Arquivo da tag: cinema em Rondônia

Curta Amazônia recebe inscrições

Abertas até 20 de abril as inscrições de filmes para a quarta edição do Festival de Cinema Curta Amazônia.

Realizadores podem enviar seus filmes em mídia digital, sendo que o festival vai acontecer de 3 a 8 de junho em Porto Velho, Rondônia. As produções podem ser brasileiras e estrangeiras, incluindo-se este ano a categoria de média-metragem, atendendo a inúmeras solicitações de realizadores.

O festival, coordenado por Carlos Levy, avança na busca incessante de sua consolidação, criando janelas alternativas de exibição de filmes independentes, fortalecendo a cadeia produtiva do Cinema Brasileiro. Os filmes a serem selecionados deverão ter sido produzidos a partir de 1º de janeiro de 2008, nos gêneros de animação, experimental, documentário e ficção, além da categoria vídeoclipe de até 5 minutos.

Os filmes de curta-metragem devem ter duração de até 15 minutos; média-metragem até 69 minutos; e longa-metragem acima de 70 m e até 90 minutos, conforme padrão adotado pela Agência Nacional de Cinema. O nome do troféu aos vencedores da Mostra Competitiva será Troféu Arara Azul.

Saiba mais: www.curtamazonia.com

Os Selecionados do FestCine Amazônia

O Festival Latinoamericano de Cinema e Video – FestCineAmazônia anunciando filmes selecionados para concorrer na mostra competitiva de curta-metragem e reportagem ambiental. São 51 produções cinematográficas de todas as regiões do Brasil e da América do Sul a concorrer nas categorias de animação, ficção, documentário e experimental.

Mais de 350 filmes foram inscritos nesta décima edição do festival, que será realizado de 6 a 10 de novembro, em Porto Velho (Rondônia).

Os filmes selecionados passaram por uma comissão integrada pelo professor e cineasta Alexandre Guerreiro, mestre em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), graduado em Cinema pela UFF e em História pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ); o jornalista e produtor Délcio Teobaldo; e o editor Pablo Ribeiro, que tem no currículo vários trabalhos no cinema, na televisão e na música, como o documentário Raul Seixas – O Início, O Fim e o Meio, “Alô, Alô Terezinha”, o filme “Budapeste”, o programa Esquenta, da Regina Casé (TV Globo), entre outros.

O FestCineAmazônia se consagrou como o maior festival de audiovisual da região, integrando o circuito nacional de festivais de cinema e vídeo. O festival tem patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Secretaria do Audiovisual, apoio cultural do Centro Técnico Audiovisual – CTAv e Governo de Rondônia através da Secretaria dos Esportes, da Cultura e do Lazer – SECEL.

Confira os selecionados

FILME/VÍDEO DIREÇÃO CATEGORIA ESTADO
SILENCIO ALBERTO BELLEZIA / CID CÉSAR AUGUSTO DOCUMENTÁRIO RJ
PROIBIDÃO LUDMILA CURI E GUILHERME ARRUDA DOCUMENTÁRIO RJ
CICLO MARCELO GALVÃO FICÇÃO SP
JAÇANÃ E O ADONIRAN ROGÉRIO NUNES DOCUMENTÁRIO SP
DI MELO – O IMORRÍVEL ALAN OLIVEIRA E RUBENS PÁSSARO DOCUMENTÁRIO PE
LINEAR. AMIR ADMONI ANIMAÇÃO SP
L THAIS FUJINAGA FICÇÃO SP
A GALINHA QUE BURLOU O SISTEMA QUICO MEIRELLES FICÇÃO SP
QUANDO O CÉU DESCE AO CHÃO MARCOS YOSHI FICÇÃO SP
O FIM DO FILME ANDRÉ DIB FICÇAO SP
O CANGACEIRO MARCOS BUCCINI ANIMAÇÃO PE
VISÕES DA FLORESTA VICENTE RIOS DOCUMENTÁRIO GO
ANTES QUE O VERÃO ACABE MARÍLIA NOGUEIRA FICÇÃO MG
UMA, DUAS SEMANAS FERNANDA TEIXEIRA FICÇÃO RJ
INVISÍVEIS ANDERSON FREGOLENTE FICÇÃO PR
ARTISTAS NO CENTRO SIMONE ELIAS DOCUMENTÁRIO SP
ACORDA POVÃO JOAO GABRIEL FICÇÃO BA
ISSO NÃO É O FIM JOAO GABRIEL FICÇÃO BA
MATINTA FERNANDO SEGTOWICK FICÇÃO PA
NIGERIA FIM DA LINHA ELDER FRAGA FICÇÃO SP
DESFRONTEIRA THIAGO BRIGLIA DOCUMENTÁRIO SP
FEIJOADA COMPLETA ANGELO DEFANTI FICÇÃO RJ
RATTUS RATTUS ZÉ BRANDÃO ANIMAÇÃO RJ
EU NUNCA DEVERIA TER VOLTADO EDUARDO MOROTÓ, MARCELO MARTINS SANTIAGO E RENAN BRANDÃO EXPERIMENTAL RJ
DULIA MARIANA MUSSE E TOMYO COSTA ITO DOCUMENTÁRIO MG
VESTIDO DE LAERTE CLAUDIA PRISCILLA E PEDRO MARQUES FICÇÃO SP
FUNERAL À CIGANA FERNANDO HONESKO FICÇÃO SP
BARBEIROS LUIZ FERRAZ E GUILHERME AGUILAR DOCUMENTÁRIO SP
NOITE PERDIDA FILIPPO CAPUZZI LAPIETRA FICÇÃO SP
A DESCOBERTA RNESTO MOLINERO FICÇÃO BA
KOPECK JAIME LEMER FICÇÃO RS
UM DIÁLOGO DE BALLET FILIPE MATZEMBACHER E MARCIO REOLON DOCUMENTÁRIO RS
O CÉU NO ANDAR DE BAIXO LEONARDO CATA PRETA ANIMAÇÃO MG
MÁSCARA NEGRA RENE BRASIL FICÇÃO SP
SUEÑOS EM LA FRONTERA EDINÉS SILVA DE ARAUJO (BRASIL) MAYRA CÁDIZ ARGANDOÑA (BOLIVIA)

RENATO CASTRO DE ALNUIDO (BRASIL) PATRICIA PERALES YABAR (PERÚ)

DOCUMENTÁRIO PERU
O CASAMENTO DE MARIO E FIA PAULO HALM FICÇÃO RJ
COWBOY TARCISIO LARA PUIATI DOCUMENTÁRIO RJ
O PAU DA BANDEIRA FILIPI WECESLAU E AUGUSTO PESSOA DOCUMENTÁRIO PB
MBYÁ REKO PYGUÁ, A LUZ DAS PALAVRAS. KATIA KLOCK E CINTHIA CREATINI DA ROCHA DOCUMENTÁRIO SC
ANGELI 24HS BETH FORMAGGINI DOCUMENTÁRIO RJ

 

CATEGORIA – VIDEO REPORTAGEM AMBIENTAL

 

FILME/VÍDEO DIREÇAO ESTADO/PAÍS
NO RUMO DO UÇÁ. WLADYMIR LIMA AL
MEDIÇÃO EXATA DO PICO DA NEBLINA. ORLANDO JUNIOR AM
O NOVO GARIMPO JOEL TEIXEIRA MT
TARTARUGAS DA AMAZÔNIA. PAULO PAIXÃO AM
OURO PARAIBANO. WENDELL RODRIGUES PB
BOMBA-RELÓGIO. LUDMILA CURI E NATANAEL DAMASCENO RJ
FAÇO DIFERENTE: UM INVENTOR DE MÃO CHEIA WENDELL RODRIGUES PB
SÉRIE ÁGUA CARLOS ALBERTO MARTINS DA ROCHA PR
A MAIOR PRAIA DO MUNDO “ORIGEM, PIRATARIAS E NAUFRÁGIOS PENA CABREIRA RS
FIM DO MUNDO – O POVO DO SILÊNCIO PAULO NASCIMENTO, VOLTAIRE DANCKWARDT / LEONARDO MACHADO RS
GUARDIÕES DA AMAZÔNIA JEAN CARLA COSTA RO

www.cineamazonia.com

FestCine Amazônia: ainda dá tempo !

 Continuam abertas até dia 31 as inscrições à 10ª edição do FESTCINEAMAZÔNIA Festival Latino Americano de Cinema, a ser realizado na cidade de Porto Velho, de 6 a 10 de novembro.

Podem ser inscritas produções de qualquer país, desde que legendadas em português. O Festival aceita todos os gêneros de produção: ficção, animação, experimental, documental e reportagem ambiental (TVs) com até 26 minutos.

O FESTCINEAMAZÔNIA é o maior festival de audiovisual da região norte do país, reconhecido no Brasil e outros países. Coordenado pelo cearense Jurandir Costa, residente há décadas em Rondônia, o festival apresenta, além da mostra competitiva, filmes convidados e homenageia artistas, produtores, diretores e personalidades atuantes na temática ambiental. Este ano, o projeto comemora a primeira década mantendo edições ininterruptas. Inscrições e Regulamento no site www.cineamazonia.com

Inscrições ao Fest Cine Amazônia, que celebra uma década

 

Siga-nos:

http://www.facebook.com/Festcineamazonia
http://www.twitter.com/cineamazonia

Curta Amazônia vai homenagear jornalista histórico


Meus amigos Golda Barros e Carlos Levy me contam sobre oportuna homenagem a figura lendária do jornalismo rondoniense.
 
O jornalista vai ser homenageado na terceira edição do festival CURTA AMAZÔNIA, dando nome a um dos prêmios…
 
Como jornalista, também me sinto homenageada e parabenizo ao querido casal pela iniciativa. E ano que vem, quero ver de perto este CURTA AMAZÔNIA.
 
Boa sorte, amigos, e sucesso ao Festival !
 
O JORNALISTA RONDONIENSE e o III CURTA AMAZÔNIA
Polêmico, temido por alguns, seriedade nas informações, esse é alguns dos adjetivos profissionais que o jornalista Nelson Townes tinha no trato com a notícia. Contribuiu com o audiovisual rondoniense nos filmes do diretor Beto Bertagna, na confecção de roteiros para documentários, fez também revisão roteirista do filme sobre o garimpo de diamantes, de Carlos Levy.

Nelson Townes fez escola, para muitos “foquinhas” no jornalismo rondoniense, orientando com informações, dicas e macetes aos diversos profissionais de jornalismo das redações por onde passou, além de ser amado por uns e odiado por outros, procurou sempre mostrar a verdade para a opinião pública em seus artigos, publicando matérias polêmicas e instrutivas, que lhe renderia prêmios no jornalismo regional. Na década de 80, foi o representante do jornal impresso Folha de São Paulo, em Rondônia. Com todos esses gabaritos profissionais, a organização do Festival promove esse reconhecimento ao profissional que atuou e contribuiu no audiovisual rondoniense, nada mais justo nessa homenagem colocar o nome do jornalista como a Melhor Produção Rondoniense – “Prêmio Nelson Townes”, destacando-se na categoria de curta-metragem.

Para Carlos Levy, o objetivo dessa homenagem, além é claro de prestigiar o nosso saudoso jornalista Nelson Townes, é incentivar os produtores e realizadores sobre a importância de realizar bons roteiros e consequentemente bons filmes, com conteúdos que possam representar nossa região no país e exterior, mostrando que o rondoniense tem talento e prezam pela qualidade nas produções audiovisuais. A homenagem acontece na noite do dia 29 de junho durante o 3 Festival de Cinema Curta Amazônia na Praça Madeira Mamoré em Porto Velho.


No ano em que se comemora o Centenário de construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, temos os seguintes apoios e parcerias: Eletrosul do Sistema Eletrobrás do Governo Federal, Sesc Rondônia do Sistema Fecomércio, Secel do Governo da Cooperação, Iphan Rondônia, Fórum dos Festivais, ABD Rondônia, Emater/RO, Fundação Iaripuna, Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, Aqui Publicidade, Imprensa Rondoniense.

Resultados do CURTAMAZÔNIA

 

Porto Velho respirou Cinema de 25 a 29 de maio com a exibição gratuita de filmes de 19 estados participando e prestigiando com 174 trabalhos inscritos.

Esses dados contabilizam resultado positivo para Rondônia, mostrando o quanto hoje o estado vive outro momento, o ciclo da esperança e dos sonhos.

Pensando nesse sentido, é que estamos buscando investimentos fora do Estado, para podermos propiciar e realizar atividades culturais, através do Cinema, e estamos contribuindo para a difusão do Cinema Nacional, propiciando também maior visibilidade aos realizadores alternativos e independentes de cinema e vídeo. Podemos afirmar também que o mais novo empreendimento cultural de Rondônia começa com força total, contribuindo e fazendo parte da história de Rondônia e do Brasil, diz Carlos Levy, coordenador e idealizador do CurtAmazônia.

 PREMIAÇÕES ESPECIAIS: 

1) O  PRÊMIO  SINJOR/RO – JÚRI DA CRÍTICA VAI PARA: “AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS”, direção Camilo Cavalcante, de Pernambuco 

2) O  PRÊMIO “AMAZONSAT “-  JÚRI POPULAR VAI PARA: “DOIDO LELÊ”, direção de CECI ALVES, DA BAHIA.

3) O PRÊMIO ABD RONDÔNIA DO  JÚRI TÉCNICO: MELHOR TRILHA MUSICAL VAI PARA: “VESTÍGIOS DO TEMPO”, DO DIRETOR DO FILME RONALDO ADRIANO, E O PRODUTOR DA TRILHA MUSICAL DE EDUARDO OLIVEIRA (KADU) MATO GROSSO.

4) O PRÊMIO ABD NACIONAL DO  JÚRI TÉCNICO: MELHOR MONTAGEM VAI PARA: O FILME “PORNOGRAPHICO”, DOS DIRETORES HAROLDO BORGES E PAULA GOMES,  CUJO MONTADOR DO FILME  É HAROLDO BORGES DA BAHIA.

5) O PRÊMIO “TV RONDÔNIA” DO JÚRI TÉCNICO: MELHOR DIREÇÃO DE ARTE VAI PARA:  O FILME DOSSIÊ RÊ BORDOSA, DO DIRETOR DE ARTES DANIEL BRUSON, DE SÃO PAULO.

 

6) O PRÊMIO FECOMÉRCIO – “MELHOR PRODUÇÃO AMAZÔNICA” VAI PARA: “AOS TRANCOS E BARRANCOS”, DE NEY RICARDO DO ACRE E  “E O QUE NOIS RAMÚ CÚME?, DE DANIEL LUIZ BATISTA, DO AMAZONAS.

 

7) O PRÊMIO GOVERNO DE RONDÔNIA – “PRÊMIO INCENTIVO” VAI PARA: “UM OLHAR SOBRE O PROGRESSO”, DIREÇÃO DE MARIVALDO LAGO, NOVA MAMORÉ/RO.

PREMIAÇÃO DA MOSTRA COMPETITIVA:

A) MELHOR DOCUMENTÁRIO: “NÚMERO ZERO”, DIREÇÃO CLÁUDIA NUNES, DO ESTADO DE GOIÁS.

B) MELHOR ANIMAÇÃO: “DOSSIÊ RÊ BORDOSA”, DIREÇÃO CÉSAR CABRAL, DO ESTADO DE SÃO PAULO.

C) MELHOR FILME AMBIENTAL: “OLHAR DE JOÃO”, DIREÇÃO MARILEY CARNEIRO, DO ESTADO DE GOIÁS

 

D) MELHOR FICÇÃO: “BREVE PASSEIO”, DIREÇÃO RAFAEL JARDIM, DO ESTADO DA BAHIA.

E) MELHOR EXPERIMENTAL : “1:21”, DIREÇÃO ADRIANA CÂMARA, DO ESTADO DE PERNAMBUCO

F) MELHOR FILME INSTITUCIONAL: “DIAS DE CAIÇARA”, DIREÇÃO LUIZ SCARABEL JUNIOR, DO ESTADO DE SÃO PAULO.

G) PARA MELHOR DIREÇÃO: CÂNDIDO ALBERTO DA FONSECA, DE MATO GROSSO SUL, COM O FILME:  “BETO LIMA – O INTÉRPRETE DAS FLORES”.

H) PARA MELHOR ATOR O VENCEDOR é FERNANDO NEVES, da Bahia, pelo filme PORNOGRAPHICOS, DIREÇÃO HAROLDO BORGES E PAULA GOMES.

I) PARA MELHOR ATRIZ – A VENCEDORA É: PAULA BRAUN, DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, COM O FILME: “MARIDOS, AMANTES E PISANTES”, Direção Ângelo Defanti.

J) MELHOR ROTEIRO: “NINHO DOS PEQUENOS”, DIREÇÃO ULISSES COSTA, DO RIO GRANDE DO SUL. 

K) PARA MELHOR FOTOGRAFIA – VENCEDOR É O FILME: AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS, de CAMILO CAVALCANTE (PE) – DIRETOR de FOTOGRAFIA: BETO MARTINS.

L) O PRÊMIO SGC-REDE TV RONDÔNIA E DIÁRIO DA AMAZÔNIA – PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI: “GALO PRETO. O MENESTREL DO COCO”. DIREÇÃO WILSON FREIRE, DE PERNAMBUCO. 

M) E A MENÇÃO HONROSA “ELETROSUL” VAI PARA: “OS ANJOS DO MEIO DA PRAÇA”,  DE ALÊ CAMARGO E CAMILA CARROSSINE, DE SÃO PAULO. 

N) O GRANDE VENCEDOR DO 1º FESTIVAL DE CINEMA CURTAMAZÔNIA ESCOLHIDO POR UM JÚRI EQUILIBRADISSIMO, MELHOR FILME PRÊMIO BNDES: “AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS”, DO DIRETOR CAMILO CAVALCANTE, DO ESTADO DE PERNAMBUCO, LEVA O TROFÉU TRÊS CAIXAS D´ÁGUA, SIMBOLO DE PORTO VELHO, QUE REPRESENTA O 1º FESTIVAL DE CINEMA CURTAMAZÔNIA. 

Recadinho de Carlos Levy:

O Festival CurtAmazônia é feito por pessoas que acreditam na força do Cinema, entidades privadas e públicas, empresas e empresários, imprensa regional e nacional que apostam na diversidade cultural do país, e sem eles não seria possível transformar este sonho em realidade. Estes são os nossos patrocinadores, apoiadores e realizadores oficiais. Se você não estiver aqui, esperamos no próximo ano venha prestigiar e participar diretamente deste novo empreendimento cultural em Rondônia. 

O BNDES APRESENTOU O FESTIVAL DE CINEMA CURTAMAZÔNIA 

Patrocinadores  Culturais: 

– Eletrobrás – Eletrosul / Governo Federal 

– Fundo Nacional de Cultura/Secretaria do Audiovisual/Ministério da Cultura 

Apoiadores Culturais: 

– CTAV/Sav/Ministério da Cultura /Governo Federal

 – Secel /Governo de Rondônia 

– Fecomércio/RO – SESC, SENAC 

– Maporé 

– SISTEMA GURGAZC: REDE TV RONDÔNIA E DIÁRIO DA AMAZÔNIA 

– TV RONDÔNIA E O AMAZONSAT DA REDE AMAZÔNICA DE TELEVISÃO – ANTÔNIO CAMPANARI, NONATO NEVES, PABLO MEDINA E EQUIPE. 

– TV ALLAMANDA, SBT. 

– FOLHA DE RONDÔNIA 

– O ESTADÃO DO NORTE

 Apoios Institucionais:

 – ABD/RO – Luiz Brito/Presidente 

– ABD Nacional – Solange Lima/Presidente 

– Iphan/RO/Governo Federal 

– Senadora Fátima Cleide 

– Vereador Jaime Gazola 

– AQUI  Publicidade 

– Sinjor/RO 

– Site O Observador 

– Jornal Eletrônico Rondoniaovivo/Paulo Andreoli e Marcos Souza e Equipe. 

Aurora de Cinema.Wordpress.com 

Páginas do Cinema da Globo Filmes 

Apoio da Mídia:

 COLUNA DO ZECATRACA, GENTE DE OPINIÃO, COLUNA ALAN ALEX, BLOG DO SERGIO RAMOS, BLOG 24 QUADROS, PROGRAMA CLOSE, PROGRAMA VIVA PORTO VELHO, JORNAL ONORTÃO, NORTFEST, PORTALRONDÔNIA, TUDORONDÔNIA, RONDONOTICIAS, ÚLTIMA HORA, E A IMPRENSA RONDONIENSE E NACIONAL.

 Realização: 

Associação CurtAmazônia 

FONTE: ASSESSORIA