Arquivo da tag: estádio do Camp Nou

MESSI promove nova goleada para o Barcelona

Craque argentino faz barbaridade em campo: com 3 gols, atropela adversário e Barça faz 5 a 0 no Atlético de Madrid…

 
messi miranda barcelona x atlético de madri (Foto: AFP)
Miranda tenta parar Messi: brasileiro do Atlético
de Madri fez gol contra no Camp Nou (Foto: AFP)

Lionel Messi inspirado é sinônimo de vitória do Barcelona. Com ajuda do rival então, a goleada é certa. Com três do argentino e um contra do zagueiro brasileiro Miranda, ex-São Paulo, o time de Pep Guardiola atropelou o Atlético de Madri neste sábado e venceu por 5 a 0, no Camp Nou, pela sexta rodada do Campeonato Espanhol.

Em cinco jogos (a primeira rodada foi adiada para janeiro por causa da greve dos jogadores), são três goleadas: 5 a 0 no Villarreal, na estreia, e depois 8 a 0 sobre o Osasuna (mais dois empates de 2 a 2 com Real Sociedad e Valencia). Agora, Messi soma oito gols na competição e é o artilheiro isolado. O Atlético de Madri contou com Falcao Garcia e o meia brasileiro Diego em campo pelos 90 minutos.

O resultado deixou o Barça em segundo lugar com 11 pontos, assim como o Sevilla, atrás do líder Bétis, que soma 12 com 100% de aproveitamento e entra em campo segunda-feira contra o Getafe. O Atlético é o oitavo lugar, com sete. O próximo jogo da equipe catalã é na quarta contra o BATE, pela Liga dos Campeões, com transmissão ao vivo do GLOBOESPORTE.COM às 15h45m (de Brasília).

messi barcelona x atlético de madri (Foto: Reuters)
Messi é o artilheiro do Campeonato Espanhol com 8 gols: três só neste sábado (Foto: Reuters)
 
    O primeiro gol do

Barça

     no 

Camp Nou

    foi de David Villa, aos nove da etapa inicial: o camisa 7 driblou Miranda na área e bateu sem defesa para o goleiro Courtois. Três minutos antes, Thiago Alcântara havia acertado a trave do Atlético.

Os donos da casa ampliaram aos 15. Messi recebeu na área e chutou para a defesa de Courtois, mas a bola bateu em Miranda e entrou. Gol contra: 2 a 0 para o Barça. Aos 26, o terceiro, com a marca de Messi. O argentino cobrou o lateral para Pedro, tabelou com o companheiro, invadiu a área driblando os rivais e bateu para fazer 3 a 0.

Com a partida ganha, o time catalão controlou o segundo tempo e ampliou já aos 33, novamente em bela jogada do melhor do mundo: Messi arrancou pelo meio, puxou para a direita driblando a defesa e bateu cruzado para colocar 4 a 0 no placar. Já nos acréscimos, o camisa 10 fez o quinto, fechando a goleada.

Confira os jogos da 6ª rodada do Campeonato Espanhol:

Sábado
Athletic Bilbao 1 x 1 Villarreal
Sevilla 1 x 0 Valencia
Real Madrid 6 x 2 Rayo Vallecano
Barcelona 5 x 0 Atlético de Madri

Domingo
Mallorca x Real Sociedad
Levante x Espanyol
Granada x Osasuna
Sporting Gijon x Racing Santander
Zaragoza x Málaga

Segunda-feira
Getafe x Betis

MESSI dá novo título ao BARCELONA

Messi decide de novo, Barça bate Porto e conquista 2º título na temporada

Argentino, melhor do mundo, dá show e recém-contratado FÁbregas ajuda a decidir partida com um gol

Foto: AP        Messi comemora primeiro gol do Barcelona na partida
 
A temporada 2011/2012 mal começou e o BARCELONA, em três jogos oficiais, já conquistou duas taças. Depois de levantar a Supercopa da Espanha, a equipe catalã derrotou o Porto por 2 a 0 nesta sexta, com gols de Lionel Messi e Cesc Fábregas, e conquistou a quarta Supercopa da Europa de sua história.

Vencedor da última Liga Europa, o Porto bem que tentou dar trabalho para a improvisada zaga do Barcelona, que contou com o volante Mascherano e com o lateral esquerdo Abidal. Entretanto, a pressão inicial do time português não foi suficiente para vazar a defesa catalã. Para piorar, um erro de passe de Guarín deixou Lionel Messi livre para driblar Helton e colocar a bola para o fundo das redes ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, Messi marcou mais uma vez, mas a arbitragem o anulou, assinalando corretamente um impedimento. Após reclamar de um pênalti em Guarín, o Porto perdeu a cabeça e teve Rolando e Guarín expulsos. Após o cartão para o zagueiro, Messi lançou Fábregas, que dominou no peito, marcou o seu primeiro gol nos profissionais do Barça e selou o seu segundo título em dois jogos pelo clube.

Na próxima segunda, o Barcelona inicia a luta pelo tetracampeonato do Campeonato Espanhol atuando contra o Villarreal, no Camp Nou. Já o Porto teve o seu jogo pela terceira rodada do Campeonato Português adiado e só enfrentará o Leiria no dia 6 de setembro, fora de casa.

O jogo – O Porto iniciou a partida pressionando o Barcelona no campo defensivo da equipe espanhola, tentando aproveitar uma eventual falha dos improvisados Abidal e Mascherano. Nos primeiros dez minutos, Hulk arriscou dois chutes para o gol e João Moutinho obrigou Valdés a trabalhar em um arremate cruzado.

Mesmo com mais posse de bola, o Barcelona não conseguia ocupar o campo defensivo do Porto, mas dava mostras de que poderia decidir a partida em uma jogada individual. Na primeira oportunidade do time catalão, Pedro recebeu lançamento desviado de Iniesta livre na grande área e tentou encobrir o goleiro Helton, mas a bola acabou indo por cima da meta portista.

Aos poucos, o Porto foi perdendo o seu ímpeto ofensivo e passou a dar mais espaço para o Barcelona trabalhar a bola. Sem conseguir penetrar na defesa catalã, os Dragões só assustaram o goleiro Valdés em cruzamentos para a área.

Enquanto isso, o Barcelona cresceu na partida. Aos 28 minutos, Messi fez linda jogada pela intermediária, deixando dois jogadores para trás e lançando para Villa, mas Helton saiu bem do gol e ficou com a bola. Pouco depois, Xavi chutou forte de fora da área e Helton espalmou com dificuldades.

Mesmo melhor no jogo, a equipe catalã não conseguiria abrir o placar no primeiro tempo, caso não contasse com a ajuda de Guarín. Na intermediária defensiva, o colombiano recuou mal a bola e viu o esperto Messi ficar com a bola, driblar o goleiro Helton e tocar para o fundo do gol, definindo a vitória parcial no primeiro tempo.

Na etapa final, o Porto foi ao ataque buscando o gol de empate, mas seguiu com dificuldades para entrar na área adversária. Aos oito minutos, Guarín arriscou forte chute de fora da área, mas Valdés evitou que o colombiano se redimisse do erro no gol de Messi.

Pouco depois, o Barcelona balançou as redes novamente com o atacante argentino, mas desta vez a arbitragem anulou o lance, marcando corretamente um impedimento de Messi.

Aos 33 minutos, o Porto reclamou muito de uma falta de Abidal em Guarín dentro da área, que o árbitro Bjorn Kuipers mandou seguir. Seis minutos depois, Rolando fez falta em Messi e foi mais cedo para os vestiários, levando o segundo cartão amarelo.

LIONEL MESSI, sensacional jogador argentino para quem a bola chuta, como bem diz o poeta CARPINEJAR

Na sequência, Messi lançou Fábregas, que havia entrado pouco antes, e o meia dominou no peito e selou a vitória do Barcelona. Descontrolado, o Porto ainda perdeu Guarín, expulso após dura entrada em cima de Mascherano.

MESSI dá mais um SHOW e leva BARCELONA a nova Vitória

Barcelona goleia o Napoli em amistoso – times se enfrentaram pelo Troféu Joan Gamper  

O Barcelona conquistou nesta segunda mais um torneio amistoso em sua pré-temporada, ao golear o Napoli por 5 a 0 na disputa do Troféu Joan Gamper. O time catalão sufocou a equipe italiana durante toda a partida e contou com as brilhantes atuações do recém-contratado Cesc Fábregas e da estrela argentina Lionel Messi, que foram muito aplaudidos pelos torcedores.

Jogando no Camp Nou, o Barcelona fez valer seu mando de campo e sufocou a equipe italiana desde o primeiro minuto de jogo. Logo aos oito minutos de jogo, Fábregas viu o goleiro Sanctis adiantado e tentou fazer um gol de cobertura, falhando por pouco em sua conclusão.

A resposta do Napoli veio sempre com Cavani, que fez um golaço aos nove minutos de jogo. Entretanto, o assistente flagrou o uruguaio em posição de impedimento e anulou o gol. Já aos 11 minutos, o atacante do Napoli tentou surpreender Pinto de cabeça, mas o goleiro catalão conseguiu fazer a defesa.

Aos 25 minutos, a estrela de Fábregas brilhou, e o meia fez seu primeiro gol com a camisa do Barcelona. O brasileiro Adriano avançou em velocidade pela esquerda e achou o espanhol dentro da área, que apenas completou para as redes. 

Foto: AFP

Keita, Messi e Fábregas comemoram na goleada sobre o Napoli 

Quatro minutos depois, o Napoli respondeu com um bom chute do argentino Fontás. Entretanto, quem marcou mais um gol foi o Barcelona, dessa vez com Keita. Aos 30 minutos de jogo, o meia aproveitou o cruzamento de Iniesta dentro da área para cabecear firme e vencer o goleiro Sanctis.

Sem dar nenhum espaço para os italianos saírem para o jogo, o time catalão se manteve a maior parte do tempo no ataque, e logo no início da segunda etapa mostrou como seria o desenrolar da partida. O atacante Isaac Cuenca acertou um belo chute de fora da área e acertou a trave. No rebote, Pedro finalizou e a bola encontrou mais uma vez a trave de Sanctis.

Em resposta aos constantes ataques do time espanhol, o uruguaio Cavani conseguiu marcar outro gol na partida, mas não pode comemorar mais uma vez, já que estava impedido. O susto não prejudicou o desempenho do Barcelona na partida, que viu Pedro marcar o terceiro depois da cobrança de falta do argentino Messi parar no travessão.

No restante da partida, quem chamou a atenção para si foi Lionel Messi. Aos 20 minutos, o Barcelona trocava passes no campo ofensivo, até que Xavi achou o argentino na área, que só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Já aos 31 minutos do segundo tempo, Messi sacramentou a goleada do clube catalão. O jogador aproveitou longo passe de Abidal para tirar o goleiro Sanctis da jogada e fazer um belo gol, garantindo a conquista de mais um título para os espanhóis.