Arquivo da tag: Messi em campo

MESSI: exemplo de competência e humildade …

O atacante argentino Lionel Messi, do Barcelona, disse que não joga para ser o melhor do mundo e que o técnico Josep Guardiola é mais importante para o time do que ele próprio.

O camisa 10 está a cinco gols de se tornar o maior artilheiro da história do clube catalão. O posto é ocupado pelo ex-atacante César Rodríguez, que fez 235 tentos pela equipe entre as décadas de 1930 e 1950.

  Miguel Riopa/France Presse  
Messi comemora gol pelo Campeonato Espanhol
MESSI comemora gol pelo Campeonato Espanhol

“Não jogo para ser o melhor da história. Jogo para as coisas saírem bem. Primeiro, eu atuo para a equipe, depois para a torcida e, por último, para mim”, falou ao site oficial do Barça.

“Guardiola é mais importante para o Barcelona. Seria muito difícil encontrar outro treinador que consiga ganhar e fazer a equipe jogar como vem atuando”, elogiou.

O argentino também falou que será difícil conquistar o Campeonato Espanhol. A diferença do time, segundo colocado da competição, para o líder e rival Real Madrid é de 10 pontos. (70 a 60). Faltam 11 rodadas para o fim do Nacional.

Porém, mesmo assim, ele acredita que a equipe deva continuar com a mentalidade vencedora. “Temos que tentar ganhar todas as partidas que nos faltam. Ainda faltam coisas importantes para jogar e, para o nosso bem, devemos continuar com esta mentalidade”, opinou.

MESSI confraterniza com os companheiros do campeoníssimo Barcelona

MESSI reclamou da arbitragem do Espanhol. Segundo o atleta, “os árbitros têm prejudicado o Barcelona” e completou: “Ganhamos vários títulos com merecimento. Somos reconhecidos como o melhor time do mundo e, para alguns, o melhor da história”.

Além de estar perto de se tornar o maior goleador do Barça, MESSI, que fez sete gols nos últimos dois jogos, foi o primeiro jogador a fazer cinco gols em única partida da Copa dos Campeões, desde que o torneio adquiriu o formato atual, em 1993.

O craque argentino também igualou a marca histórica de Di Stéfanno (49 gols no torneio continental) e se torna o quarto maior artilheiro da competição europeia, atrás de Raúl (71), Van Nistelrooy (56) e Henry (50).

Argentino antena da raça, MESSI reafirma sua excelência a cada jogo

 

Lionel Messi deu sequência à sua ótima fase neste domingo ao marcar os dois gols da vitória do Barcelona sobre o Racing Santander, por 2 a 0, fora de casa, pela 27.ª rodada do Campeonato Espanhol. O argentino chegou à incrível marca de 50 gols em 43 jogos na atual temporada com a camisa da equipe catalã. 

 
 
 

Messi comemora seu primeiro gol sobre o Racing. Ele fez os dois do Barça no triunfo de 2 a 0 – Foto: Getty Images
 

Os números de MESSI são cada vez mais impressionantes. Com os dois gols marcados em Santander, ele chegou a 230 pelo Barcelona e ficou a cinco de se tornar o maior artilheiro da história do clube. Nos últimos três jogos que fez, balançou as redes 10 vezes (são 15 gols nas últimas cinco atuações). Também chegou a um mês completo marcando em todas as partidas. 

O primeiro gol foi aos 29 minutos, Fabregas recebeu na área pela direita e bateu cruzado. Messi se jogou de carrinho, desviou no meio do caminho, e abriu o placar. Já na etapa final, aos 10, Fabregas foi derrubado na área por Cisma. O argentino foi para a cobrança do pênalti e converteu.

O mundo se curva aos pés da genialidade de MESSI: argentino vai fazendo sua trajetória de brilhantismo como o Melhor do Mundo ficar cada vez mais gloriosa… Benza Deus !

A vitória fez o Barcelona voltar a deixar em 10 pontos a distância que o separa do Real Madrid, o líder do Campeonato Espanhol – os madrilenhos têm 70, os catalães 60. O terceiro, com 44, é o Valencia, que apenas empatou em 2 a 2 com o Mallorca, em casa, neste domingo.

Tino Costa e Aduriz colocaram o Valencia na frente no primeiro tempo, quando o time da casa teve diversas oportunidades de marcar. Na segunda etapa, porém, o Mallorca conseguiu se recuperar e chegou ao empate com gols de Nsue e Victor.

MESSI e Agüero dão Vitória a Argentina

 Craques fazem bonito e seleção argentina avança…
 
 

A Argentina visitou a Colômbia nesta terça, em jogo válido pela quarta rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, foi dominada no primeiro tempo, mas melhorou com a entrada de Agüero na segunda etapa e conseguiu a virada, vencendo por 2 a 1. Os argentinos, que vinham de duas partidas sem vitória, voltaram a encostar no líder Uruguai. As duas equipes têm sete pontos, mas os uruguaios são superiores no saldo de gols.

No primeiro tempo, a seleção argentina foi completamente dominada pelos donos da casa, que tinham uma avenida no lado esquerdo do ataque. Armero, Pabón e Ramos tinham liberdade para jogar, liderados pelo maestro Rodríguez. Os visitantes tinham apenas uma jogada, já mundialmente conhecida e, desta vez, ineficaz: as arrancadas de Messi, que jogava sem apoio e sem opções para tabelar.

Apesar do domínio, os colombianos pouco chutavam a gol. Resolveram investir nos cruzamentos, mas os atacantes não conseguiam concluir. Até que uma falta na entrada da área dos rivais justificou o controle dos mandantes. Aos 44 minutos, Pabón cobrou, a bola bateu em Mascherano e surpreendeu o goleiro Romero.

Agüero: genro de Maradona é um craque invejável… Saravá !!!

Na segunda etapa, o técnico Alejandro Sabella colocou Agüero em campo, e a entrada do atacante melhorou o time. Messi passou a ter mais opções no ataque, já que Higuaín estava isolado e bem marcado. A mudança se transformou em gol aos 16 minutos. Messi driblou Bolivar e encontrou Sosa, que do lado esquerdo, cruzou rasteiro para a área. O goleiro Ospina falhou, não conseguiu ficar com a bola, e na sobra a estrela do Barça tocou para o gol.

Aos 33, Zúñiga teve a chance de recolocar a Colômbia à frente no placar. O lateral tentou passar por Clemente, a bola bateu no argentino e voltou para o colombiano, que se livrou da marcação, ficou de frente para a meta, mas chutou em cima do goleiro. As mudanças de Sabella foram certeiras, e a Argentina conseguiu a virada.

Bolivar e Messi, Colômbia x Argentina (Foto: AP)

Messi pôde jogar como sabe no 2º tempo e deixou sua marca singular (Foto: AP)

Aos 39, Higuaín se livrou da marcação na área e chutou. O goleiro espalmou, e Agüero foi mais rápido, chutando para garantir a vitória dos argentinos. Nos acréscimos, Messi quase marcou um belo gol. O craque roubou a bola no meio de campo, avançou em velocidade, invadiu a área e tentou encobrir Ospina, que deu um tapa na bola. Na sobra, a bola sobrou para o atacante, mas a defesa da Colômbia afastou quase em cima da linha.

* Informações GLOBOESPORTE.COM  

Barcelona goleia em Praga com 3 de MESSI

Messi faz 3, chega a gol 200, e Barcelona assume liderança

Lionel Messi fez o seu 200º pelo Barcelona na vitória contra o Viktoria Plzen por 4 a 0. Foto: EFELionel Messi fez o seu 200º pelo Barcelona na vitória contra o Viktoria Plzen por 4 a 0   Foto: EFE  

Com três gols do super argentino Lionel Messi e um de Fábregas, o Barcelona venceu o Viktoria Plzen em Praga por 4 a 0 e assumiu a liderança do Grupo H. Com dez pontos em quatro jogos, o clube catalão já se classificou para as oitavas de final da competição.

A vitória do time catalão é marcada pelos números. Víctor Valdés se tornou o goleiro do Barcelona que mais tempo passou sem sofrer gol, recorde que era de Miguel Reina e resistia desde a temporada 1972/73. O jogo em Praga foi o 200º de Josep Guardiola no comando do Barcelona e a equipe marcou o 500º gol na sua era, que começou na temporada 08/09. De quebra, Lionel Messi marcou seu 200º gol como profissional do clube espanhol.

A primeira chance para o argentino chegar a sua marca histórica foi aos 6min, quando chutou de fora da área e o goleiro Pavlik defendeu em dois tempos. Aos 16min, o time da casa teve duas boas chances de abrir o placar. Na primeira, Petrzela partiu sozinho no campo de ataque e na saída de Váldes finalizou; o goleiro com o braço esquerdo, impediu o gol. Após a grande chance, Rajtoral cruzou da direita e Kolar chutou sobre o travessão.

Aos 21min, Messi entrou na área e cortou seco o zagueiro, que fez a falta. O juiz tardou na decisão, mas marcou o pênalti e expulsou Cisovsky. Na cobrança, o argentino escolheu o canto direito e abriu o placar, marcando seu 200º gol no clube, seis anos depois de balançar as redes pela primeira vez, contra o Albacete, na temporada 04/05.

Atordoado e com um a menos, o clube checo se tornou uma presa fácil. O Barcelona, com seu toque de bola característico, dominou até o final do primeiro tempo. Aos 38min, foi a vez de Valdés bater recorde. Com 825 minutos sem tomar gol, ele se tornou o goleiro que ficou mais tempo sem levar um tento pelo clube espanhol.

No final do primeiro tempo, Messi chutou no canto esquerdo de Pavlik, que tirou com a ponta dos dedos. Aos 46min, o argentino tabelou com o brasileiro Adriano e saiu na cara do gol. Na saída do arqueiro, chutou no canto esquerdo e marcou seu segundo gol na partida, ampliando para o Barcelona.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Fábregas tabelou com Messi e deu uma cavadinha na saída de Pavlik. A bola saiu perto da trave direita. A melhor chance do Viktoria aconteceu aos 21min, quando Petrzela aproveitou cruzamento e chutou na rede pelo lado de fora. Logo a seguir, Messi cruzou para Thiago Alcântara, que cabeceou no travessão.

Aos 23min o Barcelona fez mais um gol. Isaac Cuenca, 20 anos, formado na base do clube, fez jogada pela direita e cruzou para Fábregas, que cabeceou no chão e marcou o terceiro gol dos visitantes na partida. Aos 47min do segundo tempo, Messi fez mais um e fechou o placar em 4 a 0.

 

MESSI, Genial !… Vá jogar bem assim lá… em qualquer campo onde você estiver… SARAVÁAAAAA !

Na próxima rodada, o Barcelona viaja até a Itália para enfrentar o Milan. Já o Viktoria viaja até a Bielorrússia para enfrentar o BATE. Os dois jogos acontecerão dia 23 de novembro.

MESSI joga e faz gols como quem passeia… Saravá !

Messi faz dois, e Barcelona goleia BATE Borisov em ritmo de treino

Craque argentino chega aos 194 gols com a camisa do clube catalão e iguala marca do lendário László Kubala

 
 
Antes do duelo contra o Barcelona, o jovem técnico do BATE Borisov, Viktor Goncharenko, disse que não tinha medo do rival. O problema é que ele não avisou isso aos seus comandados. Em ritmo de treino e aproveitando falhas individuais do time bielorrusso causadas claramente pelo temor de encarar Messi e companhia, o clube catalão goleou por 5 a 0 e se isolou na liderança do Grupo H da Liga dos Campeõescom quatro pontos. Para não perder o costume, o camisa 10 argentino foi o destaque da partida realizada em Minsk, marcou dois gols e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Barça.
 

Em outro jogo da chave, o Milan recebeu o Viktoria Plzen, da República Tcheca, e, após um primeiro tempo tenebroso, no qual foi bastante ameaçado, fez 2 a 0 na etapa final e garantiu a primeira vitória no torneio. Cassano e Ibrahimovic anotaram os gols da equipe rossonera, vice-líder do Grupo H com quatro pontos, mas pior saldo de gols que o Barcelona.

Diante de um recuado BATE Borisov, o Barcelona começou a partida do jeito de sempre, ou seja, tocando a bola e buscando abrir espaços na defesa adversária. Aos seis, o brasuca-espanhol Thiago Alcântara, escalado na vaga do contundido Iniesta, deu o primeiro chute a gol. Bem colocado, o goleiro Gutor fez a defesa.

‘Fogo amigo’ fura a retranca

Com quase todos os jogadores da intermediária da defesa para trás – apenas o experiente sérvio Kezman lutava na frente contra os defensores do Barça -, o time bielorrusso até conseguia evitar penetrações de Messi, Villa, Pedro e companhia na área. Mas não o “fogo amigo”. Após cruzamento despretensioso de Daniel Alves pela direita, o zagueirão Volodko se desesperou com Messi no seu “cangote” e acabou marcando contra: 1 a 0 para o Barcelona.

Pedro na partida do Barcelona contra o BATE (Foto: AFP)
Pedro, de cabeça, fez o 2º do Barça (Foto: AFP)
 

Três minutos depois, em jogada parecida, mas pelo lado esquerdo, Pedro foi mais rápido que a defesa do BATE e, de cabeça, ampliou.

Com a vantagem, o Barcelona ficou mais sossegado na partida e, aos 37, fez mais um em nova falha bisonha dos anfitriões. Thiago Alcântara fez bela jogada pela ponta direita e cruzou fraco. O arqueiro Gutor se enrolou e espalmou a bola na cabeça de Messi que só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes.

MESSI iguala marca de Kubala

No segundo tempo, sem esforço algum, o Barcelona ia criando uma oportunidade atrás da outra e, aos dez, fez mais um. Daniel Alves achou Messi na altura do pênalti. Com a habilidade que lhe é peculiar, o craque argentino dominou e acertou uma bomba no ângulo. 

Com o tento, Messi chegou aos 194 gols com a camisa do Barcelona e se igualou ao húngaro László Kubala que, entre 1950 e 1961, fez história no Barça. Ambos agora estão apenas atrás de César Rodríguez que marcou 235 gols entre 1939 e 1955.

A goleada no placar diminuiu ainda mais o ritmo do Barcelona que, no restante da segunda etapa, seguiu “treinando” e, mesmo assim, anotou mais um com David Villa aos 44 após uma falha da zaga do BATE que saiu jogando errado. 

 Messi comemora gol do Barcelona contra o BATE (Foto: AFP)

Messi comemora gol do Barcelona contra o BATE (Foto: AFP)

Por GLOBOESPORTE.COM Minsk, Bielorrússia

MESSI faz torcida delirarrr: BARÇA vence por 5 a ZERO

ARGENTINO de todas as vibrações, LIONEL MESSI se confirma, a cada joho, o melhor e mais importante jogador de futebol da atualidade.

Já pensaram quanto vai custar o ingresso para o jogo da Argentina na Copa ?

Eu já tô juntando grana pra comprar os meus…

MESSI É UM JOGADOR NECESSÁRIO, um Artista da Bola, u mesteta das grnades jogadas,. um gentleman em campo…

SARAVÁAAAAAAA !!!

MESSI promove nova goleada para o Barcelona

Craque argentino faz barbaridade em campo: com 3 gols, atropela adversário e Barça faz 5 a 0 no Atlético de Madrid…

 
messi miranda barcelona x atlético de madri (Foto: AFP)
Miranda tenta parar Messi: brasileiro do Atlético
de Madri fez gol contra no Camp Nou (Foto: AFP)

Lionel Messi inspirado é sinônimo de vitória do Barcelona. Com ajuda do rival então, a goleada é certa. Com três do argentino e um contra do zagueiro brasileiro Miranda, ex-São Paulo, o time de Pep Guardiola atropelou o Atlético de Madri neste sábado e venceu por 5 a 0, no Camp Nou, pela sexta rodada do Campeonato Espanhol.

Em cinco jogos (a primeira rodada foi adiada para janeiro por causa da greve dos jogadores), são três goleadas: 5 a 0 no Villarreal, na estreia, e depois 8 a 0 sobre o Osasuna (mais dois empates de 2 a 2 com Real Sociedad e Valencia). Agora, Messi soma oito gols na competição e é o artilheiro isolado. O Atlético de Madri contou com Falcao Garcia e o meia brasileiro Diego em campo pelos 90 minutos.

O resultado deixou o Barça em segundo lugar com 11 pontos, assim como o Sevilla, atrás do líder Bétis, que soma 12 com 100% de aproveitamento e entra em campo segunda-feira contra o Getafe. O Atlético é o oitavo lugar, com sete. O próximo jogo da equipe catalã é na quarta contra o BATE, pela Liga dos Campeões, com transmissão ao vivo do GLOBOESPORTE.COM às 15h45m (de Brasília).

messi barcelona x atlético de madri (Foto: Reuters)
Messi é o artilheiro do Campeonato Espanhol com 8 gols: três só neste sábado (Foto: Reuters)
 
    O primeiro gol do

Barça

     no 

Camp Nou

    foi de David Villa, aos nove da etapa inicial: o camisa 7 driblou Miranda na área e bateu sem defesa para o goleiro Courtois. Três minutos antes, Thiago Alcântara havia acertado a trave do Atlético.

Os donos da casa ampliaram aos 15. Messi recebeu na área e chutou para a defesa de Courtois, mas a bola bateu em Miranda e entrou. Gol contra: 2 a 0 para o Barça. Aos 26, o terceiro, com a marca de Messi. O argentino cobrou o lateral para Pedro, tabelou com o companheiro, invadiu a área driblando os rivais e bateu para fazer 3 a 0.

Com a partida ganha, o time catalão controlou o segundo tempo e ampliou já aos 33, novamente em bela jogada do melhor do mundo: Messi arrancou pelo meio, puxou para a direita driblando a defesa e bateu cruzado para colocar 4 a 0 no placar. Já nos acréscimos, o camisa 10 fez o quinto, fechando a goleada.

Confira os jogos da 6ª rodada do Campeonato Espanhol:

Sábado
Athletic Bilbao 1 x 1 Villarreal
Sevilla 1 x 0 Valencia
Real Madrid 6 x 2 Rayo Vallecano
Barcelona 5 x 0 Atlético de Madri

Domingo
Mallorca x Real Sociedad
Levante x Espanyol
Granada x Osasuna
Sporting Gijon x Racing Santander
Zaragoza x Málaga

Segunda-feira
Getafe x Betis

MESSI AFIRMA: MARADONA É O MELHOR da HISTÓRIA

‘Maradona é o melhor da história. Não vi Pelé jogar, mas não me faz falta’ 

 

A polêmica disputa entre Maradona e Pelé pelo título de melhor jogador da história ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira. Atual estrela do futebol mundial, o argentino Lionel Messi reiterou sua preferência pelo compatriota e ainda provocou o brasileiro.

“Maradona é o melhor da história, sem dúvidas. Não vi Pelé jogar, mas não me faz falta”, disparou o craque do Barcelona, em entrevista à ESPN.

Por outro lado, Messi fez questão de elogiar o futebol brasileiro, principalmente Ronaldo e Neymar. “Ronaldo foi o melhor atacante que vi na minha vida, o que mais gostei. Surpreendeu-me como jogador. Já Neymar é outro grande jogador e, de fato, me parece que sua presença faria muito bem à Liga espanhola”, completou.

Por fim, o camisa 10 do Barça afirmou que pretende atuar no futebol argentino um dia. O Newell’s Old Boys, clube onde começou antes de ir para a Espanha, é o destino predileto. “Desde criança, sonho em jogar no futebol argentino e, particularmente, no Newell”s Old Boys. Sempre disse isso. Esta é uma experiência que quero ter. Sempre fico acordado para ver partidas de futebol argentino pela TV“, finalizou.

MESSI abusa do direito de ser craque e dá novo SHOW em campo… Saravá !

Argentina derrota a Nigéria com atuação espetacular de Messi

Astro do Barcelona fez as jogadas dos dois primeiros gols argentinos, o segundo após uma belíssima jogada individual

 

Com grande atuação de Messi no primeiro tempo, a Argentina derrotou a Nigéria por 3 a 1, nesta terça-feira, em amistoso disputado em Bangladesh. O astro do Barcelona não marcou, mas criou os lances dos dois primeiros gols, de Higuaín e Di María. O terceiro gol argentino foi contra, de Elderson, e Obasi fez o gol nigeriano.Esta foi a segunda vitória seguida da Argentina, ambas sob o comando do novo técnico Alejandro Sabella. Antes, os , gol de Otamendi, em amistoso jogado na Índia. Nos dois jogos o destaque foi Messi, apesar de não ter balançado as redes.

Diante da Nigéria, a Argentina saiu na frente aos 25 minutos. Di María entregou a Messi, que fez o passe de primeira para a área. Higuaín matou no peito e bateu no canto do goleiro Ayenugba.

 

Messi bate na saída do goleiro após jogada individual. Higuaín marcou no rebote

O segundo gol saiu apenas dois minutos depois, numa jogada maravilhosa de Messi. Ele arrancou pela direita e deixou três nigerianos pelo caminho. Após invadir a área, bateu rasteiro para defesa parcial do goleiro, e Di María marcou no rebote.

Na etapa final, a Nigéria descontou logo no primeiro minuto. A defesa argentina se atrapalhou toda e Obi Mikel ficou com a sobra do lado esquerdo da área, perto da linha de fundo. Ele rolou para trás e Obasi mandou para as redes.

Cria do excepcional MARADONA, jovem MESSI segue os passos do padrinho: GENIAL em campo !

Aos 21 minutos saiu o terceiro gol, que selou a vitória argentina. Di María enfiou a bola para Higuaín, que saiu na cara do goleiro. O chute foi em cima de Ayenugba, mas Elderson se atrapalhou na sobra e fez gol contra.

VAMOS A GANAR, MESSIIIIIII… Saravá, Hermanos !

Maradona apóia Messi antes de partida crítica da Argentina

Ídolo argentino disse que povo de seu país precisa trocar vaias por apoio “ao melhor do mundo”

Foto: Getty Images Ampliar
 
Lionel Messi, o mais contestado jogador da seleção argentina que disputa a Copa América, recebeu o apoio de peso do maior ídolo do futebol do país sede da competição. Diego Maradona trocou as críticas que tomaram conta do noticiário da Argentina pelo apoio incondicional a Messi e seus companheiros. A Argentina joga sua classificação contra a Costa Rica nesta segunda-feira. Só uma vitória garante a classificação da equipe para a próxima fase.

“Nós, argentinos, não podemos nos comportar assim, com o melhor (jogador) do mundo”, disse Maradona, criticando as reportagens que atacaram Messi. Bastante emotivo, Maradona, que está com a mãe no hospital, disse também para o jornal “Olé” que Messi teria sofrido jogando com três volantes na equipe.

Sérgio Batista, que substituiu Maradona no comando do selecionado argentino, coloca Javier Mascherano, Ever Banega e Esteban Cambiasso no meio-campo do seu 4-3-3. Sergio Aguero, reserva, marcou contra a Bolívia o único gol da equipe no torneio até agora. “(Javier) Pastore seria um bom parceiro para Lio (Messi)”, disse Maradona sobre o meia do Palermo (ITA) que teve uma ótima temporada no Campeonato Italiano. Pastore ainda não jogou no torneio. 

A Costa Rica, com uma equipe quase completamente sub-23 e com apenas metade do time que chegou até às quartas de final da Copa Ouro nos Estados Unidos, pode gerar problemas se a Argentina não melhorar.

Com três pontos na tabela, Ricardo La Volpe, que viu o seu time ser convidado no último minuto depois da desistência do Japão, disse que a preparação do time inclui um aspecto psicológico.

“Estou focando em como contra-atacar um time que quer mostrar para o povo argentino que tem uma grande seleção. Não tenho dúvida de que eles virão com tudo, então temos que ficar muito concentrados”, ele disse a repórteres.

A Argentina tem dois pontos e está em terceiro no grupo A. A Colômbia, com quatro pontos, tenta antecipar sua classificação contra a Bolívia jogam neste domingo, às 16, em Santa Fé.