Arquivo da tag: ator

Eduardo Tornaghi lota praia carioca de POESIA !

Ator comanda hoje o Melhor Sarau Poético Carioca, que acontece toda quarta-feira na praia do Leme…

Eduardo Tornaghi é ator, poeta e grande ativista cultural carioca…

Ator, filósofo, poeta, escritor, professor de teatro, e menestrel de boas energias, EDUARDO TORNAGHI é pessoa de significativo destaque na Cultura Brasileira. Admiro-a há tempos.

IMG_4430Compartilhando alegrias de Cinema com Eduardo Tornaghi e David Cardoso…

Ano passado, tive a felicidade de registrar meu reencontro com ele. Foi durante a terceira edição do Anápolis Festival de Cinema, realizado na querida cidade goiana, onde Eduardo foi um dos Homenageados.

IMG_4440Registro da Alegria do reencontro com Eduardo Tornaghi…

Não sabia que ele estaria lá, então minha alegria foi ainda maior quando o vi. EDUARDO TORNAGHI foi um ator que conheci ainda menina, acompanhando alguns de seus muitos personagens na telinha, e seu jeito terno, a elegância, a beleza saltando dos olhos azuis, foram responsáveis por um dos primeiros lampejos de enamoramento do meu coração.

T este

Lembro-me ainda muito garota tentando conhecer Tornaghi numa temporada de teatro que fez em Fortaleza. Mas eu não tinha idade para assistir ao espetáculo. Mesmo assim, consegui ser levada por amigos a ir vê-lo no ensaio. Super tímida e emocionada por estar perto dele, fiz umas fotos mas mal conseguia dizer meu nome.

O tempo passou e os anos de teatro e jornalismo trancafiaram no porão (ainda que não definitivamente) minha timidez. E foi muito bom poder reencontrar Eduardo Tornaghi – a mesma doçura, elegância, simpatia e delicadeza de sempre – e poder trocar umas ideias com ele. Dessa vez sim, podendo alcançar e entender toda força de sua sensibilidade, inteligência e forma poética de estar no mundo.

E depois de ouvi-lo falar com tanta paixão pela Poesia, cercado de lucidez, coerência e parâmetros de respeito, solidariedade, anti-violência, e indiscutível sensibilidade, só me resta aplaudir ainda mais Eduardo Tornaghi, e me preparar para ser uma a mais em sua plateia na concorrida Pelada Poética do Leme.

TODA QUARTA-FEIRA TEM: PELADA POÉTICA, a partir das 19:30h, na praia do Leme…

Receba então, querido e eterno ídolo, Eduardo Tornaghi, meu comovido aplauso e um beijabraço carinhoso…

* Confira aqui alguns links de Eduardo Tornaghi e suas poéticas palavras:

Tempo Pedra, sejamos água
http://youtu.be/rH842zt5AzU

CALOR ! Todo conforto tem um Preço
http://youtu.be/moMriy9nbYA

Pra lembrar sempre
http://youtu.be/CRQFowD3Cag

Ano que começa, nova infância
http://youtu.be/9mwFf4NrwCk

Um pouco de leveza na lucidez
http://youtu.be/OM_xhO9JyNc

-Amenizando as tensões da passagem-
http://youtu.be/lTmAp8OwspI

IMG_4438Eduardo Tornaghi, Aurora Miranda Leão e David Cardoso em Anápolis…

Mateus Solano brilha e Elizabeth Savalla reafirma talento de Grande Atriz

Novela Amor à Vida prossegue com ótima audiência e muita adesão porque tem atores em solos magníficos, belos enquadramentos e direção competente

Não é mais novidade pra ninguém que se interessa por Dramaturgia, saber o quanto é brilhante o ator Mateus Solano. Sua atuação na novela de Walcyr Carrasco – trama global das 21h – é digna dos mais efusivos aplausos. E o blog Aurora de Cinema já destacou isso neste espaço.

Mas falar bem de um ATOR ou elogiar seu nível de Interpretação é sempre um grande prazer, assim como é enormemente prazeroso acompanhar a maestria deste magnânimo ator carioca ao compor este tipo malvado, difícil, cheio de sutilezas, nuances comportamentais, gestos espevitados e trejeitos afetados, que são como vielas tortuosas e escuras que Mateus Solano atravessa com extrema competência e naturalidade para compor o controverso Félix. Que mesmo sendo um personagem ‘todo trabalhado no recalque, na inveja e na maldade’ – como diria o personagem Tio Lili, vivido com graça e leveza pelo querido Edwin Luisi na novela Sangue Bom, das 19h -, consegue ser querido pelo público.

Mateus Solano brilha a cada capítulo e bomba nas redes sociais com o seu ‘venenoso’ Félix…

Nós, que fazemos o blog Aurora de Cinema, por exemplo, estamos entre os muitos que param para ver a atuação de Solano e vibram com a magistral performance do ATOR. Aliás, posso mesmo é confessar que ‘babo’ diante da magistral composição de Mateus Solano, pasma com tamanha versatilidade, aplaudindo com efusão cada novo pique genial da interpretação do ator.

Parte do elenco de Amor à Vida com o diretor Maurinho Mendonça e o autor Walcyr Carrasco…

Ressalve-se aqui a contribuição exponencial do ator e preparador de elenco Sérgio Penna – a quem já tive a honra de conhecer e conversar em festivais de cinema -, já que Penna é mais um dos grandes valores do Cinema Brasileiro que trabalham pró-TV ( colaborando intensamente para formatar, de modo ainda mais intenso, às criações dramatúrgicas da TV Globo). É Sérgio Penna quem trabalha junto ao grandioso elenco de Amor à Vida, subsidiando o naipe de atores para que possam esmerar-se em seus papéis, dar o melhor de si, valendo-se das muitas técnicas que ele manuseia com mãos de mestre para permitir que, cada um dos atores, possa estar em cena mostrando o melhor de si, como se só isso tivessem pra fazer no dia-a-dia, passando ao espectador a sensação de que  a correria das gravações e o imediatismo que o ritmo da tevê impõe, não são obstáculos relevantes. Coisa de quem entende profundamente do ofício. Portanto, o aplauso caloroso do blog Aurora de Cinema para o meticuloso trabalho que Sérgio Penna vem desenvolvendo em Amor à Vida, realçando com capricho os talentos que se espraiam na tela e dão gosto de assistir.

Bruna Linzmeyer e Sérgio Penna nos bastidores de ‘Amor à Vida’…

Sendo Félix o personagem principal da trama, é quase natural que o trabalho de seu intérprete esteja constantemente em destaque. Mas também já vivenciamos muitos personagens principais que foram para o segundo plano, face à maestria de atores interpretando papéis fora do foco primordial. Isso aconteceu com o próprio Mateus Solano, na novela Páginas da Vida, quando ele e a bela atriz Alinne Moraes roubaram a cena e passaram a ‘protagonistas’, tal a qualidade superior de suas interpretações e a empatia instantânea com o grandioso público das tramas das 21h.

Paola Oliveira e Mateus Solano: irmãos entre o amor e a inveja…

Logo, é inegável que Mateus Solano é o grande TRUNFO de Amor à Vida ! Acompanhar a participação do ator na trama é um deleite impagável !!!

Ao lado dele, brilham outros atores magnânimos, como Antônio Fagundes, Ary Fontoura, Susana Vieira, Paola Oliveira, Malvino Salvador, Nathália Thimberg, Rosamaria Murtinho, Bárbara Paz, Maria Maya, Fúlvio Stefanini, Tatá Werneck, Luís Mello, Anderson Di Rizzi, e tantos outros.

Mateus Solano e Bárbara Paz vivem um inusitado casal na trama de Walcyr Carrasco…

Mas hoje queremos destacar, especialmente, o vigor com que Elizabeth Savalla vive sua personagem, a ‘periguetona’ Márcia, ou Tetê Pará-Choque Paralama. Na sexta, o capítulo já tinha sido dela, e o tempo nos fez escapar um necessário elogio. Aliás, Savalla merece efusivos aplausos pela composição da personagem suburbana, repleta de camadas, onde se misturam a cafonice, a carência afetiva, a revolta com a situação financeira, a acomodação com o dia-a-dia, os conflitos com a filha, etc…

Elizabeth Savalla: mais uma vez, atriz torna grande um personagem de segundo plano. Sensacionallll !!!

Assim sendo, o blog Aurora de Cinema consagra à Elizabeth Savalla – com quem contracena em pé de igualdade a querida Tatá Werneck – a responsabilidade pelos melhores momentos de Amor à Vida, quando a trama acontece com mais força e destaque no subúrbio.

Elizabeth Savalla afirma, confirma e reafirma a grandeza de Atriz que é ao construir com imenso respeito sua personagem – iletrada, cafona, pobre, sofrida -, em nenhum momento enxergando-a menor, mesmo com sua aura de ‘Estrela’ (com muitos anos de estrada no teatro e na telinha), e mergulhando com profunda competência, exacerbado talento e inequívoca dedicação na pele da pobretona simplória, carente e atrapalhada que é a ex-Chacrete que quer a todo custo melhorar sua condição de vida através da possibilidade do ‘golpe da barriga’, tão defendido por ela para a ingênua filha Valdirene.

Um enorme prazer acompanhar uma Atriz do quilate de Elizabeth Savalla dando show de Interpretação numa novela. E quem assina este texto é também uma atriz, formada pelo teatro, mas com imenso respeito e profunda admiração pelos inúmeros talentos prodigiosos que vemos diariamente abrilhantando nossa telinha e fazendo da TeleDramaturgia Brasileira um exemplo de preciosismo artístico e referência para televisões do mundo inteiro.

Reta final de inscrições ao Cine Petrópolis

Abertas até dia 12 as inscrições ao 3º Festival Nacional de Cinema de Petrópolis, que acontecerá entre 10 e 17 de dezembro,  em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Serão exibidos, gratuitamente, diversos filmes entre longas e curtas-metragens de ficção, documentários, animações e experimentais.

Como nos anos anteriores, haverá exibição dos filmes concorrentes na Mostra Competitiva para os quais o público dá seu voto, elegendo o melhor filme, melhor direção, atriz, ator, fotografia, cenografia, figurino, som direto, edição, montagem e o melhor roteiro.

O público terá acesso ainda a debates abordando temas atuais ligados à cinematografia e à política cultural.

Sempre buscando ir ao encontro do público, o festival estará em até 4 bairros da cidade com unidades móveis de cinema. São estruturas equipadas com tela de cinema, projetor, aparato sonoro, cadeiras e equipe especializada.

As inscrições para a Mostra competitiva estão abertas pelo site www.festcinepetropolis.com.br.

Todos os filmes selecionados passarão por uma primeira seleção, quando sairão os filmes que comporão a mostra competitiva oficial.

Inscrições ao Festival de Petrópolis

Abertas até 12 de novembro inscrições ao 3º Festival Nacional de Cinema de Petrópolis, que acontecerá entre 10 e 17 de dezembro, na cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Serão exibidos, gratuitamente, diversos filmes entre longas e curtas-metragens de ficção, documentários, animações e experimentais.

Como nos anos anteriores, haverá exibição dos filmes concorrentes na Mostra Competitiva onde o público vota para eleger o melhor filme, melhor direção, atriz, ator, fotografia, cenografia, figurino, som direto, edição, montagem e o melhor roteiro.

O público terá acesso ainda a debates, abordando temas atuais ligados à cinematografia e à política cultural.

Sempre buscando ir ao encontro do público, o festival estará em até 4 bairros da cidade com unidades móveis de cinema. São estruturas equipadas com tela de cinema, projetor, aparato sonoro, cadeiras e equipe especializada.

As inscrições para a Mostra competitiva estão abertas pelo site www.festcinepetropolis.com.br.

Todos os filmes selecionados passarão por uma primeira seleção, quando sairão os filmes que comporão a mostra competitiva oficial.

Tudo pronto para o I Araxá Cine Festival

Semana de intensa e diversificada programação vai movimentar o festival mineiro

Começa amanhã a edição inaugural do Araxá Cine Festival, festival de cinema idealizado pela produtora e cineasta Débora Torres, e que promete colocar Araxá de vez no circuito dos grandes eventos de cinema do país.

Com solenidade de abertura agendada para às 19 horas desta segunda, 10 de setembro, o Araxá Cine Festival terá como sede o Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, um marco turístico importante da cidade, lugar dos mais visitados e apreciados por turistas de todas as partes do mundo, além de ter servido de cenário para muitas das cenas do filme Vazio Coração, de Alberto Araújo.

Durante o dia, haverá uma extensa e diversificada programação, oferecida aos participantes do festival, moradores de Araxá, realizadores e estudantes de Comunicação, Artes e Audiovisual, além de um chamado ‘Festivalzinho’, dedicado à garotada. Todas as atividades do Araxá Cine Festival serão gratuitas, o que, por si só, já é um atrativo a mais numa programação recheada de atrações relevantes.

Entre oficinas e workshops, em número de seis, haverá também debates, lançamentos de livros e DVDs, bate-papo com a imprensa, shows musicais, homenagens e exibições especiais. O produtor e cineasta Walter Webb vai ministrar oficina conjugando o tripé Produção/Roteiro/Direção;  o diretor Aluizio Abranches vai ministrar workshop de Direção; o ator e escritor Germano Pereira fará workshop abordando questões ligadas ao tema Adaptação Literária para o Cinema. Já o cineasta João Batista de Andrade responde pelo workshop sobre Cinema Brasileiro, enquanto a atriz Ingra Liberato vai comandar o workshop sobre Interpretação; e Rosamaria Murtinho vai conversar sobre sua experiência no cinema, televisão e teatro.

Incluída no Circuito Turístico da Canastra, a cidade de Araxá vai viver dias de epicentro do Cinema Brasileiro, a partir do Tauá Grande Hotel e Termas…

A  programação do 1º Araxá Cine Festival consiste em mostras competitivas cinematográficas, nas seguintes categorias: longas-metragens brasileiros de ficção convidados, curtas-metragens mineiros convidados e curtas-metragens araxaenses selecionados, além do “Festivalzinho” para as crianças da rede municipal e estadual de ensino, palestras, debates, lançamentos de livros, shows musicais, oficinas e workshops de audiovisual.

Débora Tôrres à frente do festival que vai fazer de Araxá a Capital do Cinema Brasileiro

O festival é um projeto da produtora cinematográfica Débora Tôrres (que também produziu em Araxá o longa-metragem VAZIO CORAÇÃO),  realizado através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet – Ministério da Cultura)  com apoio da Associação de Música de Araxá – Sra.Débora Arantes – e da Secretaria Municipal de Turismo – Sra. Alda Sandra -, e patrocínio da CBMM e CEMIG. Todas as atividades  são gratuitas e de livre acesso. Não é necessária a retirada de convites para as mostras, apenas interessados na oficina e nos workshops deverão fazer suas inscrições antecipadamente através do site do festival.

Local onde fica a antiga Fonte da Jumenta, atual Fonte Dona Beja, um dos pontos turísticos mais procurados de Araxá devido a seus poderes de rejuvenescimento.

SERVIÇO

1º ARAXÁ CINE FESTIVAL

Data: 10 a 16 de setembro de 2012

Locais: Tauá Grande Hotel de Araxá e Teatro Municipal de Araxá (festa de premiação)

Mais informações: www.araxacinefestival.com.br e www.facebook.com/araxacinefestival

Sandy volta ao cinema e vai contracenar com Fagundes

Bem diferente da imagem de moça recatada, título que rejeita, a cantora Sandy aceitou convite para voltar ao cinema — seu último trabalho foi em ‘Acquária’ (2003).

SANDY: longe da imagem de ingênua, cantora vai voltar à telona

E talvez surpreenda vivendo ‘Bruna’, uma personagem que terá muitas facetas, entre elas a de sedutora, no filme Quando Eu Era Vivo, de Marco Dutra (diretor de vários curtas e do filme “Trabalhar Cansa”, em parceria com Juliana Rojas, selecionado para o Festival de Cannes ano passado). “Ela tem um lado sensual bem apurado. Gosta de exercer seu poder de sedução”, diz Sandy.

“Adoro atuar e era um lado meu que estava adormecido. Minha personagem é uma estudante de música, desencanada, que leva tudo na boa e não se envolve demais. Mas ela acaba criando um apego pelo drama do mocinho e o ajuda a decifrar uns códigos”, revela Sandy.

O seduzido da história seria interpretado por Fábio Assunção, mas o ator teve de recusar o convite porque não conseguiu conciliar sua agenda com as filmagens — ele estreia como diretor da peça O Expresso do Pôr do Sol, a partir de 1º de setembro, em Sampa.

Antônio Fagundes também está no elenco do novo filme de Marco Dutra…

No lugar, entrou Marat Descartes, que fará o filho do personagem de Antônio Fagundes. É na casa deles que Bruna aluga um quarto e a história se desenrola. “Me sinto muito honrada em contracenar com o Fagundes. Sempre dá um friozinho na barriga trabalhar com grandes atores”, admite Sandy.

Para viver Bruna, Sandy quer alongar os cabelos…

O diretor Marco Dutra afirma não pretender desconstruir a imagem da cantora: “A personagem lida com loucura, o limite do que é e não é natural. É mais desafiador do que pensar em sensualidade, volúpia. Isso existe, sim, só que é mais uma característica dela”, explica.

Sandy Wallpaper

“Convidei a Sandy porque o roteiro tem relação com música e queria alguém que tivesse esse background para enriquecer a personagem. Então, não demorou para o nome dela vir à minha cabeça”, conta Marco Dutra.

Além de atuar, Sandy cantará no filme, que começa a ser rodado mês que vem, em São Paulo.

Reta final de inscrições ao BRAFFTV

A organização do BRAFFTV se prepara para a etapa de seleção dos filmes participantes da Mostra Competitiva, logo após o encerramento das inscrições, na próxima quarta, 25 de julho, às 23 horas e 59 minutos (hora Canadá). Os filmes poderão ser inscritos no link http://www.brafftv.com/brafft/regulamento.html

  

A mostra competitiva do BRAFFTV apresenta ao mercado canadense produções brasileiras realizadas nos últimos dois anos – documentário e ficção – longas, média e curtas-metragens. Os filmes premiados recebem o troféu Golden Maple para Melhor Público,  Ator, Atriz, Diretor e Filme nas  seguintes categorias:   “Curta/Média”  e  “Longa”. O Melhor Documentário também é contemplado. 
Este ano, a programação se estenderá por todo o mês de outubro, no Bloor Cinema, Carlton Cinema e TIFF Bell Lightbox, com atividades variadas em torno do mercado cinematográfico:
* Pré-BRAFFTV com apresentação gratuita na Biblioteca Pública de Toronto,
* Mostra Convidada e Competitiva,

* Mostra Brah-zoo-kah – filmes feitos por brasileiros que moram foram do país,

* Mostra Brazil through other eyes (O Brasil visto por outros olhos )– dedicada a cineastas internacionais que utilizam o Brasil como tema de suas obras,

* Encontro com profissionais da indústria cinematográfica canadense com o objetivo de fomentar negócios e  incentivar novas co-produções,

  * Visitas técnicas a estúdio de cinema e produtora canadense,

  * Vitrine Televisiva com a exibição de pilotos  para compradores de televisão e produtores canadenses,

  * Painel sobre mercado brasileiro para produtores canadenses,

* Seminários, palestras e oficinas profissionalizantes na Universidade
de Toronto,

* Feira permanente de produtos e serviços brasileiros no Carlton Cinema.

Os festivais filhotes gerados pelo BRAFFTV como o UpTo3′ – filmes transmídias de até 3 minutos – e o Pink Latino – mostra de filmes de diversidade e gênero – também acontecerão em outubro.

25 anos de imigração

Em 2012, comemora-se o aumento da grande leva de brasileiros no Canadá. Para marcar essa data, o BRAFFTV irá apresentar  diversas histórias na festa de lançamento, dia 3 de outubro, no Lula Lounge.   O assunto também será tema de debate na Universidade de Toronto. O  filme Under the Table (Toni Venturi),  rodado no Canadá, quando Toni estudou na Ryerson University, abrirá as discussões.

Rodrigo Santoro a caminho de novos papéis

Rodrigo Santoro prepara-se para novo papel no cinema, que exigirá dele uma dieta de engorda. Sem revelar o nome do filme, o ator contou a novidade no Marília Gabriela Entrevista, que vai ao ar neste momento pelo GNT, ao ser questionado se gosta de personagens que exigem transformação do corpo e disciplina. A partir de junho, Santoro dá andamento a seu novo projeto, para o qual precisará ter um corpo bem mais robusto. Para isso, fará muita malhação e dieta rica em proteínas e carboidratos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com 18 anos de carreira e apaixonado pela profissão, Rodrigo revela a emoção de protagonizar e produzir Heleno, filme que conta a história do jogador Heleno de Freitas, ídolo botafoguense: “No começo, ficamos com receio do filme ser em preto e branco, mas vira detalhe e não ponto negativo na era digital”.

Sobre a inquietude em viver outras vidas, comenta: “O bichinho da curiosidade e do questionamento está sempre ali. É um motor esperar o próximo personagem”. Segundo Rodrigo, é preciso inspiração e estímulo para viver diferentes papéis e, por isso, ele precisa esvaziar a mente para começar novos trabalhos: “Surfo, janto fora, namoro. Sou um cara simples”. Santoro também afirma sonhar em fazer Salvador Dalí no telão.

* Com informações de Regina Rito

A propósito do Troféu Carlos Câmara…

 O Troféu CARLOS CÂMARA, oferecido anualmente a personalidades que fizeram/fazem e são História no Teatro Cearense, foi entregue esta noite aos queridos amigos Francinice Campos, e Carri Costa, que completa neste 2012 três décadas de estrada nos palcos…

 O troféu Carlos Câmara e Carri Costa, que completa 30 de dedicação ao Teatro…

Tenho orgulho, saudade e felizes lembranças do tempo em que nasceu a ideia da outorga desta comenda – que se tornou a mais importante do Teatro Cearense, e reverencia o nome daquele considerado o maior Comediógrafo da história da nossa Dramaturgia -, na casa onde eu então morava (na rua Oswaldo Cruz). Ideia nascida e compartilhada por Marcelo Costa, eu, Luciano Clever, Quixadá Cavalcante, e Martha Vasconcellos, entre outros colegas do Grupo Balaio.

Francinice Campos: atriz e diretora de intenso trabalho e soberba vocação…

A primeira outorga, no início dos anos de 1980, foi para a lendária atriz Nadyr Sabóia, o ator Clóvis Mathias e o diretor/ator/dramaturgo, mestre querido e admirável, Aderbal Freire-Filho. Coube a mim a indubitável honra e alegria de entregar a estatueta a Aderbal.

Aurora Miranda Leão e Aderbal Freire-Filho: entrega do primeiro Carlos Câmara…

A imagem é um registro da noite inesquecível da entrega do Troféu Carlos Câmara a Aderbal Freire-filho, primeira grande Homenagem do Teatro Cearense a seu filho ilustre, na qual o diretor verteu lágrimas visíveis antes de subir ao palco.

Parabéns aos que mantém viva esta tradição bonita e meritória de valorizar o Teatro, reconhecer o talento dos colegas, e aplaudir a vocação alheia.

Viva Aderbal, Carri Costa e Francinice Campos !
Vida longa ao Troféu Carlos Câmara !

Aurora Miranda Leão (ao lado de Augusto Abreu) como Mestre de Cerimônia da solenidade de entrega do Troféu Carlos Câmara de Teatro, anos de 1990, no Teatro Arena Aldeota…

* A entrega do Troféu Carlos Câmara, nascida e realizada pelo Grupo Balaio (dirigido por Marcelo Farias Costa por mais de 25 anos),a partir deste ano está sob a chancela dos grupos teatrais Quimeras de Teatro (direção do ator/escritor Antônio Marcelo) e da Companhia Brucutus (direção do ator/produtor Emídio Tavares).