Arquivo da tag: cinema brasileiro em exibição em Cartagena

Cartagena reúne brasileiros de Cinema

Onze filmes participam do 52º Festival Internacional de Cinema

Mostra mais antiga da América Latina começa dia 23, na Colômbia


O 52º Festival Internacional de Cinema de Cartagena, na Colômbia, vai reunir grandes produções do cinema da Colômbia, de países iberoamericanos e de outras localidades do mundo. O Brasil estará representado por 11 filmes no festival, que exibirá longas, curtas-metragens e documentários.

Pela primeira vez, as projeções serão gratuitas em todos os cenários da cidade banhada pelo Mar do Caribe. “Dessa forma, o festival cinematográfico mais importante da Colômbia reforça seu compromisso com a qualidade cinematográfica, rigor técnico em suas projeções e agora estará aberto a todo o público”, destaca a organização, que espera oito mil expectadores.

Filme As Canções, de Eduardo Coutinho, é uma das atrações

Entre as produções brasileiras confirmadas estão Heleno, do diretor José Henrique Fonseca, que conta a história do jogador Heleno de Freitas, interpretado por Rodrigo Santoro; Histórias que só Existem Quando Lembradas, de Julia Murat, co-produção Brasil, Argentina e França; Violeta se Fue a los Cielos, do chileno Andres Wood, numa co-produção Chile, Argentina e Brasil; além do documentário As Canções, de Eduardo Coutinho, no qual homens e mulheres cantam músicas que marcaram suas vidas.

Dos 20 curtas-metragens da mostra, seis são brasileiros, sendo eles A Fábrica, do diretor Aly Muritiba; “Assunto de Família”, de Caru Alves de Souza; “A Poeira e o Vento”, de Marcos Pimentel; “De La Praça”, de Frederico Pinto; “Licuri Surf”, de Guilherme Martins; e “Uma Primavera”, de Gabriela Amaral Almeida.

Dentre os curtas, o premiado A Fábrica, de Aly Muritiba, é um dos destaques…

Ao todo, serão 103 filmes na programação, que inclui onze filmes que ganharam o Shell de Ouro na última década no Festival Internacional de Cinema de San Sebastian-Donostia. Haverá retrospectiva da obra da diretora francesa Claire Denis, que levará para as telas a visão única e a sensibilidade especial que caracteriza seus filmes.

A mostra terá ainda 19 produções universitárias e sete filmes em tributo à atriz Isabella Rossellini, que estará em Cartagena. Entre os convidados especiais também estão o diretor argentino-brasileiro Hector Babenco (de “Carandiru”, “O Beijo da Mulher Aranha” e “Pixote, a lei do mais fraco”, entre outros), o ator mexicano Gael García Bernal (de “Babel”, “Má Educação”, “Diários de Motocicleta), a diretora francesa Claire Denis (Bom Trabalho, Chocolate, 35 doses de Rum), e o ator cubano Jorge Perugorria (Che, Guantanamera, Rainhas).

Criado em 1960, o Festival Internacional de Cinema de Cartagena de Índias (FICCI) é o mais antigo evento de cinema da América Latina. A mostra passa pelas novas tendências do mundo do cinema, ao mesmo tempo em que mantém o foco central no cinema latino-americano.

Saiba mais: www.ficcifestival.com