Arquivo da tag: BOTAFOGO

Herrera, D’Alessandro, Montillo, Barcos… argentinos brilham nos campos brasileiros

Seguindo a natural vocação argentina para o bom futebol, jogadores hermanos fazem seus times brasileiros conquistarem adeptos e arrancarem elogios da imprensa.

O domingo foi do craque HERRERA, levando o BOTAFOGO à Vitória ! 

Foto: Gazeta Press
 
Com dois gols de Herrera e um de Antonio Carlos, o BOTAFOGO venceu por 3 a 1 o Volta Redonda, hoje, e manteve os 100% de aproveitamento na Taça Rio. Os alvinegros desperdiçaram muitas oportunidades, principalmente na etapa inicial, mas saíram de campo em São Januário com os três pontos.

O resultado deixou a equipe na liderança do grupo A no segundo turno do Campeonato Carioca. Já a equipe da Cidade do Aço segue com três pontos, mas fora da zona de classificação do grupo B. 

 
 

Os botafoguenses foram superiores durante quase toda a partida e abriram o placar com Herrera na primeira chance de gol. No entanto, o Volta Redonda conseguiu ir para o intervalo com a igualdade após gol contra de Márcio Azevedo.  Na etapa final, os alvinegros sofreram, mas chegaram à vitória com gols de Herrera e Antônio Carlos.

Na próxima rodada, o vai até Moça Bonita para encarar o Bangu, no sábado.

LOCO ABREU, mais uma vez, SENSACIONAL !!!

Botafogo vence pela eficiência

Alvinegro carioca se aproveita do desespero do Atlético-MG, faz 2 a 0 e fica mais perto de uma vaga na Libertadores

Uruguaio LOCO ABREU: novo SHOW de BOLA em campo… Saravá ! 

Foi a vitória da eficiência. O Atlético-MG teve mais posse de bola e acumulou 16 chutes a gol. Não fez nenhum. O Botafogo foi preciso nos contra-ataques e acertou duas das oito finalizações que teve. O Alvinegro carioca marcou 2 a 0 neste sábado, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas e subiu para o 4º lugar, com 51 pontos. Com seis a menos que o líder Fluminense, pode até sonhar com o título. Para o Galo, ficou o pesadelo de, após uma mísera rodada fora da zona da degola, voltar para o Z-4.

Na 33ª rodada, o Atlético-MG, que caiu para o 17º lugar, com 34 pontos, tem o confronto direto contra o Guarani, 16º com 35 pontos, em Campinas, na próxima quarta. No mesmo dia, o Botafogo recebe o Atlético-GO, no Engenhão.

Enquanto o Atlético abusava das chances perdidas, o Botafogo aproveitou as raras chances. E foi apostando num contra-ataque que o Alvinegro carioca abriu o placar, aos 30 minutos. Loco Abreu recebeu, avançou sem marcação e, frente a frente com Renan Ribeiro, não foi egoísta. Rolou para o meio da área e achou Edno, que tocou para fazer 1 a 0.

O Botafogo passou a se fechar ainda mais na defesa e, aproveitando o desespero do Atlético, que partiu para cima, sacramentou a vitória aos 45 minutos. Loco Abreu recebeu novamente livre e dessa vez tocou com categoria para fazer 2 a 0. O Botafogo agora sonha. O Galo volta a ter pesadelos

Tudo AZUL, até no BOTA

Uma idolatria que atravessou o oceano e fez muitos brasileiros torcerem pelo Uruguai na Copa do Mundo será retratada em uma camisa especial do Botafogo. A peça estará nas lojas a partir de segunda, 12 de julho, e custará R$ 69,90, numa oportunda homenagem do clube carioca ao atacante Loco Abreu, que representou a seleção Celeste no Mundial da África do Sul.

Camisa celeste do Botafogo, loco abreu
Camisa celeste do Botafogo em homenagem a Loco Abreu (Foto: Divulgação)

Ídolo da torcida, o jogador selou a classificação do Uruguai para as semifinais ao bater um pênalti com uma ‘cavadinha’, no mesmo estilo com a qual enganou o goleiro do time adversário na decisão da Taça Rio deste ano e que valeu o título Carioca ao Glorioso. Após o feito, o atacante o dedicou à torcida alvinegra, mostrando que também carrega o clube no coração.

Nas semifinais do Mundial, dezenas de torcedores se juntaram na Fifa Fan Fest, em Copacabana, para torcer por seu atacante. A empolgação era tão grande que parecia que a partida era do próprio Botafogo e não do Uruguai.

Loco Abreu disputa HOJE o terceiro lugar da Copa do Mundo. Ainda não se sabe a data em que o jogador retornará ao Brasil, mas a torcida alvinegra já prepara uma grande recepção para o atacante.

loco abreu Camisa celeste do Botafogo
Camisa tem nome e número de Loco Abreu (Foto: Divulgação)
 
* Texto de Thiago Fernandes, do GLOBO 

Jeri também teve futebol e Afonsinho…

 

Encontro inusitado no festival de cinema de Jeri: realizadores encontram ex-craque Afonsinho, que jogou pelo querido BOTAFOGO de Vinicius, João Moreira Salles e Garrincha…

Sobre AFONSINHO, publicamos este contundente texto de Plínio Sgarbi:

Como o Navegante Negro do Aldir Blanc, aquele que tinha por monumento as pedras pisadas do cais, Afonsinho não colheu todas as glórias que um craque como ele poderia colher. Mas obteve uma glória que poucos jogadores obtiveram na carreira: o respeito como cidadão e líder. Em meio a tantos jogadores que se calaram, Afonsinho teve a coragem de lutar, ainda mais… naquela época.

Se o futebol teve um herói de esquerda, esse cara foi o Afonsinho. Personagem carismático, destemido, engajado, por vezes quase quixotesco, o rebelde meia do Botafogo ocupou um lugar muito especial no imaginário coletivo do Brasil dos anos 70, um país ansioso por transformações sociais e em busca da tão sonhada abertura política. Ele foi o primeiro líder profissional das estrelas dos gramados a lutar pelo seus direitos, uma luta pela qual pagou um preço caro, mas que, como ele mesmo não se cansa da dizer, valeu a pena.

 
Afonsinho dentro de campo era um gênio, no toque de bola e no drible, fora dela o gênio foi cassado, por suas escolhas não serem do agrado dos generais e dos cartolas de então.
Infelizmente o meio campista nunca foi convocado para a seleção Brasileira, o que se justifica pelo fato de suas posturas serem de confronto ao regime militar e a estrutura do futebol nas décadas de 70 e 80 do século XX.


Afonso Celso Garcia Reis, jogador, médico, musicista, boêmio, viveu até sua adolescência em Jaú, cidade do interior de São Paulo. No início da década de 60 ingressou nas divisões de base do XV de Jaú e em seguida, foi jogar no Botafogo Carioca.

 

Recordação feliz do festival de Jeri: realizadores confraternizam com ex-craque alvinegro. Na foto, emoldurando AFONSINHO, Carlos Segundo, Valério Fonseca, Aurora Miranda Leão,  Zeca Ferreira, Síria Mapuranga e Lucas Harry Sá…

Cinema de Futebol

DOCUMENTÁRIO SOBRE JOÃO SALDANHA ABRE O CINEFOOT 

O documentário João sobre o polêmico jornalista e técnico João Saldanha, abre a primeira edição do Cinefoot – Festival de Cinema de Futebol – nesta quinta, 27 de maio, às 20h30, no Unibanco Arteplex. Dirigido por Andre Iki Siqueira e Beto Macedo, o longa tem produção da Tv Zero e reúne imagens raras de arquivo do Canal 100. 

O filme visita os principais fatos que marcaram a vida de Saldanha, um homem sempre envolvido nos grandes acontecimentos do país, especialmente na luta pela democracia, no futebol e na cultura. Um personagem polêmico, carismático e popular. A sua paixão pelo Botafogo, as brigas, os debates, sua família e muitas histórias de João, algumas, para muitos, inacreditáveis.

            

Sinopse: 

Jogador, técnico, jornalista e polemista, João Saldanha (1917-1990) sempre foi bom de briga. A valentia que exibiu dentro de campo, no curto período em que foi jogador, levou-o a aceitar o posto de técnico do mesmo time do Botafogo. Apesar de não ter nenhuma experiência, conquistou um campeonato estadual, em 1957. Com a mesma coragem para distribuir críticas, foi um dos comentaristas esportivos mais temidos e polêmicos de seu tempo. Chegou ao comando da seleção brasileira, classificando o time nas eliminatórias de 1970, em que o Brasil conquistaria o tricampeonato, já sem sua presença. Militante do Partido Comunista Brasileiro desde os anos 1940 tornara-se um estranho no ninho da CBF em plena ditadura Médici. 

Ficha Técnica 

Direção: André Iki Siqueira e Beto Macedo

Produtor Associado: Roberto Berliner e Alexandre Niemeyer

Produção Executiva: Rodrigo Letier e Lorena Bondarovsky

Coordenação de Produção: Paola Vieira

Direção de Fotografia e Câmera: Maurizio D’Atri

Trilha Sonora: Sacha Amback

Edição: Pedro Bronz e Piu Gomes

Produção: TvZERO

Co-produção: Canal 100

BOTAFOGO: Glorioso Faz 100 !

Camisa, à venda na loja oficial do clube carioca, tem um escudo dourado com os anos 1910 e 2010

Camisa do centenário do Botafogo

Camisa do centenário do apelido ‘O Glorioso’
(Foto: Reprodução / Site Oficial)

O Botafogo lançou uma camisa comemorativa ao centenário do apelido O Glorioso, dado ao clube na conquista do Campeonato Carioca de 1910. O título estadual deste ano aumentou ainda mais o desejo dos alvinegros de não deixar a marca passar em branco. Os torcedores encontram o produto, que custa R$ 59,90, na loja oficial do clube.

A camisa tem um escudo dourado com os anos 1910 e 2010 e O Glorioso escrito.

O título foi imortalizado na bela composição de LAMARTINE BABO, o glorioso LALÁ – notável compositor de marchinhas carnavalescas -, que, compondo todos os hinos dos principais clubes de futebol carioca, fez o Brasil inteiro aprender a cantar as músicas de Flamengo, Botafogo, Fluminense e América, este o clube do coração de Lalá).

VIVA LALÁ !!!

FOGÃO Vence Mais Uma

O Botafogo venceu facilmente o Goiás por 3 a 0 neste sábado e assumiu a liderança provisória do Campeonato Brasileiro, mas não teve só motivos para comemorar.

Com o resultado já confirmado, os atacantes Caio e Herrera se desentederam nos minutos finais, sendo expulsos após troca de empurrões.

Atacante argentino HERRERA: fazendo muito pelo BOTAFOGO

Alçado à condição de titular visto que Loco Abreu está na seleção uruguaia se preparando para a Copa do Mundo, Caio brigou com Herrera aos 40min do segundo tempo. Após prender demais a bola e desperdiçar um contra-ataque o jovem levou uma bronca do argentino e respondeu empurrando o colega. Como resultado, ambos foram expulsos pelo árbitro Alício Pena Júnior, complicando a escalação de Joel Santana para a próxima rodada.

Em campo, a partida manteve a história dos dois clubes na competição. Ainda invicto, o Botafogo chegou aos sete pontos e assumiu a liderança provisória, com um à frente do Corinthians, que recebe o Fluminense a partir das 16h (de Brasília) deste domingo. Já o Goiás segue como a única equipe que ainda não somou pontos, cenário que já começa a pressionar o técnico Emerson Leão.

DÁ-LHE, BOTA !

Em dez minutos de bom futebol, Botafogo vira e derrota o São Paulo

Jogo seguia arrastado até os 35min do segundo tempo, quando Renato Cajá entrou no Botafogo, deu novo gás ao time e fez o gol da vitória por 2 a 1

COMEMORAMOS eu e meu querido amigo ANDRÉ MIGUÉIS, a madrinha Rosamaria Murtinho, documentarista JOÃO MOREIRA SALLES e o imortal Poeta VINÍCIUS DE MORAES.

lucio flávio e antônio carlos comemoram, são paulo x botafogo
Lúcio Flávio e Antônio Carlos comemoram gol
do Botafogo (Foto: Eliária Andrade/Globo)

No dia em que faltou inspiração a São Paulo e Botafogo, venceu o time que teve mais vontade. E o Botafogo acabou com um tabu que já durava 15 anos. Com gols de Antônio Carlos e Renato Cajá, a equipe venceu o São Paulo por 2 a 1, no estádio do Morumbi, o que não acontecia pelo Campeonato Brasileiro desde 1995.

Com a vitória, a primeira na competição, o time carioca foi aos quatro pontos na tabela de classificação e, provisoriamente, ocupa a vice-liderança na tabela. Já o Tricolor, que segue com um ponto, é o 14º colocado.

Confira íntegra em http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2010/05/em-dez-minutos-de-bom-futebol-botafogo-vira-e-derrota-o-sao-paulo.html

BOTAFOGO, Herói em cada jogo…

Clique para ampliar

Sensacional a charge de IQUE sobre a Vitória do BOTAFOGO, Campeão Carioca deste ano !

Está no JB de hoje e reproduzimos por achar que mais leitores merecem conhecer esta maravilha.

BOTAFOGO, BOTAFOGO, Campeão !… já cantava há muitos anos o adorável Lalá…

BOTAFOGO CAMPEÃO !!!

 

Em disputada partida, onde o goleiro JEFFERSON, o uruguaio Loco Abreu e o argentino  Herrera se destacam, BOTAFOGO sagra-se CAMPEÃO CARIOCA !

VIVAAAAAAAAAAAA !!!