Arquivo da tag: filmar no Rio

RIO, de Janeiro e de Cinema, agora tem cartão para atrair produções

Praias, montanhas, uma floresta tropical no meio da cidade, praças e monumentos inspirados na Belle Époque francesa, além de um vasto e razoavelmente preservado conjunto de construções coloniais portuguesas.

Esses atributos conferem ao Rio de Janeiro uma vocação natural de cenário de filmes e comerciais. Mas, para atrair mais produções do exterior e de outras cidades brasileiras, a estatal Rio Film Commission criou um cartão de descontos para uso das equipes que filmarem no Estado.

O cartão proporcionará preços menores em bares, restaurantes, hotéis e outros estabelecimentos, além de descontos no aluguel de equipamentos de filmagem e serviços ligados à produção.

Segundo o órgão, a iniciativa foi inspirada no modelo de Nova York e começará a valer em janeiro.

“Vamos incentivar a vinda de mais produções, num momento em que a cidade já atrai atenção pela Copa e pela Olimpíada”, diz Steve Solot, presidente da comissão.

Para obter o benefício, os produtores têm de se cadastrar no site do órgão (www.riofilmcommission.rj.gov.br ). Empresas que quiserem dar descontos terão de fazer o mesmo.

Para Silvia Rabello, vice-presidente do Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual, a ideia atrairá mais produções ao reduzir custos.

Solot diz que já está em contato com empresas integrantes do cadastro de fornecedores da comissão para estimulá-las a conceder benefícios. “Mas cada uma define seu percentual de desconto.”

A comissão ajuda ainda na escolha das locações e na negociação para liberação de filmagens em áreas públicas.

O órgão mantém edital de apoio anual de R$ 1 milhão, dividido em quatro cotas. São sempre selecionadas duas produções estrangeiras e duas de outros Estados.

Em 2010, o longa contemplado foi Uma Noite no Rio, coprodução da EH Filmes (Rio) e Nuts Lloyd (EUA).

Para rodar no país, as estrangeiras têm de estabelecer coproduções locais ou contratar serviços daqui.

Em 2009, foram rodadas 88 produções estrangeiras no Rio. Em 2011, o número subiu para 92.

RioFilmes vai investir 31 milhões em Audiovisual

A Riofilmes anunciou na manhã de ontem, no Rio, o investimento em 2012 de R$ 31 milhões em 70 projetos de empresas cariocas de audiovisual, entre filmes, festivais e projetos para TV.

A novidade é a criação de uma linha de financiamento não-reembolsável, para atender a produções artísticas.

O programa de Fomento ao Audiovisual Carioca (FAC), como foi chamado o investimento não reembolsável, terá R$ 10 milhões, e será dividido em cinco linhas: desenvolvimento de longas; de projetos de TV; produção de curtas; de documentários para TV; e produção e finalização de longas.

O início da consulta para ao regulamento será dia 11 de novembro próximo. As contribuições ao regulamento serão aceitas até dia 25. As regras definitivas serão publicadas em 2 de dezembro.

A linha não-reembolsável era uma reivindicação de associações de classe, que questionavam o investimento da Riofilmes, prioritariamente, em filmes com grande pública. De acordo com o presidente da empresa municipal do Rio, Sérgio Sá Leitão, o objetivo inicial era recuperar o órgão com participação em bilheteria dos filmes financiados.