Arquivo da tag: Elis Regina

Para celebrar ELIS Regina

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro recebe exposição multimídia sobre uma das maiores divas da MPB
A exposição Viva Elis, a ser aberta dia 9, integra o projeto NIVEA VIVA ELIS, idealizado por João Marcello Bôscoli, com patrocínio NIVEA.
O projeto começou oficialmente dia 19 de março, no Rio, com a realização de Avant-Première quando Maria Rita subiu ao palco interpretando, pela primeira vez, canções eternizadas na voz de sua mãe. Assim, iniciou-se a primeira etapa do NIVEA VIVA ELIS, com turnê consagrada por cinco shows gratuitos promovidos em algumas cidades – Porto Alegre (24/03/12), Recife (01/04/12), Belo Horizonte (08/04/12), São Paulo (05/05/12) e Rio de Janeiro (13/05/12).
Maria Rita estreou este ano no cancioneiro imortalizado por ELIS…
Outra vertente do projeto é a exposição Viva Elis, gratuita e com formato multimídia, cuja proposta é apresentar seu conteúdo de forma itinerante, tendo já ocorrido em  São Paulo e Porto Alegre, localidades em que cerca de 52.500 visitantes prestigiaram o projeto.
Rico e diversificado, o material da exposição conta cerca de 200 fotos de Elis Regina, além de reunir trechos de entrevistas emblemáticas, ingressos, posters de shows, vídeos de apresentações, especiais de televisão, réplica de figurinos, revistas e jornais da época. Um documentário contendo depoimentos de vários artistas que trabalharam com Elis também faz parte da exposição. “O que deve emocionar mais as pessoas é uma sala onde poderão ouvir a voz de Elis sem acompanhamento instrumental, solo.” – afirma João Marcello Bôscoli.
Fisicamente o mais parecido com a mãe, João Marcelo idealizou o projegto em homenagem a Elis Regina
O conteúdo da exposição, sob curadoria de Allen Guimarães, é composto por arquivos da família, materiais cedidos pela imprensa e doações de milhares de fãs, de conhecidos de Elis, que entraram em contato assim que tiveram conhecimento do projeto. Aberta ao público gratuitamente, de terça a domingo, a exposição ocupa oito salas do primeiro andar do Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (CCBB).
Segundo a diretora de Marketing da BDF NIVEA Brasil, Tatiana Ponce, o principal objetivo do NIVEA VIVA ELIS é oferecer ao público mais acesso à cultura popular por meio de uma grande homenagem. “Para a NIVEA, a essência do projeto retrata uma harmoniosa relação entre música, cuidado e beleza, aspectos que se conectam de maneira extremamente verdadeira, na intenção de promover esta linda homenagem à Elis Regina”.
A exposição Viva Elis tem projeto expográfico da empresa Artifício, designer da Tecnopop e produção da Automática. As próximas cidades a receberem a exposição serão Belo Horizonte e Recife, sempre com entrada gratuita.
Serviço – Exposição Viva Elis
Local:  Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (CCBB)
Data: 9 de agosto a 30 de setembro
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro  – 1º andar
Informações: (21) 3808-2020 Horários: De terça a domingo, das 9h às 21h

Poderosa Voz, Marya… Bravo, Rodrix !

‘Ainda me emociono muito quando escuto e canto as músicas do meu pai. Mas, em 2010, comecei a amadurecer essa ideia e, quando apareceu o convite do Sesc Rio, decidi que a hora havia chegado’.

 

Foi uma bela surpresa ouvir Marya Bravo. Cantando pela primeira vez um repertório exclusivo com canções do pai, o músico ZÉ RODRIX, Marya confirma no palco a vocação e talento herdado do pai, e o faz de forma poderosa e emocionante.

Várias vezes, foi aplaudida em cena aberta no aconchegante Teatro SESC de Copacabana, espaço a ser mais visitado e frequentado por cariocas, fluminenses e turistas.

 

Zé Rodrix e Marya Bravo
DE PAI PRA FILHA – MARYA BRAVO relembra o pai Zé Rodrix

Marya conta que, após a morte do pai, em 2009, foi convidada diversas vezes para fazer shows com canções dele. Chegou a cantar uma música ou outra em algumas apresentações, mas a emoção ainda a impedia de criar um espetáculo todo em homenagem a Zé Rodrix.

Parece que a espera valeu a pena: MARYA brilha no palco e leva às lágrimas os que. como eu. muito se lembram do irreverentemente inteligente Zé Rodrix.

Sobretudo quando canta sentada numa das escadarias do palco-arena do SESC Copacabana – e uma projeção exibe imagens do artista e seus parceiros. Um tom intimista assue o palco e faz reviver canções, imagens e a tristeza pela saudade do pai que por certo habitará Marya vida afora.

E ainda mais quando sua voz irretocável revive Eu vou Comprar esse Disco:

Eu vou comprar esse disco que toca sempre no rádio
Dizendo tudo o que eu sinto
Eu sei que o cara que canta
nem sabe que eu existo
Mas a historia que ele conta
Parece feita sob medida pra mim
E é por isso que eu vou comprar esse disco
Que cada vez que eu escuto me dá um nó na garganta
Talvez o cara que canta
Também se sinta sozinho
Mas ele conta essa historia triste
E num instante eu já não estou tão sozinho
Eu vou comprar esse disco
E me trancar no meu quarto
E vou ouvir esse disco
Até que a saudade de quem não me ama
Saia de cima de mim…

Depois de muitos aplausos e uma emoção pairando no ar porque perpassante nos muitos corações ancorados no SESC Copacabana, MARYA BRAVO volta para o BIS cantando, conforme esperado, CASA NO CAMPO, a belíssima e arrepiante canção, imortalizada pela “pimentinha” ELIS REGINA…

Não há como não aplaudir e gritar BRAVO, Marya !

 

* Um pouco mais sobre MARYA BRAVO:

Estreou no cenário artístico aos 4 anos de idade, quando gravou o jingle da Cremogema. Depois, a filha dos músicos Lizzie Bravo e Zé Rodrix ganhou o mundo, estudou teatro em Nova York, passou num teste da peça ‘Hair’ e excursionou por seis anos pela Europa. Voltando ao Brasil, participou de mais de 10 espetáculos musicais, como ‘A Ópera do Malandro’, ’7, O Musical’, ‘Beatles num céu de Diamantes’, ‘Cauby! Cauby!’ e ‘Oui Oui… A França é aqui’.

 

Bela imagem no CD de estréia de Marya Bravo, à venda no Teatro do SESC

SHOW no SESC Copacabana

 ‘De pai para filha – Marya Bravo canta Zé Rodrix’
Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana, (21) 2547-0156
Terças e Quartas, 21h

Até 2 de março

Ingressos: R$ 16 (inteira); R$ 8 (classe, estudantes e maiores de 60 anos); R$ 4 (comerciários)
Funcionamento da bilheteria: a partir das 15h
Venda antecipada até 19h
Capacidade: 242 lugares