Arquivo da tag: Banco do Nordeste

Rádio ao Vivo: terça de Cultura & Música no CCBN

Centro Cultural Banco do Nordeste inova e vai realizar programa de rádio direto de seu auditório, em transmissão pela Universitária FM

Denise e nós

Denise Dumont, atriz  e produtora, na bancada do Cultura & Música                       

São 7 anos  no ar pela Universitária FM e uma audiência consolidada nas tardes de segunda-feira: o programa Cultura & Música estreou dia 7 de agosto de 2007, no horário das 16h às 17h, com apresentação da dupla de jornalistas/radialistas Aurora Miranda Leão e Nelson Augusto numa realização do Centro Cultural Banco do Nordeste, com produção do cantor e compositor Calé Alencar.                           

Fagner rádio

Raimundo Fagner ladeado por Aurora Miranda Leão e Calé Alencar: artista cearense foi um dos primeiros entrevistados…

O Cultura & Música é um programa de entretenimento radiofônico que destaca a produção cultural nordestina, seja através da música, do cinema, do teatro, da fotografia, do jornalismo, e das artes de modo geral. 

???????????????????????????????

Aurora Miranda Leão e o músico/pesquisador/ambientalista Bené Fonteles

Dividido em diversos módulos, a atração das tardes de segunda-feira na Rádio Universitária FM reúne música, entrevistas ao vivo e/ou gravadas, flashes noticiosos de outras cidades (via celular), objetivando divulgar realizações do Centro Cultural Banco do Nordeste, bem como toda ação do Banco do Nordeste que favoreça a Arte e a Cultura, dando espaço também para ações culturais relevantes realizadas por outras instituições.

???????????????????????????????

Os locutores do Cultura & Música com Fernando Pessoa e músicos do Rock Cordel…

Quando o Cultura & Música (C & M) entrou no ar, o Centro Cultural Banco do Nordeste inovava mais uma vez, estabelecendo novos parâmetros de comunicação e interatividade com seu diversificado público, a partir de um programa próprio, destinado a melhor informar à população (de qualquer parte do país, uma vez que o programa também é veiculado via internet) sobre as muitas atividades desenvolvidas pelo CCBN, e a manter permanente conectividade com sua audiência.

???????????????????????????????

Em 7 anos de veiculação semanal através do respeitado espaço da Rádio Universitária FM, o programa Cultura & Música ganhou credibilidade e estabeleceu-se como opção privilegiada para quem quer ouvir boa música brasileira, sobretudo em versões históricas e bem pouco conhecidas do grande público. De lá pra cá, o programa consolidou-se como relevante canal de divulgação da música nordestina e da cultura brasileira de modo geral, definindo-se como espaço de relevante importância para um contato mais próximo com a programação do CCBN e um conhecimento mais aprofundado das raízes culturais formadoras da essencialidade do povo nordestino.

tibico no nat

Nelson Augusto, Calé Alencar, Tibico Brasil, e Aurora de Cinema em dia de aniversário do Cultura & Música…

Desde quando o Cultura & Música entrou no ar, muito se pode aquilatar de sua penetração na cidade e relevância na divulgação das ações do CCBN. Sabendo-se, nos jargões radiofônicos, que a cada um ouvinte que sintoniza o programa, há exatas 25 outras pessoas na mesma sintonia, estes 7 anos de C & M no ar nos dão bem a dimensão do alcance do programa e sua capacidade de atingir a audiência, composta por diversas faixas etárias e sociais.

Rádio Nelson eu e Calé

O trio principal do Cultura & Música: Nelson, Aurora e Calé…

A cada audição do C & M, pelo menos 30 ligações diárias são registradas, dos mais diversos bairros da cidade, observando-se ainda os contatos pelo MSN, Twitter, e-m, Facebook, e outras redes sociais. Levando-se em conta que, a cada programa, a produção realiza sorteio de brindes – produtos culturais patrocinados pelo programa BNB de Cultura -, a audiência do C & M reafirma-se a cada nova audição, e, em dias de entrevistas ao vivo, é comum ainda a participação de ouvintes que telefonam para o programa para expressar-se verbalmente, seja com perguntas ao entrevistado seja com elogios à presença daquele convidado.

A rádio CCBN

O êxito do programa Cultura & Música verifica-se também a partir da criação de um novo programa: o Conversando com Arte – programa de entrevistas veiculado todos os domingos -, estreou em 2009 e já é referência no rádio como horário democrático onde artistas, produtores e gestores culturais podem falar à vontade, e sem pauta determinada, sobre sua história de vida, suas raízes culturais, suas influências, próximos trabalhos, e idéias de futuros projetos.

Macalé rádioCom os locutores Nelson Augusto e Aurora Miranda Leão, o cantor e compositor Jards Macalé, entrevistado no programa Conversando com Arte…

Agora em março, a partir da realização do programa Cultura & Música diretamente do auditório do CCBN no centro de Fortaleza – na nova sede da instituição – o que se pretende é uma intensificação ainda maior na formação de plateia para a cultura nordestina, a partir de uma interação presentificada com os apresentadores do programa, a produção e seus convidados. Assim, a realização do Cultura & Música ao vivo remete aos áureos tempos dos programas radiofônicos de auditório, nos quais o público tinha acesso direto e contato com artistas que formaram gerações e garantiram enorme audiência ao rádio.

Calé e eu CCBN

A intenção do programa Cultura & Música, a partir desse novo formato – ao vivo e com participação da plateia – é favorecer ao público de maneira geral e, em especial, aos estudantes das várias áreas de Comunicação – jornalismo, radialismo, publicidade e propaganda, audiovisual e novas mídias -, e estudantes e outros profissionais interessados, o contato direto com artistas e produtores culturais, criando pontes para um diálogo freqüente sobre a arte e a cultura brasileiras.

CCBN nós 2

Locutores Nelson Augusto e Aurora Miranda Leão com o produtor Calé Alencar

Dessa forma, o CCBN vai passar a oferecer a seu qualificado, diversificado e cativo público a chance de reviver a mesma atmosfera dos programas radiofônicos, que tanto sucesso fizeram nas rádios de todo o país nas décadas de 40, 50 e 60. Ao mesmo tempo, realizar um programa de rádio com a presença de plateia é a oportunidade de se presenciar um programa de rádio feito ao vivo e criar laços para a efetivação de contato direto com formadores de opinião.

CCBN 11 mar 14

Calé Alencar, Jacqueline Medeiros (Coordenação do CCBN), Nelson Augusto e Aurora Miranda Leão: congraçamento ao final do programa-piloto do C & M…

CCBN equipe

Nelson Augusto, Calé Alencar, Clarisse Melo, e Aurora Miranda Leão: equipe que faz o programa Cultura & Música direto do Centro Cultural Banco do Nordeste

* O Centro Cultural Banco do Nordeste funciona na rua Conde D’Eu, 560, no centro de Fortaleza, pertinho da Catedral Metropolitana. Quem quiser participar das audições do programa Cultura & Música, é só chegar lá às terças-feiras, a partir das 15h. ENTRADA FRANCA.

Chris Marker tem obras expostas no Centro Cultural Banco do Nordeste

A exposição O LEGADO DA CORUJA dá seguimento ao projeto Política da Arte, desenvolvido pela Coordenação de Artes Visuais da Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte (MECA) da Fundação Joaquim Nabuco e a parceria com o Centro Cultural Banco do Nordeste.

Chris Marker, expoente do cinema documental, faleceu em julho, aos 91 anos, em sua casa de Paris…

O Legado da Coruja  (L’Héritage de la Chouette) é um dos mais instigantes e dos menos conhecidos dos muitos projetos realizados pelo saudoso cineasta francês Chris Marker ao longo de uma trajetória de trabalho que já conta seis décadas, apresentando temas sobre a Grécia Antiga que persistem importando como elementos organizadores do pensamento corrente no mundo ocidental. A coruja, animal que simboliza a busca por conhecimento, aparece como guia nessa jornada.

Para marcar a atualidade do projeto de Chris Marker, a exposição é dividida em duas partes. Na primeira, são exibidos os 13 episódios de O Legado da Coruja, projetados em sequência, de modo que a cada dia da exposição a série é mostrada integralmente. Na segunda, foi criado um ambiente de pesquisa e debate, no qual informações sobre o artista e sobre a crise atual na Europa são disponibilizadas por meio de jornais, revistas, livros e outros vídeos.

Quem foi CHRIS MARKER

Chris Marker inovou o cinema durante a Nouvelle Vague, a onda vanguardista francesa, que mudou as regras das filmagens nos anos 1960. Documentarista, seus filmes pareciam mais ensaios literários que cinema, repletos de observações pessoais e insights.

Nascido Christian François Bouche-Villeneuve, nos arredores de Paris, ele integrou a Resistência Francesa e lutou contra os nazistas durante a 2ª Guerra Mundial. Ao fim da guerra, trabalhou como jornalista ao lado de André Bazin, um dos maiores teóricos da Nouvelle Vague. Escreveu críticas de teatro e cinema, poemas e um romance. Até encontrar-se atrás da câmera, filmando documentários de esquerda, que ele mesmo escrevia, dirigia e filmava. Isso durou um extenso período, de 1955 a 1966, até querer ver mais gente fazendo o mesmo.

Nos anos 1960, o poeta Henri Michaux proclamou que a universidade de “Sorbonne deveria ser destruída e Chris Maker erguido em seu lugar”. A alusão se devia à qualidade do material produzido pelo cineasta, que tirou seu pseudônimo da caneta que escreve em qualquer superfície, a Magic Marker.

Imagem inline 3

Cultura & Música: 5 anos de informação e boa música no rádio

Programa patrocinado pelo Banco do Nordeste é veiculado toda segunda-feira pela Universitária FM de Fortaleza…

A atriz e produtora Denise Dumont conversa com Nelson Augusto eAurora Miranda Leão no Cultura & Música

Organizado em módulos, o Cultura & Música conta com os quadros Agenda do Centro Cultural Banco do Nordeste, Arte em Conversa, Pelas Ruas que Andei, O Assunto é Cinema, Chão Sagrado, Conexão Nordeste, Espelho Cristalino, Como é Bom Poder Tocar um Instrumento, e Música para Ler, além de mostrar, ao final de cada programa, uma versão diferente da canção Asa Branca, composição de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira transformada em clássico da música brasileira e hino da região Nordeste. Em todas as audições, acontece sorteio de produtos culturais (livros, cd e dvd), viabilizados com patrocínio do Banco do Nordeste.

Henilton Menezes, titular da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, entrevistado no Cultura & Música…

Veiculado toda segundas-feira, das 16h às 17 horas, pela Universitária FM de Fortaleza, o programa Cultura & Música, apresentado pelos jornalistas Aurora Miranda Leão e Nelson Augusto, completa 5 anos no ar no próximo dia 6 de agosto.

A banda cabaçal dos Irmãos Aniceto esteve no Cultura & Música e virou registro audiovisual de Aurora de Cinema

Por conta disso, o programa receberá o gerente do Ambiente de Gestão da Cultura do Banco do Nordeste, o fotógrafo e cineasta Tibico Brasil, que vai falar sobre a bem sucedida política de apoio à cultura implementada pela instituição através de ações como os centros culturais de Fortaleza, Sousa (no alto sertão paraibano), e Juazeiro do Norte, no cariri cearense. Tibico Brasil também falará sobre o Programa de Cultura Banco do Nordeste – BNDES e os editais de ocupação dos centros culturais mantidos pelo Banco do Nordeste, além de também poder interagir com o público que participa do programa através do telefone.

Aurora e a cantora Daúde, que também já mostrou seu carisma e sua bela voz na Universitária FM…

Luiz Gonzaga: no ano do centenário, destaque no Cultura & Música

Ainda este mês, o Cultura & Música inaugura um novo quadro, A Hora do Rei, o qual será acrescentado para homenagear o Rei do Baião, Luiz Gonzaga, no ano de seu centenário de nascimento.

Aurora Miranda Leão entrevista o artista e produtor Bené Fonteles…

O programa Cultura & Música é produzido pelo cantor/compositor e produtor musical Calé Alencar, e tem apoio da Casa da Memória Equatorial, podendo ser acompanhado via web pelos seguintes endereços: www.radiouniversitariafm.com.br, www.auroradecinema.wordpress.com, e www.nelsons.com.br

Em “Dia de Rock” no C & M, tema que garante sempre muita participação dos ouvintes…

O pianista e compoitor Ricardo Bezerra fez visita-supresa ao programa em dia de entrevista com a também compositora Mona Gadelha

A equipe do Cultura & Música: os operadores Antônio Carlos Lima e Zé Raimundo, Aurora Miranda Leão, Calé Alencar e Nelson Augusto…

Tibico Brasil vai retornar ao Cultura & Música para falar sobre as ações do Centro Cultural Banco do Nordeste neste ano em que o Banco do Nordeste comemora 60 de atividades…

SERVIÇO

Programa CULTURA & MÚSICA

Quando: segunda, 6 de agosto

Hora: 16h

Onde: Rádio Universitária FM

SINTONIZE: 107, 9 MHz

Nelson Augusto, Aurora Miranda Leão, Fernando Pessoa, e alguns ‘bluseiros’, entre eles, Felipe Cazaux, Artur Menezes e Kazane….

Banco do Nordeste aposta em interiorização da Cultura

 

O Programa de Cultura Banco do Nordeste/BNDES destinou ano passado mais de R$ 6 milhões a projetos localizados em cidades do Nordeste e do Norte de Minas Gerais e Espírito Santo. A maior parte desses recursos (75%) contemplou municípios do interior, sobretudo os menos providos de atividades ou equipamentos culturais. 

“Nos últimos dois anos, verificou-se maior capilaridade de nosso apoio cultural. Dos projetos selecionados da edição de 2010, 63% se encontravam fora das capitais. Em 2011, essa interiorização se intensificou, atingindo 3/4 da quantidade de projetos”, afirma o gerente do Ambiente de Gestão da Cultura do BNB, Tibico Brasil.

 

Ele acrescenta que mais de 70% dos recursos do Programa foram aplicados em municípios com baixo Índice de Desenvolvimento (abaixo de 0,719) , e 80% em cidades consideradas com alto índice de exclusão social. 

A parceria entre o Banco do Nordeste e o BNDES resultou na aplicação de recursos da ordem de R$ 12 milhões e patrocínio de quase 500 projetos (edições 2010 e 2011). Um novo convênio entre as duas instituições federais já foi firmado e prevê aplicação de R$ 16 milhões no próximo biênio, atingindo mais de 600 projetos culturais em toda a área de atuação do Banco do Nordeste.

 

Público de dois milhões de pessoas

A participação da comunidade na produção de ações culturais é outro destaque do BNB/BNDES de Cultura. O público estimado das apresentações ao vivo chega a dois milhões de cidadãos. Cerca de 65% dos projetos atendidos realizaram oficinas e cursos de capacitação artística, sendo que quase oito mil pessoas estão envolvidas diretamente na gestão e execução das ações culturais. 

O Banco do Nordeste estima ainda que cerca de 300 mil produtos, entre CDs, DVDs, catálogos, livros e revistas foram gerados com o incentivo do programa. Como previsto em edital, 20% do material produzido é distribuído pelo BNB, equipamentos culturais, associações e entidades parceiras. Os produtos também são distribuídos em eventos promovidos nos centros culturais do Banco.

 

Para a edição 2012/2013, o Programa Banco do Nordeste/BNDES de Cultura prevê R$ 8 milhões em recursos. As inscrições se encerraram em dezembro passado e estão em fase de análise. O resultado será anunciado no próximo mês de maio.

FOTOGRAFIAS do NORDESTE Podem ser Premiadas

Concurso fotográfico nacional sobre a cultura nordestina: inscrições até 10 de julho

Concurso fotográfico Um Olhar sobre a Cultura Popular Nordestina vai revelar novos talentos da fotografia. As 20 melhores fotografias serão premiadas com valores em dinheiro, num total de R$4.900.

 

A segunda edição do concurso fotográfico Um Olhar sobre a Cultura Popular Nordestina tem inscrições gratuitas abertas até o próximo dia 10 de julho. O concurso é aberto à participação da população em geral, maior de idade e residente no país, desde fotógrafos profissionais e amadores a pessoas que tenham interesse na arte de fotografar. Regulamento em www.olharcultural.com.

 

O principal objetivo é valorizar a cultura popular da região Nordeste através dos olhos das pessoas no espaço em que elas vivem. A cultura nordestina é caracterizada pela riqueza de suas crenças, musicalidade, história e culinária, que constitui o rico patrimônio cultural do povo do Nordeste. Os participantes deverão focalizar essas características através das lentes de suas câmeras, despertando o olhar e o interesse pela cultura popular nordestina e suas manifestações.

 

Para participar do concurso o candidato deve enviar, no máximo, três fotografias medindo 20x30cm em papel fotográfico fosco para o seguinte endereço: Concurso Fotográfico “Um Olhar sobre a Cultura Popular Nordestina” – Caixa Postal 1653, CEP 59078-970 – Natal (RN). As fotografias deverão ser enviadas, obrigatoriamente, com etiquetas informando: nome do fotógrafo, local, data e título da foto, preenchidas e coladas no verso das mesmas. 

Para as inscrições será levada em conta a data do carimbo postal dos Correios, por carta registrada. Não serão aceitas fotografias no formato digital, enviadas por CD ou outro dispositivo de armazenamento similar.

Premiação – prêmios serão concedidos aos 10 primeiros colocados. A novidade desta edição é que a comissão julgadora concederá também 10 menções honrosas, e os fotógrafos selecionados receberão, além do certificado, um prêmio em dinheiro no valor de R$100, cada. No total, as 20 melhores fotografias serão premiadas com valores em dinheiro num total de R$4.900.  

As 20 fotos selecionadas serão transformadas em cartões postais e distribuídas de forma gratuita. Faz parte da premiação também a realização de uma mostra virtual no site do concurso e uma Mostra itinerante que percorrerá os Centros Culturais do BNB. Além disso, as fotografias serão distribuídas de forma gratuita através de cartões postais que difundirão as imagens selecionadas.  

O concurso é patrocinado pelo Banco do Nordeste, sendo promovido pelo grupo potiguar de produtores independentes Caminhos Comunicação & Cultura