Arquivo da tag: festiva

Carri Costa convida: TITA & NIC 1000…

Mega Sucesso do ator, diretor e dramaturgo CARRI COSTA, comédia será reapresentada em noite festiva…

MILÉSIMA  APRESENTAÇÃO será na sexta, 2 de NOVEMBRO

Assista ao  espetáculo TITA & NIC – A Comédia no Teatro José de Alencar às 19h. De R$  50,00 por R$ 23,90.

COMPRE PELO SITE http://www.baratomaisbarato.com.br/oferta/detalhe/278175170514

E AJUDE O TEATRO  DA PRAIA A REABRIR SEU CURSO DE TEATRO.

clip_image002

Abertas inscrições ao Festival de Brasília

 Setembro é o mês do 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Segundo o Secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, o festival manterá as mudanças realizadas em 2011, como o fim do critério do ineditismo, a incorporação do formato digital na mostra competitiva, a descentralização das exibições e a elevação do valor do prêmio. E serão feitas mais alterações: criação de uma mostra competitiva específica para o gênero do documentário – em longa e curta-metragem –, inclusão da cidade do Gama no projeto Festival nas Satélites, transferência das exibições para as salas Villa-Lobos e Martins Penna do Teatro Nacional, e mudança no perfil da Mostra Brasília, que agora ficará sob a responsabilidade da Câmara Legislativa.

Já o coordenador do 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Sérgio Fidalgo, destaca que, com a inclusão da categoria de documentário, espera-se um volume maior de inscrições, portanto, as comissões de seleção trabalharão dez dias e não cinco, como em 2011. Serão cinco integrantes na comissão de curtas e longas de documentário, e cinco para curtas e longas de ficção.

Sérgio Fidalgo e Cibele Amaral, assessora de cinema da Secretaria de Cultura do GDF, também avisaram que pretendem marcar a 45ª como uma edição festiva. Para tanto, já anunciam o lançamento do catálogo Brasília 5.2 – Cinema e Memória, que vem sendo escrito pela pesquisadora Berê Bahia e inclui 12 mostras que irão circular pelo DF, de junho a setembro. E a realização de uma oficina de roteiro para séries televisivas contando com a presença dos escritores Marçal Aquino e Adriana Falcão.

PROGRAMAÇÃO GERAL

Mostras competitivas de filmes de longa-metragem de ficção e de documentário, filmes de curta-metragem de ficção, de documentário e de animação, além de mostras paralelas, tais como Mostra Brasília, Mostra Panorama Brasil, Festivalzinho e, ainda encontros, debates, seminários, oficinas, Cinema Voador, Festival nas cidades do Distrito Federal, lançamentos de catálogos, livros e DVDs e solenidades de abertura e de premiação.

Debate sobre séries de TV, com Marçal Aquino (Força Tarefa); Adriana Falcão (Louco por elas) e Túlio Gonçalo – crítico, roteirista, cineasta e professor no IESB (Mediador).

Debate com as equipes dos filmes concorrentes.

Seminário sobre a Crítica Cinematográfica.

Oficina de Interpretação para Câmera – com o ator libanês Mounir Maasri – para atores profissionais

Oficina Interpretação para iniciantes  – com Mallu Moraes

PRÊMIOS

Troféu Candango e prêmios em dinheiro: R$ 635.000,00

Filme de longa-metragem de ficção:

Melhor filme – R$ 250.000,00
Melhor direção – R$ 20.000,00
Melhor ator – R$ 5.000,00
Melhor atriz – R$ 5.000,00
Melhor ator coadjuvante – R$ 3.000,00
Melhor atriz coadjuvante – R$ 3.000,00
Melhor roteiro – R$ 5.000,00
Melhor fotografia – R$ 5.000,00
Melhor direção de arte – R$ 5.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 5.000,00
Melhor som – R$ 5.000,00
Melhor montagem – R$ 5.000,00

Filme de longa-metragem documentário:

Melhor filme de longa-metragem de documentário – R$100.000,00
Melhor direção – R$ 20.000,00
Melhor fotografia – R$ 5.000,00
Melhor direção de arte – R$ 5.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 5.000,00
Melhor som – R$ 5.000,00
Melhor montagem – R$ 5.000,00

Filme de curta-metragem de ficção:

Melhor filme – R$ 20.000,00
Melhor direção – R$ 5.000,00
Melhor ator – R$ 3.000,00
Melhor atriz – R$ 3.000,00
Melhor roteiro – R$ 3.000,00
Melhor fotografia – R$ 3.000,00
Melhor direção de arte – R$ 3.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 3.000,00
Melhor som – R$ 3.000,00
Melhor montagem – R$ 3.000,00

Filme de curta-metragem de documentário:

Melhor documentário de curta-metragem – R$ 20.000,00
Melhor direção – R$ 5.000,00
Melhor fotografia – R$ 3.000,00
Melhor direção de arte – R$ 3.000,00
Melhor trilha sonora – R$ 3.000,00
Melhor som – R$ 3.000,00
Melhor montagem – R$ 3.000,00

Filme de curta metragem de Animação:

Melhor filme de curta-metragem de animação – R$ 20.000,00

Prêmio do Júri Popular: total R$ 65.000,00

Melhor filme de longa-metragem de ficção – R$ 20.000,00
Melhor filme de longa-metragem documentário – R$ 15.000,00
Melhor filme de curta-metragem de ficção – R$ 10.000,00
Melhor filme de curta-metragem de documentário – R$ 10.000,00
Melhor filme de curta-metragem de Animação – R$ 10.000,00

O Festival de Brasília acontecerá de 17 a 24 de setembro, e as inscrições podem ser feitas até 30 de junho. www.festbrasilia.com.br

São Luís em festa: Capital maranhense é Capital Americana da Cultura

Uma das mais belas cidades do Nordeste Brasileiro, São Luís é agora Capital Americana da Cultura

O prefeito de São Luís, João Castelo, recebeu o diploma que concede o título oficial de Capital Americana da Cultura 2012 a São Luís, na noite de quarta passada (18 de abril), em cerimônia realizada no histórico Theatro Arthur Azevedo, em cuja platéia registrou-se a presença de dezenas de representantes de manifestações culturais, populares e autoridades locais.

Além do título de Capital Americana da Cultura, Castelo recebeu também o certificado dos Sete Tesouros do Patrimônio Cultural Material de São Luís, das mãos do presidente do Bureau Internacional de Capitais Culturais, Xavier Tudela.

O magnânimo Theatro Arthur Azevedo, que abrigou a solenidade festiva em São Luís…

Na solenidade, o prefeito destacou a importância de receber o título neste ano, no qual é celebrado o quarto centenário da capital ludovicense, e decretou aberta, oficialmente, a programação das atividades culturais na capital maranhense, inerente às comemorações pelos 400 anos de fundação. Em seu pronunciamento, João Castelo destacou a diversidade cultural e o potencial arquitetônico da cidade.

Capital Americana da Cultura: Prefeito João Castelo recebe título das mãos de Xavier Tudela…

“Este título, que tem o reconhecimento público de um organismo internacional, muito nos honra e engrandece nossa cidade e o nosso povo, pois temos uma rica cultura popular e um patrimônio material arquitetônico grandioso. A honraria vem somar ao título de Capital Brasileira da Cultura de 2009, que recebemos no primeiro ano de minha gestão, e dedico este título, mais uma vez, à população de São Luís e do Maranhão”, destacou João Castelo.

O presidente do Bureau Internacional de Capitais Culturais, Xavier Tudela, frisou o destaque que São Luís terá com a divulgação de suas potencialidades turísticas e culturais, as quais serão divulgadas para o mundo, através de canais internacionais de televisão, como o Antena 3 Internacional.

Fachada do Theatro Arthur Azevedo: Patrimônio Cultural do Brasil …

“São Luís terá uma projeção grandiosa e pessoas do mundo todo vão poder ver e se interessar em visitar esta cidade que tem elementos fundamentais para potencializar seu turismo, sua cultura e sua história”, disse Xavier Tudela.

Presente à cerimônia, o diretor geral da Capital Americana da Cultura, Mario Vendrell, afirmou: “Com este título, São Luís será referência mundial do continente americano e estimulará novos visitantes a conhecerem esta cidade, de valor inquestionável”, relatou.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Turismo, Liviomar Macatrão, o título vai difundir a capital para 36 países, com transmissão internacional, sendo esta uma oportunidade única de divulgação da cidade de São Luís para o Brasil e o mundo, nos seus 400 anos de história.

Participaram da solenidade, a deputada estadual Gardênia Castelo, os vereadores Gutemberg Araújo, Ivaldo Rodrigues e Vieira Lima; o Secretário Euclides Moreira Neto, titular da pasta da Cultura; autoridades e representantes de órgãos municipais; empresários, personalidades maranhenses, jornalistas, e os brincantes de diversas manifestações populares, contribuindo para deixar o  Theatro Arthur Azevedo ainda mais bonito para comemorar a outorga do novo título para a querida capital maranhense. Antes de a cerimônia começar, os grupos saíram em cortejo da sede da Prefeitura de São Luís até o teatro.

Durante a entrega do título, houve apresentações culturais, do Coral São João, que executou o Hino da Cultura Popular Maranhense – a canção “Urrou o Boi”, de Coxinho – interpretado pelos cantadores de bumba-meu-boi Basílico, do Boi da Fé em Deus; Ribinha, do Boi de Maracanã; e Zequinha, de Coxinho.

Escolha unânime A escolha de São Luís se deu não somente por conta das belezas naturais, do patrimônio histórico e intelectual e de sua diversidade cultural, mas também pelo momento ímpar de sua história: este ano, é o quarto centenário da capital ludovicense. Por isso, segundo o Bureau Internacional de Capitais Culturais (IBOCC), entidade gestora do título, não foi realizado concurso para escolha da sede este ano.

Agora, São Luís será projetada também ao mundo pelo canal Antena 3 Internacional, que divulgará um anúncio de TV com 30 segundos de duração. A exibição mostrará os atrativos de São Luís nos âmbitos da arquitetura, das tradições, da gastronomia, arte, história, e outros elementos culturais da cidade.

A programação é recebida em cinco milhões de lares de 19 países iberoamericanos e EUA. Também está acessível para qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, através do site www.teleporlared.com ou www.antena3.com

Impossível não se contagiar: Aurora Miranda Leão entra na festa do Boi em São Luís…

Mais um título cultural Em 2009, São Luís foi eleita Capital Brasileira da Cultura. Na época, a cidade foi escolhida por um júri constituído por representantes dos ministérios da Cultura e de Turismo, e pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais.

Aurora Miranda Leão registra a versatilidade, cores e magia do Boi maranhense para o curta SantAlegria…

A candidatura de São Luís à Capital Brasileira da Cultura foi uma iniciativa do São Luís Convention & Visitors Bureau, em parceria com a Prefeitura de São Luís, através da Fundação Municipal da Cultura (Func), onde é titular nosso querido amigo, Euclides Moreira Neto, homem do Cinema, das festas e grande agitador cultural do Maranhão.

Veja as cidades que já receberam título de Capital Americana da Cultura:

2000: Mérida (México)

2001: Iquique (Chile)

2002: Maceió (Brasil)

2003: Cidade do Panamá (Panamá) e Curitiba (Brasil)

2004: Santiago (Chile)

2005: Guadalajara (México)

2006: Córdoba (Argentina)

2007: Cusco (Peru)

2008: Brasília (Brasil)

2009: Asuncão (Paraguai)

2010: Santo Domingo (República Dominicana)

2011: Quito (Equador)

2012: São Luís (Brasil)