David Cardoso mistura fumaça, chuva & poesia, e faz um cinema que encanta

Considerado ‘Rei da Pornochanchada’, DAVID CARDOSO viaja o país lançando sua autobiografia e o belo curta-metragem ”Maria Fumaça, Chuva e Cinema”

David

David Cardoso na noite de lançamento de sua biografia no Festival de Cinema de Araxá (foto Alex Silva)

Conhecer David Cardoso foi uma das gratas surpresas colhidas em nossas andanças, Brasil afora, costumeiramente no circuito de festivais de cinema. O fato de ele ser uma espécie de ‘Celebridade da Sétima Arte’ – conhecidíssimo em todo o país pelos mais de 70 filmes dos quais participou – sempre dá aquela sensação de encabulamento ao se aproximar. Não aconteceu só comigo: muitos são os amigos que chegam e falam: “Será que posso falar com ele ?, ‘Será que fica chato pedir pra tirar uma foto?”

???????????????????????????????

TRIO DE CINEMA: David Cardoso, Carlos Alberto Ricelli e Rubens Ewald Filho…

Sendo filha de um emérito crítico de cinema – L.G. de Miranda Leão -, claro que já ouvira falar muito em David. Cardoso. Ademais, quando o conheci pessoalmente, estava junto de um amigo em comum, que me falou super bem dele, o jornalista Rubens Ewald Filho, a ‘Enciclopédia Ambulante de Cinema’, como costumo dizer carinhosa e apropriadamente com ele, que é um Grandíssimo Querido e uma das pessoas mais gentis e afetuosas que conheço. E se Rubens me dizia que David era essa pessoa simples, generosa, bom caráter, amigo de verdade, e tantas outras qualidades apontava, eu sabia que em David encontraria um amigo. Então guardei o encabulamento como uma violinha num saco, e fui conversar com David.

David e eu (2)

E Rubens Ewald Filho estava certíssimo ! De lá pra cá, já se passaram uns 3 anos, e eu e David Cardoso ficamos amigos, e é sempre uma enorme alegria reencontrá-lo !

David Cardoso tem uma prosa farta e agradável. Difícil estar com ele sem dar boas risadas, falar muito sobre Cinema, cantarolar algumas pérolas do nosso cancioneiro, e tirar sarro das situações mais bizarras. Dizendo melhor: David Cardoso é um gentleman, um homem de Cinema (de fato e de direito), e um Querido, indo e voltando.

???????????????????????????????

Leandro Firmino da Hora, Rubens Ewald Filho, David Cardoso, Aurora Miranda Leão e Germano Pereira na edição 2012 do Festival de Anápolis

eu David e Felipe

David Cardoso com Aurora de Cinema e Felipe Brida, em noite de lançamentos no Anápolis Festival, em Goiás, em maio de 2013…

Mas aqui vamos tentar agora falar sobre o curta-metragem que ele escreveu e dirigiu, o Maria Fumaça, Chuva & Cinema.

Trata-se de uma obra despretensiosa, na qual David apenas conta, de forma singela, sensível e revelando extremo amor pelo Cinema, o momento crucial de sua biografia, o instante no qual a vocação artística gritou com força no seu coração de menino e o fez decidir-se, irremediavelmente, para o mundo que desde cedo lhe fascinava. 

Maria Fumaça, Chuva & Cinema é uma pequena jóia da Cinematografia. Para muito de nós, que também fazemos parte da mesma família de apaixonados pela magia das imagens na enorme tela que irradia luz numa sala escura, o filme bem poderia ter sido feito por qualquer um de nós.

David Cardoso contracenando com Vera Fischer…

O curta nasceu da vontade de David Cardoso de contar ao mundo o porquê de sua incursão na Sétima Arte, o porquê de seu encantamento com as imagens em movimento, o porquê de sua entrada e permanência apaixonada num ofício que, ao mesmo tempo em que fascina, também é cheio de percalços, dificuldades, incertezas.

David Cardoso ao lado do Rei Roberto Carlos, com a primeira esposa e o filho David Cardoso Jr., que ele chama carinhosamente de Davizinho…

E está justamente nessa capacidade de comunicação imediata com a platéia e identificação instantânea com a história do garoto encantado com o primeiro filme visto na telona – decisivo para sua opção profissional pro resto da vida -, que está o grande trunfo do curta de Davi Cardoso, Maria Fumaça Chuva & Cinema.

Uma espécie de Cinema Paradiso rodado em Mato Grosso, terra natal do artista, Maria Fumaça, Chuva e Cinema tem como protagonistas dois dos filhos de David – David Cardoso Jr. e Tallyta, que dão vida aos pais de David na história. Os dois são bonitos e não negam herdar a vocação do pai para a arte da interpretação: compõem com delicadeza e propriedade os papéis que lhes foram entregues. No papel principal, vivendo o próprio David (cujo nome de batismo era Darci), um garoto matogrossense, escolhidos entre centenas de garotos para fazer o protagonista. E é incrível como o estreante foi bem preparado para a cena – tarefa que coube a David Cardoso Júnior – e dá conta de protagonizar a história de David Cardoso com competência e um olhar de ingenuidade marcante, que deixam o ator mirim ainda mais parecido com o Darci que David Cardoso deve ter sido quando ainda sonhava em um dia brilhar nas telas do cinema e ser conhecido no mundo inteiro por sua presença nas telas de cinema.

Na trajetória de David Cardoso, tudo começa com o filme Mogambo

Ainda um pré-adolescente, David Cardoso, hospedado na casa de uma tia em São Paulo, foi levado pela primeira vez ao cinema. O filme era MOGAMBO. O garoto ficou absolutamente perplexo com a magia das imagens em movimento, e conseguiu que a tia lhe deixasse ficar um dia inteiro no cinema vendo o filme.

Num tempo em que se podia ir a uma sessão de cinema e ficar dentro da sala esperando até começar a próxima exibição (sem precisar sair e pagar nova entrada), David Cardoso assistiu a MOGAMBO mais de 50 vezes – levado pela bondosa tia, que lhe deixava no cinema em São Paulo com um enorme pão fatiado com manteiga e mortadela, e uma garrafa de suco -, e tudo isso fez com que Darci Cardoso fosse arrebatado definitivamente para a estrada do Cinema.

No curta Maria Fumaça, Chuva & Cinema, David Cardoso conta sua própria história e o faz como se contasse uma história de qualquer garoto que se apaixona ainda criança pelo Cinema, e decide que aquele vai ser o seu mundo, o mundo onde ele quer viver, trabalhar e passar o resto dos seus dias.

O roteiro foca no dia em que o clássico MOGAMBO chega à cidade de David Cardoso, que fica sabendo,  dentro de um vagão de trem, que o filme estava chegando à sua pequena Campo Grande e seria exibido na cidade. Daí até chegar ao momento da exibição de Mogambo para os conterrâneos de David é uma saga, recheada de sutilezas poéticas que vão se construindo em cenas de beleza quase artesanal, num matelassê afetivo que David constrói como roteirista e diretor com rajadas de sensibilidade, belos enquadramentos, delicadezas de luz e som, sutilezas de curvas dramáticas e afinada atuação do elenco – destaque para a presença também do caçula de David, o lindo e esperto Oswaldo (como o avô paterno) em cenas onde os amigos do protagonista esperam pra ver e depois estão na aguardada sessão de MOGAMBO.

E nas entrelinhas de Maria Fumaça Chuva & Cinema estão camadas de um benfazejo despojamento e humildade de David Cardoso, que poderia não ter revelado o sonho de ser um astro famoso de Hollywood e beijar Marilyn Monroe, mas não: tudo está lá, exposto na tela, conforme David sonhava. E o artista, de longa e vitoriosa carreira no cinema e na televisão, poderia ter suprimido essas e outras passagens para tornar sua biografia mais ‘grandiosa’ e seus sonhos de menino mais cheios de proeza. Mas como David Cardoso não é pessoa de fingir aparências e nem de aparentar o que não lhe vai no coração, o curta Maria Fumaça, Chuva & Cinema é, de fato, um retrato fiel da alma e do pensamento do artista – ator, produtor, diretor, roteirista, piloto, administrador – DAVID CARDOSO.

 

David embarcou na aventura de dirigir um curta-metragem com pouca verba e alguns apoios, filmando longe dos grande centros produtores, e sabia exatamente o que queria dizer em forma de som e imagem. E o fez com simplicidade, delicadeza e extremo senso de fidelidade à própria história.

David e noix 2013

Quando amigos se encontram: Germano Pereira, Aurora Miranda Leão, Rubens Ewald Filho e David Cardoso…

E aí está, por certo, o segredo do sucesso de David Cardoso como Artista e como ser humano. Assim como David é fora das telas – brincalhão, simples, extrovertido, profissional consciente, ecologista, defensor dos animais, do meio ambiente e da solidariedade às grandes causas, assim é seu filme: honesto, singelo, bem produzido e realizado, fiel ao personagem enfocado, e, sobretudo, uma generosa e afetiva declaração de Amor à Sétima Arte.

É isso que faz de Maria Fumaça, Chuva & Cinema um dos mais belos curtas realizados no Brasil com uma pulsação humana visceral que o faz apreciado por pessoas de qualquer idade, e é capaz de torná-lo encantador para plateias de qualquer parte do mundo.

Em noite de Cinema em Araxá: Alice (CINÉDIA) Gonzaga, Aurora Miranda Leão e David Cardoso… foto by Alex Silva

Por tudo isso é que David Cardoso não passa incólume em lugar algum onde vá: ele sempre retorna pra casa com novos e muitos convites para ir lançar seu livro, exibir seu filme, fazer palestras e/ou participar de debates sobre Cinema e questões afins em quaisquer eventos onde ser autêntico e fugir do estereótipo de celebridade seja mais importante que arrotar sapiciência e enumerar vantagens simplórias travestidas de conhecimento num terreno onde o descartável virou rotina e a desfaçatez posa de bacana.

David, eu e Alice

David Cardoso com Aurora Miranda Leão e Alice Gonzaga (foto Alex Silva)

2 Respostas para “David Cardoso mistura fumaça, chuva & poesia, e faz um cinema que encanta

  1. Este ano tive grandes encontros, e alguns deles é com o David Cardoso em Campina Grande, que se mostrou de ser muito mais que parte de um capítulo importantíssimo do cinema brasileiro, é um homem engajado com as causas ambientais, um ativista cultural e ser humano generoso e empolgante.

  2. Pingback: Maria Fumaça vai abrir Mostra de Catanduva | Aurora de Cinema Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s