Arquivo da tag: elenco de apoio da novela JÓIA RARA merece destaque do blog Aurora de Cinema

JÓIA RARA e seu formidável elenco de apoio

Em trama onde se destacam a impressionante atuação de Carmo Dalla Vecchia, Bruno Gagliasso, Bianca Bin, MEL MAIA, Caio Blat, Ana Lúcia Torre, José de Abreu e Nathália Dill, um elenco soberbo cuida de tornar toda a novela um primor de criação teledramatúgica !

Já comentamos aqui – pois a análise televisiva também é assunto nosso – em outros posts sobre a excelência magistral da novela JÓIA RARA, primor de criação da dupla Duca Rachid e Thelma Guedes.

E ainda pretendemos voltar a falar sobre seu elenco principal. Mas como atores são o grande carro-chefe de qualquer obra de ficção dramatúrgica, queremos hoje ressaltar o admirável trabalho de tantos atores maravilhoso, que muitas vezes passam despercebidos pelo grande público ou pelo telespectador menos atento. Esses atores também são parte fundamental e pedra lapidar de uma telenovela. Sem o elenco de apoio, não haveria espaço para as tramas paralelas e seria muito difícil para os autores darem conta de ter novas e constantes emoções para os protagonistas, além do que essa ‘falta de respiro’ do núcleo principal também deixaria puxado demais para o acompanhamento do público o desenrolar de toda a trama.

Então, vamos a uma breve panorâmica sobre este elenco de apoio, tão importante e com tanto peso para o bom andamento de JÓIA RARA:

Cláudia Ohana faz um papel marcante e compõe com boas expressões e delicadezas emocionais a sofrida Laura; Marcelo Médici cativa com sua interpretação leve e competente para o ciumento e encrenqueiro Joel; Cacau Protásio, a ótima revelação de Avenida Brasil, é uma Lindinha graciosa e ‘opiniosa’ com invejável desenvoltura; o Arlindinho de Pedro Neschling é uma fofura só: ingênuo, apaixonado, sincero, boa praça, o filho do dono do Cabaré Pacheco Leão é um dos personagens mais simpáticos da trama, e o ator o faz com maestria (lembrando ser ele herdeiro de uma de nossas grandes atrizes, Lucélia Santos); Jorge Maya é Cícero e tem atuação que se destaca pela entonação certa na hora certa, os gestos apropriados, a expressão explodindo em mensagens. Ótimo vê-lo em cena num personagem cheio de sutilezas, as quais o ator transmite com competência e determinação; Leandro Lima, ator paraibano dono de beleza singular, manda bem como o apaixonado David; Glicério do Rosário faz Etelvino, uma graça como apaixonado e bem ‘pau mandado’ de Lindinha; Icaro Silva, egresso da Malhação, faz com elegância e a devida contenção o tímido Artur; Fabiúla Nascimento, Paula Burlamaqui, Tânia Khalill, Giovanna Ewbank, Aninha Lima, Guta Ruiz, e Simone Gutierrez compõem com graça, simpatia e muita leveza o corpo de baile do concorrido Cabaré Pacheco Leão; Renato Goés é Nuno e contribui positivamente com o tom certo para a construção das cenas; Luana Martau é Creotina, a espevitada sobrinha de Conceição (a dona da Pensão vivida com enorme competência por Claudia Missura), em busca de arrumar casamento com o cantor Odilon (Tiago Abravanel num papel feito pra ele como ‘mão na luva’). Reginaldo Faria, Norma Blum, Silvia Salgado, Adélio Lima, Michel Gomes, Marcelo Aquino, Adriano Bolshi, Fabio Yoshihara, Marcos Damigo, Karine Carvalho, Juliana Lohmann, e Márcio Ehrlich cumprem seus papéis com competência e acertos.

E temos ainda Ricardo Pereira e Letícia Spiller formando bela e harmoniosa dupla – sendo Letícia uma atriz que faz de qualquer personagem um Destaque de sua bela carreira; Rômulo Alexandre Rodrigues (ótimo como o humilde e serviçal Josué), Bia Guedes (perfeita como a empregada doméstica boa, que sempre promoveu alívios entre os filhos de Ernest, permitindo-os escapar do tacão severo do pai brutamontes), os garotos Adriano Alves, Max Lima e Xande Valois são lindos e começam bem; Márcio Rosário vive um presidiário com total domínio da tarefa que lhe foi confiada (dá até para esquecer que ele é um Ator): maravilha ! ; Maria Gal também do núcleo do cortiço, e o casal de negros que acolheu Silvia Zampari em casa depois do terrível acidente – Bibiana e Eufrásio – feitos maravilhosamente bem pelos atores Dja Martins e José Araújo, completam um elenco homogêneo que atua sem errar, e isso faz toda a diferença. Sem esquecer de ressaltar as marcantes e preciosas atuações de Nelson Xavier, Luís Gustavo e Prazeres Barbosa, nas cenas iniciais. Pois o telespectador é tal qual o espectador de teatro: pode não lembrar o nome de quem fez o personagem, mas grava bem o rosto do intérprete quando este destoa do conjunto interpretativo da obra.

DESTAQUES ESPECIAIS ficam com os prodígios de interpretação de Cristiane Amorim (que não lembramos de ter visto antes mas que vem dando show como a atrapalhada Zefinha, prima de Amélia): que delícia é ver o viço com que essa atriz atua ! Quantos matizes tem sua interpretação, mostrando mais uma vez que não existem papéis pequenos, existem intérpretes sem talento ou inapropriados para assumir determinados personagens. Cristiane é digna do Melhor dos Aplausos e suas aparições são sempre uma delícia de ver !

VICENTINI GOMEZ faz o Delegado Cavalcante, personagem por si só mergulhado na antipatia do público, visto que a representação de uma força ideológica mantenedora do status quo, e, portanto, de uma sociedade onde manda quem tem dinheiro e obedece quem não pode escapar das mãos tirânicas do grande mandatário, no caso da novela o senhor Ernest Hauser, personagem vivido com eloquência por José de Abreu, um ator magnânimo que mergulha com profundidade na psicologia dos personagens que faz, e os faz com maestria. Mas apesar de fazer um papel que já nasce antipatizado em qualquer obra dramatúrgica, Vicentini Gomez atua com tanta precisão e competência que seu personagem vem crescendo mais e mais na excelente trama de Duca Rachid, Thelma Guedes e Amora Mautner (e sua poderosa equipe de auxiliares, entre os quais estão Henrique Diaz e Joana Jabace). Merecidamente, diga-se de passagem. Pois mesmo por trás da sisudez do ‘encarregado de manter a ordem e os bons costumes’, Vicentini Gomez revela força e exatidão nas expressões com olhares, e gestual em perfeita adequação com o que pede o personagem. E isso o telespectador contumaz de novelas percebe, ainda que inconscientemente, e adere sem titubear. Pois assim fazem os atores que sabem de seu ofício: atuam dentro da concepção criada e dos limites definidos, e não destoam do conjunto da obra, ajudando a construir um todo harmônico que só valida e enriquece sua participação. Por tudo isso, Vicentini Gomez também é um dos Destaques no elenco de apoio de JÓIA RARA. Uma composição preciosa de um delegado conforme pede o enredo da obra teledramatúrgica.

ANTHERO MONTENEGRO é Benito, grande comparsa do vilão Manfred. Ator pernambucano, ele é egresso do grupo de Zé Celso Martinez Correa, o Uzyna Uzona, e na tevê tinha feito a minissérie A Pedra do Reino, com direção de Luís Fernando Carvalho. Tem talento demais e está ótimo como o malvado e abjeto personagem que está por trás de todas as trapaças do personagem de Carmo Dalla Vecchia, responsável por viver um vilão cuja interpretação está a merecer todos os aplausos ! Anthero Montenegro veio para ficar !

JOÃO FERNANDES, o garoto que vivia escravizado numa mina de carvão e foi adotado pelo casal Toni e Hilda, vinha já de um personagem que se destacara em Avenida Brasil, e em muito boa hora foi trabalhar de novo com Amora Mautner. O ‘Peteleco’ é a certeza de que o ator prosseguirá na carreira com maestria e seus personagens só tendem a ser mais e melhores. Que graça é ver o trabalho de João Fernandes em Jóia Rara: bonito, atuando com desenvolta espontaneidade e muita carga empática, o ator faz bonito na trama de Duca Rachid e Thelma Guedes.

Quanto a Marcos Caruso, Rosi Campos, Nicette Bruno, Mariana Ximenes, Ana Lúcia Torre, Carolina Dickmann, Thiago Lacerda e todos os que não foram citados aqui, o faremos em outro post porque a atuação coesa e lapidar do elenco de JÓIA RARA merece que se dê ao fabuloso elenco da novela das 18h da TV Globo os devidos PARABÉNS.

Por hora, fica a reafirmação de um APLAUSO intenso e um abraço muito carinhoso do Blog AURORA DE CINEMA a cada um dos que fazem telenovela tão bonita, harmoniosa, competente e prazerosa para o olhar, o ouvido e a alma como é JÓIA RARA !

JÓIA RARA em IMAGENS !

As belas e prazerosas cenas no Cabaré Pacheco Leão, comandadas pelo talento de Marcos Caruso…

No Cabaré Pacheco Leão, rivalidades entre Aurora e Lola…

O principal núcleo masculino, um desfilar de atuações primorosas: José de Abreu, Carmo Dalla Vecchia e Bruno Gagliasso…

Praz

Em cena dos primeiros capítulos, Prazeres Barbosa destaca-se com sua atuação sempre precisa fazendo Djanira, a tia nordestina de Amélia…

Anthero Montenegro faz Benito, o braço direito da maldade…

Claudia Ohana de volta em papel de destaque que ela compõe com maestria

Miguel Rômulo está perfeito como o ‘almofadinha’ trapalhão, e Luíza Valdetaro une à beleza uma atuação sem deslizes, angelical na medida certa…

Marcelo Médici e Mariana Ximenes batem um bolão na trama das 18h…

Cristiane Amorim em cena com Mel Maia: presenças iluminadas em Jóia Rara…

José de Abreu e Vicentini Gomez: cenas entre o vilão e o delegado

Vedetes do Cabaré: cenas de beleza despertam enlevo relembrando um Rio de Janeiro que evoca a saudade…

Caio Blat: ator que faz de cada personagem uma imersão em outro universo, dá show como o monge Lama Sonan…

Cacau Protásio mais uma vez numa interpretação digna de nota !

Cláudia Missura é uma grata presença em Jóia Rara

Tiago Abravanel ganhou papel adequado à sua grande paixão pela Música

Hilda, Amélia, Toni e Mundo em cena tensa do julgamento de Franz…

Élcio Romar teve participação importante, atuando ao lado de Nathália Dilll…

José Araújo e Dja Martins destacam-se com uma interpretação supimpa !

Aninha Lima é presença leva e graciosa no Cabaré…

Ana Cecília está ótima com sua sofrida Gaia...

Leandro Lima e Mariana Ximenes: casal que cativa com delicadeza e romantismo…

Bruno Gagliasso, Marcelo Aquino e Vicentini Gomez em momento crucial…

Letícia Spiller: beleza e muita competência para interpretar a esfuziante Lolla…

Os monges tibetanos: presença iluminada e grandes atuações contribuindo para o acerto que é JÓIA RARA  !

Duca Rachid e Thelma Guedes: mais uma novela que consagra a excelência criativa destas duas mulheres que orgulham a Teledramaturgia Brasileira…