Arquivo da tag: curta

Curta o Gênero: ainda dá tempo inscrever !

Faltando menos de duas semanas para o fim do prazo de inscrições de vídeos, a equipe do Curta O Gênero 2013 já recebeu mais de 70 produções de todo o Brasil. Apresentando os mais diversos olhares acerca das relações de gênero, as produções serão avaliadas pela Curadoria, composta por Karla Bessa (Núcleo de Estudos de Gênero- PAGU/UNICAMP), Marcos Rocha (Fábrica de Imagens) e Paula Alves (Instituto de Cultura e Cidadania Femina).

A Mostra Nacional Audiovisual acontecerá durante todas as noites do festival, de 19h30 às 21h00 (exceto na abertura, quando começará as 20h) na Casa Amarela Eusélio de Oliveira, no bairro Benfica.

As inscrições vão até 5 de fevereiro contemplando três modalidades de produção audivisual: documentário, ficção e/ou animação. A divulgação do resultado com os selecionados sai dia 10 de fevereiro, disponível na mídia e no site oficial do evento. A expectativa é de que esta edição supere o número de produções do ano anterior.

Serviço:

Mostra Audiovisual Curta O Gênero 2013

De 5 a 9 de março   curtaogenero.org.br

 

Inscrições ao Festival de Guadalajara

Abertas inscrições ao 28º Festival Internacional de Cinema de Guadalajara, que vai acontece entre 3 e 9 de março de 2013, na cidade mexicana.

O Festival de Guadalajara conta com três mostras competitivas voltadas para produções de qualquer país da América do Sul: uma para longas-metragens, uma para curtas e outra para documentários. Para participar, os filmes devem ser recentes (finalizados em 2012) e inéditos no México.

As inscrições vão até 9 de novembro (http://www.ficg.mx/28b/index.php/es/convocatorias).

Os vencedores das mostras competitivas do Festival de Guadalajara, escolhidos pelo júri especializado, receberão prêmios em dinheiro. Para a categoria Longa-metragem, o prêmio máximo é de 250 mil pesos mexicanos (aproximadamente R$ 38 mil). O melhor documentário receberá 150 mil pesos (R$ 22 mil), enquanto o curta-metragem com maior destaque receberá 75 mil pesos (R$ 11 mil). Os jurados poderão ainda outorgar prêmios especiais para menções honrosas, e o vencedor de cada categoria receberá um troféu Mayahuel, inspirado numa erva nativa da região.

Mais dos bastidores do Araxá Cine Festival…

Aurora de Cinema direto do Araxá Cine Festival

A paisagem repleta de Ipês, cenário inspirador de Araxá

Débora Torres, Jui Huang e Aurora Miranda Leão na noite de abertura…

Aurora Miranda Leão entre Alexandre Lopes e Jui Huang, dois novos e adoráveis amigos…

Débora Torres, a idealizadora do Araxá Cine Festival, cineasta Helvécio Ratton e ator Odair Fialho…

Curtindo a natureza e em busca de cenários para o novo curta Aurora de Cinema…

Em visita ao galpão de tecelagem da Fundação Calmon Barreto: Alice Gonzaga, Célia Pio, Aurora Miranda Leão, Débora Arantes e Laura Pires (foto Ed Cajazeiras)…

Aurora Miranda Leão, Alice Gonzaga e o fotógrafo Alex Silva em frente à antiga estação de trem, hoje Fundação Calmon Barreto…

Delícias de Araxá colocam mulheres num de seus hobbies preferidos: comprar…

Antônio Leão e Aurora Miranda Leão: parentes na mesma emoção pelo Cinema !

Flávio e Karla Guarnieri: belo casal encantou a todos no Araxá Cine Festival

Aurora Miranda Leão, Leonardo Cata Preta e Jui Huang na plateia do Teatro Municipal de Araxá…

Na noite de lançamento do pré-trailler de ‘Vazio Coração’: Débora Torres, Patrícia Naves, Sr. Timótheo e cineasta Alberto Araújo…

Alex Moletta e Aurora Miranda Leão: reencontro de amigos no Araxá Cine

* Fotos Alex Silva e Ed Cajazeiras…

Até quando a realidade é uma mentira ?

A Forma Filmes comunica:

Os jovens diretores Rodrigo Oliveira e Marcelo Luiz de Freitas participarão do 6ºCurta Cabo Frio – Festival de Audiovisual da Costa do Sol (RJ) com o documentário Até quando a realidade é uma verdadeira mentira ?

O festival acontecerá de 1 a 9 de setembro e esta será a primeira exibição do curta em festivais. O documentário incita a discussão sobre o poder que a propaganda, no caso de cerveja, exerce sobre as pessoas.

Até quando a realidade é uma verdadeira mentira ? concorrerá na mostra competitiva de curtas digitais.

Trailer oficial e outros trabalhos de Marcelo Luiz de Freitas e Rodrigo Oliveira, acesse http://formafilmes.wordpress.com http://marceloluizdefreitas.wordpress.com

Mas a FORMA FILMES estará em Cabo Frio com outros 2 trabalhos: Dadashow volume 2, e Doméstico 365 de Marcelo Luiz de Freitas.

Doméstico 365 concorrerá na mostra competitiva de curtas realizados com câmera fotográfica/celular.

Dadashow volume 2 concorre junto ao Doc Até quando a realidade é uma verdadeira mentira ? na mostra competitiva de curtas digitais.

No Passo do Birim evidencia cultura popular nordestina

Novo Documentário Aurora de Cinema mostra grupo de coco do interior do Ceará em projeto aprovado no edital BNB – BNDES…

No Passo do Birim é o novo curta-metragem da jornalista, atriz e produtora audiovisual, Aurora Miranda Leão – fruto de projeto aprovado no edital Cultura da Gente (parceria BNB-BNDES).

O curta-metragem tem formato digital, com 15m, e marca os 30 anos de atuação ininterrupta do Coco das Mulheres da Batateiras, grupo de cultura popular formado por mulheres, e atuante no interior do Estado do Ceará.

NO PASSO DO BIRIM está sendo lançado em instigante volume, reunindo um CD e um DVD, a partir de trabalho conjunto do selo Equatorial Produções e da produtora Aurora de Cinema (com finalização da Cabeça de Cuia Filmes) – com produção do músico e pesquisador cearense Calé Alencar e Aurora Miranda Leão, no qual é evidenciada a cultura popular nordestina através do grupo Coco das Mulheres da Batateiras.

Brincantes do folguedo no município do Crato (CE), as mulheres que integram o Coco das Mulheres da Batateiras estão no CD-DVD NO PASSO DO BIRIM em voz, ritmo e imagens.

A caixa conjunta reúne um CD com canções gravadas pelo Coco das Mulheres da Batateiras, e um DVD, contendo 5 trabalhos audiovisuais realizados por Aurora Miranda Leão, a saber, os curtas SantAlegria, A Casca Avoa e o Miolo Fica, Resta Um, No Passo do Birim e o videoclip Batuques & Bantos (sobre música homônima do compositor cearense Calé Alencar).

Por enquanto, ainda não há lançamento oficial agendado mas o Aurora de Cinema está organizando uma ida ao Crato para exibir o documentário para suas protagonistas, além de estar recebendo convites para lançar o trabalho em alguns festivais de cinema…

Inscrições para a Mostra Curta Sertão

Abertas inscrições à 3ª Mostra Nacional Curta Sertão. Podem ser inscritos filmes e vídeos de curta-metragem com até 25 minutos de duração, produzidos em qualquer formato e realizados no Brasil, finalizados a partir de janeiro de 2010, que não tenham participado das edições anteriores da Mostra.

A Mostra Nacional Curta Sertão será realizada em setembro, nas cidades de Floresta, Tacaratu e Belém de São Francisco, no estado de Pernambuco.

A inscrição é gratuita e deverá ser feita até 1 de agosto. O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis no site do Ponto de Cultura Sertão Itaparica Mundo: http://sertaoitaparicamundo.blogspot.com.

Curta Cinema abre inscrições

As inscrições para o processo de seleção do Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema 2012 já estão abertas. A cada ano, o festival recebe cerca de 3.000 inscrições, que são submetidas à avaliação de um comitê de seleção, para compor uma média de 300 filmes que integram a programação oficial.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.shortfilmdepot.com. O prazo para as inscrições internacionais é dia 29 de junho, e para as nacionais, 27 de julho. Este ano, as cópias para visionamento tanto poderão ser enviadas pelos correios quanto por link eletrônico. O regulamento se encontra nos sites www.curtacinema.com.br ou www.shortfilmdepot.com . Dúvidas e esclarecimentos pelos telefones: (55 21) 2553-8918 e (55 21) 2554-9059 ou pelo e-mail programa@curtacinema.com.br.

Endereço para envio de material:

Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema 2012
Associação Franco Cultural
Avenida Beira Mar, 262, sala 403 – Centro
Rio de Janeiro – RJ – 20021-060

Abertas inscrições ao Festival de Brasília

 Setembro é o mês do 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Segundo o Secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, o festival manterá as mudanças realizadas em 2011, como o fim do critério do ineditismo, a incorporação do formato digital na mostra competitiva, a descentralização das exibições e a elevação do valor do prêmio. E serão feitas mais alterações: criação de uma mostra competitiva específica para o gênero do documentário – em longa e curta-metragem –, inclusão da cidade do Gama no projeto Festival nas Satélites, transferência das exibições para as salas Villa-Lobos e Martins Penna do Teatro Nacional, e mudança no perfil da Mostra Brasília, que agora ficará sob a responsabilidade da Câmara Legislativa.

Já o coordenador do 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Sérgio Fidalgo, destaca que, com a inclusão da categoria de documentário, espera-se um volume maior de inscrições, portanto, as comissões de seleção trabalharão dez dias e não cinco, como em 2011. Serão cinco integrantes na comissão de curtas e longas de documentário, e cinco para curtas e longas de ficção.

Sérgio Fidalgo e Cibele Amaral, assessora de cinema da Secretaria de Cultura do GDF, também avisaram que pretendem marcar a 45ª como uma edição festiva. Para tanto, já anunciam o lançamento do catálogo Brasília 5.2 – Cinema e Memória, que vem sendo escrito pela pesquisadora Berê Bahia e inclui 12 mostras que irão circular pelo DF, de junho a setembro. E a realização de uma oficina de roteiro para séries televisivas contando com a presença dos escritores Marçal Aquino e Adriana Falcão.

PROGRAMAÇÃO GERAL

Mostras competitivas de filmes de longa-metragem de ficção e de documentário, filmes de curta-metragem de ficção, de documentário e de animação, além de mostras paralelas, tais como Mostra Brasília, Mostra Panorama Brasil, Festivalzinho e, ainda encontros, debates, seminários, oficinas, Cinema Voador, Festival nas cidades do Distrito Federal, lançamentos de catálogos, livros e DVDs e solenidades de abertura e de premiação.

Debate sobre séries de TV, com Marçal Aquino (Força Tarefa); Adriana Falcão (Louco por elas) e Túlio Gonçalo – crítico, roteirista, cineasta e professor no IESB (Mediador).

Debate com as equipes dos filmes concorrentes.

Seminário sobre a Crítica Cinematográfica.

Oficina de Interpretação para Câmera – com o ator libanês Mounir Maasri – para atores profissionais

Oficina Interpretação para iniciantes  – com Mallu Moraes

PRÊMIOS

Troféu Candango e prêmios em dinheiro: R$ 635.000,00

Filme de longa-metragem de ficção:

Melhor filme – R$ 250.000,00
Melhor direção – R$ 20.000,00
Melhor ator – R$ 5.000,00
Melhor atriz – R$ 5.000,00
Melhor ator coadjuvante – R$ 3.000,00
Melhor atriz coadjuvante – R$ 3.000,00
Melhor roteiro – R$ 5.000,00
Melhor fotografia – R$ 5.000,00
Melhor direção de arte – R$ 5.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 5.000,00
Melhor som – R$ 5.000,00
Melhor montagem – R$ 5.000,00

Filme de longa-metragem documentário:

Melhor filme de longa-metragem de documentário – R$100.000,00
Melhor direção – R$ 20.000,00
Melhor fotografia – R$ 5.000,00
Melhor direção de arte – R$ 5.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 5.000,00
Melhor som – R$ 5.000,00
Melhor montagem – R$ 5.000,00

Filme de curta-metragem de ficção:

Melhor filme – R$ 20.000,00
Melhor direção – R$ 5.000,00
Melhor ator – R$ 3.000,00
Melhor atriz – R$ 3.000,00
Melhor roteiro – R$ 3.000,00
Melhor fotografia – R$ 3.000,00
Melhor direção de arte – R$ 3.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 3.000,00
Melhor som – R$ 3.000,00
Melhor montagem – R$ 3.000,00

Filme de curta-metragem de documentário:

Melhor documentário de curta-metragem – R$ 20.000,00
Melhor direção – R$ 5.000,00
Melhor fotografia – R$ 3.000,00
Melhor direção de arte – R$ 3.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 3.000,00
Melhor som – R$ 3.000,00
Melhor montagem – R$ 3.000,00

Filme de curta metragem de Animação:

Melhor filme de curta-metragem de animação – R$ 20.000,00

Prêmio do Júri Popular: total R$ 65.000,00

Melhor filme de longa-metragem de ficção – R$ 20.000,00
Melhor filme de longa-metragem documentário – R$ 15.000,00
Melhor filme de curta-metragem de ficção – R$ 10.000,00
Melhor filme de curta-metragem de documentário – R$ 10.000,00
Melhor filme de curta-metragem de Animação – R$ 10.000,00

O Festival de Brasília acontecerá de 17 a 24 de setembro, e as inscrições podem ser feitas até 30 de junho. www.festbrasilia.com.br

Curta Santos prepara programação e recebe inscrições

O Curta Santos – Festival de Cinema de Santos completa uma década de existência dedicada às produções audiovisuais brasileiras, em especial àquelas produzidas no litoral de São Paulo. Este ano, o tema do evento, um dos mais importantes do país, é Futebol Arte: Centenário do Santos Futebol Clube. As inscrições para as oito mostras competitivas podem ser feitas pelo www.curtasantos.com.br.

Algumas novidades marcam a próxima edição: duas estão relacionadas diretamente ao nome. O Festival Santista de Curtas-Metragens passa a se chamar Festival de Cinema de Santos. Isto em razão das mostras especiais de longas-metragens que devem trazer à região produções inéditas de diretores e produtores consagrados nacionalmente. A terceira é para agradar aos realizadores de curtas: as tradicionais quatro mostras competitivas tornaram-se, ao todo, oito.

As mostras de filmes voltadas à competição dobraram este ano. De quatro, agora serão 8: Olhar Caiçara, Videoclipe Caiçara, Novos Olhares, Mostra Curta Santos F.C. e Mostra Minuto são as nacionais. As mostras direcionadas aos realizadores do Litoral de São Paulo são a Olhar Caiçara, Videoclipe Caiçara e Curta Escola.

A Mostra Olhar Brasilis e Mostra Videoclipe Brasilis são nacionais e de livre temática. A Mostra Curta Santos F.C. e Mostra Minuto, são, por sua vez, comemorativas e voltadas ao Santos Futebol Clube: a primeira para produções com duração de até 10 minutos e a segunda é para o torcedor fanático que quer expressar a paixão pelo time em até 60 segundos (um minuto).

Já a Mostra Novos Olhares, ainda nacional, aceita somente produções realizadas por meio de captação digital (câmeras amadoras, celulares, tablets e semelhantes – em alta ou baixa resolução), com duração máxima de 5 minutos.

As regionais são a Mostra Olhar Caiçara e Mostra Videoclipe Caiçara. Elas são voltadas a realizadores de todo o litoral de São Paulo. E com o intuito de encontrar novos e promissores talentos no audiovisual, chega a nova Mostra Curta Escola, destinada a produções de até 10 minutos, realizadas por alunos do Ensino Fundamental de Escolas da região. Para todos, nesta categoria, a temática é livre.

O 10º Curta Santos – Festival de Cinema de Santos será realizado no mês de setembro e contará com cinco dias de programação totalmente gratuita.