Arquivo da tag: a poesia de Jorge Salomão

Jorge Salomão faz Rio de Poesia em Santa !

O Poeta, escritor, ator, compositor, performer e inquieto agitador JORGE SALOMÃO convida para novo espetáculo.

Vai ser no próximo fim de semana, sábado e domingo, no bucólico bairro de Santa Tereza, na Cidade Maravilhosa… ali, no belo Centro Cultural Parque das Ruínas, o poeta vai desfilar suas poesias em tarde-noite que terá o sabor da alegria e a cor da sensibilidade, temperados pelo alto astral de Salomão.

A entrada é franca, o programa é IMPERDÍVEL !

Vamos à Santa com JORGE SALOMÃO !

Porque Jorge Salomão é um Código Explosão, sempre !

 

 

Este é o queridíssimo Poeta Jorge Salomão, o baiano mais carioca do país, Artista de mil antenas, autêntica representação das muitas misturas culturais que atende pelo nome BRASIL.

Por isso, a Poesia de Jorge Salomão é tão comunicativa, tão pulsante, sensorial, múltipla, ao mesmo tempo simples e plural.

Jorge Salomão é Artista das letras, das palavras, das imagens, das cores, de todas as pulsações.

Ele está no videoclipe que Viviane Rangel lança no próximo dia 22, no belo espaço da CAZA ARTE CONTEMPORÂNEA, na Cidade Maravilhosa.

CÓDIGO DE EXPLOSÃO é o clip… Explosão é o próprio SALOMÃO !

São Jorge Salomão em obra de Raimundo Rodriguez…

Salve JORGE, Viva Salomão !

Uma vez com Jorge, sempre Salomão !

Pausa para ler e apreciar a poesia de Jorge Salomão

O poeta baiano acaba de lançar dois novos livros…
 
 
A Estrada do Pensamento |Ficção
Quantas estradas deve um homem percorrer…? Toca Dylan. Jorge Salomão sopra: “ainda não inventaram círculos que me prendam” – e voa. A estrada do pensamento, seu livro mais recente, convida a uma jornada ao fundo do mundo por meio de um roteiro não linear. Nessa experiência propõe-se ao interlocutor penetrar o sujeito das ações: olhar pelos seus olhos e visitar seus conflitos e reflexões. Seria esse um livro de ficção? Imagine.
 
 
Conversa de Mosquitos |Poesia/Filosofia
Políptico, sísmico, conciso – explosivo. Enigmático? Pelo contrário. Claro. Conversa de Mosquitos, o mais recente livro de poesia de Jorge Salomão, é brisa num mundo em erupção. É jorro onde reina o “bom-senso”. É sim. E não. Sensível às transformações da era elétrica Jorge responde às aflições de viver hoje – entre os impasses milenares que perduram e as possibilidades abertas pelos meios de comunicação – reposicionando as conquistas da nossa época na direção do homem. Trata-se de um livro pra se ler, se ver e, sobretudo, se dizer em voz alta. A oralidade, nesse sentido, [re]estabelece a dimensão concreta do homem – voz, tom, corpo, melodia – ao mesmo tempo em que apresenta um desafio ao leitor: existir. Ou desistir.
 
 
Jorge Salomão e Maitê Proença: curtição na noite carioca…
 
Marcella Aquila | arquiteta, jornalista e amadora nos campos da linguagem
 
Capa e projeto gráfico | Bob Siqueira (Quadri)
Fotos | Andre Gomes de Melo e Ricardo Poock    
Jacaré Produções | Luiz Guimarães e Alexia Namur
 

Jorge Salomão lança livros em noite de sucesso

Foram muitos os amigos que rodearam o poeta Jorge Salomão na noite de lançamento de seus dois novos livros no Rio. A noite teve dança, performance, vídeo, música e muita poesia, claro.

Gulherme Fiúza, Jorge Salomão e Narcisa Tamborindeguy: noite festiva no Cine Jóia

Conhecido como o poeta das frases curtas e polêmicas, Salomão prometeu e fez uma “festa do balaco”, para a qual todas as pessoas portadoras de luz interior, disponíveis ou não, foram convidadas.

Segundo Jorge, os livros estão difíceis de serem editados por conta do preço elevado: “Outro dia passando por várias livrarias do centro e da zona sul, eu fiquei ‘literalmente’ assustado. Os livros estão caríssimos! E para subverter essa tirania intelectual de grife, os meus livros são vendidos a R$10,00”, conta o poeta baiano, soltando uma gargalhada. 

Salomão e a amiga Vânia Badin: uma estrada recheada de pensamentos…

Capitaneada pela Jacaré Produções, a noite de autógrafos aconteceu no Cine Jóia, em Copacabana. Os livros são A Estrada do Pensamento (dedicado ao filho João, que é mísico e mora nos States),  e Conversa de Mosquito (dedicado ao irmão Wally, também poeta, e já no andar de cima)…

Alexandre Agra, Marco Rodrigues, Jorge Salomão e Antônio Cícero: amigos de longa data…

Estas amigas não podiam faltar: a produtora Alicinha Silveira e a jornalista Philys Huber …

Muito AXÉ no São João de Jorge Salomão… Saravá !!!

Poeta-agitador cultural e animado por nascimento, Jorge Salomão recebeu os muitos amigos para um happy hour junino-pop, em seu loft, em Santa Teresa
A turma esbaldou-se ao som de muito forró, numa espécie de esquenta para o arraial da esquina, também em Santa, para onde partiram depois das nove da noite, com direito a fogueira e até a casamento na roça…
.
Bandeirolas, lanternas coloridas e a devida proteção de Jorge, santo de devoção do poeta, que tem uma imagem do guerreiro (e outra de buda!) sentado em seu altar iluminado, recheado de flores e frutas e muito axé…
.
No menu, tudo bem prático: canapés, risoles, pães vários, tábua de queijos, pipoca
. No quesito bebidas, da cachaça ao chapã para brindar e brincar. Todos no clima de felicidade total. Não era para menos, o dia seguinte era dos Namorados e véspera de Santo Antônio, ai, ai, ai…
.
Informações de Hildegard Angel e fotos de Marco Rodrigues
 
Salomão Arraiá do Salomão São Jorge, buda e muito axé para saudar São João em casa do poeta Jorge Salomão
Sinhô Jorge Salomão!
 JORGE SALOMÃO é um amigo querido, cotidianamente POETA, uma companhia que faz bem à Alma, sempre. Que DEUS o conserve ad eternum no enorme pique de alegria e carisma que tanto movimenta as noites cariocas…
 
SALVE, JORGE !!!

Do amigo POETA, guerreiro e querido, JORGE SALOMÃO…

(renovado com esmero e sensibilidade nas palavras cheias de carinho de outra “irmã” de alma, amada Bernadete Duarte):

“Celebro as primeiras horas do domingo sagrado que ainda vou ver nascer pq vou dormir agora, mas pensando no quanto sinto saudade de você. E quando penso em vc , copio Aurora, porque ela traz os loiros fios de esperança na cabeça quando se trata do nascer de um novo dia… Jorge tem nome de Santo Guerreiro, dos que usam a lança e se lançam na alma da gente e a gente nunca mais esquece. Aurora, amada e moleca de minha vida…eu não bebi, mas é que estou embriagada de saudade de vocês !!!!!!!!”

           O sol amanhece em Canoa Quebrada…Foto: Aurora Miranda Leão

JORGE SALOMÃO SAÚDA…

Todas as manhãs,
canto pra subir,
no passo a passo,
nos sonhos,
na firmeza,
no porvir.

Todas as manhãs,
alimento esperanças,
quem sabe alguma,
alguma coisa seja.
Todas as manhãs,
grito por viver,
clamo ao sol por mais justiça,
abro o leque da solidariedade.

Todas as manhãs,
sou mais eu,
sendo mais justo,
em todas as medidas.
Todas as manhãs,
danço minhas manhas,
abrindo as manhãs.

Poeta Jorge Salomão inunda o espaço de Força e Fé e irradia Solidariedade

“Como manter-se íntegro num tempo totalmente dissolvente? O ato de filosofar, diziam os gregos, aproxima os homens dos deuses. É um dia como outro qualquer? Não creio. Domingo é diferente, é domingo.

Você acorda de um outro jeito, porque é domingo. Pensa um pouco, reflete, cada passo é um novo passo na semana que começa. É domingo, hoje é domingo.

Cada jogada, mesmo dentro de casa, é diferente. Alguns dormem, você prepara o café, toma um gole, é domingo. O silêncio é gratificante. Na rua, alguns andam devagar, é domingo.

É um dia sagrado? Para quem? Bilhões de pessoas morrem de fome pelo planeta afora. Uns refletem, outros nada pensam.

É transformador? De algum jeito é. Ele junta pessoas. No almoço, no papo, no modo de ser solidário em algum ato na vida. O amor é importante? O amor é tudo na vida, dizia o poeta persa Omar Khayam. O domingo mexe com todos: o desamor vira amor, a inimizade vira amizade, a fraternidade vira comunhão. E você, o que pensa disso?

É domingo em toda parte… As crianças brincam na liberdade, mesmo nos territórios limitados por violências várias. Pulam, dançam, se beijam enquanto os pais mastigam e ruminam sua dor. O domingo brilha de um jeito luminoso diferenciado dos outros dias. Você que levantou cedo, enquanto seu amor dorme, que cuidados passo a passo você toma como parte integrante da humanidade? É cinematográfico o domingo. Você toca e retoca o som da vida. Nos mínimos detalhes, você articula, é domingo. Em todo gesto é domingo. No espelho, na praia, no banho, na confraternização você dá um chega para lá no que não deu certo e tenta acertar a dança, pois é domingo. No sorriso, na padaria, no jornaleiro, no futebol algo corre diferente. Hoje é domingo no mundo inteiro. Vamos ferver! O negócio vai esquentar! Axé!!!”

                                            Foto: Aurora Miranda Leão, Barreirinhas (MA)