Arquivo da tag: fazendo cinema em Anápolis

‘Estômago’ e ‘Olhos Azuis’, os grandes vencedores de Anápolis

AURORA DE CINEMA direto do Festival de Anápolis:

Foi bonita e com platéia lotada a noite de encerramento do II Festival de Cinema de Anápolis, realizada no Teatro Municipal da cidade.

Walace Oliveira, Débora Torres e Aurora Miranda Leão: Anápolis é de Cinema !

Tudo começou antes das 19h com apresentação de banda de música no espaço contíguo ao teatro.  Às 20 horas, o apresentador Guido Campos subia ao palco para dar início à solenidade, que começou com uma apreentação de dança e seguiu com a exibição de O Sumiço de Alice.

O curta, da jornalista Aurora Miranda Leão, ganhou rápido a adesão da platéia, a qual se reconhecia na tela através dos ‘personagens’ que aparecem no doc-ficção, todos convidados e participantes da primera edição do Festival de Cinema de Anápolis.

Quem mais chamou a atenção da platéia foi a atuação convincente de Débora Torres, produtora, cineasta, idealizadora e coordenadora-geral do Festival de Anápolis, que surpreendeu porque também revela em O Sumiço de Alice seus fartos dotes interpretativos.

Alice Gonzaga e o protagonista do curta anapolino, KITE

Foi uma alegria para a produtora Aurora de Cinema poder ganhar elogios para O Sumiço de Alice do músico André Moraes, da figurinista Biza Vianna, e da atriz Bruna Chiradia.

Após a exibição do curta, vieram as homenagens, e só depois então começou a divulgação dos nomes dos vencedores do Festival de Cinema de Anápolis.

Babu Santana: atuação vencedora, unanimidade entre júri e platéia…

Entre os vencedores, os que mais conquistaram a adesão da platéia foram os troféus e prêmios para o filme Estômago, de Marcos Jorge, escolhido o melhor da competição, levando também os prêmios para Melhor Ator e Atriz Coadjuvantes.

Babu Santana e Fabíula Nascimento foram os coadjuvantes vencedores, enquanto Ana Paula Arósio e Irandhir Santos ganharam como Melhor Atriz e Ator.

Ana Paula Arósio, símbolo de beleza e elegância, é atriz pra ninguém botar defeito e foi, disparado, a Melhor Atriz em Anápolis… Como esquecer Arósio ?

Vem aí o II Festival de Cinema de Anápolis…

Com coordenação-geral de débora torres, Cidade goiana prepara nova edição de seu concorrido Festival

 

Na próxima semana, será divulgado o Edital do Festival, o qual este ano terá mais uma mostra competitiva: a de CURTAS DOCUMENTÁRIOS do CENTRO OESTE, além da principal Mostra – que reverencia a memória do pioneiro ADHEMAR GONZAGA – com exibição de LONGAS METRAGENS BRASILEIROS DE FICÇÃO PREMIADOS e curtas anapolinos de todos os gêneros.
 
 
 
Débora Torres envia um carinhoso convite, no qual reafirma seu propósito de realizar um amplo painel audiovisual e aprofundar os laços afetivos, a partir do fazer cinematográfico:
 
 
Conto com a presença de todos vocês! Alguns como convidados, outros como jurados, ou ainda como homeageados. Mas,sempre com grande prazer.
E VIVA O CINEMA BRASILEIRO !!!
 
 
 
Aurora Miranda Leão, Walter Webb e Débora Torres curtindo a primeira edição do Festival de Cinema de Anápolis…
 

Como e Por Que Alice Sumiu ?

Pirenópolis, bucólico município goiano onde nasceu a idéia de O Sumiço de Alice…

O Sumiço de Alice é o novo curta-metragem da jornalista Aurora Miranda Leão. Rodado em Anápolis, durante o I Festival de Cinema de Anápolis, realizado no município goiano de 12 a 18 de abril passados, o curta é um trabalho experimental que nasceu de uma visita à bucólica região de Pirenópolis, berço de tantos filmes brasileiros (como “Simeão, o boêmio”, primeiro filme dirigido pelo pioneiro goiano João Bennio; O Tronco, de João Batista de Andrade; O Leão do Norte, de Carlos Del Pino; e o curta Borralho, do maranhense Arturo Sabóia de Almada).

Gravado em formato digital, com imagens captadas em mini DV, O Sumiço de Alice é mais uma produção Aurora de Cinema, a ser finalizada em parceria com a Cabeça de Cuia Filmes (da videasta cearense Lília Moema).

turma reunida 2

Elenco do curta ‘O Sumiço de Alice’, rodado no eixo Anápolis-Pirenópolis

O processo de produção resume-se a 3 dias de gravações no circuito Pirenópolis-Teatro Municipal-Estância Park de Anápolis, mas, apesar do pouco tempo, o curta conta com elenco estelar, onde despontam o talento vibrante de Zezeh Barbosa, a criatividade singular dos goianos Deborah Torres e Guido Campos, a expressividade da atriz Dila Guerra, a criatividade do escritor Miguel Jorge, a descontração de Walter Webb, Alice Gonzaga e Mallu Moraes, a seriedade na estréia de Selva Aretuza e Manaíra Carneiro, além da inteligente participação dos jornalistas Cid Nader e Felipe Brida.

Aurora anota idéias para incluir no roteiro de O Sumiço de Alice

Eduardo Cardoso, Dila Guerra, Bianca Menti e Aurora: em busca de Alice…

Um belo plano-seqüência gravado em Pirenópolis responde pela abertura de O Sumiço de Alice. O filme vai-se desenvolvendo e, ao longo de seus 15 minutos, uma sucessão de imagens e depoimentos insólitos vão mapeando a intrincada história do inopinado e misterioso sumiço de Alice.

Alice Gonzaga, Mulher Patrimônio do Cinema, que inspirou o curta O Sumiço de Alice

Até o final, paira no ar a pergunta que não quer calar: como e porquê Alice sumiu ?

FICHA TÉCNICA

Roteiro e Direção: Aurora Miranda Leão

Produção: Aurora Leão e Ângela Torres

Assistente de produção: Itamar Borges e Mallu Moraes

Direção de Platô: Laura Pires

Edição: Aurora M. Leão e Lília Moema

Still: Ed Cafezeira e Laura Pires

Dila Guerra, Laura Carneiro, Mallu Moraes, Aurora Miranda Leão e Zezeh Barbosa: descontração imperou nas gravações de O Sumiço de Alice

Encontro feliz em Anápolis: Aurora Miranda Leão, Walter Webb e Débora Torres

Elenco: 

                   ALICE GONZAGA

                    ZEZEH BARBOSA

                    DÉBORA TORRES

                    WALTER WEBB

                    MIGUEL JORGE

                    SELVA ARETUZA, gentilmente cedida por Danton e Selton Mello

                    GUIDO CAMPOS

                    DILA GUERRA

                   MALLU MORAES

                   JOÃO BATISTA DE ANDRADE

                    MANAÍRA CARNEIRO

                    CID NADER

                    FELIPE BRIDA

                     SERINA RARUÁ

                    ITAMAR BORGES

                    LAURA PIRES

                    ED CAJAZEIRA

Zezeh Barbosa e Guido Campos curtindo a noite anapolina: brinde ao Cinema !