Arquivo da tag: bernardo bertolucci

Festivais com inscrições abertas

Para a 52ª Semana da Crítica do Festival de Cannes, cujo objetivo é descobrir novos talentos. Desde que foi criada, em 1962, apresenta os primeiros e segundos trabalhos de diretores de todo o mundo. Entre os nomes que já passaram pelas mais diversas edições do evento estão Bernardo Bertolucci, Jean Eustache, Otar Iosseliani, Ken Loach e Wong Kar Wai. Entre os brasileiros, a diretora Juliana Rojas – menção honrosa na edição deste ano pelo filme “O Duplo” -; Ricardo Alves Júnior (com o média-metragem “Permanências”, em 2011); Cavi Borges e o curta “A Distração de Ivan”, em 2010; além de “A Via Láctea”, de Lina Chamie (2007); e “A Marvada Carne”, de André Klotzel (1987).

Inscrições www.semainedelacritique.com/inscriptions.php até 22 de março.

6º Los Angeles Brazilian Film Festival – LABRFF 2013, que está programado para acontecer de 24 a 28 de abril, em Los Angeles, na Califórnia.

Inscrições gratuitas para filmes de ficção (longa-metragem), e não ficção (documentários), além de curtas. A programação do LABRFF inclui mostras de competição, paralelas, e mostra tributo. Quinze categorias devem concorrer ao Troféu LABRFF, e os filmes serão avaliados por um júri oficial composto por grandes nomes do cinema internacional.

Podem participar da Seleção Oficial filmes produzidos a partir de 2009, e que não tenham estreado nos Estados Unidos. Entretanto, poderá haver filmes convidados, que participarão apenas das mostras paralelas, sem concorrer ao troféu. A mostra de competição de longas terá a participação de seis filmes, e a de documentários quatro. Já a mostra competitiva de curtas terá 6 filmes concorrendo aos títulos.

Ficha de inscrição e regulamento: www.labrff.com/submissions. Prazo de inscrição termina dia 20 de fevereiro.

Em cinco edições, o LABRFF exibiu mais de 300 títulos e premiou 72 categorias, tendo distribuído prêmios e troféus aos competidores. O LABRFF também realiza seminários, workshops e debates voltados ao fomento da indústria do audiovisual internacional, salientado o papel de incentivador a novas coproduções de filmagens entre o Brasil e os Estados Unidos.

* A 2ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, evento gratuito não-competitivo, será realizado em São Paulo, de 23 a 30 de maio. Os interessados poderão se inscrever até dia 28 de fevereiro. Serão aceitas obras finalizadas a partir de 2010, sem restrições de gênero, duração ou suporte de captação/finalização, com temáticas ambientais, tais como: energia, água, mudanças climáticas, consumo, povos e lugares, ativismo ambiental, resíduos sólidos, políticas públicas socioambientais, mobilidade, habitação, áreas verdes, áreas urbanas, alimentação, economia verde, globalização, vida selvagem, sustentabilidade, entre outras.

A Mostra é um evento anual que pretende chamar a atenção da população para questões ambientais, de sustentabilidade, cidadania, governança, participação e políticas públicas, e busca contribuir não apenas para a difusão de importantes obras cinematográficas, mas também para o enriquecimento das discussões sobre sustentabilidade e meio ambiente no Brasil.

Informações e inscrições: www.ecofalante.org.br/mostra

‘Boa Sorte, meu Amor’ é único brasileiro em Locarno

Filme pernambucano em Festival na Suíça …

O filme brasileiro Boa Sorte, Meu Amor  será o único representante do país no 65º Festival de Locarno, a acontecer de 1º a 11 de agosto, na Suíça.

O primeiro longa-metragem dirigido pelo pernambucano Daniel Aragão, assistente de direção do longa Cinema, Aspirinas e Urubus (2004), integrará a seleção “Cineastas do Presente”, mostra oficial com novos diretores de diversos países.

Daniel Aragão estará em Locarno com seu primeiro longa…

O drama, ou um “anti-romance”, como diz o diretor, fala sobre um casal de jovens (Vinícius Zinn e Christiana Ubach), de raízes interioranas, que lida de forma diferente com a vida numa grande cidade.

Filmado em preto e branco, o longa também aborda a busca apai­xo­nada e tem no elenco Christiana Ubach, Jack Mugler e Jr. Black. As loca­ções acon­te­ce­ram no Recife e no inte­rior de Pernambuco. A pro­du­ção é de Pedro Severien. O filme estreia em Locarno dia 9 de agosto e ainda não tem pre­vi­são de che­gada ao cir­cuito comercial.

Um dos festivais mais antigos do mundo, Locarno tenta recuperar o prestígio que já teve no passado, principalmente nas décadas de 1960 e 1970 quando servia de base de lançamentos para longas de cineastas como Stanley Kubrick e Bernardo Bertolucci.

Para isso, o diretor artístico Olivier Père aposta numa mostra competitiva eclética e uma paralela para o público com destaques de festivais recentes.

A dificuldade do festival, cujo troféu principal é o Leopardo de Ouro para os vencedores, é a proximidade com o Festival de Veneza, que acontece no fim de agosto e ganhou mais fama ao longo dos anos, atraindo celebridades hollywoodianas.

Na presidência do júri de Locarno está o tailandês Apichatpong Weerasethakul, ganhador da Palma de Ouro de Cannes por “Tio Boonme, Que Pode Recordar Suas Vidas Passadas”, em 2010.

Confira o teaser: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1120002-filme-de-pernambucano-integra-mostra-de-festival-de-locarno-na-suica.shtml

* Com informações de RODRIGO SALEM, da Folha SP