Arquivo da tag: o cinema de Gramado e o cineasta Maciel Brum – confira no #BlogAuroradeCinema

MACIEL BRUM: talento de cinema nascido e fecundado em Gramado

BRUM

Conheci-o há alguns anos e, de cara, gostei dele. De seu jeito falante, simpático, sempre efervescendo em ideias e atividades. Era 2008 e ele estava lançando seu filme ‘Soropositivo’ no Festival de Gramado. De lá pra cá, ficamos em contato via web, e ano passado nos reencontramos em Gramado, sua adorável cidade natal. E é sempre uma alegria renovada reencontrar Maciel Brum.

Além de produtor e cineasta, Maciel Brum é também ator. A carreira no teatro começou aos 12 anos, e foi em 97 que estreou na telinha: recém-formado em Artes Cênicas, assinou contrato com a TV Globo, e lá permaneceu por 3 anos e meio, tendo participado de 8 episódios  do lendário seriado Você Decide, e 11 exibições do programa Linha Direta. Participou das novelas Terra Nostra e Chocolate com Pimenta, e também integrou o seleto grupo de roteiristas  do seriado A Diarista. Tempos depois, um desses trabalhos foi roteirizado para o cinema. Passado algum tempo, Maciel concluiu o curso de Cinema na Universidade Estácio de Sá (RJ), e ‘A Diarista’ acabou sendo seu primeiro trabalho para a telona.

Com A Diarista, conquistou 4 prêmios em festivais pelo país. Na sequência, veio Estranho Desejo, vencedor de 12 prêmios, sendo um internacional, o LEON DEL PLATA, no Chile, como Melhor Direção. Em seguida, rodou Presente de Natal e, logo depois, Bilhete de Amor, sucesso absoluto nos festivais e via web. E assim Maciel Brum foi abrindo uma trilha, na qual há sempre ousadia e polêmica. Com o curta Soropositivo,  causa novamente polêmica ao abordar mais um tema forte: o vírus HIV e sua transmissão. Em 2010, Maciel retoma a comédia: surge o sucesso A Casa Errada. O ano de 2012 marcou mais uma polêmica na carreira: o filme Amor Proibido aborda o universo das relações homoafetivas e traz nomes de destaque como Giovanna Ewbank e Thierry Figueira.

Gio e ele

Maciel Brum e a atriz Giovanna Ewbank, protagonista de Amor Proibido

Em pouco tempo de carreira, o cineasta gramadense Maciel Brum já soma 42 prêmios na estante e no currículo, além de uma vasta bagagem que o torna um dos mais conhecidos e queridos diretores de cinema da nova geração, distinguido por artistas do naipe de  Rosamaria Murtinho, Lady Francisco, Lu Grimaldi, Rocco Pitanga, Giovanna Ewbank, Thierry Figueira, Paulo Vilela, Thogun Teixeira e Oscar Sinch, além da saudosa atriz gaúcha Carmem Silva.

Maciel e elenco

Carla Reis,  Thogun Teixeira, Maciel Brum, Paulo Vilela e Giovanna Ewbank…

Em 2004, Maciel Brum tornou-se pioneiro em produzir cinema a partir de Gramado, o que se consolidou com o reconhecimento oficial da cidade gaúcha aos seus méritos, quando em 2010 o cineasta recebeu homenagem da Câmara de Vereadores, quando esta lhe distinguiu com o  título de Cineasta Pioneiro na Produção Cinematográfica de Gramado.

fest GRAM

Maciel Brum no palco do Festival que é realizado em sua cidade natal…

Cidade reconhecida mundialmente por sediar o festival de cinema que tem o troféu mais conhecido e cobiçado da América Latina, o famoso KIKITO, Gramado prestou justa homenagem, reconhecendo em vida, todo o empenho, dedicação e divulgação que Maciel Brum faz da terra natal, com seu competente trabalho, e tudo o que seu cinema agrega de valor à produção artística e cultural da bela cidade gaúcha.

Maciel rua

Daniel Macari, Maciel Brum e Thogun Teixeira na rua coberta do Festival de Cinema de Gramado…

Mas o que mais nos causa boa impressão em Maciel Brum é sua constante alegria cotidiana, seu alto astral, e sua forma de encarar a vida e o trabalho sempre com invejável disposição, garra e um sorriso no rosto. Podemos mesmo dizer que Maciel é um desses caras capaz de conseguir comprador até pra um terreno na Faixa de Gaza, ou quem sabe mesmo levar uma equipe de filmagem para um novo projeto em Saturno. E não se engane, não: além de produzir, roteirizar, atuar e dirigir, nas áreas do cinema, teatro e televisão, Maciel ainda encontra tempo e condicionamento suficiente para atuar em outras áreas. Assim é que encara as lides cotidianas também exercitando sua ótima capacidade retórica, e exercendo com brilho a função de profissional tarimbado para o marketing: Maciel Brum tornou-se bem sucedido empreendedor na área dos cosméticos. 

Fát e Mac

Maciel Brum com Fátima Naspolini, empresária da GREEN DESIGN (Gramado), patrocinadora do curta A Casa Errada. Foto by Dinarci Borges

Vivendo há 7 anos no belo Balneário Camboriú, em Santa Catarina, ele é proprietário de três franquias da marca Fixação (nos estados RS,SC e PR), um perfume de adorável fragrância e que dura uma eternidade exalando cheiro bom, daí o nome. Mais adequado, impossível. Além dessas franquias da Fixação, ele é sócio da VIP Artist Manager, agência que cuida da contratação de artistas famosos para eventos.

Lady

A atriz Lady Francisco será a protagonista do primeiro longa de Maciel Brum…

Atualmente, Maciel Brum cuida da produção de seu primeiro longa-metragem, um documentário sobre a vida da atriz Lady Francisco, através da MBB PRODUÇÕES. Ao mesmo tempo, está em fase de produção de um novo curta-metragem: Escolhas terá como protagonistas os atores Nil Marcondes e Camila Camargo ( caçula do cantor/compositor Zezé de Camargo).

Maciel e a mãe, Clarice Brum, a maior incentivadora do cineasta de Gramado…

Hilário Krauspenhar, proprietário do SKY Hotel, e parceiro constante do cineasta Maciel Brum…

*Confira os títulos e datas dos filmes realizados por MACIEL BRUM, todos rodados em Gramado:

2004  A DIARISTA

2005  ESTRANHO DESEJO

2006  PRESENTE DE NATAL

2007  BILHETE DE AMOR

2009  SOROPOSITIVO

2010  A CASA ERRADA

2012  AMOR PROIBIDO

Maciel e eu

Jornalista Aurora Miranda Leão e Maciel Brum: reencontro feliz em Gramado…

AP

Confira aqui o trailler de Amor Proibido:

http://www.youtube.com/watch?v=pMXj1MehLr8

Hotel Sky - Gramado - RS