Arquivo da categoria: SÉTIMA ARTE

Comentários e notas sobre a Sétima Arte, privilegiando o Cinema Brasileiro

‘A cidade do futuro’ estreia em todo o país

Resultado de imagem para filme a cidade do futuro

Estreia nesta quinta, nos principais cinemas do país, A Cidade do Futuro, filme de Marília Hughes e Cláudio Marques, do premiado “Depois da Chuva”. O segundo longa da dupla foi eleito o Melhor filme Latino Americano no BAFICI (Buenos Aires), Melhor filme internacional no Newfest, em Nova Iorque, e Melhor Filme pelo Público no Olhar de Cinema (Curitiba).

O filme se passa em Serra do Ramalho, a tal ‘cidade do futuro’ prometida pelos militares nos anos 70”. Localizado na região Oeste do Norte baiano, o município foi criado durante a Ditadura Militar para abrigar as cerca de 73 mil pessoas deslocadas dos seus lares, para dar lugar à represa de Sobradinho.

Em A Cidade do Futuro, Milla é professora de teatro e Gilmar é professor de história. Em suas aulas, ambos buscam resgatar as marcas que a remoção forçada deixou em seus pais e avós, assim como nos do vaqueiro Igor. Seus parentes não tiveram opção, mas eles estão determinados a resistir à opressão conservadora, sexista e machista.

 A Cidade do Futuro é uma ficção criada com base no real, e a narrativa traz à tona questões sobre direitos civis de uma população considerada, muitas vezes, de segunda classe, conta Marques, que também assina o roteiro.

O filme foi exibido em 14 países, passando por 38 festivais nas Américas, Europa, Ásia e Oceania, sendo um dos filmes brasileiros que mais circulou internacionalmente em 2017. 

A Cidade do Futuro conta com a distribuição da Espaço Filmes, em trabalho conjunto com a Vitrine Filmes. Ele foi premiado com R$ 300 mil no edital IRDEB/ FSA, programa Brasil de Todas as Telas de 2014, e tem patrocínio ANCINE – Agência Nacional do Cinema.

 Acompanhe o filme nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/pg/A-Cidade-do-Futuro-The-City-of-theFuture-901158243237871/posts/

Instagram: A_Cidade_do_Futuro

Imagem relacionada

Ficha Técnica

A Cidade do Futuro

Direção e Produção: Cláudio Marques e Marília Hughes

Roteiro: Cláudio Marques

Fotografia: Gabriel Martins

Direção de Arte: Carol Tanajura

Direção de Produção: Michele Perroni

Som: Edson Secco

Montagem: Cláudio Marques e Joana Collier

Assistente de Direção: Clara Linhart e Sofia Corral

Vencedor do Edital IRDEB/ FSA (Brasil de Todas as Telas) – 2014

Sinopse curta: Em uma região marcada pelo machismo e pela homofobia, Milla, Gilmar e Igor formarão uma família fora dos padrões.  

Prêmios

* Melhor filme Latino Americano no BAFICI (Buenos Aires)

* Melhor filme internacional no Newfest (New York LGBT Film Festival’s)

* Melhor filme (Prêmio do Público) no Olhar de Cinema – Curitiba International Film Festival

* Melhor filme brasileiro e melhor direção no 10º For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual 

Uma produção: Coisa de Cinema

Coisa de Cinema surgiu em Salvador, em 1995. Responsável pela publicação do jornal tablóide de mesmo nome, que circulou em 5 capitais e contou com mais de 70 mil exemplares. A empresa se tornou responsável pelo Panorama Internacional Coisa de Cinema, que surgiu em 2002 e já está em sua décima primeira edição em 2015.

Desde 2006, Coisa de Cinema produziu seis curtas (entre eles Carreto e Nego Fugido), que participaram de 160 festivais e conquistaram 72 prêmios.

Depois da Chuva, primeiro longa-metragem da produtora, conquistou os prêmios de Melhor Roteiro, Trilha Sonora e Ator no 46º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Internacionalmente, estreou no 43º Rotterdam Film Festival, um dos cinco mais importantes da Europa e participou de mais de 30 festivais no mundo todo.

Lançado comercialmente no Brasil, o longa recebeu dezenas de excelentes criticas, sendo considerado por Sérgio Alpendre, da Folha de São Paulo, o melhor longa brasileiro da nova geração dos últimos dez anos.

Bio e Filmografia dos diretores

Marília Hughes nasceu em Vitória da Conquista, Bahia, em 1978, e mora em Salvador desde 1991. Graduada em Psicologia (1996-2002) pela Universidade Federal da Bahia e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas (2007-2009) pela UFBA/PósCom. Sócia da empresa Coisa de Cinema, na qual trabalha desde 2006 como diretora, produtora e editora. Marília realizou diversos curtas premiados e, desde 2007, é produtora geral do Panorama Internacional Coisa de Cinema, festival internacional de cinema que acontece em Salvador desde 2002. Depois da Chuva é seu primeiro longa-metragem.

 Cláudio Marques nasceu em Campinas, São Paulo, em 1970, e mora em Salvador desde 1982. Cláudio foi editor e crítico do jornal Coisa de Cinema durante oito anos (1995-2003). Colaborou para os jornais Tribuna da Bahia e A Tarde. Idealizou e hoje é o principal coordenador do Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha. Cláudio é o idealizador e coordenador do Panorama Internacional Coisa de Cinema; dirigiu, roteirizou e montou diversos curtas premiados. Depois da Chuva é seu primeiro longa-metragem.

 

Gramado: inscrições até 11 de maio

Resultado de imagem para festival de cinema em gramado

Prorrogadas até 11 de maio as inscrições ao 46º Festival de Cinema de Gramado.

Realizadores brasileiros e latinos podem enviar trabalhos através do site oficial do evento serrano: www.festivaldegramado.net.

Três mostras competitivas recebem inscrições: longas brasileiros e estrangeiros e curtas estrangeiros. Para a próxima edição, só são aceitas obras finalizadas a partir de 1º de maio de 2017, com duração mínima de 70 minutos para longas, e duração máxima de 20 minutos para curtas.

Além do cobiçado KIKITO, há mais de quatro décadas entregue aos mais diversificados talentos da cinematografia brasileira e latina, os filmes selecionados concorrem a premiações em dinheiro, conforme definido pelo regulamento.

Um pouco de História

O Festival de Cinema de Gramado fez os holofotes se voltarem para a Serra Gaúcha, firmando Gramado como um dos destinos turísticos mais procurados do país. A atração gramadense é a de maior destaque e cobertura de mídia espontânea para o município.

Ao longo de sua trajetória, o Festival acompanhou todas as fases do cinema nacional, tornando-se pioneiro e referência na realização de eventos do gênero em território nacional.

Desde a primeira edição com a consagração do filme Toda Nudez Será Castigada, de Arnaldo Jabor, em 1973, mais de mil Kikitos foram distribuídos entre profissionais do cinema que venceram o Festival em diferentes categorias. Além da celebração da produção brasileira e gaúcha, o festival inclui em sua programação uma mostra competitiva de filmes ibero-americanos desde 1992. Já os troféus Oscarito, Eduardo Abelin, Kikito de Cristal e Cidade de Gramado prestam homenagem a atores, cineastas e personalidades ligadas ao cinema.

Imagem relacionada

Saiba mais: www.festivaldegramado.net

Vitória recebe inscrições de Cinema

Maior evento de audiovisual do Espírito Santo, o Festival de Cinema de Vitória oferece ao público, anualmente, uma seleção com as mais recentes realizações cinematográficas brasileiras e insere o Espírito Santo no circuito nacional de festivais de cinema.

Para esta próxima edição, a 25ª, serão aceitos filmes finalizados em 2017 ou 2018 que tenham sido captados, originalmente, em qualquer tipo de suporte (película, digital etc), porém serão exibidas apenas as produções que possuam cópia formato DCP sem KDM (DCP aberto), MP4 ou MOV H264.

Mostras diversas

O 25º Festival de Cinema de Vitória exibirá as seguintes mostras: 8ª Mostra Competitiva Nacional de Longas, 22ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas, 7ª Mostra Corsária, 7ª Mostra Foco Capixaba, 8ª Mostra Quatro Estações, 5ª Mostra de Filmes de Animação , 19º Festivalzinho de Cinema, 3ª Mostra Mulheres no Cinema,  3ª Mostra Cinema e Negritude, 2ª Mostra Nacional de Videoclipes e 1ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental.

Completam a programação do 25º FCV, o lançamento de longas-metragens nacionais e as aguardadas homenagens a personalidades do Cinema Nacional e ao Homenageado Capixaba, Claudio Tovar. A direção geral do Festival é de Lucia Caus.

Premiação

Na cerimônia de encerramento do Festival, serão anunciadas as obras contempladas com o Troféu Vitória em cerca de 20 categorias, além de possíveis menções honrosas. A escolha dos filmes premiados será feita por júris formados por profissionais com reconhecida inserção e carreira na área audiovisual.

Uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o 25º Festival de Cinema de Vitória tem patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura e do Governo Federal, e acontecerá de 03 a 08 de setembro, na bela capital do Espírito Santo.

Serviço:

INSCRIÇÕES para o 25º Festival de Cinema de Vitória

Até 20 de maio pelo site www.festivaldevitoria.com.br

Portugal recebe filmes de Animação

BANG 2

A aposta em jovens criadores é o foco do Bang Awards, festival português de filmes de animação, o qual, em sua próxima edição, terá como tema o Amor. As inscrições podem ser feitas até 31 de julho pelo site www.bang-awards.com

Na ultima edição, o festival contou com mais de 300 filmes em competição, oriundos de 65 países. A plataforma online permitiu ainda que os filmes, exibidos na cidade de Torres Vedras, fossem vistos em mais de 5.300 cidades de mais de 400 países, como Taiwan, China, Rússia, Estados Unidos ou Brasil. Ao todo, foram registadas mais de 400.000 visualizações através da plataforma do Bang Awards.

Na escolha dos vencedores, o Bang conta com um painel de júris internacional: Joan Ashworth (Inglaterra), Taku Furukawa (Japão), Rino Stefano Tagliafierro (Itália) e Marcelo Marão (Brasil).

Os principais prêmios estão divididos em três categorias: votação online, melhor filme online e melhor filme original.

Bang

A cerimônia de abertura do festival está agendada para 6 de outubro, em Torres Vedras, na Sala de espectáculos Bang Venue, um espaço cultural de partilha de conhecimento, que terá workshops, oficinas de cinema, concertos, e exposições.

Curta Araçá: inscrições na reta final

Resultado de imagem para mostra de curta araçá 2018

Abertas até amanhã as inscrições para a Mostra de Curtas Araçá.

A Mostra será realizada de 22 a 25 de maio, no salão São Benedito, na cidade de São Mateus (ES), com programação durante o dia e a noite, visando especialmente o atendimento do público estudantil (Ensinos Fundamental, Médio e Superior, educadores, agentes culturais e apreciadores da sétima arte). No dia da abertura, haverá palestra seguida de debate sobre Gêneros Cinematográficos, além de roda de conversa no final de cada sessão. Os selecionados serão conhecidos no dia 16 de abril.

O evento tem a perspectiva de promover e divulgar curtas-metragens produzidos em todo o território nacional, aliando formas de entretenimento, arte, cultura, reflexão, valorização, divulgação e debate sobre Cinema.

A Mostra de Curtas, está sendo realizada por seis anos consecutivos e tornou-se um evento de destaque na agenda cultural do município de São Mateus e da região norte do Espirito Santo, contemplando um público amplo de adolescentes, jovens, adultos, acadêmicos e professores e profissionais da área da Comunicação Social, além da participação de atores e produtores dos filmes selecionados para a Mostra. Durante esses anos, a Mostra contabiliza público aproximado de 25 mil pessoas e mais de 800 produtores com filmes inscritos para seleção.

A Mostra de Curtas Araçá é um projeto idealizado pelo Centro Cultural Araçá, organização da Sociedade Civil de São Mateus-ES. Com 23 anos de atividades sócio-culturais, o Araçá possui há 14 anos um Núcleo de Produção Audiovisual voltado para a formação de adolescentes e jovens, através da oferta de oficinas teóricas e técnicas de Produção Audiovisual, possibilitando ferramentas que resultam em diversos produtos audiovisuais veiculados no site, redes sociais e canal do Araçá no Youtube.

A Mostra de Curtas Araçá não é competitiva, não haverá premiação em dinheiro e todas as sessões de Cinema terão a entrada gratuita.

As inscrições deverão ser realizadas por meio de formulário on line disponibilizado em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdEYrGMWs3P3FwvLnn0JalJ2X4yNDqrq9Al7kEFBYkRBVAakg/viewform?c=0&w=1

Festival Finos Filmes recebe inscrições até dia 30

Resultado de imagem para festival finos filmes

Mostra de curtas-metragens brasileiros chega à 5a edição 

Para quem deseja participar de uma das mais importantes mostras brasileiras de curtas-metragens, o Festival de Finos Filmes, o dia 30 de março é a data-limite para o envio de produções. Os filmes devem ter até 20 minutos de duração e terem sido realizados a partir de janeiro de 2016. Para participar, o realizador não deve ter nenhum longa-metragem em seu currículo. Serão escolhidas de 12 a 15 obras.

O Finos Filmes objetiva estimular debates e reflexões a partir de temas que não se restringem ao campo cinematográfico. A proposta é que os filmes sejam pontos de partida para um debate multidisciplinar.  Na edição anterior, convidados como Fernando Haddad, Maria Rita Kehl, e Cláudio Couto fizeram parte de mesas de debate

Resultado de imagem para festival finos filmes

O festival vai acontecer em São Paulo com exibições no Museu da Imagem e do Som (MIS), na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), Caixa Belas Artes, Matilha Cultural e outros pontos a confirmar.

Para mais informações, acesse o site do Festival de Finos Filmes (www.finosfilmes.com.br), a página do evento no Facebook (facebook.com/finosfilmes) e Instagram (@finosfilmes).

Gui Castor inova, mais uma vez, e vai lançar Cinema em Vinil

Resultado de imagem para cine rua sete
Em Vitória, há um festival de cinema que nasceu pequenino mas cheio de ousadia. É o aguerrido CINE RUA 7 !
Também pudera: o festival nasceu de uma ideia do fotógrafo, cineasta, publicitário e documentarista Gui Castor, um capixaba cheio de talento e criatividade, que tivemos a alegria de conhecer na bucólica região do Caparaó, em 2006, e nossa conexão foi imediata.
Gui e o Cine
Gui Castor: cineasta e produtor capixaba
De lá pra cá, nunca mais nos desencontramos. Gui Castor é autor (diretor, roteirista e produtor) de alguns dos filmes mais instigantes e bem feitos do país. A diversidade temática é uma de suas marcas, assim como o destaque para questões sociais, com critérios singulares de alteridade, e uma riqueza imagética e de enfoque que o tornam um dos cineastas mais importantes e fecundos de uma geração atenta ao que acontece no seu entorno e, no caso dele, em conexão com coisas relevantes, onde quer que elas estejam sendo produzidas.
Assim como Gui Castor,foi só o Cine Rua 7 ganhar o centro de Vitória e a luz de seu telão se acender para que o festival ganhasse as cores, as caras e os corações da grande Vitória. Já há alguns anos, o Cine Rua 7 virou referência na agenda de eventos audiovisuais do país e é lindo ver o festival acontecendo, os filmes iluminando a efervescente Rua 7 (no coração comercial da capital capixaba) e as pessoas brilhando os olhos e aplaudindo as exibições, de todos os gêneros, para todos os gostos.
E este ano,  Gui Castor já anuncia mais uma novidade para seu querido e grandioso festival da Rua 7:o LP do Cine Rua 7 !
Rua 7
O centro de Vitória pára para verouvir o Cine Rua 7 !
Foi ao final da última edição do festival, em 2015, que surgiu a ideia de fazer o LP Cine Rua 7.
A trilha sonora será composta por músicas autorais de bandas que participaram das edições do festival.
Entre uma música e outra, depoimentos de pessoas que estiveram na plateia de uma edição muito foda feita pelo estúdio Funky Pirata.
Participaram: Zeela; Lordose pra Leão (música inédita); Sol na Garganta do Futuro; Soltos & Prensados; Big Bat Blues Band, Camarilo, Espírito de Porco (inédita) e uma gravação ao vivo de uma ação feita pelos músicos Negoleo; Anderson Paiva (Xuxinha); Hugo Coutinho e Jeremy Naud.
Agora, Gui Castor e a equipe que trabalha com ele na realização do Cine Rua 7 estão em uma campanha de financiamento coletivo para a produção do disco.
Resultado de imagem para cine rua sete
Gui Castor prepara mais uma edição do Cine Rua 7…

AMOR, PAZ, LUZ e FELIZ NATAL !

NATAL Blog

       A você, leitor amigo, e a todos os nossos leitores, parceiros, professores, colegas

                 e queridos que vamos encontrando pelos quatro cantos do mundo !

          Que saibamos ser NATAL em todos os dias do Novo Ano que se avizinha !

    Muito OBRIGADA a todos pelo carinho da visita e pela intensidade da sintonia !

               Sorrie, divulgue, compartilhe !

                      O #blogauroradecinema agradece !

 

Circuito Penedo de Cinema mobiliza Alagoas

Imagem relacionada

A bela cidade alagoana de Penedo, às margens do rio São Francisco,  vai sediar o Circuito Penedo de Cinema, a partir da próxima segunda-feira.

O Circuito Penedo de Cinema é uma realização da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), e tem como coordenador-geral o professor Sérgio Onofre, cuja dedicaçãoo ffaz com que a cada ano mais parceiros apóiem o evento e mais públcio seja aatraído paraa programação.  No lançamento oficial da programação do Circuito, dia 16 de outubro, Sérgio Onofre disse: “Peçam mais cinema. Cinema educa, cinema areja a mente. Um salve ao cinema brasileiro !”, disse ele para uma plateia que explodiu em aplausos.

Esse lançamento aconteceu no aconchegante Centro Cultural Arte Pajuçara, que estava lotado, e entre as atrações do CPC foram anunciadas a presença da atriz Clarice Abujamra e do ator Irandhir Santos (queridíssimo desde sua atuação na novela Meu Pedacinho de Chão).

Resultado de imagem para circuito penedo de cinema

Irandhir Santos é a figura mais aguardada em Penedo…

Irandhir Santos estrá em Penedo para participar de um bate-papo sobre o premiado filme Tatuagem, do diretor Hilton Lacerda, que será exibido na Praça 12 de Abril, a partir das 22h, no último dia do evento.

Já Clarice Abujamra, que estará no telão em Como Nossos Pais   premiado filme de Laís Bodanzky, a ser exibido na noite de abertura do CPC -, participará de conversa com o público na mesma praça, logo após a exibição, grifada para às 20h. 

Ainda na programação, o ator e escritor Doc Comparato fará o master class O audiovisual dos anos 80 à virada do século. A atividade será na Casa da Aposentadoria, das 14h30 às 17h na terça, dia 7. No mesmo local, ocorrerá a Conferência de Encerramento sobre Políticas Públicas para o Audiovisual com a diretora-presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Debora Ivanov, às 14h do sábado (11).

Outros Destaques 

A Sala de Exibição, localizada na Praça 12 de Abril, será o ponto central do Circuito, no qual serão exibidos todos os filmes. Da terça (7) até a quinta (9), haverá a quarta edição da Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, sempre das 14h às 16h, com filmes relacionados à temática do meio ambiente e debates com pesquisadores da área. A Mostra conta com total apoio do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), um dos patrocinadores do Circuito.

De terça (7) a sexta (10), o público poderá assistir às mostras competitivas Universitária e Brasileira, onde serão exibidos 30 filmes, a partir das 19h. Durante as manhãs, o local será palco para a programação voltada às crianças. De quarta (8) a sexta (10), sempre das 9h às 11h, será a vez da Mostra de Cinema Infantil, que reúne os pequenos das redes particular e pública de ensino da região.

Já no sábado (11), ocorrerá a apresentação dos trabalhos acadêmicos na Casa da Aposentadoria, no horário das 8h às 12h. Ainda no mesmo dia e horário, acontecem outros dois eventos simultâneos: a Reunião dos Cineclubes Alagoanos, no Clube de Pesca de Penedo (Capespe) e o Espaço para Reuniões de Trabalho e Setoriais, no Centro de Extensão Universitária (CEU).

Além disso, diversas oficinas pela manhã, master class e mesas-redondas na faixa vespertina – todos com temáticas variadas – complementam a programação do Circuito.

E assim como ano passado, nesta edição a programação do Circuito Penedo de Cinema também contará com apresentações musicais nos fins de noite. Na quinta (9), Lambertos e Lara Melo abrem os trabalhos. Na sexta (10), Janu e o grupo Olha o Xote continuam a programação e no sábado (11), após a solenidade de premiação dos vitoriosos, apresentam-se as atrações Batuque Sururu, Wilson Santos e Orquestra de Tambores e Jurandir Bozo.

Imagem relacionada

Cidade pronta para acolher CIRCUITO

O presidente do CBHSF, Anivaldo Miranda, destaca a importância de patrocinar eventos como o Circuito Penedo de Cinema por meio de um trabalho de gestão cultural dos recursos hídricos:

“Estamos criando uma outra visão. Um rio não é um canal. Ele é, sobretudo, um ecossistema e um elemento fundamental para a estabilidade emocional das populações. Um rio é um patrimônio paisagístico e quem mais expressa esse olhar sobre ele são os produtores culturais. Fazer cultura é fazer gestão sustentável por uma política pública que garanta água de qualidade e a riqueza do imaginário do nosso povo”,afirma Anivaldo Miranda.

Já o prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, agradece o apoio da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) para a realização do CPC e diz que no próximo ano, almeja a realização do Circuito no novo Centro de Convenções de Penedo.

“Reinauguramos o Teatro Sete de Setembro, a casa mais antiga de espetáculos do Estado e temos, no Cine São Francisco, a maior sala de cinema com mais de 1,1 mil lugares. A Prefeitura, junto ao Ministério do Turismo, está transformando este local num grande Centro de Convenções. E, com certeza, ano que vem, faremos esse evento ´de onde ele nunca deveria ter saído: no antigo Cine São Francisco, um ícone da arquitetura moderna do Brasil”, diz o prefeito Marcius Beltrão.

A reitora Valéria Correia, destaca a relevância do Circuito Penedo de Cinema, dando continuidade ao movimento cultural promovido pela 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas:. “Acabamos recentemente este grande evento literário, que foi a Bienal, e logo mais teremos o Circuito. Então essa é a forma da Universidade Federal de Alagoas responder à crise, mostrando cultura e socialização do conhecimento. Com isso, a UFAL vem e cumpre a sua missão e, certamente, teremos dias de glória na cidade de Penedo”, diz com muito entusiasmo a Reitora Valéria Correia.

Realização

O Circuito Penedo de Cinema será realizado de 6 a 11 deste novembro em Penedo por meio da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Governo do Estado, via Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas (Secult), e pelo Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo (IECPS), com patrocínio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) e da Prefeitura de Penedo.

Resultado de imagem para circuito penedo de cinema

*O Blog Aurora de Cinema estará em Penedo cobrindo o Circuito de Cinema de Alagoas.

Competências Midiáticas são tema de congresso internacional que começa hoje

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Começa hoje em Juiz de Fora o II Congresso Internacional sobre Competências Midiáticas, realização da Faculdade de Comunicação da UFJF.

A abertura está grifada para às 9h desta segunda no Museu de Arte Murilo Mendes. Durante os três dias do congresso, a cidade mineira vai receber pesquisadores, profissionais e estudantes de Comunicação do exterior e de várias cidades do país.

O objetivo é promover o intercâmbio de informações sobre as Competências Midiáticas e os resultados encontrados no projeto conjunto que está sendo desenvolvido pela Rede Alfamed. O congresso terá a presença de palestrantes do Brasil e do exterior.

A programação prevê discussões sobre o panorama atual midiático e os desafios para a popularização deste campo de estudos a fim de promover o desenvolvimento da Competência Midiática no século XXI.

                                        SERVIÇO: 

II Congresso Internacional sobre Competências Midiáticas 
Quando: de 23 a 25 de outubro de 2017 em Juiz de Fora.

Local: FACOM – UFJF

Entrada Franca.

Mais informações:
http://cicom.observatoriodoaudiovisual.com.br/