Arquivo da tag: cinema em Juiz de Fora

Prova de Artista é cinema de graça em Primeiro Plano

O cineasta José Joffily estará em Juiz de Fora nesta quinta (15) para exibição exclusiva de seu longa mais recente, Prova de artista (2011), às 19h, no Espaço Alameda de Cinema (Rua Morais e Castro 300, Alto dos Passos).

A sessão é promovida pelo Primeiro Plano Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades, em parceria com a UFJF , apoio da Faculdade de Comunicação, e integra a programação da Calourada 2012. A exibição terá entrada gratuita e promoverá debate com o diretor.

Prova de artista traz a rotina de cinco jovens músicos em audições, estudos e ensaios para orquestras de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. O documentário revela os conflitos, a paixão e a disciplina dos envolvidos na escolha para seguir a vocação artística.

Este é o nono longa-metragem da carreira de Joffily e configura um desdobramento de dois documentários realizados anteriormente pelo diretor: “O chamado de Deus” (2002), que acompanha seis jovens seminaristas e sua dedicação à vida religiosa, e “Vocação do poder” (2006), co-dirigido por Eduardo Escorel, registrando o dia-a-dia de seis políticos que, pela primeira vez, concorrem a cargos públicos, no caso, a Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. 

Diretor

Nascido em João Pessoa (PB), José Joffily é diretor, produtor e roteirista. Suas realizações mais recentes também incluem a direção do longa de ficção Olhos Azuis(2010), grande vencedor do Festival de Paulínia 2009, a co-direção, com Roberto Bomtempo, do longa Mão na luva (previsão de lançamento para 2012), e a direção do longa de ficção Achados e perdidos (2005). 

O Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades foi aprovado pelas leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura. A edição 2011 do festival tem patrocínio do Fundo Nacional de Cultura e da Prefeitura de Juiz de Fora e é uma realização do Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais, da Universidade Federal de Juiz de Fora e da Secretaria do Audiovisual/Ministério da Cultura.

Ronaldo Werneck Relembra Humberto Mauro

Filmes do poeta RONALDO WERNECK e de Eduardo Yep, tendo o pioneiro HUMBERTO MAURO como foco, serão exibidos hoje em Juiz de Fora, no Museu de Arte Murilo Mendes. ENTRADA FRANCA.

Vencedores do Festival de Juiz de Fora

 

Nona edição do Primeiro Plano Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades teve o curta-metragem Instantâneos, de Andrea Capella e Peter Lucas, como vencedor do troféu de melhor filme da mostra competitiva nacional. A obra, que mostra uma noite de trabalho do último fotógrafo de bares da Lapa, Sérgio Silveira, também recebeu menção honrosa dedicada ao protagonista. Já o júri popular elegeu Olhos de Ressaca, de Petra Costa, como melhor trabalho da competitiva nacional. Ao todo, foram 14 prêmios somente para a categoria nacional.

 

Na competitiva regional, o curta Cachorro Morto, de Francisco Franco, ficou com o prêmio incentivo Primeiro Plano. O filme mostrou ao público uma narrativa livremente inspirada no conto “Vida e morte na enfermaria dos indigentes”, de Charles Bukowski, na qual conta a passagem do personagem Hank por um hospital público, depois de sofrer uma complicação de uma úlcera hemorrágica. Pelo júri popular, Memorize-me, que tem César Ramos, Luciano de Azevedo e Diego Siqueira na direção, foi eleito melhor filme da regional. 

Nos seis dias do Primeiro Plano, cerca de 600 pessoas passaram, diariamente, pelo Espaço Alameda de Cinema, durante as exibições de mais de 80 filmes. Sessões da mostra competitiva regional foram as mais disputadas e tiveram a sala de 175 lugares lotada pelo público. Além disso, cerca de cem pessoas participaram das oficinas oferecidas gratuitamente e o público pode prestigiar sessões de debate com diretores.

 

Para o coordenador geral do evento, Aleques Eiterer, a qualidade dos filmes inscritos foi surpreendente. “Alguns trabalhos da mostra regional poderiam, tranquilamente, participar da nacional”, disse, destacando, ainda, o número recorde de inscritos na etapa regional. “Recebemos 50 filmes. Na primeira edição do festival, eram cerca de cinco.” 

OS VENCEDORES

Mostra Competitiva Regional  

Melhor filme: “Instantâneos”, de Andrea Capella e Peter Lucas

 

Melhor diretor: Michael Wahrmann por “Avós”

 

Melhor roteiro: “Circuito Interno”, de Júlio Martí

 

Melhor atriz: Ana Luiza Rios por “Princesa”

 

Melhor ator: Sidney Szaja Barmak por “Avós”

 

Melhor direção de arte: Tábata Makowski por “Formigas”

 

Melhor concepção fotográfica: Marcelo Martins Santiago por “Mar Exílio”

 

Melhor concepção sonora: Gabriel Vieira de Mello e Rafael Machado por “Projeto Silêncio”

 

Melhor trilha sonora: Rafa Zenorini por “Liquidificador”

 

Melhor montagem: Ava Gaitán Rocha  por “Olhos de Ressaca”

 

Melhor primeiro plano: “Princesa”, de Rafaela Diógenes

 

Menção honrosa 1: Gessy Fonseca por “Avós”

 

Menção honrosa 2:  Sergio Silveira por “Instantâneos”

 

Menção honrosa 3:  Bárbara Gomes por “Feijão com Arroz”

 

Júri Jovem: “Olhos de ressaca” e “Avós”  

 

Júri popular: “Olhos de Ressaca”

 

Júri popular infantil: “Direita É a Mão que Você Escreve”

 

Mostra Competitiva Regional  

Incentivo Primeiro Plano: “Cachorro Morto”, de Francisco Franco. São R$ 5 mil em dinheiro que serão utilizados na produção de um novo curta metragem. Além disso, também recebeu Prêmio Estúdios Mega (para edição); Prêmio CTAV (para uma cópia em 35mm); Prêmio Mega Color (revelação e preparação para telecine); Prêmio Kodak (sete latas de negativo 35mm); Prêmio Meios e Mídias (15 horas de mixagem).

 

Júri popular: “Memorize-me”.

 

O Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades é aprovado nas leis estadual e federal de incentivo à cultura e é uma realização do Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais. A edição 2010 do festival tem o patrocínio da MRS Logística, da Cemig e o co-patrocínio da Prefeitura de Juiz de Fora. www.primeiroplano.art.br