Arquivo da tag: ÁUREA

A Festa do Cinema em JERI

 
 
De quarta a domingo, 9 a 13 de junho, foram dias ensolarados na paradisíaca Jericoacoara… Cenário de rara beleza, propício para aliar Cinema, Ecologia, relações humanas, beleza e música de qualidade, Jeri caiu no gosto de cineastas de todo o país…
 
Mica Farina, o bam-bam-bam das trilhas, recebe merecido troféu pelo filme O Bailarino e o Bonde, de Rogério Nunes, no qual a trilha é o sinal verde… Público aplaudiu o “Mestre” de pé…
 
Zeca Ferreira, diretor do belo Áurea, vence na categoria MELHOR FILME e recebe aplausos de aprovação. Filme tem fotografia pra lá de boa do premiado Pedro Urano…
 
Atriz SABRINA GREVE, gracinha de amiga, tem estréia premiada com curta-metragem 3.33, roteiro e direção dela …
  
  
Filipe Wenceslau, paraibano de Salvador, leva prêmio (das mãos de Edna Letícia) pelo ótimo 300 Dias
 
Leo Tabosa, de Recife, ganha Melhor Documentário com Retratos, que ele assina com Rafael Negrão
  
  
Vencedores posam pra foto em clima de alegria…
  
Cineasta Carlos Segundo, de Uberlândia, criador de “Cheirosa”, concede entrevista no cenário das exibições do Festival de JERI

Jornalista Aurora Miranda Leão sela amizade com colega botafoguense, premiado cineasta carioca Valério Fonseca
 

Lucas Sá (nosso Harry Potter), cineasta que desponta em São Luís, e Síria Mapurunga, única jornalista destacada para a cobertura oficial do festival de Jericoacoara

JÚRI POPULAR INDICA…

A Sobretudo Produção anuncia vencedores do
 Festival do Júri Popular 2010 !
MENÇÃO HONROSA:
Após o processo de contagem, devido à constante ocorrência de expressivos índices em inúmeras categorias, mas, ainda sim, sem figurar entre os vencedores, o Comitê de Apuração decidiu conceder menção honrosa a O FILME MAIS VIOLENTO DO MUNDO, de Gilberto Scarpa, MG, fic.
——————————————————————————–
MELHORES FILMES POR CIDADE:
Belém/PA: A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Belo Horizonte/MG: A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Boa Vista/RR: A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Curitiba/PR: O DIVINO, DE REPENTE, de Fábio Yamaji, anim, SP.
Florianópolis/SC: A GUERRA DE ARTURO, de
 Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Fortaleza/CE: CHAPA, de Thiago Ricarte, SP, fic.
Goiânia/GO: MENINO ARANHA, de Mariana Lacerda, SP, doc.
João Pessoa/PB: O RIM DE NAPOLEÃO, de Fernando Coimbra, SP, fic.
Maceió/AL: A ILHA, de Ale Camargo, DF, anim.
Palmas/TO: A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Porto Alegre/RS: ÁUREA, de Zeca Ferreira, RJ, fic.
Recife/PE: A ILHA, de Ale Camargo, DF, anim.
Rio Branco/AC: A ILHA, de Ale Camargo, DF, anim.
Rio de Janeiro/RJ: RESTOS DE ANTÔNIO, de Mariska Michalick, RJ, fic. e SILÊNCIO E SOMBRAS, de Murilo Hauser, PR, anim. (empate)
Salvador/BA: A INVASÃO DO ALEGRETE, de Diego Müller, RS, fic.
Sâo Luis/MA: A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
São Paulo/SP: DOIS MUNDOS, de Thereza Jessouroun, RJ, doc.
——————————————————————————–
RESULTADO GERAL:
Trilha Sonora: Mario Gil, por ÁUREA, de Zeca Ferreira, RJ, fic.
Melhor Atriz: Áurea Martins, por ÁUREA, de Zeca Ferreira, RJ, fic.
Melhor Ator: André Frateschi, por A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Melhor Direção de Arte: Amir Admoni, por TIMING, SP, fic.
Melhor Montagem: Fábio Yamaji, por O DIVINO, DE REPENTE, SP, anim.
Melhor Fotografia: Matheus Rocha, por A ARQUITETURA DO CORPO, de Marcos Pimentel, MG, doc. – Prêmio Kodak (5 latas Negativo 16mm)
Melhor Roteiro: Cássio Koshikumo, por A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP, fic.
Melhor Direção: Júlio Taubkin e Pedro Arantes por A GUERRA DE ARTURO, SP, fic.
Melhor Experimental: MURO, de Tião, PE
Melhor Animação: O ANÃO QUE VIROU GIGANTE, de Marão, RJ
Melhor Documentário: DOIS MUNDOS, de Thereza Jessouroun, RJ
Melhor Ficção: A GUERRA DE ARTURO, de Júlio Taubkin e Pedro Arantes, SP
Grande Prêmio Festival do Júri Popular 2010: A ILHA, de Ale Camargo, DF, anim. – Prêmio Porta Curtas Petrobras, Prêmio Estúdios Mega, Prêmio Rain e Prêmio Curta o Curta, Prêmio Banda Sincrônica