Arquivo da tag: e do médico português Victor Serra

Reta final de inscrições ao FESTin LISBOA

Inscrições para a Festa do Cinema Português prosseguem até dia 31

FESTin2013

Decorrem até 31 de dezembro as inscrições de filmes oriundos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste para a 4ª edição do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, nas categorias de curtas e longas-metragens.

Os filmes concorrentes deverão ser exclusivamente de expressão portuguesa e ter sido finalizados entre janeiro de 2011 e dezembro de 2012, com duração mínima de setenta (70) minutos, no caso dos longas-metragens, e duração máxima de 25 minutos para os curtas-metragens.

A 4ª edição do FESTin aconteverá de 3 a 10 de abril de 2013, no Cinema São Jorge, em Lisboa. Nesta próxima edição, o FESTin dará destaque ao cinema angolano, depois de ter homenageado Moçambique (2010), Portugal (2011) e  Brasil (2012).

Para além das duas sessões de competição (longas e curtas-metragens), o festival volta a integrar a Mostra de Cinema Brasileiro, e a Mostra de Inclusão Social, além de homenagens, retrospectivas, oficinas e mesas redondas.

Procurando alcançar um público cada vez mais alargado, o FESTin já realizou itinerâncias em Coimbra, Aveiro e Seia – em parceria com o festival Eco-Seia. Pelo segundo ano consecutivo, entre os passados dias 20 e 25 de novembro, o FESTin apresentou uma mostra de cinema lusófono no Festival Internacional de Cinema da Fronteira, na cidade de Bagé (RS), tendo contado este ano com a chancela oficial do Ano de Portugal no Brasil.

O FESTin é produzido pela Padrão Actual, em coprodução com a Fundação Luso-brasileira, a EGEAC e o Cinema São Jorge. Surgiu em 2010, por iniciativa das jornalistas brasileiras Léa Teixeira e Adriana Niemeyer, e do médico português Victor Serra, com o intuito de celebrar a cultura lusófona através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social, proporcionando o acesso do público a filmes que dificilmente chegam aos circuitos comerciais.