Festival de Cinema de Gramado tem como inspiração o diálogo cada vez maior do Festival com a América Latina: “Busquei essa aproximação, criando uma música que fizesse essa ponte e ainda tivesse certa modernidade”, afirma Badia. A referência do artista foi o projeto Pampa Beat, de sua autoria, que mistura os ritmos gauchos (sem acento no “u”) com um toque de eletrônica. 

Segundo Badia, a trilha tema do Festival de Cinema é um “Chamamé”, ritmo muito conhecido na parte sul da América Latina. Ele compôs uma música que, ao simbolizar um festival cada vez mais sul-americano, tem, além do ritmo característico, diversas matizes internas em sua estrutura, várias partes diferenciadas numa mesma composição, podendo ser utilizada de várias maneiras: “Ao mesmo tempo, havia o desafio de que ela servisse adequadamente para a apresentação dos indicados e anúncios das premiações durante o Festival”, conta Badia.

A gravação da trilha, nos estúdios da Fly Áudio Produtora, contou com os músicos que fazem parte do quarteto de Badia nesta nova fase da carreira – depois de sua saída do Delicatessen, grupo que produziu junto com Beto Callage desde 2006. Além de Carlos Badia (vozes, violões, guitarras, eletrônicos, piano e percussões), Everson Vargas (baixo), Matheus Kleber (acordeom) e Marquinhos Fê (bateria). Engenheiro de Som, Mixagem e Masterização: Rafael Rhoden.

Privilégio

Para Carlos Badia, fazer uma trilha que substituísse a de Geraldo Flach, que durante muitos anos marcou a realização do Festival, foi uma honra e um privilégio: “Geraldo Flach foi um músico extraordinário, um instrumentista e compositor maravilhoso, e um importante criador de trilhas para cinema. Estou muito contente com isso e com o resultado”. Badia trabalhou durante muitos anos fazendo trilhas e jingles para publicidade, e também trilhas para animação e cinema, como Flach. Observa ainda que a trilha surge em momento de guinada no seu trabalho com a música. Desde 2012, Badia intensificou sua produção e este ano já está pré-produzindo o primeiro disco.

Prêmio Dom Quixote será entregue no 41º Festival de Cinema de Gramado

Neste ano, que marca o centenário do cineclubismo mundial, o Prêmio Dom Quixote será entregue pela primeira vez no Festival de Cinema de Gramado, na 41ª edição do evento. O prêmio para melhores filmes apresentados em festivais internacionais é outorgado pela Federação Internacional de Cineclubes (FICC), que indica um corpo de jurados formado por ativistas da área cinematográfica (cineclubistas, cineastas, diretores de festivais e cinematecas). A distinção consiste numa placa e um diploma para o vencedor, além da promoção do filme escolhido em todo o mundo, especialmente entre cineclubes.

Kikito

* O blog Aurora de Cinema estará na cobertura oficial do Festival de Cinema de Gramado com apoio do SKY Hotel.  Acesse http://www.hotelsky.com.br e hospede-se no melhor da serra gaúcha !

Sky

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s