Arquivo da tag: #BlogAuroradeCinema na cobertura do IV Anápolis Festival de Cinema – acesse o #BlogAuroradeCinema

Vazio Coração abre hoje o Anápolis Festival de Cinema

Festival goiano chega à quarta edição com mais participação regional e um prêmio que leva o nome do saudoso cineasta e produtor Walter Webb

É extensa e bem diversificada a programação do IV Anápolis Festival de Cinema, que será aberto em noite festiva hoje, no Teatro Municipal de Anápolis.

Diversos cineastas, atores e atrizes, produtores, jornalistas, realizadores e estudantes de cinema são aguardados para a noite inaugural do Festival que vai transformar Anápolis na Cidade do Cinema Brasileiro esta semana. O #BlogAuroradeCinema estará na cobertura diária do Festival.

Jornalista e produtor Adhemar Gonzaga dá nome à Mostra Competitiva de Longas Brasileiros…

Realização da Prefeitura Municipal de Anápolis, o festival apresenta uma programação diversificada e abrangente, com três mostras competitivas – Adhemar Gonzaga, Curtas do Centro-Oeste e Curtas Anapolinos -, Mostra Paralela Eduardo Coutinho – In Memorian, o 3º Encontro Anápolis de Cineclubes e o 1º Fórum Setorial do Audiovisual Anapolino, além de oficinas e workshops, exibição dos filmes nos bairros, lançamento de livros e o Festivalzinho, destinado ao público infantil.

Rubens Ewald Filho é presença confirmada em Anápolis

A Mostra Competitiva Adhemar Gonzaga de longas metragens brasileiros de ficção mantém em sua Curadoria o jornalista e crítico de Cinema, Rubens Ewald Filho. 

E o filme que abre esta noite a programação é o longa Vazio Coração, rodado em Araxá e outras cidades mineiras. A direção é de Alberto Araújo e a produção-executiva de Débora Torres.

Murilo Rosa e Othon Bastos: filho e pai em cena de ‘Vazio Coração’…

A ideia de realizar o filme Vazio Coração nasceu com o desejo de aproveitar a bela locação que é o Grande Hotel Termas de Araxá. Como diz o diretor Alberto Araújo: “Minha admiração pela cidade e por aquele espaço grandioso, com uma aura incrível, de arquitetura estilo neoclássico, vem desde 1990 quando rodei ali um curta-metragem chamado Minha Senhora Solidão, premiado nas categorias de melhor roteiro e fotografia no então Festival Internacional de Cinema e Vídeo de Florianópolis. No mesmo ano, mudei-me para Goiânia e me dediquei à produção de programas de TV, com os quais rodei o Brasil e boa parte do mundo. Nesse período, fiquei namorando à distância aquela bela locação em Araxá e torcendo para que nenhum cineasta a usasse para rodar um longa-metragem antes que eu pudesse filmar o meu. Em 2006 sentei para escrever um roteiro que se encaixasse naquele espaço e nasceu o Vazio Coração”.

O Grande Hotel e Termas de Araxá, principal cenário de ‘Vazio Coração’…

O filme conta a história de Hugo Kari, cantor nacionalmente famoso, interpretado por Murilo Rosa. Em determinado momento de sua carreira, Hugo decide fazer uma pausa na movimentada agenda para se encontrar com o pai, o Embaixador Mário Menezes (Othon Bastos). O encontro é marcado para o Grande Hotel Termas de Araxá (MG), cenário no qual a família costumava se reunir nas férias. Nesse lugar, repleto de memórias e recordações boas, pai e filho tentam se reconciliar e consertar uma relação despedaçada pelo tempo e por conflitos, principalmente de ideias, e por uma tragédia que eles nunca conseguiram superar.

Confira o clipe da música DIAMANTE RARO com Murilo Rosa: http://youtu.be/ZVyvgwJJSoM

Murilo Rosa como Hugo Kari, papel que lhe rendeu troféu de Melhor Ator no Festival Nacional de Cinema de Natal…