Arquivo da tag: CineOP

Luiz Carlos Lacerda estreia novo filme, celebrando centenário de Lúcio Cardoso

Filme inacabado do escritor, com imagens inéditas, é retomado por luiz carlos lacerda e será lançado em ouro preto…

Luiz Carlos Lacerda, que está em todas e não pára de fazer cinema, ultima os preparativos para o lançamento de seu mais recente longa – A Mulher de Longe.

Trata-se de um documentário de longa-metragem sobre filme que o escritor Lúcio Cardoso começou a dirigir em 1949, mas ficou inacabado. As imagens são inéditas. Bigode conta:

“Depois de 60 anos desaparecido, consegui localizar e recuperar 13 minutos do copião editado.Também achei o Diário da Filmagem e partes do roteiro no Museu da Literatura da Casa de Rui Barbosa.O filme vai estrear na Mostra de Ouro Preto. O filme estréia dia 23 na Mostra de Cinema de Ouro Preto, em homenagem ao Centenário do escritor – estou num pique louco !”

Ângelo Antônio: narração no novo filme de Luiz Carlos Lacerda

E prossegue: “Estou emocionado com a narração que o grande ator ÂNGELO ANTÔNIO gravou para meu filme A MULHER DE LONGE ! Uma coincidência : ele é de Curvelo (Minas), cidade onde Lúcio Cardoso nasceu !”

E tem mais: “Terminei também uma série de 13 pgms pro Canal Brasil, minha e do Alisson Prodlik, sobre cidades brasileiras.Começa a ser exibida em julho. São filmes de 5 a 7 minutos…um olhar cinematografico sobre as cidades. Filmamos em Minas, no Sul….”

Com Ney Latorraca e esta Aurora de Cinema, Luiz Carlos Lacerda no Festival de Cinema de Santos…

E como trabalhar é o mote de Bigode, ainda tem mais:

 “Também escrevi um roteiro de longa ficção a partir de um argumento inédito que o Lúcio Cardoso deixou pra mim, Introdução à Música do Sangue

Preciosidade: em foto de Ruy Santos, Lúcio Cardoso e a atriz Maria Fernanda nas filmagens em Itaipú/Niterói.

Cinema e TV Mobilizam Ouro Preto

Na programação da Mostra de Cinema de Ouro Preto hoje, lançamento do livro

A CINEMATECA BRASILEIRA – DAS LUZES AOS ANOS DE CHUMBO

Editora UNESP
Autor: Fausto Douglas Correa Jr.

Já às 19h no cine Vila Rica, exibição do clássico Alô, Alô Carnaval, de Adhemar Gonzaga, onde se destacam as irmãs Carmen e Aurora Miranda

O Filme – Ficção, Preto & Branco, 35mm, 75min, 1936, RJ
 

Mostra de Cinema de Ouro Preto também tem seminários: um para discutir o acesso a informações públicas e Direito Autoral, e outro sobre 

A MEMÓRIA DA TELEVISÃO BRASILEIRA EM SEUS 60 ANOS

Ações, projetos e relatos de experiências sobre a preservação e acesso da memória da televisão brasileira, da era da TV ao vivo à chegada da TV Digital.

Convidados:
 

  • Ridley Silva – Supervisor Tráfego e Arquivo de Imagens – Rede Record
  • Ana Paula Goulart – Coordenadora do Projeto Memória do Jornalismo Brasileiro da UFRJ e Memória Globo – RJ
  • Alexandra Oliveira – Líder do Núcleo de Documentação e pesquisa TV Brasil – RJ
  • Kalled Adib – Superintendente de Operações da Rede TV!  – SP
  • Sabina Anzuategui – Professora, roterista e escritora – SP
  • Teder Muniz Morás – coordenador do Centro de Documentação e Pesquisa da Fundação Padre Anchieta – TV Cultura – SP

Mediador: João de Lima – Professor UFPB

Saiba mais: http://www.cineop.com.br

Mostra de Ouro Preto Recebe Inscrições

Seminário - Inscrições Abertas

INSCRIÇÕES para OURO PRETO de CINEMA

5a. CINEOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto
Inscreva seu filme de 15 de março a 16 de abril
Informações: (31) 3282-2366