Arquivo da tag: inscreva seu filme

Anápolis prepara terceira edição do Festival de Cinema

Anápolis, uma das cidades mais importantes de Goiás, faz um dos melhores festivais de Cinema do país. Edição 2013 será em maio…

Idealizado e coordenado pela cineasta e produtora-executiva Débora Torres, festival será em maio…

I- As inscrições dos curtas do Centro-Oeste e dos curtas anapolinos estarão abertas de 25 de março a 9 de abril de 2013, podendo a ficha de inscrição ser encontrada no site www.anapolisfestivaldecinema.com.br

Para inscrever-se, o realizador tem de preencher a ficha, imprimi-la e enviá-la, juntamente com o  material descrito no item 6-IV e V para a Coordenação Geral do Festival, na sede da Secretaria Municipal de Cultura de Anápolis, situada na Praça Bom Jesus, nº 101, Centro, Anápolis-GO – 75025 – 050.

II- A ficha de inscrição (ANEXO I), Termo de Cessão de Direitos Autorais (Anexo II) e o Regulamento (ANEXO III) do Edital n° 003/2013, estarão disponíveis no Site: www.anapolisfestivaldecinema.com.br

???????????????????????????????David Cardoso, Carlos Alberto Riccelli e Rubens Ewald Filho na edição 2012…

b)– Filme de curta-metragem do Centro-Oeste de todos os gêneros:

– Melhor curta-metragem do Centro-Oeste –– R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu.

c) – Filme de curta-metragem anapolino de todos os gêneros:

– Melhor curta-metragem Anapolino – Prêmio Incentivar Secretaria Municipal de Cultura à Produção de curta-metragem que será destinado à produção de um novo curta-metragem a ser produzido na região de Anápolis e exibido na abertura do 4º ANÁPOLIS FESTIVAL DE CINEMA – R$ 30.000,00 (trinta mil reais) mais troféu;– Melhor Roteiro – R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu;

– Melhor Direção – R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu.

A, Webb e Deb em AnapAurora Miranda Leão, Walter Webb e Débora Torres na primeira edição do concorrido Festival de Cinema de Anápolis…

Festivais de Cinema recebem inscrições

Abertas até 30 de abril as inscrições à 8ª edição do BrasilCine – Festival de Cinema Brasileiro na Escandinávia, a acontecer em outubro e novembro, nas cidades de Estocolmo e Gotemburgo.

Serão aceitos curtas, médias e longas-metragens brasileiros, finalizados e/ou lançados entre 2009 e 2013, nas categorias de ficção, animação, documentário e experimental. Para se inscrever, o candidato deve preencher a ficha de inscrição no site do festival – http://brasilcine.se – e enviá-la impressa, juntamente com duas cópias do filme em DVD multi-região, e CD com imagens de divulgação, em alta resolução, para o endereço que consta no regulamento.

O BrasilCine é uma mostra de produções audiovisuais, de caráter não competitivo, cujo objetivo é divulgar a diversidade da produção cinematográfica independente brasileira, exibindo filmes oriundos de vários pontos do país.

Ainda abertas as inscrições para a 12ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que ocorre de 28 de junho a 14 de julho, no Teatro Governador Pedro Ivo Campos, na capital catarinense. Podem participar curtas-metragens nacionais de todos os gêneros e formatos, direcionados ao público infanto-juvenil e inéditos em Santa Catarina.

Todo o processo é online, incluindo o envio de cópias dos filmes. O prazo de inscrições vai até 21 de março e a relação das obras selecionadas será divulgada a partir de 23 de abril.

O Melhor Filme, eleito pelo Júri Oficial, e o Melhor Filme, escolhido pelo público infantil, receberão prêmio aquisição da TV Brasil, no valor de R$ 10 mil cada um. O Fim do Recreio, de Vinicius Mazzon e Nélio Spréa, do Paraná, e Disque Quilombola, de David Reeks, de São Paulo, foram os premiados de 2012.

Além dos curtas nacionais, o festival exibe curtas e longas-metragens internacionais, médias e longas brasileiros nas sessões especiais e de pré-estreias. Na última edição, mais de 120 mil crianças participaram do evento, cujo objetivo é a inclusão social, o fortalecimento e a circulação do cinema infantil brasileiro. Mais: www.mostradecinemainfantil.com.br

Até 8 de abril, prosseguem as inscrições para a 8ª Mostra Audiovisual de Cambuquira, mostra de curtas-metragens que acontecerá entre 10 e 14 de julho, em Cambuquira, cidade localizada no circuito das águas mineiro.

Os realizadores interessados em participar da seleção da MOSCA 8 devem inscrever seus filmes pelo site www.mostramosca.com.br.

Podem ser inscritos filmes de ficção, documentário, animação, vídeo experimental, infantil e vídeo coletivo com duração máxima de 30 minutos.

O caráter competitivo da MOSCA 8 se dará através do Júri Popular. Os espectadores poderão votar nos curtas ao final de cada sessão e eleger o 1º, 2º e 3º “Melhor Curta da MOSCA 8 – Júri Popular”.

Os curtas premiados pelo público receberão prêmios em serviços de empresas parceiras da mostra como CiaRio – Centro de Infraestrutura Audiovisual, Black House FX, Origami Cultural e Audiovisual, Contorno Áudio e Vídeo e CTAV – Centro Técnico Audiovisual (Secretaria do Audiovisual / Ministério da Cultura).

Inscrições ao CINESUL

O Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo – CINESUL – recebe até 1º de março inscrições para sua vigésima edição. O Festival, que acontece no Rio de Janeiro, recebe inscrições de curtas, médias e longas-metragens.

Participam da competitiva obras em qualquer suporte, tanto ficção quanto documentários, divididos nas seguintes categorias: longa-metragem (mais de 61 minutos), e curta e média-metragem (até 60 minutos). Os trabalhos devem ter sido finalizados entre 2011 e 2013 e não podem ter sido exibidos em salas comerciais brasileiras ou na televisão aberta. Um filme que já tenha sido inscrito e não tenha sido selecionado, pode participar novamente. E não há número limite de inscrições de um mesmo realizador.

Em 2012, competiram 69 obras, sendo 17 longas – oito documentários e nove de ficção – e 52 médias e curtas – 23 documentários e 29 ficcionais –, tendo sido exibidos cerca de 240 produções. Do Brasil, foram 33 trabalhos, entre eles, duas coproduções, uma com Portugal e uma com a Argentina. Os outros 36 foram de 12 países, sendo 13 da Espanha, seis da Argentina, três do México, dois de Cuba, dois da Venezuela, dois de Portugal, dois do Chile, dois da Colômbia, um do Equador, e três coproduções: El Salvador-México, Porto Rico-Espanha e México-Alemanha.

O CINESUL terá exibições no Centro Cultural do Banco do Brasil, Centro Cultural Correios, Cinemateca do MAM, entre outros.

As inscrições deverão ser feitas diretamente no site www.cinesul.com.br e as obras (a cópia do filme ou do vídeo proposto) no formato DVD (região zero ou 4) enviadas pelo correio para o endereço da Pulsar Artes & Produção /Cinesul 2013 (Rua Senador Dantas, 29 sala 34.– CEP: 20031-202 – Rio de Janeiro – Brasil).

O Festival será realizado de 4 a 16 de junho, e o resultado da seleção para as mostras competitivas e temáticas será comunicado a partir de 30 de abril em www.festivalcinesul.blogspot.com. O regulamento completo está disponível no site do festival (http://www.cinesul.com.br/regulamento_cine2013.php).

Inscrições ao SERCINE

A Cacimba de Cinema e Vídeo informa a abertura das inscrições do SERCINE – Festival Sergipe de Audiovisual, a acontecer de 8 a 13 de julho próximos.

Nessa terceira edição, o SERCINE reforça a busca para democratizar o acesso do público sergipano a obras audiovisuais de grande destaque, possibilitar a disseminação dos trabalhos de novos realizadores, disseminar a produção audiovisual da região nordeste, além de promover o acesso de portadores de necessidades especiais ao cinema através de mostras de acessibilidade.

Se você é um realizador e deseja participar, esta é sua chance ! As inscrições podem ser feitas através do site do SERCINE até 21 de fevereiro.

Os realizadores podem concorrer na Mostra Competitiva Cão de Telha, voltada ao Cinema Nordestino, e na Mostra Competitiva Nacional Universitária, voltada para realizadores universitários de todo o país.

A Ficha de Inscrição e o Regulamento estão disponíveis no www.sercine.com.br.

Mais informações: mostras@sercine.com.br

O SERCINE é uma realização da Cacimba de Cinema e Vídeo, Ministério da Cultura e Governo Federal.

É Tudo Verdade: Ainda dá tempo !

Até dia 17 podem ser feitas inscrições de documentários brasileiros para participar do É Tudo Verdade 2013 – 18º Festival Internacional de Documentários. As inscrições são gratuitas.

Fundado e dirigido pelo crítico de cinema Amir Labaki, o mais importante evento dedicado à produção não-ficcional na América do Sul, será realizado entre 4 e 14 de abril, simultaneamente, em São Paulo e no Rio de Janeiro. O circuito de itinerâncias será posteriormente divulgado.

É exigido ineditismo absoluto no país para os longas e médias-metragens documentais candidatos a disputar a mostra competitiva nacional, cujo prêmio, no valor de R$ 110 mil, é a maior premiação para documentários brasileiros, independentemente de compromissos com distribuição em salas ou veiculação televisiva.

Não há exigência de ineditismo para a competição de curtas brasileiros, mas a seleção dará preferência a produções inéditas. O mesmo critério vale para a seleção de títulos nacionais para as mostras informativas do festival (O Estado das Coisas, Foco Latino-Americano). Regulamento e ficha de inscrição no site www.etudoverdade.com.br.

Reta final de inscrições ao FESTin LISBOA

Inscrições para a Festa do Cinema Português prosseguem até dia 31

FESTin2013

Decorrem até 31 de dezembro as inscrições de filmes oriundos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste para a 4ª edição do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, nas categorias de curtas e longas-metragens.

Os filmes concorrentes deverão ser exclusivamente de expressão portuguesa e ter sido finalizados entre janeiro de 2011 e dezembro de 2012, com duração mínima de setenta (70) minutos, no caso dos longas-metragens, e duração máxima de 25 minutos para os curtas-metragens.

A 4ª edição do FESTin aconteverá de 3 a 10 de abril de 2013, no Cinema São Jorge, em Lisboa. Nesta próxima edição, o FESTin dará destaque ao cinema angolano, depois de ter homenageado Moçambique (2010), Portugal (2011) e  Brasil (2012).

Para além das duas sessões de competição (longas e curtas-metragens), o festival volta a integrar a Mostra de Cinema Brasileiro, e a Mostra de Inclusão Social, além de homenagens, retrospectivas, oficinas e mesas redondas.

Procurando alcançar um público cada vez mais alargado, o FESTin já realizou itinerâncias em Coimbra, Aveiro e Seia – em parceria com o festival Eco-Seia. Pelo segundo ano consecutivo, entre os passados dias 20 e 25 de novembro, o FESTin apresentou uma mostra de cinema lusófono no Festival Internacional de Cinema da Fronteira, na cidade de Bagé (RS), tendo contado este ano com a chancela oficial do Ano de Portugal no Brasil.

O FESTin é produzido pela Padrão Actual, em coprodução com a Fundação Luso-brasileira, a EGEAC e o Cinema São Jorge. Surgiu em 2010, por iniciativa das jornalistas brasileiras Léa Teixeira e Adriana Niemeyer, e do médico português Victor Serra, com o intuito de celebrar a cultura lusófona através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social, proporcionando o acesso do público a filmes que dificilmente chegam aos circuitos comerciais.

Reta final de inscrições ao Cine Petrópolis

Abertas até dia 12 as inscrições ao 3º Festival Nacional de Cinema de Petrópolis, que acontecerá entre 10 e 17 de dezembro,  em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Serão exibidos, gratuitamente, diversos filmes entre longas e curtas-metragens de ficção, documentários, animações e experimentais.

Como nos anos anteriores, haverá exibição dos filmes concorrentes na Mostra Competitiva para os quais o público dá seu voto, elegendo o melhor filme, melhor direção, atriz, ator, fotografia, cenografia, figurino, som direto, edição, montagem e o melhor roteiro.

O público terá acesso ainda a debates abordando temas atuais ligados à cinematografia e à política cultural.

Sempre buscando ir ao encontro do público, o festival estará em até 4 bairros da cidade com unidades móveis de cinema. São estruturas equipadas com tela de cinema, projetor, aparato sonoro, cadeiras e equipe especializada.

As inscrições para a Mostra competitiva estão abertas pelo site www.festcinepetropolis.com.br.

Todos os filmes selecionados passarão por uma primeira seleção, quando sairão os filmes que comporão a mostra competitiva oficial.

Inscrições ao Festival de Petrópolis

Abertas até 12 de novembro inscrições ao 3º Festival Nacional de Cinema de Petrópolis, que acontecerá entre 10 e 17 de dezembro, na cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Serão exibidos, gratuitamente, diversos filmes entre longas e curtas-metragens de ficção, documentários, animações e experimentais.

Como nos anos anteriores, haverá exibição dos filmes concorrentes na Mostra Competitiva onde o público vota para eleger o melhor filme, melhor direção, atriz, ator, fotografia, cenografia, figurino, som direto, edição, montagem e o melhor roteiro.

O público terá acesso ainda a debates, abordando temas atuais ligados à cinematografia e à política cultural.

Sempre buscando ir ao encontro do público, o festival estará em até 4 bairros da cidade com unidades móveis de cinema. São estruturas equipadas com tela de cinema, projetor, aparato sonoro, cadeiras e equipe especializada.

As inscrições para a Mostra competitiva estão abertas pelo site www.festcinepetropolis.com.br.

Todos os filmes selecionados passarão por uma primeira seleção, quando sairão os filmes que comporão a mostra competitiva oficial.

Inscrições ao Curta Canoa…

Abertas até o próximo dia 15 as inscrições à oitava edição do Curta Canoa, que será realizado de 27 de novembro a 1ª de dezembro na praia de Canoa Quebrada, Aracati, Ceará.

Realizadores de todo o país podem inscrever filmes e vídeos de documentário, ficção, animação ou experimental, com duração máxima de 20 minutos, concluídos a partir de julho de 2010, versando sobre qualquer tema.

Para inscrever-se, o interessado deve preencher e enviar a ficha de inscrição disponível no site: http://www.jalimaproducoes.com.br . A ficha preenchida deverá ser enviada via e-mail e o original deve ser impresso, assinado e remetido, em anexo, junto com o DVD da obra pelos Correios para:

Rua João Cordeiro, 2391 – A – Altos – Bairro Joaquim Távora – Fortaleza, Ceará CEP: 60.110-301. A inscrição é gratuita.

A seleção será feita por uma comissão integrada por três pessoas, nomeadas pela diretoria do festival. As obras selecionadas serão divulgadas a partir de 10 de novembro.

As categorias a serem agraciadas com o Troféu Lua e Estrela são asseguintes:

Filmes – Melhor Filme, Direção, Roteiro, Fotografia, Trilha Original, Direção de Arte, Melhor Ator, Atriz e Som. Na Categoria Vídeo, Melhor Vídeo, Direção, Roteiro, Fotografia, Trilha Original, Direção de Arte e Som.

Além das mostras competitivas de filmes e vídeos brasileiros de curta metragem, o Curta Canoa 2012 conta ainda com a Mostra Latino-Americana de Curta Metragem, de caráter não competitivo, composta por vídeos e filmes convidados pela direção do festival. A programação terá também oficinas e seminários, além de encontros com especialistas e personalidades do segmento audiovisual.

O VIII Curta Canoa é uma realização da J.A.Lima Produções, com apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará – Lei Estadual Nº 13.811, e Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet.

SERVIÇO

Curta Canoa 2012 – Inscrições abertas até 15 de outubro

Regulamento e ficha de inscrição: www.jalimaproducoes.com.br .

Info: 85-3251.1105 / 85-9635.3880 / 85-3226.0751. E-mail: adrianolima@jalimaproducoes.com.br e curtacanoa@jalimaproducoes.com.br

CineTeatro Xin vai sediar mais um Olhares do Pantanal

Cidade histórica do Mato Grosso, Cáceres está  localizada na mesorregião Centro-Sul do estado e na microrregião do Alto Pantanal, com uma população de aproximadamente 100 mil habitantes, na fronteira com a Bolívia.

Apesar de ser considerada uma típica cidade pantaneira, Cáceres está situada dentro da Amazônia Legal, que compreende, além de todo o estado de Mato Grosso, mais 8 estados brasileiros, que formam o Pantanal Norte (onde fica Cáceces, também chamado Pantanal Amazônico por estar totalmente inserido na Amazônia Legal).

O município é de grande importância para o Pantanal (disputa com AquidauanaMS a segunda colocação em importância na região; a primeira é Corumbá, considerada a Capital do Pantanal), pois serve de acesso terrestre à região. Além disso, Cáceres se destaca no turismo histórico e esportivo. Fica situado numa das regiões mais privilegiadas do pantanal matogrossense, visto que ostenta uma das maiores potencialidades turísticas do estado, ou seja, a grandiosidade e a beleza do Rio Paraguai e seus afluentes. Isso fez com que ali se desenvolvesse um pródigo cenário em torno da pesca esportiva, e hoje Cáceres sedia um evento de alcance mundial: o Festival Internacional de Pesca (FIP), registrado no Guinness Book como o maior campeonato de pesca do mundo em águas fluviais.

Desde o ano passado, Cáceres ganhou mais um motivo para tornar-se atração e com muito mais amplidão. Foi quando uma empreendora da área audiovisual tomou a decisão de criar um Festival de Cinema. E assim surgiu o Festival de Cinema de Cáceres – OLHARES DO PANTANAL. 

A determinação da empreendora Elainne Cintra, ou simplesmente Elaine Xin (como é mais conhecida por conta de seu CineTeatro XIN), fez com que ela realizasse ali, ano passado, com apoio do Governo do Estado do Mato Grosso, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, a primeira edição do Festival OLHARES DO PANTANAL, que tem na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) uma grande parceira.

Visão interior do CineTeatro XIN, onde acontecem as sessões do Festival OLHARES DO PANTANAL…

Objetivando divulgar filmes que lancem um olhar sensível e especial para os estados e países que permeiam a região do Pantanal, o festival quer privilegiar cinematografias autorais e de produção independente, e, na edição do ano passado, contemplou a realização de um grande encontro regional dos cineclubes de Mato Grosso, tendo como foco a integração e o reconhecimento dos cineclubistas como grandes difusores da cultura do audiovisual.

O Festival divide-se em 3 mostras competitivas: a primeira para filmes de longa-metragem brasileiros; a segunda para filmes de longa estrangeiros, e a terceira para curtas e videoclipes brasileiros. Podem participar obras captadas em película ou vídeo digital, mídia móvel celular, em qualquer bitola ou formato. As inscrições devem ser abertas esta semana.

Elainne Cintra trabalhando a todo vapor na realização do II Olhares do Pantanal

O festival, idealizado e tocado adiante por Elainne Arruda Pires Cintra, conseguiu mobilizar Cáceres em torno do Audiovisual, levando ao público mostras competitivas de produções independentes, além de promover oficinas como forma de aproximar o público das técnicas de produção típicas da Sétima Arte.

Para a pró-reitora de Extensão e Cultura da Unemat, Juliana Mattiello, a proposta do festival reacende na população de Cáceres a paixão pelo cinema, além de incentivar a formação de novos públicos. A pró-reitora enfatiza o papel da Universidade em apoiar ações que incentivem a cultura e a produção artística.

Sucesso de público e perante a imprensa local (em Cáceres, há várias emissoras de rádio e TV) e nacional, a primeira edição do festival trouxe a satisfação de contribuir para o fomento das produções audiovisuais da região, destaca a empreendedora Elainne Pires Cintra. Para ela, a proposta foi muito bem aceita pela população que prestigiou todas as exibições e participou ativamente das oficinas e do encontro de cineclubes.

Agora, Elainne Cintra tem planos de fazer uma edição ainda melhor e mais diversificada. Aguardem novidades aqui no Aurora de Cinema.

Belezas e atrações de Cáceres ficarão mais evidentes através do Cinema…